P. 1
APOSTILA DE DEPILAÇAO

APOSTILA DE DEPILAÇAO

|Views: 5.324|Likes:
Publicado porFatima Silva

More info:

Published by: Fatima Silva on Jul 25, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/02/2013

pdf

text

original

DEPILAÇAO

Métodos de Depilação: História Há tempos, pessoas em diversas sociedades procuram eliminar o excesso de pêlos e penugens, para fins estéticos (...) e para higiene pessoal. A história nos revela que em 1500 a.C. os homens já removiam os pêlos com um depilador feito de sangue de diversos animais, gordura de hipopótamo, carcaça de tartaruga e trissulfeto de antimônio. Os romanos também se referem a composições depiladoras, algumas das quais continham soda cáustica como destacado ingrediente. Cleópatra tirava seus tão indesejáveis pêlos com faixas de tecidos finos banhados em cera quente. Embora os depilatórios químicos sejam considerados uma invenção contemporânea, o processo para remoção dos pêlos através de decomposição química surgiu na Antigüidade. Na realidade, durante séculos seu desenvolvimento ficou adormecido e diversas outras alternativas foram introduzidas. Existem vários tipos de depilação a seguir você verá as principais e mais eficientes. Cera Cera Fria: rolons e cera em lata, são ceras de fácil utilização, mas entretanto mais doloroso, próprias para depilar , pernas, braços, barriga, costa, peito, bumbum. Cera Quente: ceras em barras de igual forma que a cera fria, a depilação com cera quente retira os pêlos pela raiz, o que permite uma durabilidade de pelo menos 20 dias. Mas por abrir os poros com o calor, ela se torna menos dolorosa, entretanto requer mais cuidado na sua utilização. Uma vez escolhida a área de depilação, desinfecte o local com um algodão embebido em anticéptico, para evitar riscos de infecção. É indispensável secar a área e passar talco próprio para depilação , Caso contrário, a cera não terá a aderência necessária e os pêlos não serão bem removidos. Por isso, evite utilizar óleos ou cremes hidratantes horas antes da depilação. Verifique a temperatura da cera numa área pequena da pele para não se queimar. Aplique a cera sobre a região que será depilada com uma espátula, sempre em sentido do crescimento dos pêlos. Deixe arrefecer por alguns segundos, até que endureça um pouco para poder puxar de uma só vez sempre no sentido contrário ao do crescimento dos pêlos. Uma vez concluída a operação, desinfecte bem a área depilada.

Pinça: A utilização da pinça é adequada para a remoção de alguns pêlos que ficam após

EPILAÇÃO ÍNTIMA Biologicamente, o pêlo é uma proteção da pele, mas dentro dos conceitos atuais de beleza, sobretudo num país tropical como o Brasil, espera-se que a mulher tenha a pele sempre lisa e

Afinal. É necessário o conhecimento do problema pelo profissional depilador. lixas. ceras quente ou fria. machucados e até mesmo hematomas.É uma lesão de pele caracterizada por um nódulo vermelho. onde será feita a depilação.( ORIENTE ESFOLIAÇAO ANTES E PÓS DEPILAÇAO) ‡ FURÚNCULO . 2. Nestes casos. que protegem a profissional e não limitam os movimentos. Entre eles podemos citar: pinças. algumas clientes vão optar em algumas ocasiões.Examinar a pele. São utilizados moldes especiais. com um ponto de pus no centro. por isso a importância do tratamento adequado. Sabemos também que. para que este faça uma orientação adequada ao cliente e para que tome medidas de assepsia. higiene e eficiência.É a inflamação do folículo piloso conseqüente à contaminação por uma bactéria (em geral stafilococcus). A depilação completa nas áreas íntimas é criticada pela maioria dos profissionais da área médica. gel e cola com glitter. Para atender a essa exigência. a profissional deve estar preparada e alguns procedimentos devem ser rigorosamente respeitados: 1. o stafilococcus. 4.macia.São métodos em que o talo piloso é cortado. isenta de lesões. o furúnculo aparece em um local da pele com várias lesões de foliculite. nossas profissionais são solicitadas no mundo inteiro.Higienizar a área a ser epilada. DEPILAÇÃO . Entre eles. É contagioso. Outros perigos são as queimaduras. Deve estar íntegra. Não podemos fazer epilação nesta área. EPILAÇÃO ± São métodos que removem o pêlo com a raiz. por considerar o risco de contaminações e infecções urinárias devido à alteração na flora vaginal . Alguns problemas devem ser do conhecimento da profissional de epilação para evitar transtornos durante e após o trabalho: ‡ FOLICULITE . como também de pessoa para pessoa. pode ser transmitido não só para outras regiões do corpo. Muitas vezes. tatuagens de cristais colados à pele. existe hoje uma série de processos depilatórios que diferem em grau de praticidade. 3. podemos citar: lâminas ou aparelhos de barbear. por sua habilidade e criatividade na epilação íntima. É conhecida até como ³depilação brasileira´. pedra-pomes e líqüidos ou cremes depilatórios. etc. Observa-se uma elevação avermelhada ao redor do pêlo. evitando assim contaminações. eletrocoagulação (aparelho de agulha e corrente galvânica) e Diatermocoagulação (aparelho com pinça de corrente elétrica). Ocorre por uma infecção do folículo piloso e da glândula sebácea correspondente pela mesma bactéria causadora da foliculite. . tatuagens de henna. por este tipo de epilação e não vão abrir mão de uma virilha mais cavada.Usar luvas descartáveis de vinil. Por se tratar de um processo infeccioso. É muito comum em região de barba no homem e de virilha na mulher. quente e doloroso com mais de 1 cm de diâmetro.Aparar os pêlos com pente e tesoura antes da epilação.

Higienizar a área com loção de alface 3.A cera deve ser descartável. se torna assim menos doloroso. uma loção calmante. é necessário aplicar um gel bactericida e fungicida e. VIRILHA. 2. ANUS PROTOCOLO DA EPILAÇÃO ÍNTIMA 1. Massagear o emoluente de pelos para enfraquece-los 5.A espátula com que se aplicou a cera nas regiões íntimas não pode em hipótese alguma voltar à cera. 6. Aplicar . SEMPRE RENTE A AREA QUE VOCE ESTA TRABALHANDO. BUÇO.5. Deve ser descartável também. trabalhando pequenas partes. Aparar os pêlos pubianos com pente e tesoura com a pele seca. mas que tenha na composição gorduras vegetais que protegem a superfície cutânea. se a pele apresentar eritema. 8.Deve-se utilizar cera de alta aderência ao pêlo. 7.A cliente deve usar roupas mais folgadas e arejadas no dia da epilação íntima. Finalizar com choco ice que é hidratante e se a região ficar vermelha. Inicie a depilação de cima para baixo. mascara tília pluss . para evitar vergões e avermelhamento. PARA EVITAR HEMATOMAS NÃO ESQUEÇA CERA Q UENTE USA-SE NA SOBRANCELHAS. AXILA. 4. 9. Pedir ajuda à cliente para firmar bem a pele para evitar hematomas.Após a epilação. NÃO ESQUEÇA SEGURE TECIDOS PARA EVITAR HEMATOMAS!!!! NÃO ESQUEÇA APLIQUE A CERA NO SENTIDO DO PELO E PUXE AO CONTRARIO DO PELO NÃO ESQUEÇA NUCA PUXE A CERA PARA CIMA.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->