P. 1
Facial

Facial

|Views: 78|Likes:
Publicado porsoraia.ventura

More info:

Published by: soraia.ventura on Aug 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/12/2012

pdf

text

original

ARCOS AÓRTICOS

. . .. .. .. . .. . .

.

A CAVIDADE ORAL é formada pela ruptura da MEMBRANA BUCOFARÍNGEA

A CRISTA

NEURAL
é uma população que migra da região mais dorsal do Tubo Neural

1

A Crista Neural CEFÁLICA dá origem a: Melanócitos (células pigmentadas) Neurônios Glia Cartilagens faciais Ossos faciais Nervos cranianos A migração das células da Crista Neural ocorre durante o fechamento do Tubo Neural As Estruturas Faciais derivam primariamente dos Arcos Branquiais 1 2 4 6 Os Arcos Branquiais são separados por Fendas 3 Visão dorsal dos arcos branquiais Bolsa Fenda Bolsas Branquiais Arco Arcos Branquiais I II III Bolsa Fenda Para cada Arco Branquial. há uma Bolsa Branquial Endodérmica intercalada interiormente 2 .

O “recheio” é mesênquimal. de origem mesodérmica e de cristas neurais. Bolsa `Todo arco branquial tem associado: 1 arco cartilaginoso (estrutural) + 1 nervo craniano (inervação)+ 1 artéria (vascularização) A correspondência de cada Arco Branquial a um nervo craniano 1 2 I 4 3 II III V= Trigeminal VII=Facial IX= Glossofaríngeo X=Vago ARCO Eminência Frontal Ouvido/ Orelha Nariz Palato Língua (0) 1 1 Saliência FRONTO-NASAL 2 2 3 4 Saliência MAXILAR Saliência MANDIBULAR 3 4 3 .Bolsa Fenda Arco Bolsa Origens Embrionárias dos tecidos da língua: Fenda Arco Fenda Mucosa: Bolsas Branquiais = ENDODERMA Músculo: MESODERMA Bolsa Fenda Cada Arco Branquial é forrado por Ectoderma na superfície externa. e Endoderma na superfície interna.

html As Saliências Nasais Mediais se Fundem.ac.man.O Plácódio Nasal fica na Eminência Frontal Saliência Nasal Medial+ Lateral Fosseta Nasal Obs: Arco Mandibular = arco branquial 1 Invaginação do Placódio Nasal As Saliências Nasais Mediais se Fundem.html 4 4 .uk/ugrad/biomedical/calpage/sproject/rob/week4. formando o Nariz e definindo o Lábio Superior A invaginação forma a Saliência Nasal: Saliência Nasal Medial Saliência Nasal Lateral Fosseta Nasal Saliência Nasal Medial Saliência Nasal Lateral http://www. formando o Nariz e definindo o Lábio Superior ARCO Eminência Frontal Ouvido/ Orelha Nariz Palato Língua Nariz (0) 1 1 2 2 3 3 4 Saliência Nasal Medial Saliência Nasal Lateral Processo Maxilar http://www.ac.biomed2.man.biomed2.uk/ugrad/biomedical/calpage/sproject/rob/week4.

Mandíbula 3 4 10 Arco 5 .ac.Nasal Medial+ S.Nasal Medial+ S.As Saliências Nasais Mediais se Fundem.biomed2.html O lábio Superior é formado pela Saliência Nasal Medial+Processo Maxilar O Primeiro Arco Branquial dá origem ao LÁBIO INFERIOR e ao OSSO MANDIBULAR 10 arco 10 arco Dica : O Lábio Inferior vem da saliência Mandibular (= 1o arco) ARCO Eminência Frontal Ouvido/ Orelha Nariz Palato Língua Nariz Saliência Nasal Medial+ Lateral Fosseta Nasal S. Maxilar 3 4 1 (0) 1 2 2 Lábio Inferior.man. Maxilar 10 Arco Saliência Nasal Medial Saliência Nasal Lateral Processo Maxilar http://www. formando o Nariz e definindo o Lábio Superior S.uk/ugrad/biomedical/calpage/sproject/rob/week4.

ou Definitivo. origina das CRISTAS PALATINAS. O Palato Secundário. a Cavidade Bucal é separada da Fossa Nasal pela MEMBRANA ORO-NASAL A Membrana Oronasal é lentamente substituída pelo PALATO SECUNDÁRIO Formação do PALATO Palato Primário 1. 2. O Palato Primário origina do da fusão da Saliência Nasal Medial (Segmento Intermaxilar). que vêm do Processo Maxilar A Fusão se inicia na porção mediana do Palato 6 . que partem dos Processos Maxilares Palato Secundário O Palato Secundário é formado pela fusão das CRISTAS PALATINAS.Inicialmente.

mas depois se fundem com o Septo Nasal Frontalmente.A Fusão se inicia na porção mediana do Palato Palato Primário Crista Palatina Futura Úvula O Palato Secundário é formado pela fusão das CRISTAS PALATINAS. mas depois se fundem com o Septo Nasal Cavidade oronasal ARCO Eminência Frontal Ouvido/ Orelha Nariz Palato Cristas Palatinas Língua 1 (0) 1 2 Placódios Nasais Lábio Inferior. as Cristas Palatinas crescem primeiro em direção à Língua. as Cristas Palatinas crescem primeiro em direção à Língua. Mandíbula 2 3 4 3 4 7 . que vêm do Processo Maxilar Frontalmente.

30 e 40 Arcos Branquiais Origens Embrionárias dos tecidos da língua: Bolsa Fenda Arco Fenda Mucosa: Bolsas Branquiais = ENDODERMA Músculo: MESODERMA Bolsa Sulco Mediano O Crescimento da Eminência Hipobranquial COBRE o segundo arco Branquial E o SEGUNDO Arco Branquial??? Como ocorre a inervação sensitiva da língua? Nervo Craniano X Nervo Craniano IX Nervo Craniano V e VII V= Trigeminal VII=Facial IX= Glossofaríngeo X=Vago 8 .A língua é formada pela fusão de componentes do 10.

CORPO 2 3 4 Corpo V VII IX X V= Trigeminal VII=Facial IX= Glossofaríngeo X=Vago 4 3 Base BASE Epiglote Epiglote http://aussie-health.html 9 .Nervo Craniano X ARCO 1 2 3 4 Ouvido/ Orelha Nariz Palato Cristas Palatinas Língua Nervo Craniano IX Eminência Frontal Placódios Nasais Lábio Inferior. Mandíbula Nervo Craniano V e VII Nervo 1 (0) 1 2 Corpo Arco 1 2 3 4 Eminência Hipobranquial Epiglote Saliência Lingual Lat.westga.edu/research/cataracts/development.

Hióide Expressão Facial Estribo Hióide Cartilagens da Laringe Cartilagens da Laringe Estilofaríngeo Constrictor da faringe Músculos da Laringe Facial (VII) Glossofaríngeo (IX) Vago Superior (X) Vago (X) 10 . Mielohióide Nervo Trigeminal (V) Stilóide. Bigorna Músculo Mastigação. Mandíbula Corpo 2 3 4 Corpo 3 4 Base Epiglote Contribuição dos Arcos Branquiais Arco 1 2 3 4 6 Cartilagem/ Osso Maxila Mandíbula Martelo.ARCO Eminência Frontal Ouvido/ Orelha Nariz Palato Cristas Palatinas Língua 1 (0) 1 2 Placódios Nasais Martelo Bigorna Pavilhão Estribo Pavilhão Lábio Inferior.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->