P. 1
Ergonomia-método Owas

Ergonomia-método Owas

|Views: 7.721|Likes:

More info:

Published by: Valéria Araújo Cavalcante on Jul 21, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/16/2013

pdf

text

original

2011

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ

Valéria Araújo Cavalcante

A obra Ergonomia: método de avaliação de postura OWAS de Valéria Araújo Cavalcante foi licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição - Uso Não Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.

ERGONOMIA: MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE POSTURA OWAS
O método OWAS surgiu da necessidade de se identificar e avaliar as posturas inadequadas durante a execução de uma tarefa, que podem em conjunto com outros fatores,determinar o aparecimento de problemas músculos-esqueléticos, gerando incapacidade para o trabalho, absenteísmo e custos adicionais ao processo produtivo

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

O desenvolvimento de um bom trabalho depende diretamente de um conjunto harmonioso composto pelo trabalhador, equipamentos e locais adequados para realização de tarefas. Estes fatores integrados irão determinar um melhor desempenho das atividades, bem como, uma melhor utilização dos recursos disponíveis. Assim, através da Análise Ergonômica do Trabalho é possível, não somente categorizar as atividades dos trabalhadores, como também estabelecer a narração dessas atividades permitindo, conseqüentemente,

modificar o trabalho ao modificar a tarefa buscando a adaptação do trabalho ao homem 1. A Norma Regulamentadora NR-17, estabelece parâmetros que permitem a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos

1

ZENI, L. A. Z. R; SALLES, R. K de; BENEDETTI, T. B. Avaliação postural pelo método OWAS. Disponível em: <http://www.google.com.br/search?q=m%C3%A9todo+OWAS&hl=ptBR&gbv=2&prmd=ivns&ei=588JTqmnHZOutwfW0Nlr&start=0&sa=N&biw=708&bih=684 >. Acesso em 28 Jun. 2011.

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

trabalhadores de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança desempenho eficiente. Desse modo, uma das etapas da análise

ergonômica do Posto de Trabalho lida com uma das principais questões, que é avaliar os fatores de risco nos postos de trabalho que são potencialmente danoso para o sistema músculo-esquelético humano. Uma das formas de avaliar os postos de trabalho e seus riscos é através dos métodos desenvolvidos para essa finalidade. Dentre eles, vamos conhecer o método OWAS. O método OWAS é um dos métodos mais tradicionais de avaliação ergonômica, foi desenvolvido por um grupo siderúrgico finlandês denominado OVAKO OY. O método foi desenvolvido em conjunto com o Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional em meados dos anos 70, pelos pesquisadores Karu, Kansi e Kuorinka e batizado por OWAS – Ovako Working Posture Analysis System. O método OWAS surgiu da necessidade de se identificar e avaliar as posturas inadequadas durante a Valéria Araújo Cavalcante Página 3

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

execução de uma tarefa, que podem em conjunto com outros fatores determinar o aparecimento de problemas músculos-esqueléticos, gerando incapacidade para o trabalho, absenteísmo e custos adicionais ao processo produtivo 2. O método foi desenvolvido segundo a premissa básica de ser um método simples. Porém fidedigno, possibilitando facilidade no seu uso e no seu aprendizado, apresentando os resultados das porcentagens de tempo que o trabalhador permanece em uma postura “boa” e “má”, e ainda propiciar o direcionamento para a melhoria do posto de trabalho 3. Baseia-se em analisar determinadas atividades em intervalos variáveis ou constantes, observando-se a freqüência e o tempo despendido em cada postura. Permite que os dados posturais sejam analisados para catalogar posturas combinadas entre as costas, braços,
2

JUNIOR, Moacyr machado Cardoso. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 16761901. 3 Idem ant.

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

pernas e forças exercidas, e determinar o efeito resultante sobre o sistema músculo-esquelético; e para examinar o tempo relativo gasto em uma postura específica para cada região corporal, determinando o efeito resultante sobre o sistema ósteo-muscular. É possível obter os dados mediante observação direta (em campo) ou indireta (por vídeo), devendo ser observado todo o ciclo, em atividades cíclicas, e nas atividades não cíclicas ser observado um período de no mínimo trinta segundos 4. O desenvolvimento do método tomou como base fotografias de diferentes posturas em todos os postos de trabalho, que após análise e ordenação foi criado um sistema padronizado de classificação das posturas, com combinações de posturas de tronco, braços e pernas. Foi considerada também no método a força exercida pelo trabalhador por meio das mãos 5.
4

SOUZA, João Paulo Campos de; RODRIGUES, Celso Luiz Pereira. Vantagens e limitações de duas ferramentas de análise e registro postural quanto à identificação de riscos ergonômicos. 2006. Disponível em: < http://www.simpep.feb.unesp.br/anais/anais_13/artigos/685.pdf >. Acesso 28 Jun. 2011. 5 JUNIOR, Moacyr machado Cardoso. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 16761901.

Valéria Araújo Cavalcante

Página 5

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

As diferentes posturas padronizadas foram então analisadas por dois grupos: Trabalhadores experientes e Ergonomistas, que sob a ótica do desconforto e efeitos maléficos ao sistema músculo-esquelético, definiram uma classificação desde postura normal, sem desconforto até postura extremamente prejudicial à saúde 6. A combinação das diferentes posturas do tronco, braços e pernas, produziram 84 combinações que abrangem as posturas mais usuais de trabalho, assim como combinações de cargas manipuladas pelo trabalhador 7. Cada postura classificada pelo método OWAS é descrita por um código de quatro dígitos, designando

6

JUNIOR, Moacyr machado Cardoso. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 16761901.
7

Idem ant.

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

cada um deles respectivamente a postura do tronco, braços, pernas e esforço requerido 8. Logo a seguir estão representadas as possíveis posturas para tronco e braços (figura 1), assim como para os membros inferiores (figura 2). Para registrar as posturas o procedimento é olhar o trabalho de forma geral verificando a postura, força e fase do trabalho, depois desviar o olhar e realizar o registro. Podendo, assim fazer estimativas da proporção do tempo durante o qual as forças são exercidas e posturas assumidas. Durante a observação são consideradas as

posturas relacionadas às costas, braços, pernas, ao uso de força e a fase da atividade que está sendo observada, sendo atribuídos valores e um código de seis dígitos. O primeiro dígito do código indica a posição das costas, o segundo, posição dos braços, o terceiro, das pernas, o quarto indica levantamento de carga ou uso de força e o quinto e sexto, a fase de trabalho.
8

Idem ant.

Valéria Araújo Cavalcante

Página 7

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

1º Dígito - Costas - ereta - Inclinada para frente ou para trás - Torcida ou inclinada para os lados - Inclinada e torcida ou inclinada para frente e para os lados 2º Dígito - Braços - Ambos os braços abaixo do nível dos ombros - Um braço no nível dos ombros ou abaixo - Ambos os braços no nível dos ombros ou abaixo 3º Dígito - Pernas - Sentado - De pé com ambas pernas esticadas - De pé com o peso em uma das pernas esticadas - De pé ou agachado com ambos os joelhos dobrados - De pé ou agachado com um dos joelhos dobrados - Ajoelhado em um ou ambos os joelhos - Andando ou se movendo

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

4º Dígito - Levantamento de carga ou uso de força

- Peso ou força necessária é 10 Kg ou menos

- Peso ou força necessária excede 10 Kg, mas menor que 20 Kg

- Peso ou força necessário excede 20 Kg.

5º e 6º Dígito - Fase do trabalho

Dois dígitos são reservados para fase da atividade, variando de 00 a 99, selecionados a partir da subdivisão de tarefa.

Valéria Araújo Cavalcante

Página 9

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

Figura 1: Sistema de codificação para postura de tronco e braços pelo método OWAS

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

Figura 2: Sistema de codificação para postura dos membros inferiores pelo método OWAS

A combinação das posições das costas, braços e pernas determinam níveis de ação para as medidas corretivas (quadro 1). Quando a atividade é freqüente, mesmo com carga leve, o procedimento de amostragem permite estimativa da proporção do tempo que o tronco e membros fiquem em várias posturas durante o período de trabalho (quadro 2). As fases selecionadas para serem analisadas são aquelas que o observador considera de maior

constrangimento para o operador. Valéria Araújo Cavalcante Página 11

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

Quadro Nº 1 - Categorias de ação segundo posição das costas, braços, pernas e uso de força no método OWAS

Para análise da postura, força e fase do trabalho é necessário observar as amostras das atividades coletadas a partir de filmagens e observações diretas e fazer estimativas de tempo durante o qual são exercidas forças e posturas assumidas 9.

9

ZENI, L. A. Z. R; SALLES, R. K de; BENEDETTI, T. B. Avaliação postural pelo método OWAS. Disponível em: <http://www.google.com.br/search?q=m%C3%A9todo+OWAS&hl=ptBR&gbv=2&prmd=ivns&ei=588JTqmnHZOutwfW0Nlr&start=0&sa=N&biw=708&bih=684 >. Acesso em 28 Jun. 2011.

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

Quadro: Nº 2 - Categorias de ação do método OWAS para posturas de trabalho de acordo com o percentual de permanências na postura durante o período de trabalho.

A combinação das posições das costas, braços, pernas e uso de força no método OWAS recebe uma pontuação que poderá ser incluída no sistema de análise Win-OWAS o qual permite categorizar níveis de ação Página 13

Valéria Araújo Cavalcante

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

para medidas corretivas visando a promoção da saúde ocupacional. Será apresentado nas figuras 3 e 4 as posições das costas, braços e pernas, bem como análise Win-OWAS o sistema de

Figura 3 - Posições das costas, braços e pernas

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

Figura 4 - Sistema de análise Win-OWAS.

O método avalia as posturas considerando a percepção dos e trabalhadores a análise em dos relação as

conseqüências,

ergonomistas

classificando em quatro grupos de recomendações para ações corretivas em diferentes escala de tempo 10: Categoria 1: postura normal que dispensa cuidados (exceto em casos excepcionais);
10

ZENI, L. A. Z. R; SALLES, R. K de; BENEDETTI, T. B. Avaliação postural pelo método OWAS. Disponível em: <http://www.google.com.br/search?q=m%C3%A9todo+OWAS&hl=ptBR&gbv=2&prmd=ivns&ei=588JTqmnHZOutwfW0Nlr&start=0&sa=N&biw=708&bih=684 >. Acesso em 28 Jun. 2011.

Valéria Araújo Cavalcante

Página 15

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

Categoria 2: postura deverá ser verificada durante a próxima revisão de rotina de trabalho; Categoria 3: postura que deve merecer atenção em curto prazo; Categoria 4: postura que deve merecer atenção imediata.

CONCLUSÃO Apesar das limitações, o método tem demonstrado benefícios no monitoramento de tarefas que impõe constrangimentos possibilitando identificar as atividades mais prejudiciais e ao mesmo tempo indicar as regiões anatômicas mais atingidas. Desta forma, o método possibilita a elaboração de recomendações ergonômicas que eliminem ou minimizem tais atividades penosas.

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. ZENI, L. A. Z. R; SALLES, R. K de; BENEDETTI, T. B. Avaliação postural pelo método OWAS. Disponível em: <http://www.google.com.br/search?q=m%C3%A9todo+OWAS &hl=ptBR&gbv=2&prmd=ivns&ei=588JTqmnHZOutwfW0Nlr&start= 0&sa=N&biw=708&bih=684 >. Acesso em 28 Jun. 2011. 2. JUNIOR, Moacyr machado Cardoso. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 1676-1901. 3. SOUZA, João Paulo Campos de; RODRIGUES, Celso Luiz Pereira. Vantagens e limitações de duas ferramentas de análise e registro postural quanto à identificação de riscos ergonômicos. 2006. Disponível em: < http://www.simpep.feb.unesp.br/anais/anais_13/artigos/685.pdf >. Acesso 28 Jun. 2011. 4. ______________Vantagens e limitações de duas ferramentas de análise e registro postural quanto à identificação de riscos ergonômicos. 2006. Disponível em: < http://www.simpep.feb.unesp.br/anais/anais_13/artigos/685.pdf >. Acesso 28 Jun. 2011. 5. ______________. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 1676-1901. Valéria Araújo Cavalcante Página 17

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCE CURSO: SEGURANÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: ERGONOMIA

6. ______________. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 1676-1901. 7. ______________. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 1676-1901. 8. ______________. Avaliação ergonômica: Revisão dos Métodos para Avaliação Postural. Revista Produção. Florianópolis –SC. Dez. 2003. Nº 3. V. 6. ISSN 1676-1901. 9._______.Avaliação postural pelo método OWAS.Disponível em:<http://www.google.com.br/search?q=m%C3%A9todo+OW AS&hl=ptBR&gbv=2&prmd=ivns&ei=588JTqmnHZOutwfW0Nlr&start= 0&sa=N&biw=708&bih=684 >. Acesso em 28 Jun. 2011. 10.______________.Avaliação postural pelo método OWAS.Disponívelem:<http://www.google.com.br/search?q=m %C3%A9todo+OWAS&hl=ptBR&gbv=2&prmd=ivns&ei=588JTqmnHZOutwfW0Nlr&start= 0&sa=N&biw=708&bih=684 >. Acesso em 28 Jun. 2011.

Ergonomia: Método de Avaliação de Postura - OWAS

BIBLIOGRAFIA

1. Ministério do Trabalho e Emprego. Manual de aplicação da Norma Regulamentadora nº 17. 2ª Ed. Brasília: MTE, SIT, 2002. 101 p.

Valéria Araújo Cavalcante

Página 19

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->