P. 1
anatomia ossea

anatomia ossea

|Views: 621|Likes:
Publicado porTha Sena

More info:

Published by: Tha Sena on Aug 24, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/17/2012

pdf

text

original

Anatomia Óssea

HFA ± Radiologia
2º Ten Ex OMT Luciano Moura

Introdução 
Esqueleto axial ossos do crânio, pescoço (osso hióide e vértebras cervicais) e tronco (costelas, esterno, vértebras e sacro)  Esqueleto apendicular Ossos dos membros incluindo os cíngulos do membro superior e inferior

Osso: Funções Sustentar o corpo Proteger órgãos e estruturas vitais Hematopoiese Reserva de íons: Cálcio e Fósforo Base mecânica para o movimento Tampão ácido-básico: absorve sais alcalinos .

São importantes no processo de regeneração óssea nas fraturas. .Componentes do tecido ósseo Osteoblastos: São originados das células mesenquimais e são responsáveis pela formação da matriz óssea e sua mineralização.

Osteoblastos criando um osteóide .

Componentes do tecido ósseo Osteócitos: é o osteoblasto maduro. . aprisionado pela matriz óssea. Estão localizados em cavidades ou lacunas dentro da matriz óssea e são responsáveis pela manutenção da integridade da matriz óssea.

Osteócitos .

Componentes do tecido ósseo Osteoclastos: São originadas de precursores mononucleados da medula óssea e são responsáveis pela reabsorção óssea (destruição da matriz óssea). .

Osteoclastos .

Células ósseas .

K.Componentes de matriz óssea Parte orgânica (25-30% do peso): Colágeno tipo I + proteoglicanas + proteínas de adesão resistência Parte inorgânica (65-75% do peso): Cálcio e fósforo (cristais hidroxiapatita) principalmente + outros minerais como Na. Mg dureza .

dos ossos curtos e chatos Compacto: sem cavidades visíveis .Espaços medulares mais amplos .Reveste a cavidade medular (parte interna da diáfise) .Encontrado nos centros das epífises.Arranjo lamelar concêntrico .Encontrado nas diáfises de ossos longos. na periferia dos ossos curtos e nas tábuas dos ossos chatos .Tipos de tecido ósseo Esponjoso: poroso .

Tipos de tecido ósseo .

Tipos de tecido ósseo .

Sistema de Havers .

osso esponjoso e o osso compacto mais profundo da diáfise e das metáfises Os pequenos ramos das artérias periosteais suprem a maior parte do osso compacto a partir da face superficial .Vascularização e inervação óssea Artérias nutrícias Supre medula óssea.

Vascularização e inervação óssea Artérias metafisárias e epifisárias origem de artérias que suprem articulações plexo arterial periarticular Periósteo rico em vasos linfáticos e nervos sensoriais (estimulados por tensão ou ruptura) Necrose avascular perda de suprimento arterial de uma parte do osso levando à morte do tecido ósseo no segmento afetado .

Vascularização e Inervação Óssea .

diáfise de ossos longos (crescimento em espessura) Endocondral: ocorre a partir de um molde de cartilagem hialina 1. crânio) ossos chatos.Tipos de Ossificação Intramembranosa:    direta do mesênquima extremidades centro (ex. Cartilagem sofre modificações Cavidades são invadidas por capilares e células osteogênicas vindas do conjuntivo . 2.

Ossificação Intramembranosa .

Ossificação endocondral .

Dividido histologicamente em 5 zonas: .Disco Epifisário Cartilagem de crescimento presente na epífise de ossos longos jovens que modula seu crescimento em comprimento.

Cartilagem hialina sem modificações Zona de cartilagem seriada (multiplicação) ± fileiras de condrócitos Zona de cartilagem hipertrófica ± condrócitos volumosos ricos em glicogênio e lipídeos Zona de cartilagem calcificada Zona de ossificação .Disco Epifisário Zona de repouso .

Disco Epifisário .

Disco Epifisário .

Maturação óssea .

Estrutura do osso longo .

Classificação dos ossos .

Classificação dos ossos .

Classificação dos ossos .

Acidentes Ósseos Surgem em qualquer lugar onde haja inserção de tendões. ligamentos e fáscias ou onde haja artérias adjacentes ou penetrando nos ossos. Outras formações estão relacionadas à passagem dos tendões e ao fornecimento de maior alavanca .

Acidentes Ósseos .

Acidentes Ósseos .

.

atrofia mandibular por extração dos de dentes Hipertrofia ± Sustentação de peso maior por longo período Fratura ± importância da redução (extremidades fraturadas reunidas aproximando-se de sua posição normal) .Reparação e Remodelamento Ósseo Atrofia ± Ex.

Reparação e Remodelamento Ósseo Fratura rotura de vasos do periósteo macrófagos fibroblastos adjacentes (periósteo. endósteo e células da medula óssea) osteoblastos osteóide calcificação (calo ósseo) reabsorção do calo e formação óssea secundária (osso lamelar) .

Reparação e Remodelamento Ósseo .

Osso primário X secundário .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->