Você está na página 1de 4

MODELO MOTIVACIONAL:

EAD0610 Fundamentos de Administrao Bruno Rodrigues Guilherme Fudo Scarlat Medeiros Thas Nishikata Vernica Simes

HISTRICO 1967 Fundao (Benito Juarez e Jos Luiz Visconti) o CoralUSP estudantes da Escola Politcnica e da Escola de Enfermagem. Estilo prprio sintonizado com sua poca, em que as linguagens do clssico e do popular convergiam e apontavam para um caminho indito na msica coral brasileira. Em 1989 o CoralUSP passou a fazer parte da Pr-Reitoria de Cultura e Extenso Universitria da Universidade de So Paulo. Aclamado pelo pblico e crtica especializada, j em seus primeiros anos, o CoralUSP firmou-se pelo alto nvel tcnico-artstico em suas apresentaes dentro e fora das salas de concertos, no Pas e no exterior. 2009 Mudana de diretoria Efetivao da burocracia Sada do coro do Local de trabalho tica no trabalho questionvel Escassez de regentes aumento da carga horria Grupos de corais desfeitos REGENTE: HOMEM AUTO-REALIZADOR e SOCIAL

MODELO DE MOTIVAO PARA REGN CIA DO CORALUSP BASEADO NA TEORIA DOS DOIS FATORES ( HERZBERG, 1959)


FATOR DE MOTIVACIONAL OU INTRNSECO

contedos do trabalho; sentido de realizao; responsabilidade; crescimento; orgulho e prestgio decorrentes da profisso Reconhecimento


FATOR HIGINICO OU EXTRNSECO

Estilo de superviso Relaes pessoais com colegas Poltica de recursos humanos Segurana do trabalho Condies fsicas SUGESTO DE MELHORIA DA MOTIVAO: Fatores extrnsecos

SITUAO ATUAL Presena de fatores motivacionais satisfao insatisfao Ausncia de fatores higinicos ausncia de fatores motivacionais no-satisfao no-insatisfao Presena de fatores higinicos.