Você está na página 1de 2

1

VRIOS CONSELHOS. VOTOS, SAUDAES FINAIS E BNO 1 PEDRO 5. 5-7

1Pe 5:5 Semelhantemente vs, os mais moos, sede sujeitos aos mais velhos. E cingi-vos todos de humildade uns para com os outros, porque Deus resiste aos soberbos, mas d graa aos humildes. 1. Uma relao no s de considerao, mas de aprendizado; os mais experimentados tm mais a ensinar. 2. Vestir o avental da humildade. Isso nos coloca como servos uns dos outros. 3. Deus resiste aos soberbos. Aquele que se mostra por cima, por sobre os outros. No significa que algum os colocou em tal posio, mas que eles, a si mesmos; mas implica tambm, em algum que supervaloriza a sua posio em detrimento dos demais. Tais pessoas so resistidas pelo prprio Deus; um sinal de desaprovao. 4. Em contrapartida, os que vestem o avental da humildade recebem graa, so bem aceitos diante de Deus. 5. Com soberba ou com humildade, o foco o prximo, mas com resultados prticos diante de Deus. 1Pe 5:6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mo de Deus, para que a seu tempo vos exalte; 1. O soberbo no sabe se humilhar; mas o crente humilde sim. O conselho para que nos humilhemos debaixo da potente mo de Deus. 2. Diferente do soberbo, o humilde sabe que dependente de Deus e est sempre pronto a busc-Lo em tempos difceis, e ador-lo em qualquer tempo.

3. O soberbo busca a sua prpria exaltao; o crente humilde o prprio Deus quem o exalta. 4. Outro aspecto importante: em 5.5 o soberbo sofre a resistncia de Deus; aqui, o que se humilha recebe a exaltao divina (Ver Lc 14.11). 5. Deus quem estabelece o tempo da sua ao, da sua interveno; a exaltao pode acontecer fora do nosso tempo: uma exaltao escatolgica. 1Pe 5:7 lanando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vs.

1. Em 5.5 o conselho para cingir; aqui, o conselho para lanar longe. Tirar e lanar fora o que pode estar atrapalhando. 2. O que atrapalha a ansiedade; o pensamento de que possvel fazermos alguma coisa por ns mesmos ou por outrem. 3. O foco no ansiedade comum do dia a dia, mas a ansiedade que quer resolver o que no est ao nosso alcance. a busca de coisas fora do tempo de Deus. 4. Pedro aprendeu que no devia viver ansioso com Jesus (Mt 6.25-34). Agora, Pedro ensina os seus leitores que a ansiedade no acreditar que Deus est no comando das coisas e da nossa vida. 5. Tem coisa melhor que saber que estamos sob os cuidados de Deus; que estamos debaixo de suas fortes mos?

Pr. Eli da Rocha Silva 26/06/2011 Igreja Batista em Jd Helena - Itaquera