P. 1
Glicogenolise Glicogenese e Gliconeogenese

Glicogenolise Glicogenese e Gliconeogenese

|Views: 8.779|Likes:

More info:

Published by: Jéssica Vasconcelos on Jul 03, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/13/2014

pdf

text

original

Glicogênese, glicogenólise e gliconeogênese

Glicogênese, glicogenólise e gliconeogênese
‡ O equilíbrio entre a síntese e a degradação do glicogênio depende das atividades relativas da glicogênio sintetase e da glicogênio fosforilase controladas por fosforilação e desfosforilação disparada por hormônios; ‡ GLICOGÊNESE: formação de glicogênio pela união das moléculas de glicose no fígado e nos músculos. A insulina liga-se a um receptor de membrana, o qual muda de conformação e permite que a porção da GTP ative a proteína G, que vai ativar a enzima adenilciclase. Esta enzima ativa outra enzima, a fosfodiesterase, que degrada AMPc3¶5¶ em AMP que ativa as fosfatases, as quais transformam fosforilase a em b e sintetase D em I.

‡ GLICOGENÓLISE: despolimerização do glicogênio armazenado nos tecidos, liberando glicose para a circulação. O glucagon liga-se a um receptor de membrana, muda de conformação e permite que a porção do GTP ative a proteína G, a qual ativa a enzima adenilciclase que transforma ATP em AMPc3¶5¶ que por estar em alta concentração ativa a proteína quinase que transforma fosforilase b em a e sintetase I em D. ‡ GLICONEOGÊNESE: elementos que não são carboidratos (proteínas e glicerol) transformam-se em glicose. Tanto a glicogenólise quanto a gliconeogênese são respostas defensivas ou adaptativas para combater uma hipoglicemia.

.

.

.

.

.

e requer de ATP . e requer de ATP Na glicólise é utilizada a enzima hexocinase. as reações diferentes estão indicadas nas caixas Estes passos são os mesmos da glicólise. mais no sentido contrário Na glicólise é utilizada a enzima fosfofrutocinase (PFK1).A GLICONEOGÊNESE não é o contrário da glicólise.

mais no sentido contrário .GLICONEOGÊNESE São indicados os átomos de carbono e os grupos fosfato Estes passos são os mesmos da glicólise.

de MALATO Malato (4C) Oxaloacetato (4C) GTP Malato (4C) Ciclo de Krebs Oxaloacetato (4C) ADP + Pi ATP GDP + Pi Fosfoenol piruvato carboxicinase CO2 Transp. de PIRUVATO Piruvato carboxilase CO2 Piruvato (3C) Fosfoenol-piruvato (3C) Gliconeogênese Piruvato .Citossol Mitocôndria Transp.

Metabolismo do Glicogênio .

A cada dez resíduos da cadeia principal. Uma cadeia principal com unidades de glicose em ligação E. Grânulos de glicogênio tem tamanhos variáveis e contem as enzimas de síntese e degradação.4.Glicogênio é a forma de reserva de GLICOSE Encontrado no citoplasma da células hepáticas (100 g) e musculares (400 g) sob forma de grânulos. ocorrem ramificações com ligação glicosídica E. .1.1.6.

CH 2OH H OH H CH 2OH H OH H OH O H OH H H O H OH CH 2OH O H OH H H O H OH H H O H CH 2OH O H OH H H OH H 1 O 6 CH 2 5 H OH 3 H CH 2OH O H 2 OH 1 O H H O H 4 OH H H OH H O H glycogen CH 2OH O H OH H H OH OH H H O H 4 OH Dois tipos de ligações: 1p4-alfa e 1p6-alfa glicosídica .

. glicogênio(n resíduos) + Pi 1-fosfato glicogênio (n±1 resíduos) + glicose- .Glicogênio Fosforilase catalisa a fosforólise da ligação E (1 4) liberando glicose-1-fosfato.Requer piridoxal fosfato. .Atua nas extremidades não-redutoras até que restem 4 unidades de glicose.É uma enzima regulatória. .

é o grupo prostético da Glicogênio Fosforilase H O O P O O C O OH H2 C  N H CH3 pyridoxal phosphate ( ) . um derivado da vitamina B6.Piridoxal Fosfato.

Sofre transformações entre as conformações ³relaxada´ (ativa) e ³tensa´ (inibida) PLP GlcNAc inhibitor GlcNAc Human Liver Glycogen Phosphorylase PLP PDB 1EM 6 .A Glicogênio Fosforilase é uma enzima homodimérica sujeita a controle alostérico.

lc c inhibitor lc c uman iver lycogen hosphorylase 1 6 Pergunta: Por que um inibidor da Glicogênio Fosforilase é adequado para o tratamento do diabetes? . Estes inibidores ligam-se na interface.Uma classe de drogas desenvolvida para o tratamento do diabetes (cloroindolcarboxamidas). estabilizando a forma inativa (tensa). inibe a Glicogênio Fosforilase do fígado alostericamente.

Enzimas de desramificação : a) oligo-glucantransferase. B) amilo-alfa-1-6-glicosidase. que quebra as ligações glicosídicas a(1 6) nos pontos de ramificação. que remove um ramo com 3 unidades de glicose e transfere para um ramo adjacente. liberando glicose. CH 2OH H H OH OH H CH 2OH H H OH OH H OH O H O H OH H H H OH OH CH 2OH O H O H H 4 O H O O H OH 6 CH 2 5 H OH 3 H CH 2OH O H 2 OH 1 O H OH H H H 4 OH O H O H OH H H H OH CH 2OH O H OH H H H H OH CH 2OH O H H 1 glycogen .

Transformação de Glicose-1-fosfato a Glicose-6-fosfato Enzima Fosfoglicomutase glicose-1-fosfato glicose-6-fosfato Enzy - r-OPO32 Enzy - r-OH Enzy - r-OPO32 CH2OH H H OH OH H OH O H OPO32 OH H H CH2OPO32 O H OH H H OPO32 OH OH H H CH2OPO32 O H OH H H OH OH H glucose-1-phosphate glucose-6-phosphate .

A Fosfoglicomutase também atua para que a glicose-6-P originada na gliconeogênese seja convertida em glicose1-P para a síntese de Glicogênio glicose-1-fosfato glicose-6-fosfato .

No Fígado a Glicose-6-fosfato pela ação da glicose-6-fosfatase faz com que a Glicose seja liberada para o sangue glicose-6-fosfato + H2O glicose + Pi A glicose-6-fosfatase é essencial para o fígado manter a taxa de glicose no sangue. Esta enzima não existe na maior parte dos outros tecidos .

NADH e ATP .No Músculo não há glicose-6-fosfatase A Glicose-6-fosfato vai para a via glicolítica para produzir piruvato.

Degradação do Glicogênio GLICOGÊNIO GLICOGÊNIO FOSFORILASE GLICOSE-1-P GLICOSE-6-P GLICOSE (sangue) GLICÓLISE .

Síntese do Glicogênio A Fosfoglicomutase também atua para que a glicose-6-P originada na gliconeogênese seja convertida em glicose-1-P para a síntese de Glicogênio glicose-6-fosfato glicose-1-fosfato .

Glicose-1-fosfato uridil transferase glicose-1-fosfato + UTP  PPi + H2O UDP-glicose + PPi 2 Pi  glicose-1-fosfato + UTP UDP.glicose + 2 Pi .

UDP.lucose Pyrophosphorylase Glicose-1-fosfato uridil transferase CH2OH H H OH OH H OH O H O H O P O  O HN O N O O O O  O O  +  O P O P O P O  O CH2 H H OH O H H OH glucose-1-phosphate PPi CH2OH H H OH OH H OH O H O H O P O  UTP O HN O O  O O P O CH2 H H OH N O H H OH UDP-glucose .

A uridina difosfato glicose (UDP-glicose) é o precursor para a síntese de glicogênio O CH2OH H H OH OH H OH O H O H O O P O O O P O H OH O CH2 H O H H OH N HN UDP-glucose .

A Glicogênio Sintase catalisa a síntese das cadeias de glicogênio UDP-glicose é transferida para a hidroxila do C4 de um resíduo terminal de glicogênio (pré-existente) para formar uma ligação E(1p 4) glicogênio(n resíduos) + UDP-glicose glicogênio(n +1 resíduos) + UDP .

(1 p 6) .Uma enzima de ramificação se encarrega de fazer as ligações alfa .

Síntese do Glicogênio GLICOSE-6-P GLICOSE-1-P UDP-GLICOSE GLICOGÊNIO SINTASE GLICOGÊNIO .

REGULAÇÃO DO METABOLISMO DO GLICOGÊNIO Se a síntese e degradação não fossem reguladas haveria um gasto inútil de Energia (idem glicólise e neogligogênese) A Glicogênio Fosforilase e a Glicogênio Sintase são reguladas de forma recíproca por MODULADORES ALOSTÉRICOS e por FOSFORILAÇÃO (hormonal) .

Interconexão das Vias do Metabolismo da Glicose .

Glicose Glicogenólise Glicogênio Via das Pentoses Ribose +NADPH GLICOSE-6-P Gliconeogênese Glicogênese Glicólise Piruvato Aminoácidos Acetil CoA Ciclo de Krebs .

Glicose Glicogenólise Glicogênio Glicogênese Glicólise Gliconeogênese Glicerol Triacilgliceróis Piruvato Aminoácidos Ácidos Graxos Acetil CoA Via das Pentoses Ribose +NADPH GLICOSE-6-P Ciclo de Krebs .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->