Você está na página 1de 4

ESCOLA E.B. 2/3 D.

LUÍS D MENDONÇA FURTADO

8º ano

FICHA DE LEITURA DO CONTO

« A INAUDITA GUERRA DA AVENIDA GAGO COUTINHO»


de MÁRIO DE CARVALHO

1- Completa o texto de forma a respeitares o sentido do conto .

A musa da---------------------- Clio , tinha a seu---------------------, a tapeçaria------------------------- e sentia-

-se--------------------------com tamanha ocupação .Assim, deixou-se--------------------------a meio da sua

ocupação .Os fios --------------------------------------e , as datas de --------------------------------e de-------------

-------------confundiram-se .Os automobilistas que se encontravam na


-------------------------------------------,

em----------------------- ficaram muito--------------------------------- quando viram, na sua frente---------------

-------------do almóada---------------------------------.Esta era composta por----------------------------------------

---------------------------------------------, em número superior a ---------------------------------. Os mouros

pretendiam ------------------------------------ a Lisboa , a qual , no ano anterior , fora conquistada pelos ------

-------------------------- . Quando viram os ------------------------ e os prédios , os ---------------------------

ficaram estupefactos . El -Muftar pensava ser vítima de um feitiço . Mas o agente da P.S.P. , --------------

----------------------------------------, que estava a controlar os ----------------------------------- ,resolveu tomar

conta da ------------------------------------.A sua informação denota que o agente confundiu os ----------------

------------------ com ------------------------------------------------------- .O posto de comando ordenou—lhe

que não interviesse . Como não estava prevista qualquer --------------------------------- , o ministro deu

ordem para que a máquina policial assumisse o controlo da situação .Alguns--------------------------------da

----------------------------------------------dirigiram – se para a --------------------------------------------. Os

automobilistas tinham sentimentos contraditórios : estavam ------------------------------------e ---------------

-------------------------- .Decidiram fazer um enorme -------------------------------- .Como não viu nenhuma –

--------------------------ameaçadora --------------- ------------------- decidiu agir com cautela .

No entanto , um camionista , chamado --------------------, atirou uma pedra a um dos ------------------------

. El – Muftar deu ordem aos mouros para ripostarem . As pessoas -------------------------------------------

atrás das portadas dos ------------------------ . O comissário ---------------------------- interpretou


---------------
--------o barulho feito pelos populares . Após algumas escaramuças entre a -------------------------- e os ---

--------------------------------, o mouro sentiu –se ---------------------------- com tamanha confusão .

Confundiu a polícia de choque com a ----------------------- avançada de -------------------------------, e

resolveu atacar .Os polícias assustaram – se e começaram a --------------------- . A tropa do ------------------

------ tinha , também , recebido ordens para -------------------------. Contudo , os --------------------------não

conseguiram ----------------------- e provocaram um enorme ------------------------------ com ------------------

-------------- . O capitão ------------------------------------- , à frente da sua --------------------------------------

de -------------------------------------- , tinha instruções para agir com --------------------------------------

. Ficou incrédulo com o que viu , decidindo aproximar se com -------------------------------

.
Nesse instante , Ibn – el – Muftar e o seu --------------------------- encontraram o capitão ------------------

-------- que à ----------------

acenava com -------------------------------, em sinal de ---------------.

O árabe não compreendia bem qual o --------------------------- de tal acto , mas não lhe pareceu que as ------

----------------------daqueles militares fossem ---------------------- . Deste modo , dispôs - se a ---------------

O capitão ------------------------- respondeu à ---------------------- do mouro , porque tinha estado na


-----------------------------, numa comissão .

Neste momento , a ---------------------------------------- acordou , apercebendo –se do ------------------------

--------------- . Ficou atrapalhada e reconduziu ------------------------------------------ a


---------------------------.
Com o desaparecimento dos -------------------------------- todos aqueles que se encontravam na
------------------------------------------ ficaram ------------------------------------ .

Ibn – el – Muftar desistiu de ------------------------------------- . ~

A ----------------------------------------- não tinha poderes para fazer com que os acontecimentos

regressassem ------------------------------------------------- . Mas pôde apagar a ------------------------- dos

homens com--------------------- de ---------------------------- do --------------------------------------- . O almóada

aproveitou o passeio para devastar os campos de ------------------------------ , ganhando numerosos ---------

---------------- e --------------------------------- . Quanto ao comissário --------------------- e ao coronel ---------

------- tiveram de explicar em ---------------------------------------------- o que estavam a fazer naquele local ,

à frente de ------------------------------------------------ . Falou –se de ------------------------------ , e os --------


-------------------------- acompanharam , com devoção , todo este processo .

A -------------------------------- foi ----------------------------- pelo seu desleixo , tendo sido privada --------

--------------------------- por ------------------------------------ . O narrador afirma que este -----------------------

------ não a impedirá de -----------------------------------.

2– Enriquecimento vocabular .

2.1 Para compreenderes este conto necessitaste , certamente , de consultar o Dicionário da Língua
Portuguesa . Agora , para testares as tuas aprendizagens , faz corresponder cada palavra dada ,
ao seu significado .

• sesta arte de bem falar

• toada cheia

• eloquência sono que se dorme depois do almoço

• enfadada entoação

• repleta aborrecida

• inércia
formou
• empolou
preguiça

• amalgamaram – se música

• estridente som agudo

• sarabanda misturaram – se

• imprecações piar

• pipilar praga

• flanqueado cavalos

• solípedes ladeado

• ingerir – se manjar dos deuses

• assuada bando de soldados


• alfange de repente

• hostes imiscuir – se

• ápice desordem

• ambrósia sabre

3– Exercícios ortográficos .

3.1 – Caça ao erro !!! Reescreve o texto abaixo – transcrito , de forma a corrigires todos os erros
que detectares .

3.1.1 - A inaodita guera e um conto que reláta um epísodio , poco comum , que se pasou com a
deuza clio . esta adormeçeu quando teçia a sua tapessaria milenaria e provocou uma enorme
confuzão historica . as datas de 1148 e 1984 coinçidirão . este facto originou um encontro pouco
amistozo entre cidadaos do çeculo XX e moros do çeculo XII . quando , finalmente acordou a deza
tentou remedear a confozao . mandou cada um para o seu tenpo proprio . no entanto , não conceguio
impedir que os militares portugeses tive –ssem problemas . foi castigada por iço .ficou 400 anos
cem anbrosia .

Prof ª Isabel Caria