P. 1
Transistor Como Regulador de Tensao

Transistor Como Regulador de Tensao

|Views: 1.177|Likes:
Publicado porCharlie Fernandez

More info:

Published by: Charlie Fernandez on Jul 13, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/16/2013

pdf

text

original

Transistor como Regulador de Tensão

Transistor como Regulador de Tensão
Eng.: Roberto Bairros dos Santos. Um empreendimento Bairros Projetos didáticos www.bairrospd.kit.net
Este artigo descreve como identificar e analisar circuitos reguladores de tensão série usando transistores!

1

...................... ....................... 5 Transistores na configuração Darlington: ............. 7 Fonte série ajustável: ................................................... 4 Análise do circuito regulador tensão série básica........................................................................... 3 Circuito Básico de uma fonte série: ........................................................................................Transistor como Regulador de Tensão Conteúdo 1 2 3 4 5 6 7 8 Introdução:............ 9 Exemplos: ..................................................................................... 8 Fonte série ajustável com zener:...................................................................................................................................................................................... 10 2 .............................................. 6 Fonte série com divisor de tensão: ..........................

por isto. este tipo de circuito é chamado regulador série e o transistor vai funcionar como um resistor variável. A fonte de alimentação que utiliza transistor série é chamada de fonte de alimentação linear.Transistor como Regulador de Tensão 1 Introdução: Uma das principais aplicações do transistor é em fontes de alimentação estabilizada e regulada. a fonte chaveada tem uma perda de energia muito menor! Nos parágrafos seguintes você verá a análise dos principais circuitos de fonte estabilizada com transistor série! Este tipo de circuito é a base para a construção de muitos circuitos integrados especialmente desenvolvidos para funcionarem como reguladores de tensão e serão mostrados em outro capítulo! 3 . existe outro tipo. no entanto um circuito usando somente diodo zener não consegue fornecer correntes altas para a carga é ai que entra a aplicação do transistor. Em uma fonte de alimentação estabilizada o componente eletrônico responsável em manter a tensão de saída estabilizada é o diodo zener. chamada de fonte de alimentação chaveada que funciona de forma muito diferente! A vantagem da fonte linear é a sua simplicidade a sua desvantagem é que o transistor funcionando como um resistor esquenta e este calor é uma perda de energia. O transistor é usado para reforçar a corrente de saída em fontes de alimentação estabilizada. Neste tipo de circuito o transistor é colocado em série com a carga.

O diagrama mostra um circuito regulador zener convencional com um transistor em série com a carga! O diodo zener tem a função de estabilizar a tensão fixando a tensão de saída e o transistor tem a função de reforçar a corrente na carga RL! Figura 1: Fonte de tensão série básica! 4 .Transistor como Regulador de Tensão 2 Circuito Básico de uma fonte série: O circuito da figura abaixo mostra uma fonte série básica.

o único componente que influi na tensão de saída é o zener! Com este circuito você pode fazer uma fonte para qualquer tipo de tensão de saída. Você pode considerar o transistor como um resistor variável que ajusta o seu valor de forma a manter a tensão de saída sempre no mesmo valor! A equação abaixo mostra este conceito onde VQ é a queda de tensão sobre o transistor! Vo = V1 − VQ 5 .7V. A análise do circuito para determinar a tensão de saída Vo sobre RL e determinada pela malha de saída assinalada em vermelho na figura abaixo! Figura 2: Análise das malhas para determinar a tensão de saída! Olhando para a malha de saída a equação fica: + VZ − 0. mas a corrente da carga é fornecido pelo transistor como é mostrado na figura acima pela linha em azul! Neste circuito a tensão de saída é fixa mesmo que a tensão de entrada V1 varie quem absorve o excesso de tensão é o transistor. basta escolher o zener e transistor apropriado! Note que a tensão de saída é determinada pelo zener.7 + VO VO = VZ − 0.7V − VO = 0 VZ = 0.Transistor como Regulador de Tensão 3 Análise do circuito regulador tensão série básica. não depende do transistor.7 A tensão de saída VO depende somente do valor da tensão zener menos 0.

O ganho de uma configuração Darlington é igual ao produto do ganho de cada um dos transistores. Este tipo de transistor possui um símbolo especial mostrado na figura abaixo! Figura 4: Símbolo do transistor com configuração Darlington interna! 6 . mas opera com baixa corrente de coletor. e o transistor Q2 possui baixo ganho.Transistor como Regulador de Tensão 4 Transistores na configuração Darlington: A configuração Darlington é mostrada na figura abaixo. mas opera com alta corrente de coletor. Valores de ganho de corrente típico são: 100 para Q1 e 20 para Q2! Observe que neste caso a tensão de saída é dada por: VO = VZ − 1. neste circuito é adicionado o transistor Q2 em relação ao circuito da fonte série básica reforçando a corrente na saída. Normalmente o transistor Q1 possui um alto ganho de corrente. Os transistores Q1 e Q2 formam a configuração Darlington.4 V é devido a soma das duas quedas de tensão na junção base emissor de Q1 e de Q2! Este tipo de configuração é usado para circuitos com correntes maiores do que 5 Ampéres! Figura 3: Fonte de tensão série básica usando transistores em configuração Darlington! Esta configuração é tão importante que alguns fabricantes oferecem transistores com um encapsulamento com os dois transistores da configuração Darlington montados. o TIP 122 é um PNP Darlington.4V Onde o 1. por exemplo.

7 VO = V1 R2 − 0. no entanto. Este circuito é menos preciso do que o circuito com zener. Este circuito não é tão preciso como o circuito com zener. como será mostrado no capítulo seguinte. pois a tensão de saída depende da tensão de entrada V1 que pode variar com a tensão da rede! 7 . A figura abaixo mostra a malha para determinar a tensão de saída Vo. A tensão de referência é dada pelo resistor R2 do divisor de tensão formado por R1 e R2! Figura 5: Circuito regulador série com divisor de tensão: A equação da malha é mostrada abaixo onde a tensão VR2 é substituída pela equação do divisor de tensão! VR2 − VBE − VO = 0 VO = VR2 − 0.7 R1 + R2 Note que a corrente de saída continua sendo fornecida pelo transistor Q1 como no circuito anterior. é a base para o circuito em que a tensão de saída pode ser ajustada.Transistor como Regulador de Tensão 5 Fonte série com divisor de tensão: A figura abaixo mostra um circuito com regulador série onde a tensão de saída é determinada por um divisor de tensão.

7 R2 VO max = V1 − 0.7 R1 + R2 8 . O circuito abaixo é o mesmo mostrado no capítulo anterior onde a tensão sobre o resistor R2 pode ser ajustado pelo potenciômetro.Transistor como Regulador de Tensão 6 Fonte série ajustável: A figura abaixo mostra um circuito em que a tensão de saída pode ajustada via potenciômetro R2. desta forma a tensão de saída pode variar de zero volt até a tensão máxima dada pela equação do divisor com o valor máximo de R2 que é exatamente o valor do potenciômetro! Figura 6: Circuito série ajustável! A equação da malha é mostrada abaixo onde a tensão VR2 é substituída pela equação do divisor de tensão! VR2 − VBE − VO = 0 VO = VR2 − 0.

pois a tensão de saída não depende da tensão de entrada V1.Transistor como Regulador de Tensão 7 Fonte série ajustável com zener: A figura abaixo mostra um circuito ajustável onde a tensão de referência é dada por um zener e a tensão de saída é dada por um divisor de tensão com potenciômetro.7 VO max = VZ − 0. O resistor R2 é a resistência interna do potenciômetro e o somatório R1+R2 é o valor total da resistência do potenciômetro! 9 . VR2 − VBE − VO = 0 VO = VR2 − 0. pois as correntes sobre o divisor de tensão são menores. Este circuito é mais preciso que o circuito do parágrafo anterior o zener estabelece uma maior precisão. que pode variar com a variação da tensão da rede! A dificuldade deste circuito consiste em que o transistor Q1 deve ser de alto ganho.7 Note que a diferença em relação a equação anterior é que a tensão do divisor de tensão é a tensão zener e esta será a tensão máxima do divisor. Neste tipo de circuito é muito comum usar o transistor na configuração Darlington! Como nos circuito anteriores a corrente na carga é fornecida pelo transistor! Figura 7: Circuito série ajustável com zener e potenciômetro.

7 VO = 12 − 0.3V Note que para o cálculo da tensão de saída não foi usado a tensão de entrada V1 de 20V nem o resistor R1 de 1K entrou na equação.Transistor como Regulador de Tensão 8 Exemplos: 1) Determine a tensão de saída e a corrente no circuito da figura abaixo? Figura 8: Exemplo 1 Solução: Este é um circuito série com zener a tensão de saída é dada pela equação abaixo: VO = VZ − 0.13A R L 100 10 .3V IL = O = = 1. A única considerar a fazer neste caso é que a tensão de entrada V1 deve ser maior do que a tensão zener mais a queda de tensão sobre o resistor R1. normalmente esta tensão deve ser da ordem de no mínimo 3V a mais do que a tensão zener! A corrente de saída é função apenas da carga RL e da tensão VO e pode ser determinada pela equação abaixo: V 11.7 VO = 11.

2A R L 50 11 .7 − 0.7V R1 + R 2 280 VO = VR2 − 0. = 10.7 = 10V A corrente de saída é função somente de VO e RL: IL = VO 10V = = 0. ou primeiro calcular a tensão sobre o resistor R2 usando a equação do divisor de tensão e depois usar este valor para determinar a tensão de saída como é feito abaixo: VR2 = V1 R2 100 = 30. você pode aplicar direto a equação mostrada no capítulo 5.7V = 10. Solução: Este é um circuito onde a tensão de saída é determinada pelo divisor de tensão R1 e R2.Transistor como Regulador de Tensão 2) Determine a tensão e a corrente de saída no circuito da figura abaixo? Figura 9: Exemplo 2.

5A R L 10 12 .7 VOmax = 5V A corrente máxima é dada pela equação abaixo: V 5V I Lmax = O = = 0.7 VOmax = 5. neste caso a tensão sobre o potenciômetro será exatamente a tensão zener.7 − 0. Solução: A tensão máxima ocorre quando o cursor do potenciômetro esta posicionado na parte superior.Transistor como Regulador de Tensão 3) Determine a máxima tensão de saída e a máxima corrente de saída? Figura 10: Exemplo 3. como mostra a figura abaixo! Figura 11: Potenciômetro ajustado para a máxima tensão! A equação neste caso para determinar a tensão de saída é a mesma é a mesma do circuito com zener! VOmax = VZ − 0.

15V 13 . Este mesmo raciocínio pode ser usado para qualquer ajuste do potenciômetro.85V R+R 2 2 A tensão de saída é dada por: Vo = VP2 − 0.85 − 0. A tensão na base do transistor será sempre uma porcentagem da tensão zener! Exemplo 4! A tensão no ponto P2 é dada pelo divisor de tensão onde o cursor está posicionado na posição central: VP2 = Vz V R 5.Transistor como Regulador de Tensão 4) Determine a tensão de saída no circuito do exercício anterior quando o potenciômetro estiver com o cursor exatamente na metade do curso? Solução: Neste o circuito pode ser redesenhado considerando o potenciômetro como dois resistores com o mesmo valor.7 = Z = = 2.7 = 2.7 = 2.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->