P. 1
A Teoria da Administração Científica Aplicada em Enfermagem

A Teoria da Administração Científica Aplicada em Enfermagem

|Views: 2.839|Likes:
Publicado pormarcelinocsampaio

More info:

Published by: marcelinocsampaio on Jul 18, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/02/2013

pdf

text

original

PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO

A ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

SUMÁRIO
INTRODUÇÃO EVOLUÇÃO DA GESTÃO TAYLOR COMO PERCUSSOR DA TEORIA ADMINISTRATIVA CIENTÍFICA PRÍNCIPIOS DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA CARACTERIZAÇÃO CARACTERISTICAS ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DA TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA A TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA APLICADA EM ENFERMAGEM CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA/PRINCIPAIS

Administração. O principal objectivo deste trabalho é o de facilitar um maior nível de compreensão da importância da Administração na profissão da Enfermagem e as mudanças que se têm vindo a verificar ao longo dos tempos nesta mesma área. e para melhor compreender a dita prática.INTRODUÇÃO  A prática de Enfermagem condensa em si o saber de várias Ciências e tem-se vindo a denotar cada vez mais a temimportância de um bom Sistema Administrativo. área. reflectir sobre a mesma. como a organização da mesma. para facilitar tanto a prática. em Enfermagem.  . Torna-se deste modo importante. tendo em conta as Teorias da Administração. TornaEnfermagem.

A causa para o aparecimento das teorias de gestão fora: Revolução Industrial. sentiu-se a necessidade de sistematizar e orientar a forma de gestão. Aparecimento de unidades industriais de grande dimensão. Rápido desenvolvimento dos níveis de produção.EVOLUÇÃO DA GESTÃO ABORDAGEM CLÁSSICA Nos finais do séc. Aparecimento das primeiras empresas com linhas de montagem. Maior divisão do trabalho nas empresas . XIX.

dos que mais se destacou. tendo o contributo de Frederik Winslow Taylor (1856-1915). um 1856-1915). Científica. . devido ao seu grande contributo para a Administração Científica.TAYLOR COMO PERCUSSOR DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA TAYLORISMO  Foi com o intuito de se melhorar a produtividade empresarial que foram surgindo as denominadas Teorias de Administração.

Princípios da Administração Cientifica      Os princípios da Administração Cientifica. são quatro. nomeadamente: nomeadamente: Princípio do Planeamento Princípio da Preparação dos trabalhadores Princípio do Controlo Princípio da Execução . segundo Taylor.

houve a necessidade de aprofundar o conhecimento de como as administrar. Surgiu então a Teoria da Administração.Caracterização da Teoria de Administração Científica  Ao longo dos tempos e com a criação de várias empresas. administrar. que possuía como pressupostos cinco variáveis básicas .

Características da Administração Cientifica  As tarefas A estrutura organizacional As relações humanas A tecnologia O ambiente     .

Características da Administração Cientifica  Enfoque Mecanicista Administração como Ciência Divisão e Superespecializaçao do Operário   .

Características da Administração Cientifica  Conceito do Homo Economicus Abordagem Fechada Ênfase na Eficiência Principio da Execução Conceito do Homo Economicus Abordagem Fechada Ênfase na Eficiência       .

 Tarefas de acordo com as aptidões.ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS ASPECTOS POSITIVOS  Incentivos/Salários elevados (Homo economicus) economicus). aptidões.  Objectivos/interesses comuns aos funcionários e gerentes  Rapidez de produção/execução  Eficiência de produção .

desvinculada do mercado.ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS ASPECTOS NEGATIVOS  Visão Mecanicista da pessoa. pessoa. »»» . incentivos morais e da auto realização.  Organização vista de forma fechada.  Desconsideração do reconhecimento do trabalho. mercado. realização.

simplista.  Diminuição progressiva do ritmo de trabalho e aumento do stress.  Divisão social e técnica do processo produtivo.  Lei da fadiga demasiado simplista. . monótonas. produtivo. stress.ASPECTOS POSITIVOS E NEGATIVOS ASPECTOS NEGATIVOS  Tarefas repetitivas e monótonas.

teve como base melhorar a produtividade dos profissionais através de várias abordagens de gestão. Podemos encontrar frequentemente reflexos desta teoria na administração do pessoal e elaboração de escalas do serviço. serviço.A Teoria da Administração Científica aplicada em Enfermagem  A teoria da administração científica de Frederic Taylor. gestão.  . associada à prática de Enfermagem.

serviços.A Teoria da Administração Científica aplicada em Enfermagem  Para a introdução desta teoria nos serviços de saúde. mais propriamente na vida dos Enfermeiros. . foram feitas pesquisas de forma a analisar o tempo de execução de tarefas e a qualidade dos profissionais aquando da sua realização com o intuito de gerir as suas competências para uma determinada tarefa que posteriormente irá melhorar a eficácia e a eficiência dos serviços.

que desempenha tarefas de acordo com a sua especialização. leva a que o profissional de Enfermagem seja visto como uma peça de uma engrenagem. especialização. os Enfermeiros abandonaram uma visão holística do doente e preocuparam-se preocuparamunicamente com o como fazer .A Teoria da Administração Científica aplicada em Enfermagem  Esta teoria que enfatiza a tarefa. Neste tipo de abordagem. .

tentando implementar a sistematização das tarefas. recorrendo a um profissional especializado para cada intervenção. intervenção.A Teoria da Administração Científica aplicada em Enfermagem  Segundo os padrões de Taylor. desvalorizadesvaloriza-se a experiência e os conhecimentos dos profissionais de saúde. .

conforme a gravidade da doença de forma a atribuir profissionais especializados nas intervenções de Enfermagem que estes possam necessitar. metas. Este sistema cataloga os doentes.A Teoria da Administração Científica aplicada em Enfermagem  Estas ideias resultaram na criação de padrões de realização de tarefas para os quais eram oferecidos incentivos após cumprimento de determinadas metas. necessitar.  .

Contudo. na medida em que. acabaria inevitavelmente por mudar o modo como se percepciona a relação enfermeiro/utente. de forma a favorecer a sua produtividade. tarefa. somos da opinião que uma aplicação da Teoria de Administração na prática de Enfermagem. visto que a teoria tem apenas em conta a tarefa. produtividade. assim como a necessidade existente de se satisfazerem os requisitos básicos que permitam a satisfação laboral dos indivíduos que constituem a empresa. .Conclusão   No decorrer da realização deste trabalho. o grupo teve a oportunidade de adquirir noções relativas à importância que uma Administração eficiente possui no sucesso empresarial. o utente não receberia os cuidados de que necessita a um nível humanista .

proporcionou não só à Enfermagem um modo diferente de organizar e administrar a prática da profissão propriamente dita. sendo deste modo um importante contributo no ramo organizacional. . organizacional.Conclusão  No entanto. o desenvolvimento da Teoria de Administração.

Coimbra: Formasau. Administração para Enfermeiros. Maria H.. 1991.Bibliografia  FREDERICO. Coimbra: 1999.B. CUNHA. LEITÃO. Paulina. Paulo: 1991. Paulina.  .Princípios de Manuela. MASSOROLLO. Administração em Enfermagem/ Coordenadora Paulina Kurcgant. KURCGANT. ISBN: 85Kurcgant. 1ª Enfermeiros. 1999. ISBN: 8512-1247012-12470-9. CIAMPONE. káthia C. Maria C. Maria dos Anjos . Edição. São Paulo: EPU.. ISBN: 972-8485-09Edição. T. K. Manuela. ISBN: 972-8485-09-3.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->