SISTEMA HEMATOLÓGICO

O sangue é produzido em dois locais: a medula óssea e o sistema reticulo endotelial (SRE). O sangue é responsável pelo: Transporte de oxigênio absorvido dos pulmões e nutrientes do trato gastrointestinal para as células do corpo. ‡ transporte de produtos tóxicos (dióxico de carbono, resíduos) produzidos pelo metabolismo celular para pulmões, pele, fígado e rins onde são eliminados. ‡ transporte de hormônios e anticorpos dos sítios de produção para os sítios de ação. ‡ contribuir para a Homeostase, auxiliando na distribuição de água, solutos e calorias. Sistema Hematológico Fisiologia: Sistema hematológico: formado por: sangue, medula óssea e linfonodos. Volume: 7 a 10 % do peso corporal ( cerca de 5 litros) Circula através do sistema vascular Função: levar nutrientes e oxigênio para células e retirar substâncias tóxicas e gás carbônico. Composição do sangue Plasma: O plasma é um líquido de cor palha constituído por proteínas e por electrólitos. As proteínas plasmáticas são a albumina que mantém a pressão osmótica, a globulina que intervém em processos de imunidade corporale o fibrinogénio e a protrombina que intervém no processo de coagulação. Albumina ± mantém equilíbrio osmótico do sangue Globulina ± da imunidade ao corpo através dos anticorpos Fibrinogênio e Protrombina ± participam do processo de coagulação Células sangüíneas: Eritrócitos, células vermelhas ou hemácias São a maior parte das células do sangue - Responsável pela coloração do sangue - São produzidas na medula óssea - Fim: Baço-Fígado - Função principal: transporte de oxigênio dos pulmões e manutenção do pH devido à hemoglobina existente no seu interior. - Principal componente: proteína: Hemoglobina - Vida das hemácias 115 a 130 dias ( eliminadas pelo baço e fígado) - Valor normal 5000.000 / milímetros cúbicos. Leucócitos ou células brancas: - Principal função: Combate à infecção. - Granulocítos - 70% da série branca, produzido na medula óssea. Divididos em neutrófilos, eosinófilos, basófilos. Neutrófilos: - Previne ou limita infecção via fagocitose de elementos estranhos (bactérias). Eusinófilos: - Envolvido em reações alérgicas. Libera histaminase. - Digere elementos estranhos. Basófilos:

Apresentar o antígeno ao sistema imunológico.Responsável pela imunidade célular. . Megaloblástica. vírus). parteintegral das reações de hipersensibilidade. . O que são ? São fragmentos granulares de células gigantes da medula óssea chamadas megacari megacari . Quase todas são tratadas na comunidade. Os linfócitos chegam aos órgãos linfáticos periféricos através do sangue e da linfa. situadas em diferentes locais do organismo.Remover células velhas ou danificadas da circulação. Linfócito T: maturam-se no timo.Responsável pela imunidade humoral. são fagócitos moveis. produzidos nos gânglios linfáticos. . . . Existem diversos tipos: Ferropriva.. . chegando ao hospital quando há comprometimentos cardiovasculares e ou imunológicos.Estimular o processo inflamatório. Plaquetas: Trombócitos .aplástica. as células micróglias e as células de Kupffer. . intervindo. Doença renal. . por exemplo.São responsáveis por estancar sangramentos. além de desempenharem funções de defesa contra infecções generalizadas.Rejeição de tecidos estranhos.Monócitos .Linfócito . .Diferenciam-se em macrófagos. Falciforme. .000/ milímetros cúb Principais patologias Anemias: são o distúrbio hematológico mais comum reflete a um número menor de hemácias ou deformidade das mesmas.Altamente fagocitários (fungos. . .000 a 500. Talassemia. produção gânglios linfáticos. .Linfócitos .4% da série branca. Os trombócitos são células essenciais à homeostase e coagulação. . .Funções dos Macrófagos: . .Defender o corpo contra invasores estranhos. .Principal função: Possuem um papel fundamental no controle do sangramento.Muitas diferenciam-se em plamócitos .Linfócito B: saem da medula já maduros. .Valor normal: 250. no metabolismo do ferro. desse modo.Produção regulada pelo hormônio . fonte de imunoglobulinas circulantes (anticorpos). São os monócitos e todas as células a que eles dão origem em outros tecidos como os macrófagos. Doença crônica. .Destruição de células tumorais. Talassemia maior. têm características reticulares e endoteliais e são dotadas de capacidade fagocitária.Síndrome Mielodisplásicas(SMD). que compõem tal sistema. .Secreta anticorpos (Imunoglobina).Valor normal : 5000 a 10000/ milímetros cúbicos Sistema Reticuloendotelial: DEFINIÇÃO: É o sistema orgânico constituído por células que. quando em caso de extravasamento.25% da série branca. Hemolítica. responsável pela competência imunológica.1% da série branca.Plasmócitos .Contém histamina. na formação de células sanguíneas.

 Grupo sanguíneo B: Indivíduos têm o antígeno B na superfície de seus RBCs. mas o soro sanguíneo deles contêm Imunoglobulina M com anticorpos anti-A e anti-B contra os grupos antígenos A e B. Assim. e pode doar sangue para indivíduos com o tipo B ou AB. Assim. ele não poderá receber sangue do tipo Rh+. e o soro sanguíneo contido na Imunoglobulina M são anticorpos contra o antígeno A. GRUPO SANGUINEO ABO: Há vários grupos sangüíneos herdados independentemente entre si. mas só pode doar sangue para outros com o tipo AB.  Grupo sanguíneo A: Indivíduos têm o antígeno A na superfície de suas RBCs. alguém com tipo de sangue AB pode receber sangue de qualquer grupo (com AB preferível). São conhecidos diversos sistemas de grupo sangüíneos. alguém do grupo B pode receber sangue só de indivíduos de grupos B ou O (com B preferível).  Grupo sanguíneo O (significando zero): Indivíduos não possuem antígenos nem A ou B na superfície de suas RBCs. se assim for. uma vez que. B. e o soro sanguíneo contido na Imunoglobulina M são anticorpos contra o antígeno B. que é a transferência total ou parcial (apenas componentes do sangue como plasma ou glóbulos vermelhos) é capaz de salvar muitas vidas. já as pessoas do fator Rh. Se qualquer um precisar de uma transfusão de sangue em uma emergência. e se o tempo necessário para processar o recebedor do sangue causaria um atraso prejudicial. uma pessoa do grupo A pode receber sangue só de pessoas dos grupos A ou O (com A preferível). Quando se procede a uma transfusão sanguínea é necessário verificar se o receptor tem Rh-. Uma pessoa do grupo sanguíneo Rh+ pode receber transfusão de sangue tanto do fator Rh+ quanto do Rh . pois. Aquelas que não apresentam o antígeno Rh são denominados Rh (Rh negativas). mas pode doar sangue para pessoas com qualquer grupo ABO (ou seja. Compatibilidade no sistema ABO  Grupo sanguíneo AB: Indivíduos têm tanto antígenos A quanto B na superfície de suas RBCs. o sangue 0. O ou AB).(O Negativo) pode ser emitido . Portanto. alguém do grupo O pode receber sangue só de alguém do grupo O. seu sistema imune produzirá anticorpos antiRh.FATOR RH: O grupo sanguíneo Rh é assim conhecido pelo fato do antígeno Rh ter sido identificado primeiramente através de pesquisas no sangue de um macaco Rhesus. As pessoas que apresentam o fator Rh em seus glóbulos vermelhos são identificadas como Rh+ (Rh positivas). Assim. e só pode doar sangue para indivíduos com o tipo A ou AB.podem somente receber sangue Rh-. Apesar destas diferenças importantes. A. As transfusões de sangue. o sangue é o tecido humano mais compartilhado entre as pessoas. e o soro sanguíneo deles não contem quaisquer anticorpos dos antígenos A ou B.

Doador[1] Receptor[1] Oí O+ Aí A+ Bí B+ ABí AB+ Oí O+ Aí A+ Bí B+ ABí AB+ Tabela de compatibilidade de células de glóbulos .

Antígenos: são na verdade proteínas e/ou bactérias que funcionam como corpo estranho em nosso organismo causando doenças.Para doar sangue você precisa: * Ter e estar com a boa saúde * Ter idade entre 18 e 60 anos completos * Ter peso acima de 50 quilos * Não ter tido hepatite. *Não faça o uso de bebidas alcoólicas pelo menos 12 horas antes da doação. Os anticorpos são também chamados de imunoglobulinas (Ig). Os Ac são produzidos de forma específica contra o antígeno (Ag) que estimulou sua produção e têm como função principal a neutralização e eliminação deste antígeno.infecções etc. e divididos em classes e subclasses. neutralização de microorganismos e toxinas. comer frutas e biscoitos. então ativadas (resposta imune secundária). a produção de anticorpos será muito mais rápida e eficiente. após os 10 anos de idade. Quando for doar sangue: *Nunca doe em jejum. pode tomar café. pois os anticorpos serão produzidos pelas células B de memória. O sangue colhido e sempre separado em vários componentes e cada paciente recebera aquela parte de que seu organismo precisa. quais sejam: ativação do complemento. no qual são obtidos os componentes sanguíneos. opsonização. A resposta imune primária se desenvolve quando o indivíduo entra em contato com o antígeno pela primeira vez. O sangue doado passa por um processo chamado fracionamento. havendo como resultado a produção de Ac (pelos linfócitos B efetores) e células B de memória. Anticorpos: são as proteínas existentes no corpo humano para defende-lo dos antígenos . que são transfundidos a vários pacientes ANTICORPOS E ANTÍGENOS A Resposta Imune Humoral (RIH) é mediada por anticorpos que são proteínas sintetizadas e secretadas pelos plasmócitos. *Evite fumar 2 horas antes e após a doação. Quando o indivíduo entra em contato pela segundo vez. Este processo de eliminação é feito de diversas formas. etc. *O prazo mínimo entre uma doação e outra é de 90 dias para mulheres e 60 dias para homens. *Mulheres podem doar ate 3 vezes ao ano e homens 4 vezes. *Se você for doar pela manha. * Não ter doença de chagas * Não ter doenças sexualmente transmissíveis.

. Enfermeira Caren. Pr f. Curricular: Anatomia Prof. N S nh r Fá im Sistema Hematológico Aluna: Aline de Conto Turma: 334 Curso: Téc. Em Enfermagem Comp.E .E .

E l E çã Pr fi i n lN S nh r Fá im SISTEMA HEMATOLÓGICO Aluna: Daiene Lasta Turma: 334 Componente curricular: Anatomia Prof: Caren .

22 de Junho de 2011. .Caxias do Sul.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful