Colégio Cristo Redentor de Ensino Fundamental

TRABALHO RECUPERAÇÃO DE PORTUGUÊS Disciplina: Língua Portuguesa Fábio Amaral Aluno: Leia o texto e depois responda as perguntas: O Homem Chovia um pouco na primeira vez que Pollyanna encontrou o Homem. Referia-se a ele desse modo, pois não sabia o seu nome. Como sempre costumava fazer, cumprimentou o com um sorriso. O Homem nada disse e, na verdade, nem mesmo dirigiu-lhe o olhar. Ela ficou impressionada com sua seriedade, porém, no dia seguinte, insistiu em cumprimentá-lo e, além disso, puxou conversa: — Que bom que hoje não seja ontem! O Homem parou e, bastante aborrecido, resmungou: — Escute, menina! Vamos parar com essa bobagem, pois eu tenho assuntos mais importantes em que pensar. Não tenho tempo a perder com uma criança que... Pollyanna encontrou o Homem em várias outras ocasiões, insistindo sempre em conversar com ele, apesar do seu péssimo humor. Com o passar do tempo, sem perceber, ele foi falando mais com ela, por vezes esteve a um passo de um sorriso ou um gesto de carinho. Certo dia, Nancy estava com Pollyanna quando o Homem passou e disse “boa tarde” para a menina. Nancy mal pode acreditar no que viu: — Deus do céu! Ele fala com você? — Agora sim, mas foi difícil conseguir conversar com ele. Nancy contou a Pollyanna que o Homem chamava-se John Pendleton e morava sozinho num palacete que ficava na colina Pendleton. Era o homem mais rico da região e conhecido por não gostar de ninguém.
Adaptação de Pollyanna, de Eleanor H. Porter, de Júlio Emílio Braz. São Paulo: Ed. Scipione.

Valor: 20,00 Turma: Data: 02/07/2011

Professor(a):

1) 2) 3) 4) 5)

Que outro título você daria para esse texto? Por que Pollyanna se referia ao John Pendleton como o Homem? Na sua opinião, por que Pollyanna insistia em cumprimentar John? Copie do texto a frase que indica que Pollyanna conseguiu “conquistar” John: De acordo com o texto, marque a alternativa correta:

( ) John Pendleton era um homem triste, porque não tinha família. ( ) John Pendleton era um homem rico, conhecido por não gostar de ninguém. 6) De acordo com o texto, indique a fala de cada personagem. Observe a legenda: (P) Pollyanna (N) Nancy (J) John ( ( ( ( ( ) Deus do céu! Ele fala com você? ) Não tenho tempo a perder com uma criança. ) Que bom que hoje não seja ontem! ) Foi difícil conseguir conversar com ele. ) Boa tarde.

g) A opinião do rapaz foi surpreendente.” Retire desse trecho: a) b) c) d) e) f) g) h) dois substantivos comuns que sejam derivados dois substantivos abstratos dois substantivos comuns que sejam concretos e primitivos dois substantivos comuns que sejam compostos duas palavras trissílabas duas palavras monossílabas duas palavras dissílabas duas palavras polissílabas .um lencinho perfumado. sempre o mesmo modelo)no qual havia dois grandes bolsos.Neles ficavam seus guardados.oculinhos no nariz. 10) Leia o trecho baixo : “ Vovó Anita era baixinha. d) O jardim está muito bonito. a) Complete as palavras com: SS SC GUE GUI QUE QUI OSO OSA Na casa. mas curi________.Seus tesouros eram guardados em incontáveis gavetinhas de seu guarda – roupa. a caderneta na qual anotava despesas e outra preta. E de________endo as escadas tran________lamente. avistou um lindo bos________. porque sabia que no ________natal da casa não havia nenhuma árvore. Marquinhos encontrou uma pa________agem secreta. c) A lição foi muito fácil. Tornava visíveis apenas o que precisava : o dinheiro enrolado dentro de uma bolsinha tipo porta – moedas.7) Escreva uma frase com o plural do substantivos: a) b) c) d) e) f) g) criança homem lápis taxi alemão mal cão 8) Passe as frases abaixo para o plural: a) Era o homem mais rico da região e conhecido por não gostar de ninguém. Quase todos secretos segredos. todas impecavelmente arrumadas. e) O jornal publicou artigos sobre a vida em Portugal.bem baixinha.uma história interessante de uma casa assombrada onde caiu a bola que Marquinhos jogava com os amigos. Cabelos grisalhos. Marquinhos ficou espantado.com números de telefones. 9) A professora de Pollyanna leu para a turma o livro Marquinhos no “Lugar-Nenhum”. ele fez muitas descobertas. f) O pão está fresquinho. b) Ele é o rapaz mais inteligente da cidade. nesta casa. sem pre________ça.Sempre o mesmo vestido de bolinhas ( encomendava na costureira. E.

perfeito. d) Veja a dor que devora o meu coração. 12) Assinale a alternativa em que uma das palavras grifadas não é substantivo: ( ( ( ( ( ) Na juventude aprendemos. primitivo ou derivado e coletivo 15) Leia a letra da música abaixo e depois responda: O Caderno Composição: Toquinho / Mutinho Sou eu que vou seguir você Do primeiro rabisco Até o be-a-bá.11) Separe os substantivos grifados em concretos ou abstratos: a) Minha irmã é minha alegria.(2x) . Não quero nenhuma Bela Adormecida.procurando feito louca um sapatinho de cristal.. se puder Não me esqueça Num canto qualquer. Só peço. Em todos os desenhos Coloridos vou estar A casa.. ) Esta floresta é muito perigosa..compreendemos.na maturidade. prendi brincos-de-rainha.. Sou eu que vou ser seu amigo Vou lhe dar abrigo Se você quiser Quando surgirem Seus primeiros raios de mulher A vida se abrirá Num feroz carrossel E você vai rasgar meu papel. O que está escrito em mim Comigo ficará guardado Se lhe dá prazer A vida segue sempre em frente O que se há de fazer. 14) Leia : “Quero uma menina para namorar. ) Muitos turistas passaram as férias no Rio de Janeiro.Não quero a Cinderela complicada e tão maltratada. ) Não existe travesseiro mais macio que a nossa consciência. a) Separe os substantivos em simples ou compostos.” >> No texto acima. Sou eu que vou ser seu colega Seus problemas ajudar a resolver Te acompanhar nas provas Bimestrais. Uma menina bem moreninha. Classifique-os em próprio ou comum. a montanha Duas nuvens no céu E um sol a sorrir no papel. f) No pé da serra vivia um velho.. Deixa ela lá com seu Príncipe e os Sete Anões.. com o tênis cheirando mal. simples ou composto. e) Tenho por você um grande afeto.Quero uma garota –fera. E chamo copo-de-leite o beija-flor maravilha que inspirou tanto jardim. pernas sujas de terra. Quero alguém assim como eu. c) Eu creio que a vida é bela . perfumei-me de jasmim. Que saiba apanhar no ar qualquer coisa que eu quiser dizer e não der pé. 13) Leia o poema Floração e depois faça o que se pede: Meti-me em chapéu de flores. você vai ver Serei. por causa dos curiosos. à você Um favor. de você... prometi-me amor. com a cara suja de manga. cheinha de vida. confidente fiel Se seu pranto molhar meu papel... bem queimadinha de sol. Nada de Branca de Neve. ) O pobre vivia num casebre. concreto ou abstrato. b) Você é a minha felicidade. há oito substantivos destacados.

c) ( ) de passarinhos. representando de forma poética e visual um fato que jamais seria matéria de uma notícia. 20) Qual a intenção do autor ao criar esse texto? a) ( ) Mexer com os sentimentos do leitor. c) ( d) ( ) Um anúncio. ) Uma reportagem. d) ( ) possui três estrofes de seis versos. às 8h. b) Identifique no texto um vocativo. b) ( ) apresenta uma estrofe de vinte e três versos. 19) O poema lido: a) ( ) não possui versos nem estrofes. b) ( ) de uma gota de orvalho. c) ( ) é formado por vinte e três versos. d) ( ) do Cristo Redentor. 16)Que texto é esse? a) ( ) Uma notícia. Tigres no quintal. b) ( ) Um poema. divididos em duas estrofes. Sérgio. 18) A forma de colocar as palavras no papel lembra a imagem: a) ( ) de um meteoro.a) Quem é o eu-lirico do texto? JUSTIFIQUE. os poetas e os passarinhos choram inconsoláveis. no Rio de Janeiro Seus restos não foram encontrados A Polícia não acredita em acidente Suspeito: o vento Os meteorologistas. Porto Alegre: Kuarup. do dedo anular direito. . URGENTE! Uma gota de orvalho caiu hoje. do Cristo Redentor. 1995. Leia o poema abaixo para responder às questões. Testemunha presenciou a queda: “Horrível! Ela se evaporou na metade do caminho!” CAPARELLI.

(As primeiras regras foram elaboradas em 1860). o autor diz o que aconteceu. 21) Assinale a sequência de ideias apresentada na primeira estrofe do texto. depois. ele diz onde aconteceu. simula ser: a) ( ) um policial. 2. ele finge. o que aconteceu. d) ( ) Os pichadores. ) À noite. b) ( ) um turista. c) ( ) uma testemunha. c) ( d) ( ) À gota de orvalho. ao final. feita de uma maneira bastante diferente daquela que está nos dicionários). ele diz por que aconteceu. em seguida. onde aconteceu. 24) Releia estes versos: consoláveis. ) Informar ao leitor um fato de utilidade pública. sem intervenção das mãos. por que aconteceu. ao final. é possível AFIRMAR que. Enciclopédia e Dicionário Koogan/Houaiss Desporto no qual 22 jogadores. ) Desenhar um ponto turístico do Rio de Janeiro. 25) Explique o uso das aspas nos últimos versos. c) ( ) Os poetas. Testemunha presenciou a queda: “Horrível! Ela se evaporou na metade do caminho!” A quem se refere a palavra ela no último verso? a) ( ) À testemunha. por que aconteceu. ao final. onde aconteceu. o autor diz quando aconteceu. b) ( ) Primeiro. depois. um repórter. se esforçam por fazer entrar uma bola de couro na baliza do conjunto contrário. 22) Pela forma que o poeta escolheu para expressar suas ideias. divididos em dois conjuntos. quando aconteceu. a) ( ) O Cristo Redentor. depois. a) ( ) Primeiro. Definições de futebol: 1. em seguida. c) ( ) Primeiro. nesse texto. 26) Qual a função dos pontos de exclamação nesses versos? 27) O que você observou a respeito do emprego da letra maiúscula nesse poema? 28) Leia as seguintes definições sobre o futebol. b) ( ) O vento. Texto (adaptado) extraído de uma publicidade (encontramos aqui uma interessante definição do futebol. em seguida.b) ( c) ( d) ( ) Denunciar a incapacidade dos policiais diante de um crime. Depois faça o que se pede. d) ( ) um jornalista. b) ( ) À polícia. 23) Quem é o suspeito de ter provocado a queda da gota de orvalho? JUSTIFIQUE. ele diz quando aconteceu. d) ( ) Não há seqüência de idéias no texto. . o autor diz o que aconteceu.

30-1. Qual dos itens seguintes traduz esse princípio? ( ( ( ) O desconhecimento do locutor a respeito do assunto. solidariedade. No Brasil de hoje.Mas é justo. Considerando os elementos da comunicação nesse quadrinho: a) Quem é o locutor ou emissor? b) Quem é o receptor ou locutário? c) Qual é a mensagem? d) Em que código está a mensagem? 30) Leia esta piadinha de Ziraldo: A patroa pedia informações para a nova empregada: . capoeira. revelada apenas no final. madame? Antes de ele ir pro quartel? (Mais anedotinhas do Bichinho da Maçã. que por sua vez. amizade. Não mais.Futebol é bola na rede. Futebol é saúde. Futebol é competição que utiliza a bola. concluímos que a nova empregada. 1998. futebol é a reunião da família. ao afirmar que se recusou a dar banho no filho do patrão. Futebol é arte.Por que você foi despedida do seu último emprego? . também de maneira bem criativa. saber vencer. .Porque me recusei a continuar dando banho no filho do patrão. Agora é a sua vez.Mas toda manhã. educação. a união dos povos. Bom trabalho! Abraços! . . Fuja das definições de dicionários e explique. Grito de gol! Não só. ) O desconhecimento do interlocutor a respeito do assunto. Futebol é balé. São Paulo: Melhoramentos.) A piada é construída a partir da supressão (omissão) de uma informação. Sempre. cultura. ocorre um ato de comunicação entre Mônica e Cebolinha. Festa. a) Qual é essa informação? b) Considerando a situação comunicativa e o conhecimento prévio que os interlocutores têm um do outro. a redenção da Pátria. P. não levou em conta um princípio básico da comunicação. Mínimo de 10 linhas. Futebol é fonte de riqueza. outra paixão nacional: a Festa Junina. Você não podia se negar a fazer isso. tem o compromisso de estar ao lado do torcedor e do cidadão brasileiro. ) Os valores e preconceitos do interlocutor sobre o assunto. samba. 29) Leia esta tira de Maurício de Sousa: (1.0) No 3º quadrinho dessa tira.

Professor Fábio Amaral. .