P. 1
peça dez virgens

peça dez virgens

|Views: 4.325|Likes:
Publicado porchriscost

More info:

Published by: chriscost on Jul 30, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as ODT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/28/2014

pdf

text

original

A parábola das dez virgens Narrador – Esta parábola nos remete a refletir e a examinar constantemente a nossa vida espiritual

. Cristo, de forma figurada nos apresenta nesta parábola 10 virgens; prudentes e loucas, que de forma constante deveriam examinar sua vida espiritual. A fidelidade e a vigilância são atributos indispensáveis a nossa vida cristã; sendo assim, quando o noivo nos chamar estaremos preparados e não seremos surpreendidos. Representando esta parábola dizemos assim: – Que o reino dos céus, será semelhante as dez virgens, que tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo. – Cinco delas eram prudentes, e cinco loucas. – As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo. Pausa para conversa das loucas (conversa vã) que vem entrado na igreja e seguem até o altar. (esperar elas se deitarem para o narrador ler o próximo versiculo) Narrador: – Mas as prudentes, com as suas lâmpadas, levaram azeite em suas vasilhas. Pausa para elas falarem (conversa edificante), e esperar até que elas se deitem. Narrador: – E tardando o esposo, todas tosquenejaram e adormeceram. – Mas, a meia noite, ouvi-se um clamor: ( fazer som de trompete ou um rufar de tambor). – Aí vem o esposo! Sai-lhe ao encontro! As virgens se levantam e preparam as suas lâmpadas. Loucas: – Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam (Forte apelo das loucas as prudentes). Prudentes: – O azeite que temos não dá para nós e pra vocês. Se querem azeite, vão comprar. Narrador: Então as 5 loucas saíram a comprar o azeite, mas enquanto elas foram o

noivo chegou, e as que estavam preparadas seguiram com ele para as bodas, e fechouu-se a porta. O noivo entra sinaliza com a mão e as prudentes entram, com a porta já fechada, as loucas desesperadas batem a porta, pedindo para entrar. Loucas: abra- nos a porta Senhor, por favor abra-nos a porta. (gritos) Entrada do Esposo – ( Jesus abre a porta e diz) – Em verdade voz digo, que não vos conheço. Narrador: – Vigiai, pois, porque não sabei o dia e nem a hora, em que o filho do homem há de vir. CANTAR UM HINO RELACIONADO COM O TEMA.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->