Você está na página 1de 4

Resumos 3º Ano - Galois

Este Blog

Link daqui

Blogs afins

Março 22, 2009

Genética Clássica - Introdução
Antes de começar a parte do Chico, eu fiquei devendo uma parte do Fadul...

y

Teoria Celular: premissas sobre a célula que foram decisivas para o desenvolvimento da Biologia como estudo dos seres vivos. As premissas são 3: 1. A célula é a unidade básica (ou morfológica) de todos os seres vivos, ou seja, todo ser vivo é constituído de células e de estruturas por ela formadas (daí o porque dos vírus não serem enquadrados, por enquanto, nos grupos de seres vivos: são acelulares). 2. A célula é a unidade funcional (ou fisiológica) de todos os seres vivos, ou seja, a vida dos organismos depende da atividade das células. 3. Não se criam células: células são formadas através de outras células preexistentes, através da divisão celular.

Os gametas femininos são XX e os masculinos são XY. . outras descobertas foram feitas e. para entendermos melhor o funcionamento do DNA. São as características reais. agora a parte do Chico: y Genética Clássica .Conceitos básicos Com a descoberta do DNA e de suas peculiaridades como material genético.Ok. Locus: posição do gene no cromossomo (plural = loci).doença causada exclusivamente pelo uso da talidomida e não por determinação genética). Células normais (somáticas ou diplóides) têm 23 pares de cromossomos e gametas (células haplóides sexuais) têm 23 cromossomos. 4. 9. representação gráfica dos alelos de um indivíduo. Formam o par que determina certaa característica. Cromossomos Homólogos: são cromossomos de mesmo tamanho. o entendimento de alguns conceitos é funda mental: 1. Os demais 22 pares que são comuns a homens e mulheres são chamados de autossomos. Alelos: são genes que ocupam o mesmo locus em cromossomos homólogos. Genótipo: conjunto gênico do indivíduo. Gene dominante: manifesta sua característica tanto em homozigose quanto heterozigose. FF). ii. mesma forma. mesmo tipo e mesma combinação gênica (de genes). fF). Cromossomos: são filamentos constituídos de DNA e histonas (proteínas) encontrados nos núcleos das células. 10. 5. 7. Homozigoto (ou puro): par de alelos iguais para determinada característica (exemplos: AA. 11. 8. 2. Representado por letras minúsculas/maiúsculas. São os homólogos que formam pares. Ii. carrega informações hereditárias. Heterozigoto (ou híbrido): par de alelos distintos para certa característica (exemplos: Aa. 3. 6. Características potenciais. Gene: segmento de DNA que carrega informações sobre uma determinada característica. Fenocópia: fenótipo determinado apenas pelo meio (exemplo: Focomelia . Fenótipo: conjunto de características do indivíduo de acordo com seu genótipo e a influência do meio (FENÓTIPO = GENÓTIPO + MEIO).

Concluímos então que N é dominante em relação a n. Se o gene N é dominante. Nn e nn. Os ítens sobre isso são exclusivamente teóricos. E nn. Exemplo de dominância: suponhamos que uma doença cause manchas na pele e seja causada por um gene mutan te N dominante. De conceitos. isso significa que ele manifesta sua característica (manchas) tanto em homozigose (NN) quanto em heterozigose (N n). que é recessivo em relação a N (ou seja. . As possíveis combinações entre gene mutante (N) e gene normal ( n) serão: NN. apresenta a característica apenas em homozigose . de pele Normal). Gene recessivo: manifesta sua característica apenas em homozigose. A letra que deve ser usada é sempre a inicial da característica recessiva (no caso acima N.12.nn). não apresentando o gene N. é isso. Leis de Mendel e etc . mas é necessário saber tais conceitos para o entendimento de enunciados de problemas envolvendo cruzamentos. significa pele sem manchas. *Escolha das letras para os genes: sempre o gene dominante r ecebe letra maiúscula e o recessivo minúscula.