Você está na página 1de 16

Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira

ELEMENTOS ORGÂNICOS DE MÁQUINAS II AT-102 AT-

M.Sc. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η

1

rodas de atrito. agitação do óleo lubrificante. Transmissão Unidade Motora Unidade Consumidora Perdas 2 . mancais. e engrenagens que devem ser adequadamente instaladas e sujeitas a intervenções de manutenção regulares. O sistema de transmissão inclui os eixos. é inevitável a perda de potência. RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η INTRODUÇÃO: A dimensão destas perdas é muito variável. As perdas são originada pelo atrito entre as superfícies. entre 0% e 45%. correias de transmissão.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η INTRODUÇÃO: Em qualquer tipo de transmissão. correntes. escorregamento entre correias e polia entre outras situações.

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η INTRODUÇÃO: RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η INTRODUÇÃO: 3 .

de entrada (W) Pu=Pot. transformada em calor e ruído.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η INTRODUÇÃO: RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η INTRODUÇÃO: Desta forma. útil (W) Pd=Pot. Pe=Pu+Pd Onde: Pe=Pot. dissipada (W) 4 . consta-se que a potência de entrada da transmissão é dissipada em parte sob a forma de energia. resultando a outra parte em potência útil geradora de trabalho.

97-0.96-0.99 0.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RENDIMENTOS: Valores normais de η em função do tipo de transmissão: Tipo Correias planas Correias em V Correntes silenciosas Correntes Renold Rodas de atrito Engrenagens fundidas Engrenagens usinadas η 0.99 0.92-0.45-0.98 0.96-0.97-0.97 0.95-0.98 5 .96-0.98-0.80 0.98 RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RENDIMENTOS: Valores normais de η em função do tipo de transmissão: Tipo Rosca sem fim 1 entrada Rosca sem fim 2 entrada Rosca sem fim 3 entrada Mancais – Rolamento Mancais .60 0.80 0.70-0.93 0.95-0.97 0.85-0.Deslizamento η 0.98 0.

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RELAÇÃO DE TRANSMISSÃO: Polias. Discos.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RELAÇÃO DE TRANSMISSÃO: A relação de transmissão (i) muitas vezes é utilizada para se avaliar as propriedades dos eixos. Rodas de transmissão: 6 .

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RELAÇÃO DE TRANSMISSÃO: Polias. Discos. Rodas de transmissão: RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RELAÇÃO DE TRANSMISSÃO: Engrenagens: 7 .

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η RELAÇÃO DE TRANSMISSÃO: Engrenagens: RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Avalie o sistema de transmissão: d2 z1 1 z3 Motor d1 z2 2 Saída 3 z4 Disco Mancal Engrenagem 8 .

Torque nas arvores 1. d1=120mm d2=280mm z1=23 dentes z2=49 dentes z3=27 dentes z4=59 dentes ηc=0. Potência útil do sistema.97 ηe=0. Potência dissipada por estágio. Rotação das árvores 1. 9 . 2 e 3.5kW e rotração de 1740 rpm. Rendimento da transmissão. 2 e 3.98 ηm=0.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Motor com 5. Potência dissipada do sistema. 2 e 3.99 (par de mancais) RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Determinar na transmissão: A potencia útil nas arvores 1.

ηm Eixo 2 Pu2=Pmotor.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: A potencia útil nas arvores 1.ηc. ηe² . ηe .ηm² Eixo 3 Pu3=Pmotor. 2 e 3.ηm³ RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Potência dissipada por estágio.ηc.ηc. (W) Eixo 1 – Motor/árvore Pd1=Pmotor-Pu1 Eixo 2 – Árvore 1/ Árvore 2 Pd2=Pmotor-Pu2 Eixo 3 – Árvore 2/ Árvore 3 Pd3=Pmotor-Pu3 10 . (W) Eixo 1 Pu1=Pmotor.

z3)/(d2.m) Eixo 1 T1=(30. (rpm) Eixo 1 N1=(Nmotor.z2. 2 e 3.N1) Eixo 2 T2=(30.N3) 11 .z4) RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Torque nas arvores 1.Pu2)/(π.d1. (N.d1)/d2 Eixo 2 N2=(Nmotor. 2 e 3.N2) Eixo 3 T3=(30.Pu1)/(π.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Rotação das árvores 1.d1.z2) Eixo 3 N2=(Nmotor.z1.z1)/(d2.Pu3)/(π.

(W) Pdsistema=Pmotor-Psaída 12 .RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Potência útil do sistema. (W) Pu=Pu3=Psaída= RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Potência dissipada do sistema.

Saída 13 . (%) η=(Pútil/Pmotor)*100 RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 2: Avalie o sistema de transmissão: d3 d1 Motor d2 1 d4 Disco Mancal Engrenagem z1 z2 2 3 .RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 1: Rendimento da transmissão.

Torque nas arvores 1.99 (par de mancais) RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 2: Determinar na transmissão: A potencia útil nas arvores 1.3kW e rotração de 1300 rpm. Potência dissipada por estágio. Potência dissipada do sistema. 14 .96 ηm=0. Potência útil do sistema.RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 2: Motor com 2.96 ηe=0. d1=40mm d2=80mm d3=120mm d4=180mm z1=37 dentes z2=69 dentes ηc=0. Rendimento da transmissão. Rotação das árvores 1. 2 e 3. 2 e 3. 2 e 3.

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 3: Avalie o sistema de transmissão: 1 Saída Ca1 Ca2 Ca3 Ca4 Ca5 Co1 Co2 RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 3: Uma pessoa mantendo 15W de potência a 180rpm.97 ηm=0. dCo1=120mm dCo2=180mm dCa1=120mm dCa2=100mm dCa3=80mm dCa4=60mm dCa5=40mm ηc=0.99 (par de mancal) 15 .

RENDIMENTO DAS TRANSMISSÕES (η) (η EXERCÍCIO 3: Determinar na transmissão: O torque na arvore de saída para cada configuração de coroa e catraca. 16 .