Você está na página 1de 6

COMO FAZER UM MINHOCÁRIO NA ESCOLA

Você vai precisar de:

1 latão ou tambor de 500ml aproximadamente; 1 pequena torneira que possa ser acoplada ao tambor; Tijolos quebrados ou cascalho; Pedaço de tela sombrite (tela de sombreamento); Arame; Minhocas; Composto (resíduos que já passaram por compoteiras); Restos de comida (sem carne) papeis jornais sem cor e palha de arroz; 1 peneira; 1 pedaço de papelão para servir como tampa.

• •

• •
• •


Como fazer:

Para fertilizar plantas. 3) Ponha o composto dentro do barril. a proporção é de 10 para 1. 5) Em 45 dias. um líquido que funciona como um ótimo biofertilizante. na proporção de 20 porções de água para 1 de chorume. pois ele será digerido com mais eficiência pelas minhocas. Com o papelão. faça um pequeno buraco e encaixe nele a torneira. É preferível usar composto ao invés de resíduos comuns.1) A cerca de 10 centímetros da base do barril. 4) Depois de 3 dias. 2) Coloque os tijolos ou o cascalho no fundo do barril e. para assegurar a entrada de ar no minhocário. umedecido com água. . a tela sombrite. acima deles. jornais sem cor e palha de arroz. o chorume. papeis. Se ele for usado no solo. como resultado da digestão das minhocas. despeje os restos de comida. e as minhocas por cima. faça uma tampa com furos. e cubra o topo do latão. tem-se. dilua o chorume em água.

Separe as peças de mesmo tamanho e encaixe-as umas sobre as outras até atingir 40 centímetros de altura. 60 centímetros entre elas. a 20 centímetros de profundidade. • 2º passo Serre os bambus em pedaços de um e dois metros.MINHOCÁRIO – 2ª OPÇÃO 1º passo: As estacas darão sustentação à estrutura do minhocário. em ziguezague e de baixo para cima. Nas bases de um metro de largura. Elas devem ser cravadas no solo com marreta. para garantir sustentação. Reforce bem a amarração nos cantos. É . fixe também uma estaca a meia distância dos cantos. coloque duas estacas a uma distância de. • 3º passo: Passe o arame entre as peças de bambu e as estacas. aproximadamente. Os cantos são formados com três estacas: duas no lado interno e outra no externo. Em cada lateral de dois metros.

Corte as sobras de tela com uma tesoura.mais fácil montar a estrutura em "L". juntando uma das laterais de dois metros com uma de um metro e depois unir tudo. É importante que o material seja mantido sempre úmido . e então coloque as minhocas. • 4º passo: Uma vez montado o minhocário. Encha o canteiro com os resíduos orgánicos da propriedade. cubra o fundo e as laterais com sombrite. misturando com palha. Passe o arame em ziguezague "costurando" as bordas da tela aos bambus superiores das paredes do minhocário.

Água tampa de madeira ou lona para cobrir a composteira. Você vai precisar de: • Buraco no solo com cerca de 1 m3 ou recipiente com mais ou menos a mesma medida. quando decompostos corretamente em composteiras. têm potencial para serem reutilizados como solo fértil. .COMO FAZER UMA COMPOSTEIRA NA ESCOLA Construa uma composteira para transformar o lixo orgânico produzido na escola em solo fértil. papelão e palha. Uma pá. • • • Papeis. Os restos orgânicos (cascas e restos de comida). Veja como implantar esta medida na escola.

Se a muda for muito pequena e a aparência do solo estiver ruim. mais ou menos uma vez por semana e acrescente água sempre que a mistura estiver seca demais. 3) Deixe descansar por cerca de 15 dias. o novo solo pode ser usado para cultivo de hortaliças.o lixo começa a ganhar o aspecto de solo fértil. revire o material com a ajuda da pá. Depois disso. entre outros fatores. Por isso.Como fazer 1) No buraco no solo ou recipiente de madeira ou tijolos. . Pequenos espaços entre a comida e os materiais secos garantem o ar necessário para o processo de decomposição acontecer. 2) Ponha mais material seco em cima da pilha. umedeça bastante com água e depois cubra a composteira.papéis. Quando isso acontecer. É preciso respeitar essas quantidades para que os alimentos não se tornem uma massa compacta e mal cheirosa. papelão e palha. coloque os resíduos na proporção de 25% de restos de comida e 75% de materiais secos . é importante estar atento à transformação que passa a acontecer . 4) A duração do processo pode variar em função da quantidade de resíduos e da umidade disponível. plantas e flores. recomenda-se peneirá-lo antes do uso.

Interesses relacionados