Você está na página 1de 26

FACULDADE MARISTA Curso Superior de Sistemas para Internet Disciplina Gestão na Informática Professor: Flávio Dias

Site Comércio Eletrônico

Planejamento do Projeto

Equipe:

Danilo Alves Diana Karine Elizabeth Regina Marcos Pedrosa

Junho 2011

Índice

1.

PROJECT CHARTER

3

1.1 OBJETIVO GERAL E MOTIVAÇÕES

3

1.2 DESCRIÇÃO DO PRODUTO

4

1.3 PREMISSAS

5

1.4 RESTRIÇÕES

6

2.

ESCOPO

6

2.1

DECLARAÇÃO DE ESCOPO DO PROJETO

6

2.1.1

JUSTIFICATIVA

6

2.1.2

DETALHAMENTO DO PRODUTO E SUB-PRODUTOS

7

2.1.3

OBJETIVOS DO PROJETO

8

2.2

ESTRUTURA ANALÍTICA DO PROJETO

9

3.

RISCOS

10

3.1 GERENCIAMENTO DOS RISCOS

10

3.2 RISCOS IDENTIFICADOS

10

3.3 CLASSIFICAÇÃO DOS RISCOS

12

3.4 PLANO DE RESPOSTA AOS RISCOS

12

4.

TEMPO

14

4.1 ESTRUTURA ANALÍTICA DE ATIVIDADES E

14

4.2 DIAGRAMA DE REDE DO

16

4.3 ESTIMATIVA DE DURAÇÃO DAS ATIVIDADES E CRONOGRAMA

17

5.

PLANEJAMENTO

ORGANIZACIONAL E MONTAGEM DA EQUIPE

18

5.1 EQUIPE DO PROJETO

18

5.2 ATRIBUIÇÃO DE RESPONSABILIDADES

19

5.3 CONFIGURAÇÕES DO PLANEJAMENTO DE RH

19

5.4 ORGANOGRAMA DE HIERARQUIA DO PROJETO

22

5.5 MATRIZ R.A.C.I

22

6.

PLANO DE GESTÃO DA QUALIDADE

23

6.1 POLÍTICAS

23

6.2 PADRÕES

23

6.3 RESPONSABILIDADES

23

6.4 PROCEDIMENTOS

24

6.5 CONTROLE DA QUALIDADE

25

7.

PLANO DE COMUNICAÇÃO

25

1. Project Charter

1.1 Objetivo Geral e Motivações

O presente projeto tem por objetivo desenvolver e colocar em funcionamento um site de comércio eletrônico para o cliente Palácio dos Balagandans. O site comercializará os mesmos produtos que são vendidos nas lojas da empresa e os critérios para a criação e aprovação do produto.

O presente documento servirá de base para o processo de desenvolvimento do Site.

O Site Shopping dos Balangandans foi proposto com o intuito de Inserir o shopping dos balangandans entre os e-commerses em seu seguimento.

A empresa possui grande necessidade de se equiparar a seu concorrentes, que já estão com suas presenças na Internet muito além dos sites institucionais, e já colhem bons frutos desta presença .

Outras motivações para o desenvolvimento do projeto são

listadas abaixo:

Inserir o shopping dos balangandans entre os e-commerses em seu seguimento.para o desenvolvimento do projeto são listadas abaixo: Ter 20% das vendas da empresa através do

Ter 20% das vendas da empresa através do site, nos próximos 5 anosdos balangandans entre os e-commerses em seu seguimento. Ter seu sistema dando suporte ao CRM da

Ter seu sistema dando suporte ao CRM da empresadas vendas da empresa através do site, nos próximos 5 anos através de informações das atividades

através de

informações das atividades individuais, visando a personalização do perfil do cliente.

O site deverá entrar em funcionamento duas semanas antes dos dias das mães em 2011.ao CRM da empresa através de informações das atividades individuais, visando a personalização do perfil do

1.2 Descrição do Produto

O site de comércio eletrônico terá as seguintes características (requisitos não funcionais):

1.

Utilizará a infra-estrutura de hardware e software do cliente. As

necessidades de atualização do ambiente devem ser especificadas pelo projeto.

2.

As

informações trocadas com os clientes devem trafegar na rede de

forma criptografada (SSL).

3.

Os

dados sigilosos dos clientes devem ser armazenados no banco de

dados de forma criptografada.

4.

O sistema deve ser amigável, intuitivo e de fácil utilização.

O

site deverá contemplar pelo menos as seguintes funcionalidades

(requisitos funcionais):

1.

Manter o cadastro de produtos

2.

Manter o cadastro de categorias de produtos

3.

Criação de promoções

4.

Controlar programa de fidelidade dos clientes

5.

Mapear o perfil dos clientes a partir das consultas de produtos e compras feitas pelos clientes

6.

Ajustar o conteúdo (produtos) exibidos de acordo com o perfil do cliente

7.

Permitir cadastro do cliente para notificação automática por e-mail quando

o

produto desejado estiver disponível

8.

Permitir aos usuários incluir produtos na sua cesta de compras antes de fechar a compra.

9.

Permitir ao usuário fazer a compra

10.

Calcular o custo do frete no momento do fechamento da compra com

base no endereço de entrega fornecido pelo cliente.

11.

Controlar pagamentos feitos através de boleto bancário, cartão de crédito

e transferência bancária.

1.3 Premissas

1. As premissas identificadas para esse projetos são:

2. O cliente fica responsável em passar para a equipe do projeto toda e qualquer informação necessária para o planejamento, desenvolvimento e finalização do projeto;

3. Duas semanas antes de cada etapa do projeto o cliente deve passar as informações necessárias e toda informação adicional solicitada ao cliente pela equipe deverá ser passada até 48h após a solicitação;

4. Cada etapa do projeto deverá ser aprovada por escrito com a assinatura do cliente e do seu responsável direto. O documento de aprovação será enviado via Sedex e deve ser enviado de volta a equipe do projeto em até dois dias úteis após sua aprovação;

5. O cliente deverá ter no seu quadro funcional, profissionais técnicos com conhecimentos na área de Web Design para assumir a administração do e-commerce após sua finalização e entrega;

6. O cliente deverá disponibilizar, quando solicitado, senhas do servidor de hospedagem (caso possua) para implantação do site em até 72h.

7. A equipe de desenvolvimento estará a disposição do cliente para eventuais dúvidas e sugestões em horário comercial, de 8h às 18h, com intervalo de duas horas para almoço (12h às 14h), de segunda a sexta, durante o período que o projeto estiver em construção.

8. A equipe do projeto será composta por profissionais experientes e capacitados. Essa equipe será formada por um Designer / Front-end, uma Arquiteta da Informação / Segurança de Rede, uma Designer / Segurança de Rede e um Back-end / Banco de Dados.

O projeto sofrerá impactos potenciais caso as premissas acima não sejam confirmadas. Impactos estes que podem resultar em: atrasos nas etapas e revisão dos custos do projeto.

1.4 Restrições

As restrições, apresentadas pelo projeto de criação do Sistema Gerenciador de Pesquisa, são:

O banco de dados será o SQL-Server. O cliente já utiliza o Banco de

dados nos sistemas da empresa.

O orçamento tem que ser limitado para no Maximo de R$ 25.000,00

(vinte e cinco mil reais). O projeto terá que funcionar sem nenhuma alteração visual pelos Browsers utilizados na internet.

de

programação, Java e HTML.

O Acesso aos módulos de faturamento serão restritos aos diretores e a

pessoas autorizados pela diretoria.

O

sistema

terá

que

ser

todo

desenvolvido

em

linguagem

2. Escopo

2.1 Declaração de Escopo do Projeto

2.1.1 Justificativa

Tendo em vista o grande crescimento do e-commerce nos

últimos anos, o Palácio dos Balagandans decidiu investir em uma

loja virtual para aumentar sua carteira de clientes e seu

faturamento. A aceitação dos clientes em relação aos produtos nas

lojas físicas já é bastante considerável e com o lançamento da loja

virtual, essa aceitação tende a crescer, pois não só os clientes que

já compram na loja presencialmente também irão comprar pelo e-

commerce, mas também novos clientes serão captados através de

sites de buscas, propagandas específicas em sites parceiros,

publicidade impressa e outros meios de comunicação.

O

processo para ampliar a rede de estabelecimentos físicos é caro

e

demorado, mas já na implantação do e-commerce, o custo é

menor e a empresa pode vender para todo o pais, mantendo um estoque central e outros unidades em cada estado com um estoque menor. Com essa visão, é mais vantajoso investir no desenvolvimento de um e-commerce do que abrir novas filiais em cada estado ou capital do pais. Outra vantagem é o número maior de clientes que podem ser atendidos pela loja virtual, se comparado com uma loja física.

O mix de produtos do Palácio dos Balagandans é outro diferencial que ajuda como um critério de escolha dos clientes quando esses forem decidir entre comprar no concorrente e comprar no Palácio dos Balagandans. A maioria dos consumidores não gostam de sair comprando produtos em loja separadas, se eles encontrarem qualidade, preço baixo, bom atendimento e todos os produtos que desejam em uma única loja virtual, certamente faram suas compras nessa empresa.

2.1.2 Detalhamento do Produto e Sub-produtos

Os subprodutos prontos necessários para o fim do projeto são

listados abaixo:

Cadastro de produtosnecessários para o fim do projeto são listados abaixo: Cadastro de categorias do produto; Controle de

Cadastro de categorias do produto;o fim do projeto são listados abaixo: Cadastro de produtos Controle de produtos Cadastro do Cliente

Controle de produtosCadastro de produtos Cadastro de categorias do produto; Cadastro do Cliente Controle de compras do cliente

Cadastro do Clientede produtos Cadastro de categorias do produto; Controle de produtos Controle de compras do cliente Controle

Controle de compras do clienteCadastro de produtos Cadastro de categorias do produto; Controle de produtos Cadastro do Cliente Controle de

Controle de Pagamentode produtos Cadastro de categorias do produto; Controle de produtos Cadastro do Cliente Controle de compras

2.1.3 Objetivos do Projeto

1. Desenvolver e colocar em funcionamento um site de comércio eletrônico para o cliente.

2. Implementar um sistema capaz de cumprir com as expectativas do cliente que é fazer com que dentro de cinco anos 20% das suas vendas sejam feitas através deste veículo.

3. O tempo gasto do projeto deve ter no máximo xx meses.

4. Os problemas identificados pelos teste devem ser inferior a 9%.

5. A apresentação de erros no sistema deverá obter o mínimo de 95% de suas operações

2.2

Estrutura Analítica do Projeto

2.2 Estrutura Analítica do Projeto 9

9

3. Riscos

3.1 Gerenciamento dos Riscos

Metodologia: para o gerenciamento dos riscos utilizarem as reuniões semanais para identificar os riscos e as soluções para os mesmos. Toda equipe irá participar trazendo sugestões e relatando possíveis riscos positivos e negativos. O cliente também será ouvido para conhecermos possíveis riscos que ele tenha observado. A equipe também estará atenta as mudanças no mercado, as tendências na tecnologia e as possíveis soluções para os riscos encontrados.

O Gerente do Projeto será o responsável pelo controle e pela quantificação geral dos riscos do projeto. Cada membro da equipe será responsável pela atividade que pode causar um determinado risco, também será responsável em controla e indicar ao gerente o status atual do risco.

Será utilizado 5% do orçamento do projeto para o gerenciamento dos riscos.

No final de cada mês, a equipe do projeto fará uma reunião para avaliar o gerenciamento dos riscos e as devidas alterações. Nessa reunião também será revisto as tolerâncias dos stakeholders.

3.2 Riscos Identificados

Os seguintes riscos foram identificados no projeto:

1. Provedor de hospedagem de baixa qualidade escolhido pelo cliente: caso o cliente já tenha contratado uma empresa de serviço de hospedagem e não aceita a mudança para outra empresa de melhor qualidade, a equipe do projeto poderá ter dificuldades em acessar o painel de controle do domínio, criar e administrar bancos de dados, criar e editar e-mails, entre

outras funções básicas e necessárias para um bom desenvolvimento do e-commerce.

2. Imprevistos com a equipe, como doença, acidentes e problemas pessoais: numa possível falta de um integrante do grupo, outro membro terá que assumir as responsabilidades do que faltou até que outra medida seja tomada, como por exemplo contratar um profissional que já esteja em stand by previamente selecionado para substituir o profissional em questão.

3. Não possuir redundância de hospedagem (dois servidores contratados):

caso o cliente só possua um contrato de hospedagem e não aceite a sugestão da equipe do projeto de contratar outra empresa como reserva, o projeto poderá sofrer interrupções caso o servidor saia do ar e o próprio e-commerce poderá sair do ar após seu lançamento, caso o servidor contratado sofra alguma alteração.

4. Mudanças constantes no escopo pelo cliente: se o cliente não seguir o planejamento que a equipe o orientar, o projeto poderá sofrer com atrasos devido as mudanças repetitivas no escopo.

5. Falta de experiência com a ferramenta envolvida: o CMS Magento é uma ferramenta nova para a equipe de desenvolvimento, que apenas possui conhecimento teórico e aprendizado limitado através de tutoriais e vídeos sobre a ferramenta.

6. Tráfego de dados: como se trata de um site que geralmente possui um grande número de visitantes por dia, o e-commerce poderá ficar lento nos horários com grande número de usuários. O lado positivo desse risco é o aumento no volume de vendas da empresa e consequentemente aumento do faturamento.

3.3

Classificação dos Riscos

Para um melhor entendimento e apresentação dos riscos do projeto, dividimos em 3 categorias que são descritas a no decorrer do tópico.A classificação foi feita tomando como base a natureza do risco.

Riscos de Projetos: No quadro funcional do projeto, corremos o risco de haver desistência de algum membro da equipe.

• Riscos de Negócio: O cliente não cumprir com os requisitos da compra do cliente, não entregando o produto no prazo ou o produto chegar ao destinatário com defeitos. Estas situações podem prejudicar a credibilidade, logo o retorno de investimento.

• Riscos Técnicos: A falha de uma das máquinas de desenvolvimento

poderá atrasar o andamento do projeto, sendo que a utilização constante delas pode acarretar este risco.

3.4 Plano de Resposta aos Riscos

Tenho o conhecimento prévio dos riscos que poderá ocorrer no processo de criação e desenvolvimento do projeto. Temos como plano de resposta o seguinte:

Responsável: Tendo um gerente de projeto que fica responsável por controlar a quantidade de riscos. Colocamos outro membro da equipe para que possa estar atento caso o gerente não esteja presente.

Procedimento: Diante da percepção dos riscos que poderão ocorrer, tomaremos medidas antecipadas para que na ocasião prevista se tenha condições de combater o risco. Como exemplo um profissional em standby caso haja necessidade, outro backup feito diariamente, reuniões com o cliente para mostrar o que esta sendo desenvolvido no projeto. Haverá um responsável que juntamente com o gerente de projeto poderá se reunir e decidir o que fazer diante de situações não previstas. No entanto reuniões diárias serão realizadas com a equipe e o gerente de projeto para passar as novas informações e evitar que ocorram problemas durante o desenvolvimento do projeto. Depois essas mesmas informações serão passadas ao cliente.

4. Tempo

4.1 Estrutura Analítica de Atividades e Sub atividades.

Análise dos Requisitos: no começo do projeto, o Gerente do Projeto fará uma reunião com toda a equipe para descobrir os requisitos necessários para o desenvolvimento do e-commerce e assim documenta-los para futuras consultas pelos membros e pelo próprio cliente.4.1 Estrutura Analítica de Atividades e Sub atividades. Definição da Arquitetura: a Arquiteta da Informação

Definição da Arquitetura: a Arquiteta da Informação será responsável por definir toda estrutura dos menus, sub menus e exibição dos produtos da melhor forma possível para o e-commerce. As categorias serão listadas por departamentos, como por exemplo: Informática, Celulares e Telefones, Eletrônicos, Presentes e outras. O site também irá possuir Migalha de Pão para facilitar a vida do usuário e assim o mesmo saber onde ele se encontra.futuras consultas pelos membros e pelo próprio cliente. Manual do Usuário: a equipe de desenvolvimento será

Manual do Usuário: a equipe de desenvolvimento será responsável em criar os manuais do usuário, com telas e passo-a-passo de como realizar cada tarefa dentro do sistema, como: cadastrar produtos, criar promoções, editar preços e condições de pagamentos e etc. Como diferencial, a equipe também irá criar vídeos tutoriais para facilitar o aprendizado do cliente no uso do sistema.vida do usuário e assim o mesmo saber onde ele se encontra. Plano de Treinamento: após

Plano de Treinamento: após a finalização do projeto e a entrega do site no ar, o plano de treinamento será composto por um encontro semanal durante dois meses para o pessoal de TI do cliente. Cada encontro terá uma duração de três horas.para facilitar o aprendizado do cliente no uso do sistema. Definição do Hardware: qualquer computador conectado

Definição do Hardware: qualquer computador conectado a internet será capaz de acessar o e-commerce e realizar as compras on-line. Sugerimos conexão banda larga para uma navegação mais rápida e eficaz. O e- commerce será desenvolvido para funcionar normalmente em todos os browsers.encontro semanal durante dois meses para o pessoal de TI do cliente. Cada encontro terá uma

Definição de Suporte Futuro: o cliente não deseja suporte futuro para manutenção do site sistema, já que a manutenção será realizada pela sua própria equipe, mas caso seja necessário, basta solicitar uma proposta que nós enviaremos via e-mail uma tabela com os valores por hora de suporte, seja presencial ou suporte on-line através de acesso remoto.Projeto Base de Dados: o bando de dados que será utilizado é o SQL- Server,

Projeto Base de Dados: o bando de dados que será utilizado é o SQL- Server, com no mínimo 1GB de espaço e transferência ilimitada.presencial ou suporte on-line através de acesso remoto. Construção da Base de Dados: o Analista de

Construção da Base de Dados: o Analista de Bando de Dados será responsável pela criação e manutenção das tabelas e registros dentro do banco.com no mínimo 1GB de espaço e transferência ilimitada. Desenvolvimento do Código Fonte: o Programador será

Desenvolvimento do Código Fonte: o Programador será responsável pelo desenvolvimento de todo o código do sistema e também pela documentação desse código. Deverá ainda comentar todas as linhas de códigos para futuras manutenções, que ele ou outros membros da equipe venham a dar no sistema.e manutenção das tabelas e registros dentro do banco. Documentação Técnica: no final do projeto será

Documentação Técnica: no final do projeto será entregue ao cliente um documento com descrições técnicas do e-commerce desenvolvido e do sistema que alimenta esse e-commerce. Como resumo, o sistema será desenvolvido com a plataforma Magento, a linguagem de programação será PHP orientado ao objeto e o banco de dados SQL-Server.que ele ou outros membros da equipe venham a dar no sistema. Documentação Operacional: a equipe

Documentação Operacional: a equipe de desenvolvimento será responsável em criar os manuais do usuário, com telas e passo-a-passo simulando a realização de cada tarefa no e-commerce, como: pesquisar por um produto, se cadastrar no site, realizar uma compra e etc. Como diferencial, a equipe também irá criar vídeos tutoriais para facilitar a visualização do cliente de como navegar pelo site.será PHP orientado ao objeto e o banco de dados SQL-Server. Planejar Testes: após cada etapa

Planejar Testes: após cada etapa do projeto, a equipe irá realizar testes para verificar a navegabilidade do e-commerce e a facilidade no uso do site. Caso algum erro seja identificado, em seguida o mesmo será corrigido e um novo teste será realizado. Serão realizados testes ema equipe também irá criar vídeos tutoriais para facilitar a visualização do cliente de como navegar

relação a arquitetura da informação, ao impacto do layout no usuário, a realização de compras e outros.

Executar Testes: após cada etapa do projeto, um membro da equipe de outra atividade fará os devidos testes nas aplicações do seu parceiro, assim é reduzido em quase que 95% a chance do erro passar desapercebido, pois quem irá testar o sistema será outro colaborador e não aquele que desenvolveu.do layout no usuário, a realização de compras e outros. Implantar o Software: como o e-commerce

Implantar o Software: como o e-commerce é um sistema on-line e funciona em qualquer computador que tenha acesso a internet, não é necessário a implantação deste software nas estações do cliente. Basta que o cliente tenha seu login e senha para ter acesso ao sistema e assim realizar as funções como: cadastrar produtos, fornecedores, preços e outros.será outro colaborador e não aquele que desenvolveu. Treinar Usuários: após a finalização do projeto e

Treinar Usuários: após a finalização do projeto e a entrega do site no ar, o plano de treinamento será composto por um encontro semanal durante dois meses para o pessoal de TI do cliente. Cada encontro terá uma duração de três horas. Manutenção: Atividade responsável pelo suporte do sistema.como: cadastrar produtos, fornecedores, preços e outros. Desenvolver Protótipo: como se trata de um e-commerce não

Desenvolver Protótipo: como se trata de um e-commerce não será necessário a criação de um protótipo, o cliente acompanhará todo o processo de desenvolvimento do site.de três horas. Manutenção: Atividade responsável pelo suporte do sistema. 4.2 Diagrama de Rede do Projeto.

4.2 Diagrama de Rede do Projeto.

16
16

4.3 Estimativa de Duração das Atividades e Cronograma

Segue abaixo, a lista de atividades e suas respectivas estimativas de duração:

Duração das Atividades e Cronograma Segue abaixo, a lista de atividades e suas respectivas estimativas de

O projeto tem a previsão de duração de 129 (cento e vinte e nove) dias uteis, totalizando 175(cento e setenta e cinco) dias . Como o dia de início do projeto é no dia 11(onze) de maio, a data prevista para o termino do projeto é dia 1 (um) de novembro. Abaixo temos um gráfico representando o número de dias gasto em cada atividade.

representando o número de dias gasto em cada atividade. Cronograma completo vide apencdice 5. Planejamento

Cronograma completo vide apencdice

5. Planejamento Organizacional e Montagem da Equipe

5.1 Equipe do Projeto

Para um projeto de tamanho reduzido no qual conseguiremos um

rápida entrega e tendo em vista uma boa economia de custo, contratamos

para este projeto 1 desenvolvedor (Marcos Pedrosa), 1 web designer

(Elizabeth Regina), 1 front-end (Danilo Alves) e o gerente de projetos

(Diana Karine).

5.2

Atribuição de Responsabilidades

As responsabilidades do projeto foram divididas da seguinte

forma:

O desenvolvedor é responsável pela realização das atividades alocadas para cada um além de documentar todas as atividades realizadas segundo padrões citados no presente documento.

Os Web Designers são responsáveis pelo desenvolvimento, manutenção usabilidade da interface do sistema, aplicação do breafing e arquitetura do site.

O DBA (administrador de banco de dados) é responsável pela criação e funcionamento de tabelas, relacionamentos e consultas feitas na base de dados do site.

O analista de segurança é responsável por implantar formas seguras para alocação de dados e transmissão de informações.

Gerente é responsável pelo acompanhamento, gerenciamento e controle de todas as atividades do projeto além de gerenciar os riscos, qualidade, cronograma, custo, ou seja, gerenciar todos os processos do projeto.

5.3 Configurações do planejamento de RH

Funções e responsabilidades

Membro: Diana Karine

Função: Gerente de Projeto Arquitetura da Informação / Segurança de Rede

do

projeto, como iniciação, planejamento, execução, controle e encerramento. Realizar os briefings com o cliente e repassar as informações para os demais membros da equipe. Criar e organizar os menus, as categorias e subcategorias dos produtos, definir qual melhor forma para divulgar todas as informações no site, garantir a segurança na navegação dos usuários do site, garantir o sigilo das informações dos clientes, garantir segurança nas transações on-line.

Responsabilidades:

Responsável

por

gerenciar

todas

as

etapas

Autoridade: Sobre todos os membros da equipe, sobre como as informações serão exibidas no site e sobre a segurança do site / sistema.

Membro: Danilo Alves

Função: Designer / Front-end

Responsabilidades: Criar os wireframes de acordo com as informações passadas pela Arquiteta da Informação, criar os layouts do sistema e do site com base nos wireframes aprovados pelo cliente, criar material de publicidade para o e-commerce, criar identidade visual para representar o cliente na web.

Autoridade: Sobre toda parte visual do projeto.

Membro: Elizabeth Regina

Função: Designer / Segurança de Rede

Responsabilidades: Criar os wireframes de acordo com as informações passadas pela Arquiteta da Informação, criar os layouts do sistema e do site com base nos wireframes aprovados pelo cliente, criar material de publicidade para o e-commerce, criar identidade visual para representar o cliente na web, garantir a segurança na navegação dos usuários do site, garantir o sigilo das informações dos clientes, garantir segurança nas transações on-line.

Autoridade: Sobre toda parte visual do projeto e sobre a segurança do site / sistema.

Membro: Marcos Pedrosa

Função: Back-end / Banco de Dados

Responsabilidades: Criar o banco de dados, os usuários de administração desse banco, criar as tabelas e todos seus relacionamentos, escrever o código para o sistema e para o site, implantar a linguagem de programação no site / sistema. Realizar os testes de performance.

Autoridade: Sobre toda parte de programação e banco de dados do projeto.

Plano de gerenciamento de pessoal

Recrutamento e seleção: Caso haja necessidade de contratação no andamento do projeto, o GP entrará em contato com uma empresa de recrutamento e passará as informações da vaga em questão, como conhecimentos exigidos, idiomas, experiência requerida, valor do contrato, carga horária, benefícios e outras informações necessárias. A primeira seleção será realizada pela empresa contratada pelo GP e a segunda e definitiva seleção será realizada pelo próprio GP, através de testes de aptidões, dinâmica de grupo e uma entrevista individual.

Necessidades de treinamento: Sempre que o GP sentir a necessidade de treinamento de um ou mais membros da equipe numa determinada tecnologia, ou num curso de conteúdo interpessoal, ele fará uma pesquisa no mercado para analisar propostas de 3 empresas do ramo e decidir qual a melhor para ministrar o curso no local determinado. Também existe a possibilidade de um membro da equipe ministrar um mini curso para

outros membros ficarem por dentro de um determinado assunto, com objetivo de tornar a equipe mais forte e mais capacitada.

Reconhecimento e premiações: Estimulando e incentivando o trabalho em equipe, o reconhecimento da equipe se dará em conjunto e não de forma individual, sendo assim, no final de cada etapa bem sucedida, uma parte do orçamento será destinado a um almoço de confraternização para todo equipe do projeto e no encerramento do projeto, todos os membros da equipe receberam um bônus referente um percentual do seu salário como forma de reconhecimento pelo resultado alcançado.

5.4 Organograma de Hierarquia do Projeto

Diana Karine Gerente de Projeto Danilo Alves Designer / Front-end Elizabeth Regina Designer / Segurança
Diana Karine
Gerente de Projeto
Danilo Alves
Designer / Front-end
Elizabeth Regina
Designer / Segurança
de Rede
Marcos Pedrosa
Back-end / Banco de
Dados

5.5 Matriz R.A.C.I

Matriz de papéis e responsabilidade - RACI

Gráfico RACI

 

Pessoa

 

Atividade

Diana

Danilo

Elizabeth

Marcos

Gerenciamento do Projeto

R

A

A

A

Levantamento dos Dados

R

C

I

I

Criação

I

R

R

I

Implementação

I

R

I

R

Testes

I

C

I

R

Encerramento

R

C

I

I

R = Responsável / A = Reporta-se / C = Consultoria / I = Informar

6. Plano de Gestão da Qualidade

6.1 Políticas

A nossa política de qualidade procede em oferecer para o nosso cliente um excelente produto, para isso treinamos nossos funcionários com cursos de capacitação, utilizamos um padrão para o desenvolvimento do projeto, executamos testes frequentemente para verificação de erros.

6.2 Padrões

O Site de comércio eletrônico deve seguir as normas de boas

práticas de programação e demais normas e tecnologias segundo a W3C,

que é o órgão regulamentador.

6.3 Responsabilidades

A responsabilidade do projeto seguirá o modelo proposto com o

acompanhamento do gerente de projeto. De acordo com o modelo, os

prazos estabelecidos, as entregas dos módulos em desenvolvimento

ficarão a cargo do gerente. Estes ficaram responsáveis das

apresentações e reuniões com os clientes. A aprovação dos módulos que

deveram estar dentro dos contextos estabelecidos, caso tenha mudanças

que ocasionem adiamento na data de entrega, deveram ser avaliados

para que não onerem os custos previstos. Neste caso o gerente deve

apresentar uma solução plausível para o custo e o prazo de entrega do

projeto não ultrapassem seus limites

6.4 Procedimentos

Os procedimentos apresentados abaixo visam garantir o término e a produção do projeto:

1. Será avaliado o parque de hardware para suprir as necessidades

para os desenvolvedores que atuam na produção do

desenvolvimento do projeto.

2. A equipe de suporte garantirá um framework para estabelecer uma

regra para toda a equipe de produção.

3. Além da documentação do projeto será criado um sistema para

avaliar o término de cada rotina atribuída ao desenvolvedor para o

mesmo ver como está sua produção individual e no geral do

projeto.

4. Um servidor de Backup será a garantia de que toda a produção

realizada por todos estará salvo para qualquer problema do

servidor de produção.

5. Faremos uma pesquisa de mercado para avaliar os melhores

softwares de desenvolvimento de produção dos programadores e

gerenciamento de projetos. Estabelecido o software, daremos

cursos para a equipe caso haja a necessidade de aprimorar e

deixar todos suficiente em um mesmo nível de desenvolvimento.

6. Será criado um modelo de projeto de desenvolvimento para que

seja identificado em cada programa fonte, a utilização de

comentários e identificação a que módulo pertence, a data de

criação e as ultimas modificações com as datas, padrões para

nomes de classes e arquivos, número máximo de colunas por linha

do código, etc.

7. Reuniões periódicas quinzenais com os clientes para asseguraro

progresso e a qualidade do projeto.

6.5 Controle da Qualidade

Para garantir a qualidade exigida, são feitas verificações periódicas,

algumas delas são listadas abaixo, não necessariamente seguindo a

ordem apresentada e nem sendo aplicadas em todas as verificações:

1. Foi construído o plano de testes específico para o projeto?

2. Foram aplicados todos os testes no projeto?

3. Todos os bugs foram removidos?

4. As restrições de qualidade especificadas para o projeto foram

alcançadas?

5. Foram criados os documentos de tarefas pendentes e

modificações do projeto?

6. Foi construído o manual do projeto?

7. Foi utilizado o documento padrão de qualidade no desenvolvimento

do código-fonte?

8. Foram listados os responsáveis por cada tarefa realizada?

9. Foram listados os requisitos mínimos para executar a aplicação?

10. Todas as funcionalidades foram implementadas?

11. Cada etapa do trabalho foi devidamente aprovada?

12. Os prazos foram cumpridos?

7. Plano de Comunicação

Sabendo que a boa comunicação faz parte do sucesso e qualidade do projeto adotamos as seguintes formas:

Comunicação escrita através dos documentossucesso e qualidade do projeto adotamos as seguintes formas: Comunicação verbal através de apresentações e reuniões

Comunicação verbal através de apresentações e reuniõesformas: Comunicação escrita através dos documentos A utilização de relatórios para passar as informações

A utilização de relatórios para passar as informações aos stackholders, as técnicas de lessons learned (lições aprendidas) lessons learned (lições aprendidas)

A tabela a seguir identifica nosso plano de comunicação no projeto:

Quadro x Plano de Comunicação

ITEM

DESCRIÇÃO

RESPONSÁVEL

MIDIA

FREQUÊNCIA

OBS

         

Antes do

1

Gerenciamento

de Projeto

Diana Karine

Reunião

Diária

inicio das

atividades

2

Brifieng

Danilo Alves

E-mail

Única

 
 

Riscos

       

3

Potenciais do

Marcos Pedrosa

Reunião

1 vez no mês

projeto

4

Template

Elizabeth Regina

E-mail

Única