Você está na página 1de 6

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET

Professora: Sandra Franco

Período Composto

1.Orações Subordinadas Adverbiais.

2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns.

3. Orações Reduzidas.
______________________________________________
As orações subordinadas adverbiais são aquelas que exercem a função típica do
adjunto adverbial: indicam circunstâncias em relação à chamada oração principal.
São nove tipos:

6 c+t+f+p

1. Causal

Porque choveu muito, houve alagamentos na cidade.

2. Condicional

Se quer uma vida melhor, resolva esses problemas agora.

3. Consecutiva

Choveu tanto que a cidade ficou alagada.

4. Concessiva

Embora procurem uma vida melhor, alguns migrantes só encontram a miséria.

5. Comparativa

Essa carreira é mais promissora que a outra escolhida.

6. Conformativa

Conforme foi dito no início da aula, é fácil reconhecer essas orações.

7. Final

Estudou muito a fim de que obtivesse bons resultados.

1
8. Temporal

Quando fizer opções, sempre perderá algo.

9. Proporcional

“Enquanto a caravana passa, os cães ladram.”

2. A s conjunções (ou locuções conjuntivas) subordinativas


adverbiais são aquelas que iniciam as orações subordinadas adverbiais. Veja
as mais freqüentes em cada tipo de oração e procure guardar ao menos uma
delas para que fique mais simples e rápida a classificação. Caso não apareça
aquela conjunção que você memorizou, por exclusão, você tentará “encaixar”
outra que mais esteja adequada ao sentido da oração.

Observe que, sendo a conjunção adverbial um elemento de coesão muito


importante, não é pouco comum que os vestibulares apresentem questões
apenas para que o candidato troque o conectivo presente por outro de igual
valor semântico. Fique atento (a) !

Causais: porque, visto que, como uma vez que, já que.

Concessivas: embora, apesar de que, ainda que, se bem que, conquanto que.

Condicionais: se, salvo se, caso, contanto que, desde que.

Consecutivas: (tanto) que, (de tal forma) que.

Comparativas: tal, como quanto, (mais) do que, (tanto) quanto.

Conformativas: como, conforme, segundo, consoante.

Finais: a fim de que, para que.

Proporcionais: à proporção que, à medida que, quanto mais.

Temporais: quando, enquanto, logo que, assim que, depois que.

Nota: em algumas gramáticas, você poderá encontrar orações subordinadas


adverbiais modais e as locativas, que não estão presentes na NGB
(Nomenclatura Gramatical Brasileira); portanto, não se preocupe com elas no
Vestibular.

2
3. Orações Reduzidas e Orações Desenvolvidas.

Orações desenvolvidas:

ÿ presença de elementos de ligação: conjunções ou pronome relativo.


ÿ verbos no modo indicativo, subjuntivo ou imperativo.

Orações reduzidas:

ÿ ausência da conjunção ou do pronome relativo.


ÿ verbos no infinitivo, gerúndio ou particípio.

Analise esses exemplos:

1. Ele sabia que encontraria a solução para o problema.


oração subordinada substantiva objetiva direta

Ele sabia encontrar a solução para o problema.


Oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo.

2. O mendigo dormia sobre o papelão velho que jogaram no chão.


oração subordinada adjetiva restritiva.

O mendigo dormia sobre papelão velho jogado no chão.


oração subordinada adjetiva restritiva reduzida de particípio.

3. É necessário que se faça o controle dos gastos para que não se tenha
surpresas.
segunda oração: subordinada substantiva subjetiva.
Terceira oração: subordinada adverbial final.

É necessário fazer o controle dos gastos para não se Ter


surpresas.
segunda oração: subordinada substantiva subjetiva reduzida de
infinitivo.
Terceira oração: subordinada adverbial final reduzida de infinitivo.

É possível apontar como normalmente são construídas as reduzidas,


segundo o tipo de subordinada e a forma nominal:

SUBSTANTIVA ADJETIVA ADVERBIAL


Apresenta verbo no
verbo no infinitivo, verbo no infinitivo,
infinitivo pessoal ou
gerúndio e particípio gerúndio e particípio
impessoal

Observe, através dos exemplos, que a classificação da oração não se modifica,


pois a função sintática exercida pela oração subordinada não se modificou.

3
Apenas, acrescenta-se à classificação o indicador de que a forma da oração
mudou, a oração deixou de ser “desenvolvida”; diz-se que é “reduzida
de....”(infinitivo, gerúndio ou particípio).

QUESTÕES

1. (UGMG) A oração reduzida está corretamente desenvolvida em todas as


alternativas, exceto em:

a) Mesmo correndo muito, não alcançarás o expresso da meia-noite.


Se correres muito, ...
b) Assentando-me aqui, não verás os jogadores.
Se te assentares aqui, ...
c) Estando ela de bom humor, a noite era das melhores.
Quando ela estava de bom humor,....
d) Chegando a seca, não se colheria um só fruto.
Quando chegasse a seca,...
e) No princípio, querendo impor-se, adotava atitudes postiças.
...porque queria impor-se,...

2. (FUVEST-SP) Classifique as orações em destaque do período abaixo:


"Ao analisar o desempenho da economia brasileira, os empresários
afirmaram que os resultados eram bastante razoáveis, uma vez que a
produção não aumentou, mas também não caiu."

a) principal – subordinada adverbial final.


b) subordinada adverbial temporal – subordinada adjetiva restritiva.
c) subordinada adverbial temporal – subordinada substantiva objetiva direta.
d) subordinada adverbial temporal – subordinada substantiva subjetiva.
e) principal – subordinada substantiva objetiva direta.

3. (FUVEST-SP) – No período "É possível discernir no seu percurso


momentos de rebeldia contra a estandardização e o consumismo", a
oração destacada é:

a) subordinada adverbial causal, reduzida de particípio.


b) subordinada objetiva direta, reduzida de infinitivo.
c) subordinada objetiva direta, reduzida de particípio.
d) subordinada substantiva subjetiva, reduzida de infinitivo
e) subordinada substantiva predicativa, reduzida de infinitivo.

4. (UF-MG) A oração sublinhada está corretamente classificada, EXCETO


em:
a) Casimiro Lopes pergunta se me falta alguma coisa/ oração
subordinada adverbial condicional

4
b) Agora eu lhe mostro com quantos paus se faz uma canoa/ oração
subordinada substantiva objetiva direta

c) Tudo quanto possuímos vem desses cem mil réis/ oração subordinada
adjetiva restritiva

d) Via-se muito que D. Glória era alcoviteira/ oração subordinada


substantiva subjetiva

e) A idéia é tão santa que não está mal no santuário/ oração


subordinada adverbial consecutiva

5. (FUVEST) No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o


sino de uma freguesia distante, dobrando a finados.", a segunda oração é:
a) subordinada adverbial causal
b) subordinada adverbial consecutiva
c) subordinada adverbial concessiva
d) subordinada adverbial comparativa
e) subordinada adverbial subjetiva

6. (FUVEST) "Sabendo que seria preso, ainda assim saiu à rua."


a) reduzida de gerúndio, conformativa
b) reduzida de gerúndio, condicional
c) reduzida de gerúndio, causal
d) reduzida de gerúndio, concessiva
e) reduzida de gerúndio, final

7.(FUVEST) Na frase "Entrando na faculdade, procurarei emprego.", a


oração subordinada indica idéia de:
a) concessão
b) oposição
c) condição
d) lugar
e) conseqüência

8. (UF SANTA MARIA-RS) Leia, com atenção, os períodos abaixo:


Caso haja justiça social, haverá paz.

Embora a televisão ofereça imagens concretas, ela não fornece


uma reprodução fiel da realidade.

Como todas aquelas pessoas estavam concentradas, não se


escutou um único ruído.
Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, as circunstâncias
indicadas pelas orações sublinhadas:
a) tempo, concessão, comparação
b) tempo, causa, concessão
c) condição, conseqüência, comparação

5
d) condição, concessão, causa
e) concessão, causa, conformidade

GABARITO

1. A
2. C
3. D
4. A
5. B
6. C
7. C
8. D
_____________________________________________________________