Você está na página 1de 7

The American Way of Life

AAR sobre HoI3 SF Quase morrendo de tdio mas a caa dos Franceses. Captulo 3 Os meses continuam a passar lentamente. Ainda em guerra contra o Mxico, nosso IC sobe vertiginosamente e:

Na Europa, os alemes vencem em Leningrado:

Em novembro, atolados no Mxico que at mesmo consegue avanar j que, nossas tropas esto, ou no Pacfico Sul, nas ilhas Francesas, ou na frica, temos mais um inimigo:

Nesse momento, nossa fora area comea a receber seus Tactical Bombers e Bombardeiros de Curto Alcance. Aps a vitria sobre o Panam com uma nica diviso de infantaria, um novo desafio na regio:

A Colmbia foi conquistada com apenas UMA DIVISO DE INFANTARIA e amplo e irrestrito apoio da Fora Area. Em maro de 1942, agora sim, finalmente podemos construir nosso reator nuclear que custa apenas 65 de IC:

Observem o quo absurdo est meu IC, a falta de MP d nisso, investimos em Indstrias, radares, foguetes e Infraestrutura.

Em julho de 1942, aps no receber nenhum suporte dos EUA:

E enquanto a Alemanha avana cada vez mais na URSS:

A Espanha cai em menos de 3 meses. Enquanto isso, na frica:

Com nosso fantoche ao Sul da frica e praticamente controlando toda a movimentao da marinha Britnica (sim, perderam Suez), muitos combates so realizados, em especial, esse:

A situao nos fronts a seguinte: No Pacfico, avanamos em direo Nova Zelndia pois por l esto as ilhas Francesas e sua migratria capital. SIM, quero ver o FIM DA FRANA. Nas Amricas, aps anexarmos a Colmbia (com uma nica diviso de infantaria) e vencermos o Mxico, tudo est calmo. Na frica, subimos pela costa do ndico, tomamos Madagascar dos Franceses e vrias ilhas dos Britnicos. A supresa so os portos protegidos com divises de montanha. Nossa produo , majoritariamente de avies e navios pelo pouco MP que temos. Isso est causando uma falta de unidades pelo mundo. Para fechar o captulo e o ano de 1942, tomamos o ltimo territrio Francs no mundo (pelo menos no achei mais nenhum) ao custo de alguns navios:

Fim do Captulo 3.