Você está na página 1de 2

Disciplina Tecnologia e produção de sementes. Prof.

Danilo Cesar
Desenvolvimento da Semente:

Questões: (Desenvolvimento das Sementes)

1. Descreva o processo de fecundação do óvulo pelos núcleos do grão de pólen e sua transformação posterior em
semente:

O encontro das células espermáticas, despejadas no


interior do saco embrionário pelo tubo polínico,
com a oosfera e os núcleos polares, caracterizando,
respectivamente, a singamia e a fusão tripla,
segundo o modelo mais comum entre vegetais
monóicos e dióicos.

2. Qual a principal diferença entre antese e


polinização dos vegetais?

Antese – Momento da abertura da Flor ou perianto,


os órgãos reprodutivos estão maduros para inciar o
ciclo reprodutivo;
Polinização - Transferência do grão de pólen
contido nas anteras até o estigma.

3. Relacione os principais pontos de acúmulo de reserva alimentar nas sementes:

Uma semente é constituída pelo tegumento que a envolve, pelo embrião (futura planta) e pelas reservas. Na
maioria das monocotiledôneas - plantas cujas sementes têm um só cotilédone - as reservas encontram-se fora do
cotilédone - sementes com albúmen - , enquanto na maioria das dicotiledôneas - plantas cujas sementes têm dois
cotilédones - as reservas estão armazenadas nos cotilédones - sementes sem albúmen.

Milho(dicotiledônea)
Feijão(monocotiledônea)

4. Distinga as principais implicações técnicas entre a produção de plantas


autógamas e alógamas:

As espécies que possuem polinização cruzada (alógamas), normalmente possuem uma grande variabilidade
genética, e facilitam o trabalho de melhoramento através de cruzamentos entre variedades. Os processos de
desenvolvimento de híbridos são facilitados nas espécies de fecundação cruzada.
Polinização Direta ou Autopolinização ocorre quando o grão de pólen cai diretamente da antera sobre o estigma,
sem vetores. Porém, isso somente ocorre se não houverem mecanismos protetores contra a autopolinização, como
protoginia e protandria (quando um dos gametas amadurece antes que o outro, também chamado de dicogamia),
incompatibilidade genética (quando os gametas da mesma flor são incompatíveis), heterostilia (as anteras
situam-se abaixo do estigma), dioicia (a flor não apresenta os dois sexos) e hercogamia (proteção morfológica da
flor).

5. Quais os principais tipos de óvulos das plantas


cultivadas?
Disciplina Tecnologia e produção de sementes. Prof. Danilo Cesar

Ortótropo - é o óvulo em que o hilo a chalaza e a micrópila estão em uma mesma linha reta.
Anátropo - é o óvulo cujo eixo principal é curvo e a micrópila fica virada para a placenta.
Campilótropo - é o óvulo recurvado em que a micrópila e a chalaza se aproximam em um mesmo plano
horizontal.

6. Considerando os aspectos da produção de


sementes nos vegetais, interrelacione os
termos monóica, dióica, monoclina e
diclina:

Monoclina: espécie que apresenta flores


hermafroditas. Do grego mono = um, clinos =
leito, ou seja,
ambos os sexos contidos no mesmo receptáculo
floral;
Diclina: espécie que apresenta flores apenas com o
androceu ou o gineceu.

Monóica: produção de flores masculinas e


femininas separadamente na mesma planta;
Dióica: planta em que flores masculinas e
femininas estão em indivíduos diferentes;

7. Que entende por poliembrionia nas plantas cultivadas? De três exemplos:

Ocorrência de vários embriões na mesma semente. A


emergência de duas ou mais plântulas de uma semente é
um forte indicador da existência de apomixia, mas não
se constitui em evidência definitiva, pois há
poliembrionia zigótica (sexuada). A poliembrionia,
portanto, pode ser de origem assexuada (embrionia
adventícia) ou sexuada (apomixia gametofítica), ou uma
combinação de ambas. A situação comum da
polembrionia é aquela em que embriões sexuados e,ou,
embriões assexuados se desenvolvem juntamente com o
embrião zigótico do saco embrionário na mesma
semente. A poliembrionia é bastante comum em fruteiras
temperadas e tropicais, citando-se como exemplo os citros em geral, a manga, a pitanga etc.

8. Quais as vantagens e também as dificuldades de se produzir sementes melhoradas de espécies de


polinização aberta?
Ou polinização cruzada, as plantas vão ter mais diversidade genética, pois terão características de muitas
plantas (vantagem), manutenção das mesmas características desejáveis após gerações(dificuldade). No caso da
polinização fechada à diversidade é menor, pois ocorrem menos cruzamentos.

9. Descreva o que entende por embriogênese na formação da semente:


Processo de formação de embrião por meios sexuais ou assexuais. Na embriogênese assexuada, os embriões
formam-se diretamente do explante ou de calos.

10. Como a apomixia não recorrente pode viabilizar estudos genéticos de algumas espécies botânicas?
Embora as vantagens evolucionárias da reprodução sexuada sejam perdidas, apomíticos passam adiante traços
fortuitos para a adequação evolucionária individual,e pode ocasionar plantas estereis.