P. 1
Direito Civil III

Direito Civil III

|Views: 21.101|Likes:
Publicado porSimone Souza

More info:

Published by: Simone Souza on Jun 27, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

Outorgada no interesse do mandatário, que fica isento de prestar constas, tem poderes amplos, equivalendo à
venda ou cessão de direitos. É usada na cessão de títulos de clube e na alienação de bens imóveis. É um
mandato irrevogável e subsiste após a morte do mandante (é uma exceção ao disposto no inciso II da Lei 682).

Exemplo:

Não podendo João realizar uma escritura pública de compra e venda de um imóvel, uma vez que não tinha
numerário suficiente para pagar o ITBI, o vendedor lhe outorga uma procuração, nomeando-o seu procurador
em causa própria, para vender determinado imóvel pelo preço "x", dizendo que o preço já foi pago.

A procuração é aparente pois, na realidade, o que se fez foi uma compra e venda. É necessária a existência dos
três elementos: a coisa, o preço e o consenso (assim como na compra e venda).

Quando tem por objeto o bem imóvel, a procuração em causa própria exige a forma de escritura pública (arts.
108 e 215).

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->