MEMORIAL DESCRITIVO Proprietário: Nome: Endereço: Projeto: Tipo: Residencial em Alvenaria – Unifamiliar Área da construção: 122,14 m² CPF: Bairro

:

Área do terreno:

O presente memorial visa descrever de forma compacta o projeto arquitetônico e instalações, elaborado para a edificação em questão. A edificação destina-se ao uso residencial unifaminiar, a ser construída em alvenaria, coberta em telhado de cerâmica, assentado sobre estrutura de madeira, forro laje, esquadrias metálicas e madeira, piso cerâmica vitrificado, pintura acrílica interna e externa. A residência e composta dos seguintes cômodos: - Pavimento Térreo: Garagem, Sala de Estar, Sala de Jantar, Lavabo, Cozinha e Área de Serviço. - Pavimento Superior: 02 Quartos, 01 Banheiro Social e 01 Suíte INSTALAÇÕES HIDRO-SANÍTARIAS 1 – Instalações Hidráulicas: As instalações hidráulicas de água fria serão do tipo convencional, utilizando-se de tubo de PVC rígido da linha hidráulica soldável, cor marrom, embutidas em paredes, pisos e laje. A fonte de abastecimento será dar-se-á pela interligação à rede da rede da concessionária local abastecendo o reservatório elevado com capacidade cada capacidade de 1.000 litros. 1.1 – Dos matérias: 1.1.1 – Tubulação: As tubulações serão de PVC rígido soldável, marca tigre, devendo satisfazer as condições das normas brasileiras (ABNT) para instalações prediais de água fria. 1.1.2 – Conexões: As conexões serão de PVC rígido soldável, marca tigre, devendo satisfazer as condições das normas brasileiras (ABNT) para instalações prediais de água fria. 1.1.3 – Do reservatório: O reservatório será em fibra localizado sob o forro. 1.2 – Da execução da rede predial 1.2.1 – instalações da rede: As tubulações deverão ser embutidas na parede, chumbadas nos rasgos com argamassa, a meia espessura da alvenaria. As tubulações enterradas nos trechos sob piso para pedestre deverão ser embutidas por outro tubo de diâmetro superior (tubo de PVC flexível ponta e bolsa) para facilitar sua remoção no caso de vazamento. Nesta mesma situação mas sob o piso de utilização de veículos, o mesmo procedimento deverá ser tomado, no entanto deverá, o tubo protetor ser envolvido em concreto, para profundidades menores de 0,60m.

3 – Projeto: A instalação de água fria será executada de acordo com o projeto. As tubulações enterradas nos trechos sob piso para veiculo deverão ser embutidas por outro tubo de diâmetro maior.40m. o reboco e o concreto deverão ser confeccionados com impermeabilizante na água de amassamento. devendo satisfazer ás condição das normas da associação brasileira de normas técnicas (ABNT) no que se refere à quantidade. obedecendo-se as dimensões indicadas. Todos os ramais deverão ser providos de registros de gaveta com canopla. O aterro sobre a tubulação deverá se manual.1 – Dos matérias: 2.2. com cuidado para não interferir na inclinação do tubo. e nunca pelo próprio tubo. 2. linha “R” (parede reforçada) concreto por caixas de inspeções.3 – Caixas de conexões: As caixas de deverão ser composta de alvenaria cerâmica.1. 1. submetida a prova de preção interna. a menos de 1 kgf/cm². 2 – Instalações sanitárias: O local não conta sistema de esgoto instalado.60m nos trechos sob vias e nos outros trechos. piso. As curvaturas das instalações deverão ser feitas através das conexões adequadas. A duração da prova será de 6 horas pelo menos. nas alturas indicadas em projeto. As conexões finas para receber torneiras e outros aparelhos serão em PVC reforçado. 2. com fundo em concreto simples e = 10 cm. 2.1 – Tubulação: As tubulações serão PVC soldável marca tigre. no inicio do ramal. sendo que nas parede. As demais instalações serão do tipo convencional em tubo PVC soldável.As junções das conexão com os tubos deverão ser feitas através cola. com fck = 15 mpa.2 – Instalação de rede: As tubulações deverão ser embutidas nas paredes nas paredes. O chapisco. Os diâmetro dos tubos deverão ser executados conforme projeto anexo. devendo a superfícies estar isentas de sujeiras. desta forma deverá ser construída fossa séptica fossa e sumidouro para a residencial conforme projeto. tipo sika 1. Essa prova será com água sob pressão 50% superior à pressão estática máxima na instalação não devendo descer em ponto da canalização. com rosca metálica e luva. o qual devera ser envolvido por concreto. com fundo e tampa em concreto armado. 2.2 – Teste de instalação: Todos as canalizações antes de eventual pintura ou revestimento das devem ser lentamente cheias de água. deverão passar pelo eixo da alvenaria.1 – Caixas de inspeção: Deverão constituídas em alvenaria chapiscadas e rebocadas. Todas as alterações no decorrer da obra só poderão ocorrer após consulta ao autor do projeto. e. linha “R” (parede reforçada).1. As tubulações deverão ser assentadas uma profundidade mínima a uma de 0.2. no mínimo 0. 1. seguida. As tubulações enterradas nos trechos sob piso para pedestre deverão ser embutidas por outro tubo maior diâmetro. nunca com diâmetros menor. para eliminação completa de ar. Internamente as paredes .

. de 40 mm de rede hidráulica. As descargas dos vasos serão instaladas com conexão apropriada no tubo condutor de água. INSTALAÇÕES ELETRICAS: 1 – Instalações elétricas: As instalações elétricas serão compostas por: iluminação dos ambientes. louças e matéria hidrosanitários: 2. ligação flexíveis na cor branca. forno. depois de rebocado. Os lavabos serão fixados ao balcão. Porto Velho-RO 9 de junho de 2011.3. parafuso de fixação inox com bucha plástica do tipo cabeça removível.2 – Teste da rede: Todas as instalações primarias devem ser testadas com água. terão como acessórios tampas plásticas. 2. coladas nas bancadas. 2. através de luminárias florescentes. ligação flexível na cor branca. antes das instalações dos aparelhos. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Qualquer duvida quanto a possível alteração no projeto. parafuso de fixação inox do tipo cabeça removível. etc. nas bitolas indicadas em projeto. terão válvula e sifão de PVC ligados ao sistema de esgoto e tubo flexível ao sistema de água. tomadas de força para atender os equipamentos especiais (ar condicionado.) tomadas comuns e telefone. A profundidade não poderá ser menor que 0. As bacias do tipo sifonada. comum.2 – Do processo construtivo: As bacias serão instaladas com parafuso de fixação inox com bucha plástica do tipo cabeça removível sobre massa plástica e sobre e um cotovelo em altura elevada. com acessórios. microondas.2. A caixa devera ter uma meia-cana ligado as entradas e saídas das tubulações para melhor conduzir o esgoto. As cubas de inox terão válvula do tipo americana 1 ½”. inox e sifão de plástico. Os registros serão embutidos e terão acabamento em bruto e os das paredes terão acabamento de forma que não comprometa a estética. embutidos nas paredes. A distribuição dos circuitos dar-se-á através de energia localizada nos locais indicados no projeto. da marca neltrol 45 ou similar. As torneiras serão do tipo de acionamento através de borboleta. devera ser consultado o responsável técnico. de acordo com as normas da ABNT. As dimensões internas das caixas deverão satisfazer rigorosamente as indicadas em projeto. cromada e sifão de plástico. quanto da execução do mesmo. 2.3.laterais e do fundo.1 – Dos matérias: Os aparelhos sanitários serão de loução. As instalações sanitárias de esgoto e águas pluviais obedecerão às normas da ABNT atinentes ao assunto.40m. na parede ou bancada. A fiação correrá em conduítes de PVC. Terão sifão de PVC. As torneiras das pias serão instaladas diretamente na conexão apropriada. As cubas de louça serão na cor branca com válvula do tipo americana 1 ½”. em modelo e cor a serem definidas pelo proprietário da obra.3 – Aparelhos. dever receber duas demãos de emulsão asfáltica com polímeros.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful