P. 1
Plano de Atendimento a Emergência

Plano de Atendimento a Emergência

|Views: 3.953|Likes:

More info:

Published by: João Tiago porto Veloso Leal on Aug 09, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/16/2013

pdf

text

original

PAE - Plano de Atendimento a Emergência

SUMÁRIO : 1-Objetivo....................... 3 2-Aplicação........................ 3 3-Documentos de Referencia.......................... 3 4-Definição........................................................... 3 5-Descrição.............................................................. 4 a 14 6-Anexos...................................................................... 15 a 20

1. Objetivo Estabelecer as linhas de ação a serem seguidas quando da ocorrência de uma emergência, durante as atividades desenvolvidas nas frentes de serviços localizadas no NONONONO ...

Este plano deve ser de conhecimento obrigatório de todos os funcionários em nível de supervisão da empresa e de suas sub-contratadas. Todos os funcionários da obra devem receber orientação dos procedimentos específicos deste plano, nos quais estejam diretamente envolvidos. 2. Aplicação Aplica-se aos serviços de construção...

3. Documentos de Referência MSSM.10.01 – Manual de Gestão Integrada de SSM MQ.10.01 – Manual de Gestão da Qualidade OHSAS 18001 – Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional NBR ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental – Especificação e Diretrizes para Uso NBR ISO 9001 – Sistemas de Gestão da Qualidade – Requisitos PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional 4. Definição Emergência: Toda ocorrência que foge ao controle de um processo, sistema ou atividade, da qual possa resultar danos às pessoas, ao Meio Ambiente, a equipamentos ou ao patrimônio próprio ou de terceiros, envolvendo atividades ou instalações industriais. PCL (Plano de Contingência Local): que conta com os recursos próprios da instalação, dos NONONONO 5. Descrição 5.1 Situação de Emergência Os seguintes eventos configuram ou podem configurar uma emergência:

OCORRÊNCIA Explosão ou incêndio. Acidentes com dutos ou vazamento de gás, Natural ou derivados de Petróleo. Vazamento de óleos de máquinas / equipamentos Acidentes pessoais e doenças.

COORDENADOR Gerente do NONONONO e NONONONO Gerente do NONONONO e NONONONO Gerente de Contrato Gerente de Contrato

5.2 Procedimentos e atribuições: 5.2.1. Coordenação da emergência O coordenador de Emergência para os cenários III e IV previstos no item 4.3, será o Gerente de Contrato; Engenheiro Jaime Pinho, ou seu substituto designado, na sua ausência. O substituto para o NONONONO e o TIM será o Engenheiro de produção ..., o coordenador da Emergência tem a autoridade sobre quaisquer outras funções da obra, para as situações descritas neste PAE (Plano de Atendimento a Emergência). O coordenador da emergência para os cenários I e II previstos no item 4.3 será o gerente do terminal de Vitória ou sobre o seu substituto designado conforme o PCL -NONONONO e o PAE-TIM da Nononono.

5.3 Comunicação interna e externa 5.3.1 Comunicação interna Nononono Engenharia Todo acidente caracterizado como acidente deverá ser obrigatoriamente

comunicado ao coordenador de emergência, que será responsável por acionar o PAE, disponibilizar os recursos necessários e comunicar imediatamente a fiscalização Nononono, conforme fluxograma dos itens 5.4 e 5.5 deste plano.

No caso de acidente ambiental a Nononono engenharia, comunica a emergência à Nononono que acionara os órgãos públicos. Pela a Nononono Engenharia no âmbito da obra, somente o Gerente de contrato tem autoridade para prestar esclarecimentos externos sobre quaisquer emergências, portanto toda solicitação externa neste sentido deverá ser direcionada ao mesmo. 5.4 Procedimentos e atribuições por cenários acidentais Os procedimentos e atribuições específicos foram definidos com base nos seguintes cenários: I - Explosão / Incêndio; II - Acidente com dutos ou vazamento de gás natural, petróleo e/ ou derivados; III - Vazamentos de óleo de máquinas / equipamentos; IV - Possibilidade de Descargas Atmosféricas; V - Acidente ou doença causando morte, lesão grave ou exigindo cuidados imediatos.

CENÁRIO I - Explosão / Incêndio A responsabilidade principal pelo controle da emergência neste cenário é da Nononono e as ações emergenciais para fins de controle a serem adotadas deverão seguir o PAE-NONONONO e PAE-TIM definido pela Nononono.

O QUE Avisar engenheiro ou Encarregado

QUEM Observador do Evento

ONDE No local

QUANDO Imediatamente

COMO Comunicação verbal, rádio ou celular Comunicação verbal, rádio ou celular

POR QUE Dar ciência do evento

Avisar o coordenador de emergência da Nononono engenharia Avisar a Nononono/ fiscalização, ver telefone no anexo No anexo 1 Acionar recursos internos e externos

Engenheiro/ Encarregado

No local

Imediatamente

Dar ciência do evento

Coordenador de Emergência

No local

Imediatamente

Comunicação verbal ou Celular Mobilizar recursos (ambulância etc) e apoio necessário

Para a Nononono acionar o PCL NONONONO

Coordenador de De Emergência

No local

Imediatamente

Dar apoio as ações de controle

Retirar todos colaboradores e demais envolvidos na área de risco

Técnico de segurança/ encarregado

Para local seguro

Imediatamente

Utilizar a rota de fuga

Segurança pessoal

Resgatar vítimas (prioridades de ação se houver vitima)

Profissionais da área de saúde ou pessoa com treinamento de Primeiros socorros Profissionais da área de saúde ou pessoa com treinamento de Primeiros socorros

No local

Imediatamente Haver segurança para realizar o resgate

Com Maca

Atender vítimas

Atender vítimas (prioridades de acão se houver vítma)

Conforme fluxograma do item 4.4

Imediatamente após resgatar a vítima

Conforme fluxograma do item 4.4

Iniciar primeiros socorros e encaminhar para atendimento médico

Isolar a área

Técnico de Segurança do Trabalho

No local

Imediatamente

Recursos disponíveis no local

Evitar acesso de pessoas na área

Aguardar em local seguro

Todos colaboradores e demais envolvidos

Local Seguro

Imediatamente

Buscar abrigo em distancia segura

Presta auxilio à Nononono, caso necessário

CENÁRIO II - Acidente com Dutos ou vazamento de gás natural A responsabilidade principal pelo controle da emergência neste cenário é da Nononono e as ações emergenciais para fins de controle a serem adotadas deverão seguir o PAE-NONONONO e PAE-TIM definido pela Nononono

O QUE Avisar engenheiro ou Encarregado Avisar o coordenador de emergência da Nononono engenharia Avisar a Nononono/ fiscalização, ver telefone no anexo No anexo 1 Acionar recursos internos e externos

QUEM Observador do Evento

ONDE No local

QUANDO Imediatamente

COMO Comunicação verbal, rádio ou celular Comunicação verbal, rádio ou celular

POR QUE Dar ciência do evento

Engenheiro/ Encarregado

No local

Imediatamente

Dar ciência do evento

Coordenador de Emergência

No local

Imediatamente

Comunicação verbal ou Celular Mobilizar recursos (ambulância etc) e apoio necessário

Para a Nononono acionar o PCL NONONONO

Coordenador de de Emergência Operador Técnico de segurança/ encarregado

No local

Imediatamente

Dar apoio as ações de controle

Desligar equipamentos

Para local seguro

Imediatamente

No equipamento

Evitar fontes de ignição

Retirar todos os colaboradores e demais envolvidos da área de risco

Técnico de segurança/ encarregado

Para local seguro

Imediatamente

Utilizar rota de fuga

Segurança Pessoal

Atender vítimas (prioridades de ação se houver vitima)

Profissionais da área de saúde ou pessoa com treinamento de Primeiros socorros

Conforme fluxograma do item 4.4

Imediatamente após resgatar a vítima

Conforme fluxograma do item 4.4

Iniciar primeiros socorros e encaminhar para atendimento médico

Isolar a área

Técnico de Segurança do Trabalho

No local

Imediatamente

Recursos disponíveis no local

Evitar acesso de pessoas na área

Aguardar em local seguro

Todos colaboradores e demais envolvidos

Local Seguro

Imediatamente

Buscar abrigo em distancia segura

Presta auxilio à Nononono, caso necessário

CENÁRIO III - Vazamento de óleos de máquinas e equipamentos
O QUE Avisar engenheiro ou Encarregado Avisar ao técnico de Meio Ambiente da Nononono engenharia Avisar o coordenador de emergência da Nononono engenharia Conter vazamentos Desligar equipamentos e não produzir fontes de ignição QUEM Observador do Evento ONDE QUANDO COMO Comunicação verbal, rádio ou celular Comunicação verbal, rádio ou celular POR QUE Dar ciência do evento

No local

Imediatamente

Engenheiro/ Encarregado

No local

Imediatamente

Orientar e acompanhar o controle

Técnico de Meio Ambiente

No local

Imediatamente

Comunicação verbal, rádio ou celular Utilizar o Kit de meio ambiente (ver anexo 7)

Dar ciência do evento

Operador Técnico de segurança /encarregado Operador Técnico de segurança/ encarregado

No local

Imediatamente

Evitar poluição do solo ou hídrica evitar incêndio

Próximo ao Vazamento

Imediatamente

No equipamento

Evitar fontes de ignição / incêndio

Isolar a área

Técnico de segurança/ encarregado

No local

Imediatamente

Com fita de sinalização ou corda, ou barreira de contenção (cordão de absorção) Utilizar kit de meio ambiente, materiais absorventes ou bombas portátil

Evitar trânsito sobre o derrame de produto

Recolher o óleo e materiais contaminados

Equipe

Onde houver Acúmulo

Após o controle do vazamento

Destinação adequada do resíduos

Providenciar reparo de emergência

Pessoal da manutenção No local

Se existirem condições de segurança

Conforme danos

Retorno as operações

Destinar os resíduos gerados

Pessoal da Manutenção

No local

Se existirem condições de segurança

Em tambores apropriados

Disposição dos Resíduos Registrar a ocorrência medidas adotadas p/ evitar reincidência

Elaborar relatório de ocorrência de derramamento

Técnico Ambiental

No local

Após o controle do derramamento

Conforme diretriz contratual

CENÁRIO IV - Possibilidade de Descargas Atmosféricas
O QUE Avisar ao encarregado administrativo e financeiro QUEM Funcionário da Simepar (empresa de monitoramento de descargas atmosféricas) Encarregado administrativo e financeiro ONDE No canteiro central QUANDO 1 a 3 horas de antecedência COMO Comunicação Verbal via telefone fixo, celular ou boletim na Internet. Comunicação Verbal via telefone celular ou rádio. POR QUE Dar ciência do evento Dar ciência do evento Dar ciência do Dar ciência do evento Segurança Pessoal

Avisar aos encarregados e a equipe de SMS Retirar todos colaboradores e demais envolvidos na área de risco Avisar o coordenador de emergência da Nononono engenharia Avisar o técnico de Enfermagem Nononono engenharia Desligar equipamentos e não produzir fontes de ignição

No Canteiro Central

Imediatamente

Técnico de segurança/ Encarregado

No local

Imediatamente

Usando rota de fuga e carro de apoio

Técnico de SMS

No local

Imediatamente

Comunicação verbal, rádio ou celular

Dar ciência Do evento

Engenheiro/ Encarregado

No local

Imediatamente

Comunicação verbal, rádio ou celular

Orientar e acompanhar o controle

Operador Técnico de segurança/ encarregado

No local

Imediatamente

No equipamento

Evitar perdas materiais

Isolar a área

Técnico de segurança/ encarregado

No local

Imediatamente

Com fita de sinalização ou corda, ou barreira de contenção (cordão de absorção)

Evitar trânsito sobre o local sinistrado

Providenciar reparo de emergência

Pessoal da Manutenção

No local

Se existirem condições de segurança

Conforme danos

Retorno as operações

CENÁRIO V - Acidente ou doença causando morte, lesão grave ou exigindo cuidados imediatos
O QUE Avisar engenheiro ou Encarregado Avisar o coordenador de emergência da Nononono engenharia QUEM Observador do Evento Engenheiro/ Encarregado ONDE No local QUANDO Imediatamente COMO Comunicação verbal, rádio ou celular Comunicação verbal, rádio ou celular POR QUE Dar ciência do evento Dar ciência do evento

No local

Imediatamente

Avisar a Nononono/ fiscalização, ver telefone no anexo No anexo 1 Acionar recursos internos e externos

Coordenador de Emergência

No local

Imediatamente

Comunicação verbal ou Celular Mobilizar recursos (ambulância etc) e apoio necessário

Para a Nononono acionar o PCL NONONONO

Coordenador de De Emergência

No local

Imediatamente

Dar apoio as ações de controle

Desligar equipamentos

Operador Técnico de segurança/ encarregado

Para local seguro

Imediatamente

No equipamento

Evitar fontes de ignição

Retirar todos os colaboradores e demais envolvidos da área de risco

Técnico de segurança/ encarregado

Para local seguro

Imediatamente

Utilizar rota de fuga

Segurança Pessoal

Atender vítimas (prioridades de ação se houver vítima)

Profissionais da área de saúde ou pessoa com treinamento de Primeiros socorros

Conforme fluxograma do item 4.4

Imediatamente após resgatar a vítima

Conforme fluxograma do item 4.4

Iniciar primeiros socorros e encaminhar para atendimento médico

Isolar a área

Técnico de Segurança do Trabalho

No local

Imediatamente

Recursos disponíveis no local

Evitar acesso de pessoas na área

Aguardar em local seguro

Todos colaboradores e demais envolvidos

Local Seguro

Imediatamente

Buscar abrigo em distância segura

Prestar auxílio à Nononono, caso necessário

5.5 Fluxograma Para Acidentes Com Dano Ambiental

O fluxograma apresentado a seguir define as linhas de ação que devem ser seguidas nos casos de acidentes com danos ao meio ambiente que ocorram durante a execução da obra

5.6 Recursos para a preparação

5.6.1 Equipamentos • Cada equipe possuirá sistema de comunicação constituído por rádio

transmissor e ou telefone celular. • Linha telefônica de uso exclusivo para atendimento de emergência no

escritório. • Presença de um veicula na frente de trabalho durante toda a realização do

serviço. • • Kit de primeiros socorros em cada fase ( conforme lista do anexo 6); Extintores para com bate de principio a incêndio ( no mínimo 2 extintores por

frente de trabalho e nas instalações fixas conforme mapa de localização. • Kit para contenção de vazamento para cada máquina ou equipamento

(conforme anexo 5); 5.6.2 Equipe de Emergência Em cada fase da obra, deve existir uma equipe de emergência composta por: 02 (dois) Colaboradores treinados em combate a princípio de incêndio e identificados com fita adesiva vermelha no capacete; 02 (dois) Colaboradores treinados em primeiros socorros e identificados com fitas adesivas vermelha e branca no capacete; • Os treinamentos serão realizados por profissionais qualificados, sob

supervisão do setor de SMS da empresa. • Os colaboradores da equipe de emergência de combate a princípio de

incêndio, deverão usar etiqueta adesiva no crachá para identificação; • Os colaboradores treinados em primeiros socorros deverão ser identificados

com etiqueta adesivas no crachá ; 5.6.3 Rota De Fuga • • • Devem ser fixadas placas indicando a direção da rota de fuga; Deve ser determinado um local de ponto de encontro; O trajeto da rota de fuga deve estar desobstruído;

5.7 Treinamento de Colaboradores 5.7.1 Colaboradores

Todos colaboradores do canteiro e das frentes de trabalho devem receber orientação dos riscos e dos procedimentos de emergência específico deste plano, em particular daqueles que estão diretamente envolvidos. 5.8 Visitantes No momento do evento não desejado (Emergência) o mesmo deverá ser orientado pelo seu acompanhante, que o conduzirá para fora da área de risco, até o fim da Emergência.

PLANO DE AÇÃO PARA ACIDENTES E DOENÇAS OBRA: NONONONO

...

6. Anexos ANEXO 1 Telefones para Comunicação de Emergência ANEXO 2 Lista de Hospitais, Pronto Socorros e Soro Antiofídico ANEXO 3 Órgãos e Entidades Externos para Apoio a Emergências ANEXO 4 Kit de Primeiros Socorros ANEXO 5 Kit para contenção de pequenos vazamentos

ANEXO 1 TELEFONES PARA COMUNICAÇÃO DE EMERGÊNCIA nome telefone

ANEXO 2 LISTA DE HOSPITAIS, PRONTO SOCORRO E SORO ANTIOFÍDICO

ANEXO 3 ÓRGÃOS E ENTIDADES EXTERNOS PARA APOIO A EMERGÊNCIAS

ANEXO 4 KIT DE PRIMEIROS SOCORROS
Produtos e Materiais para utilização no Kit de Primeiros Socorros Compressas de Gaze Estéreis (20) Ataduras de Crepe 10 cm (12) Ataduras de Crepe 12 cm (12) Band-Aid (uma caixa com 35 unidades) Tala imobilizadora para braço (2) Tala imobilizadora para perna (2) Tala metálica para dedos (12 unid) Tesoura Reta com ponta Romba (1) Bandagem triangular (5 unid) Pinça dente de rato 14 cm (1) Pinça dente de rato 12 cm (2) Colar Cervical Tamanho M (1) Colar Cervical tamanho G (1) Lixeira de pedal com saco leitoso Soro Fisiológico 250 ml (1 frasco) Esparadrapo 10x10,5 (1) Esparadrapo 5x4,5 (1) Luvas de Procedimento (20 unidades) Prancha longa Imobilizadora (1) Imobilizador impermeável em bloco cabeça (1)

para

ATENÇÃO: Todo acidentado ou doente deve ser socorrido por trabalhadores devidamente
treinados em primeiros socorros.

Providenciar o transporte para o Hospital mais próximo conforme rotograma disponível nos veículos de apoio. Avisar Imediatamente o Setor de SMS.

ANEXO 5 KIT PARA CONTENÇÃO DE PEQUENOS VAZAMENTOS O Kit de meio ambiente para máquinas e equipamentos é composto por: -Bandeja; -Serragem e/ou manta oleofílica; -Recipientes para armazenamento do óleo ou fluido vazado; -Pá de coleta; -Enxada; -Baldes ou tambor e sacos vazios de 200 kg para acondicionamento do solo contaminado, que deverá ser destinado adequadamente de acordo com PGR. Como utilizar: • A bandeja deverá ser colocada em baixo do ponto de vazamento, de modo a acumular em seu interior o produto/resíduo que estiver vazando; • As mantas oleofílicas ou a serragem devem ser utilizadas caso o produto vazado tenha atingido o solo; • Os sacos plásticos têm a finalidade de acondicionar o solo contaminado e os resíduos gerados; • Após acondicionamento do solo contaminado, este deverá ser encaminhado para as baias de armazenamento de resíduos classe I / Resíduos perigosos juntamente com trapos, estopas e solo contaminado com óleo. • A empresa licenciada será responsável pelo transporte e destinação final dos resíduos.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->