EXERCÍCIOS 6350. (Ufrrj 2005) Leia o texto e responda.

A divisão do mundo em Estados Nacionais, com fronteiras, moedas e alfândegas, cria barreiras para a livre circulação de mercadorias, serviços, capitais e pessoas. Embora não seja recente, a tendência de regionalização do mundo em blocos econômicos acentuou-se no início da década de 1990, coincidindo com o fim da Guerra fria e a emergência da globalização. Adap. MOREIRA, J. C. e SENE, E. "Geografia para o ensino médio: geografia geral e do Brasil. São Paulo: Scipione, 2002. p. 360. Tendo em vista que o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) é um dos blocos econômicos regionais, cite: a) 3 (três) países que fazem parte desse bloco. b) 2 (duas) características que o diferenciam dos demais blocos econômicos. 6391. (Ufrj 2005) A visão estratégica dos Estados Unidos da América sobre o Caribe

O mapa mostra a América do Sul e o Caribe na perspectiva do Comando Militar Unificado dos Estados Unidos da América. Indique dois interesses econômico-estratégicos norte-americanos na região do Caribe. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO

(Puccamp 2002) Instruções: Para responder às questões a seguir, considere as informações que seguem. O Canal do Panamá, inaugurado em 1914, foi construído pelos Estados Unidos e esteve sob sua administração, até dezembro de 1999, quando foi devolvido ao Estado panamenho. 5118. Considere as afirmações sobre o "Canal do Panamá". I. Para a construção do canal, os Estados Unidos estimularam e garantiram a independência do Panamá que se separou da Venezuela. II. A zona do canal polariza a economia do país, pois o comércio, os transportes e os serviços representam grande parte da renda panamenha. III. A utilização do canal representa uma economia de milhares de quilômetros de viagem para os navios. IV. A perda do canal do Panamá, pelos Estados Unidos, pode significar o fim de sua hegemonia sobre os países da América Central. Estão corretas SOMENTE a) I e II b) I e III c) I e IV d) II e III e) III e IV 6491. (Unifesp 2005) Observe a figura.

A anamorfose indica que, em relação às mortes de crianças com menos de 5 anos de idade na América do Sul, a) os índices mais elevados estão no Cone Sul. b) os indicadores mais baixos estão nos países andinos. c) a Bolívia e o Paraguai têm a mesma quantidade de casos. d) os membros do Mercosul têm graves disparidades entre si. e) as partes do Tratado de Cooperação Amazônica são homogêneas.

respectivamente. que visava reduzir as distâncias entre o Atlântico e o Pacífico. d) do Panamá. porque ela prevê a proibição do estabelecimento de acordos bilaterais e sub-regionais entre as . "balseros" e "braceros" penetram no território dos Estados Unidos. entre outras razões. que permite aos EUA melhor acesso aos recursos petrolíferos do Oriente Médio. 6393.5935. são feitas as seguintes afirmações. (Ufrs 2004) Em relação às negociações de implementação da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA). d) líderes religiosos islâmicos e terroristas fundamentalistas. para o país em que se localiza. Estando ainda hoje sob domínio deste país. barateando os custos de transporte para os EUA. cuja construção permitiu aos EUA maior controle sobre a URSS durante a Guerra Fria. muitas vezes ilegalmente. Eles são identificados. no final deste milênio. b) de Gibraltar. (Unirio 2000) O canal representado anteriormente foi construído nas primeiras décadas do século XX pelos EUA. entre a Ásia e a América. c) de Behring. que torna a África mais acessível aos interesses estratégicos dos EUA neste continente. e) do Golfo. sua posse será transferida. c) pescadores e contrabandistas mexicanos. cuja construção visava bloquear a expansão árabe no Oriente Médio. Trata-se do Canal: a) de Suez. I . 3543. (Unifesp 2004) Apesar das restrições à imigração.O Brasil é contrário à criação da ALCA. b) chineses perseguidos pelo governo chinês e talibãs que resistem à ocupação do Afeganistão. e) trabalhadores latino-americanos e dos países europeus que abandonaram o socialismo real. como a) cubanos que abandonaram seu país e trabalhadores mexicanos.

As divisões regionais são mais recentes.Chile . III . c) Apenas III. II .O Chile é o país sul-americano mais reticente em relação aos possíveis benefícios da ALCA. b) Apenas II. o que acarretaria a abolição e a revogação do MERCOSUL e de outros acordos. que favorecem os interesses comerciais dos Estados Unidos.Bolívia d) Paraguai .Paraguai .nações signatárias. respectivamente.Chile .Paraguai . 6981. 2.Bolívia . altamente subsidiados.Chile e) Uruguai . a) Paraguai . d) Apenas I e II. (Ufrs 2006) Observe a tabela a seguir. Quais estão corretas? a) Apenas I. e) Apenas II e III.Uruguai . 3 e 4 da tabela.Uruguai .Chile .Bolívia 7001. o processo de urbanização tornou mais evidente o abismo entre as elites brancas e ricas.Bolívia . onde fica a capital é habitado sobretudo por índios que vivem da agricultura de . índios e mestiços. como o 'antidumping' e os direitos compensatórios. que apresenta dados geográficos de países membros plenos e associados do Mercosul.Chile c) Uruguai . já que enfrentaria sérias dificuldades em competir com os produtos agrícolas norte-americanos.Bolívia b) Uruguai .O governo brasileiro alega que a entrada de seus produtos no mercado norte-americano é prejudicada pelas barreiras não-tarifárias. e os pobres. O Altiplano dos Andes. (Ufsm 2006) "Nas últimas décadas.Paraguai . Assinale a alternativa que apresenta os nomes dos países correspondentes aos números 1.

Analisando-se a tabela. 79 (adaptado) O texto se refere a um dos países mais pobres da América do Sul. c) a diferença entre os dados socioeconômicos do Chile e a média da América Latina é muito pequena apenas nos indicadores desemprego. d) em todos os indicadores socioeconômicos. nŽ 24 . para atrair capital externo e desenvolver a economia local". Selecione a alternativa que apresenta esse país. marcado pela desigualdade social e pela problemática da racionalização do setor petrolífero e do gás natural. p. b) em todos os indicadores socioeconômicos.15 de junho de 2005. pode-se afirmar que: a) a diferença entre os dados socioeconômicos do Chile e a média da América Latina é muito pequena na maior parte dos indicadores.).subsistência. Algumas províncias souberam se aproveitar do processo de abertura da economia (... o Chile apresenta resultados melhores do que a média da América Latina. "Revista Veja". média de anos de estudo e taxa de analfabetismo. o Chile apresenta valores inferiores à média da América Latina. que estão na origem da crise política e institucional vigente.ano 38. . a) Peru b) Equador c) Bolívia d) Venezuela e) Colômbia 6788. edição 1909 . (Unesp 2006) A tabela contém indicadores socioeconômicos do Chile e da média de todos os países da América Latina.

a) indique duas medidas adotadas pelo governo que flexibilizaram o regime cubano. por processos de redemocratização que reativaram projetos socioeconômicos há muito desejados pelos povos da região. mais rapidamente. 7400. à justa eqüidade socioespacial. Em relação a esse momento singular na região. em 2006. Considerando-se essa situação. desde o início da última década.e) a diferença entre os dados socioeconômicos do Chile e a média da América Latina é muito grande apenas nos indicadores PIB per capita. Porém. (Puc-rio 2007) A América Latina vem passando. principal parceiro comercial de Cuba. . existem disparidades entre os desejos por justiça social dos povos latinos e as possibilidades político-econômicas de se chegar. (Ufg 2006) Há pouco mais de dez anos avaliava-se que o regime cubano não sobreviveria devido ao fim da União Soviética. 6874. b) Explique dois fatores ligados às ações paramilitares e/ou econômicas dos narcotraficantes que caracterizam a atual crise de governabilidade vivenciada pela Colômbia. responda às questões a seguir. b) explique um fator político-econômico que possibilitou a intensificação das relações de Cuba com o Brasil e a Venezuela. e à manutenção do embargo econômico-político promovido pelos Estados Unidos. inflação e expectativa de vida. e explique de que maneira a sua ação política vem colocando em xeque a globalização em seu país. a) Identifique o país da América Andina onde os movimentos sociais históricos levaram ao poder executivo do Estado Nacional um descendente de ameríndios.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Uerj 2006) BRASIL AVANÇA NA AMÉRICA DO SUL A estratégia do governo de reafirmar a presença do Brasil na América do Sul. do lado das empresas. vivida hoje pela Bolívia. Cuba é o único país latino-americano que durante várias décadas rompeu com o domínio dos Estados Unidos e adotou um sistema socioeconômico diferente. Com o fim da União Soviética. II. A Petrobrás vem operando na Bolívia desde 1996 e é hoje a maior empresa do país. onde milhares de camponeses cercaram a capital. (Adaptado de CAETANO.) MINISTÉRIO ADMITE PIOR CENÁRIO O Ministério das Minas e Energia afirmou ontem que o governo brasileiro está bastante preocupado com a situação na Bolívia. A expansão econômica para os países vizinhos se deve.) 7015. perdendo posição. Cuba perdeu seu parceiro comercial mais importante. aliada ao processo de internacionalização de empresas brasileiras. em protestos exigindo a nacionalização do setor de hidrocarbonetos. (Fatec 2000) Considere as seguintes afirmações sobre Cuba. à estratégia de reafirmar a presença do Brasil no continente e. ao caminho natural da internacionalização pela proximidade do mercado. Gilberto. os índices que medem a qualidade de vida da população (IDH) são bem menores em Cuba que na maior parte de seus países vizinhos. está fazendo com que o apelido de "Gigante do Sul" saia dos discursos e vire realidade. La Paz. "O Globo". do lado do governo. frente aos países que constituem centros turísticos e "paraísos fiscais". (Adaptado de SCOFIELD. Localizada na América Central Insular. I. que suspenderam o embargo comercial à ilha de Fidel Castro e marcaram data para desativar a base naval de Guantánamo. Por essas razões. "O Globo". 26/05/2005. A atual crise boliviana põe em discussão as contradições existentes entre o exercício da soberania de um país e a sua inserção nos fluxos globais. III. Uma dessas contradições. pode ser melhor explicitada pelo conflito verificado entre: a) autonomia política e privatização da produção b) ideário liberal e desregulamentação da economia c) participação popular e flexibilização da legislação trabalhista d) fortalecimento do Estado e nacionalização do sistema financeiro 4502. para as multinacionais localizadas nas Grandes Antilhas. .5 bilhão. Valderez. onde investiu US$1. para assinalar a alternativa correta. 23/05/2005. baseado na propriedade estatal e no planejamento centralizado. A visita do Papa João Paulo II a Cuba repercutiu favoravelmente sobre os Estados Unidos.

No dia 6 de maio. d) I e II estão corretas. ("Gazeta Mercantil". 12/05/2002) . b) da Jamaica. Trata-se a) do Haiti. John Bolton. 12/05/2002) TENSÃO ENTRE FIDEL E WASHINGTON A viagem de Jimmy Carter acontece num dos momentos mais tensos das relações entre EUA e Cuba nos últimos anos. apenas a) I está correta. possui reservas de zinco e ouro e.Dentre as afirmações acima. ("Jornal do Brasil". durante um pronunciamento em Washington. passou por uma revolução socialista no século passado. c) III está correta. 5435. o subsecretário de Estado para Controle de Armas e Segurança Nacional americano. b) II está correta. o balneário turístico mais importante de Cuba. (Uerj 2003) CUBA JÁ RECEBE OS EUROS DOS TURISTAS O euro começou a circular em Varadero. e) do Panamá. d) da Nicarágua. onde a empresa Transtur anunciou que os serviços de táxi e aluguel de automóveis já podem ser pagos com a moeda. e) II e III estão corretas. incluiu Cuba na lista de países que apóiam o terrorismo. ocupava a 116 posição no Índice de Desenvolvimento Humano. (Fuvest 2004) O país assinalado no mapa foi colônia espanhola. em 2000. c) de Cuba. 5799.

Sobre essa nacionalização atual na Bolívia é correto afirmar que a) é um ato que nacionaliza apenas a exploração de gás natural e quer chegar até a incorporação do gasoduto Brasil-Bolívia como patrimônio exclusivo da Bolívia. o Brasil passou a integrar a missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti. mas que permite e quer negociar novos contratos de exploração dos recursos pelas empresas estrangeiras. e) Apenas I e III. Os violentos confrontos que ocorreram no país em 2004 estão associados à declaração de sua independência em relação à França.As duas notícias revelam atitudes distintas com relação a Cuba. Do lado da União Européia. há a valorização do turismo e do comércio. c) Apenas III. refinamento e comercialização apenas para empresas bolivianas. b) é uma nacionalização das jazidas de hidrocarbonetos. do lado dos EUA. (Ufrs 2005) A partir de 2004. b) Apenas lI. III. e faz fronteira com a República Dominicana. II. foi a vez da "Gulf Oil" e a atual nacionalização envolve várias empresas como a "Petrobras" do Brasil e a "Repsol" da Espanha. (Pucsp 2007) A Bolívia já nacionalizou seus recursos fósseis (hidrocarbonetos) por três vezes: em 1937. por exemplo. ele é superior à média dos países da América Central. desconfiança e tentativa de controle. quando a "Standart Oil" americana detinha a totalidade dos poços no país. A dificuldade dos governos norte-americanos em lidar com o regime cubano decorre do fato de que este tem sido visto como: a) um pólo de fundamentalismo religioso na América Central b) uma exceção política no espaço de dominação norte-americana c) um posto avançado das tecnologias alternativas na região do Caribe d) um aliado ideológico da União Européia no contexto latino-americano 7331. 7387. em 1969. d) Apenas I e lI. Quais estão corretas? a) Apenas I. obtida recentemente. são feitas as seguintes afirmações: I. uma das nações mais pobres do planeta. O Haiti ocupa parte da ilha de Hispaniola. no mar do Caribe. c) a nacionalização desaloja empresas estrangeiras e garante o monopólio da exploração. Apesar de seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) ser baixo. . Em relação a esse país.

d) VI e X resultaram da eleição de políticos de esquerda. c) IV e V estão associadas ao tráfico de narcóticos. o que tem estimulado manifestações populares pautadas na defesa da soberania dos países que a constituem. Observe o mapa e responda. (Unifesp 2006) Muitas crises políticas afetaram a América do Sul nos últimos. mas. segundo alguns especialistas. b) a América do Sul se transformou. desestabilizando gravemente o governo atual. . 6803. em parte destes. colocar em risco a democracia na região. anos por razões distintas. Considerando-se essa instabilidade político-social. e) as ameaças militares do Brasil à Bolívia em razão da expropriação da Petrobrás levaram o país vizinho a realizar um recuo estratégico nessa ação. nos últimos anos. c) a expectativa das populações em relação à implantação da democracia no subcontinente incluía a aproximação dos padrões de qualidade de vida existentes em países no Hemisfério Norte. o percentual da população que vive abaixo da linha da pobreza continua a aumentar. no principal foco de interesse externo dos Estados Unidos. b) III e VIII decorreram do ingresso em blocos regionais.d) é um ato que gerou revoltas na Bolívia. e) VII e IX foram causadas pelo não pagamento da dívida externa. a interrupção de mandatos de presidentes legitimamente eleitos e o descompasso entre as propostas de campanha eleitoral e os programas sociais e econômicos implantados posteriormente. Pode-se afirmar que as crises nos países a) I e II foram geradas por oposição aos Estados Unidos. visto que as empresas estrangeiras são a única fonte de emprego no país. d) a região convive com a prática da corrupção. (Ufmg 2006) A instabilidade político-social que vem ocorrendo na América do Sul pode. é INCORRETO afirmar que a) o PIB tem registrado em alguns países uma expansão superior à média regional. de igual regime. 6837.

a) Descreva os gráficos I e II. justificando sua resposta. no contexto da expansão imperialista. inaugurado em 1914. facilitando assim a criação de pólos turísticos. e) intensificar os transportes na região.3727. Fonte: CIA e Conselho Econômico EUA-Cuba. quando foi devolvido ao Estado panamenho. Utilizando seus conhecimentos. até dezembro de 1999. que passou a usufruir dos impostos sobre a circulação de mercadorias. b) Compare os dados relativos ao Canadá nos gráficos I. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Puccamp 2002) Instruções: Para responder às questões a seguir. indique o setor que recebe o maior volume de recursos estrangeiros em Cuba. considere as informações que seguem. (Unesp 2001) No mundo contemporâneo. Os Estados Unidos da América construíram o "Canal do Panamá". b) exercer o controle econômico e estratégico da América Central. d) montar uma base militar no centro da América para proteger os interesses políticos das nações latino-americanas. Identifique a grande potência mundial ausente. Observe os gráficos. 2000. . Cuba é um dos últimos países a manter o regime socialista. O Canal do Panamá. 5117. c) perseguir os líderes dos movimentos comunistas e anarquistas nos países da América Central. expressos em milhões de dólares/ano. visando a) garantir a independência e a autonomia econômica do Panamá. na atualidade. foi construído pelos Estados Unidos e esteve sob sua administração. II e III. e responda.

c) Inscrevem-se no contexto de melhoria da infra-estrutura de integração física e circulação terrestre do subcontinente. (Fgv 2001) Observe o mapa a seguir. b) Podem contribuir para agilizar e intensificar fluxos econômicos. Em relação às obras de infra-estrutura destacadas.4708. em face da perspectiva de expansão dos interesses brasileiros na região. via Manaus e Boa Vista. (Puc-rio 99) . Note a linha cheia e a linha pontilhada. como sede da Zona Franca e nó de confluência de fluxos e meios de transporte e energia. assinale a alternativa INCORRETA: a) Podem permitir a abertura de canal de escoamento de produtos da Zona Franca de Manaus para outros mercados e a consolidação da ligação BrasilVenezuela. numa região fronteiriça. p. 2977. baratear a exportação de produtos brasileiros e articular zonas da Amazônia setentrional. e) Podem reforçar os conflitos existentes com os países da Comunidade Andina (CAN). 10/09/2000. quase sempre paralelas. A-8. d) Podem contribuir para consolidar a posição estratégica de Manaus. EIXO BRASIL / VENEZUELA Fonte: "O Estado de São Paulo". conforme proposta firmada recentemente pelos chefes de Estado da América do Sul.

tudo se abate sobre esta estreita faixa de terras que liga a América do Norte à do Sul. podemos afirmar que a região caribenha NÃO se destaca: a) pela indústria do turismo. em grande parte associado aos recentes acordos bilaterais entre a região e a União Européia. e) por ser habitada por pouco mais de 30 milhões de pessoas. d) por ter eliminado de forma radical os focos de conflito pela terra. furacões . em virtude das recentes políticas de reforma agrária empreendidas pelos Estados que a compõe. no mapa. . c) por sua posição estratégica. quando os países se tornaram independentes. iniciado nesta década e que pode ser equiparado ao processo que ocorreu nos Tigres Asiáticos.As condições naturais do Caribe. b) pelo rápido crescimento econômico. 2934. (Ufpe 2002) Identifique. d) pela produção de material bélico. maremotos. ligada às atividades primárias. assim como sua posição em relação à organização econômica e geopolítica. sendo que pelo menos a metade é muito pobre e. 3877. em geral. (Puccamp 99) Nos últimos 30 anos. Com relação ao texto anterior. Do ponto de vista político econômico caracterizase a) por representar uma região pouco violenta e politicamente estável desde o início do século. b) como refúgio de capitais. a América Central está sempre lutando para se reconstruir depois de alguma catástrofe natural: terremotos. e) pela produção primário-exportadora. contribuíram para o desenvolvimento de uma série de atividades econômicas voltadas para os mercados consumidores externos. c) pelo acelerado processo de industrialização. o país da América Latina descrito a seguir.

(Ufsm 2003) Observe a figura a seguir que representa o esquema de travessia de um canal artificial de grande importância econômica e estratégica.Esse país vem atravessando uma grave crise econômica.p. da qual possuía uma grande dependência. São Paulo: Moderna. . desde o fim da União Soviética. com uma zona montanhosa na porção sudeste. M. 163. Tem um relevo predominantemente plano. de uma certa forma. 2001 . O modelo de saúde e educação adotado pelo governo do país elevou. L. o padrão de vida dos habitantes. A. e TERRA. onde se destaca uma unidade geomorfológica historicamente conhecida: a "Sierra Maestra". COELHO. "Geografia geral: o espaço natural e socioeconômico". O país referido está indicado pelo número: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 5646.

estabelece que. eleva as embarcações de um nível a outro. à medida que. para o controle panamenho. 3712. devido à topografia favorável da região. o Canal do Panamá é: a) um istmo natural. porque a maior parte dos navios continua utilizando a rota do Cabo Horn para passarem de um oceano a outro. assinado entre os Estados Unidos e o Panamá em 1977. Considerando o aspecto geoeconômico. e) da Mancha. c) um conjunto de três eclusas naturais que. b) de Beagle. (Ufv 2000) O Tratado do Canal do Panamá. no dia 31 de dezembro de 1999. de vital importância econômica para os EUA. d) de S. e) uma ligação estratégica entre os Oceanos Atlântico e o Pacífico. 4905. George. (Unesp 2001) O perfil representa um sistema de barragens e eclusas que permite a navegação em superfícies líquidas de diferentes altitudes em relação ao nível do mar: O perfil corresponde ao a) Estreito de Behring. conforme o movimento das marés. definitivamente. diferentemente do Canal de Suez. d) uma travessia secundária ligando o Oceano Atlântico ao Pacífico. o Mar do Caribe e o Lago Titicaca. por ela. c) Estreito de Dardanelos. . foi concluída sem muita dificuldade e em tempo recorde. passam 70% de suas exportações e importações. ligando o Oceano Pacífico. b) uma obra de engenharia que. aquele Canal passará. c) do Panamá. b) Canal da Mancha.A análise da figura permite concluir que se trata do Canal a) de Suez.

para que a sociedade civil de Cuba possa crescer em autonomia e participação. Em 1998. (Enem 98) A América Latina dos últimos anos insere-se num processo de democratização. arcebispo de Havana. c) um processo de desenvolvimento econômico com restrições generalizadas à liberdade política.estadao. c) Formar uma união aduaneira. d) excelentes níveis de crescimento econômico. oferecendo algumas oportunidades de crescimento econômicosocial num contexto de liberdade e dependência econômica internacional. banco central independente e livre circulação de pessoas e mercadorias. e) democratização e oferecimento de algumas oportunidades de crescimento econômico. 2829. mas as autoridades locais mostraram pouco entusiasmo. O decreto também inclui a importação de autopeças utilizadas neste tipo de maquinaria. com a abolição gradativa das tarifas alfandegárias nas relações comerciais dentro do bloco e aplicação de uma tarifa externa comum (TEC) ao comércio externo ao bloco. . e) Canal de Suez. A maioria dos países latino-americanos tem se envolvido. b) Tornar-se uma grande zona de processamento de exportação (ZPE). e a 13 bispos em visita ao Vaticano que apreciou as mudanças realizadas em Cuba após sua visita à ilha e espera que sejam criados novos espaços legais e sociais. O decreto do presidente argentino fere um dos objetivos principais do Mercosul: a) Formar uma união econômica e monetária nos moldes da União Européia.com. o Papa João Paulo II visitou Cuba e depois disse ao cardeal Jaime Ortega. A resposta internacional ao intercâmbio com Cuba foi boa.htm acessada em 20/09/2004. com a formação de uma área de livre comércio. nos últimos anos. atraindo mais empresas transnacionais para os países participantes. Cuba continua caracterizada por uma organização própria com restrições à liberdade econômica e política. em processos de formação socioeconômicos caracterizados por: a) um processo de democratização à semelhança de Cuba. 6394. não estando dispostas a abandonar o sistema socialista monopartidário.d) Canal do Panamá. Fonte:www. b) restrições legais generalizadas à ação da Igreja no continente. com moeda própria. (Fgv 2005) O presidente Néstor Kirchner assinou o decreto que estabelece uma tarifa alfandegária de 0% para a importação de maquinaria rodoviária proveniente de países de fora do Mercosul. crescimento em alguns aspectos sociais e um embargo econômico americano datado de 1962.br/rss/economia/2004/set/09/187.

principalmente para os EUA. Hugo Chávez. a exemplo de Paso de los Libres / Uruguaiana. A viagem faz parte de seu tour pelos países membros da OPEP (. aliviando a pressão inflacionária na Venezuela. d) para tentar reduzir os preços internacionais do petróleo. (Pucrs 2001) . voltou ontem a concentrar a atenção internacional ao tornar-se o primeiro chefe de Estado a fazer uma visita oficial ao Iraque desde o fim da Guerra do Golfo. que reuniria o Brasil.) ("O Estado de São Paulo" . como zona de proteção de fronteiras. 4413. (Pucmg 99) Na América Latina ainda persistem alguns conflitos nacionais. gradativamente. em 1991. b) pelo fato da Venezuela ser membro da OPEP e o 3Ž maior exportador mundial de petróleo e temer um aumento da produção e conseqüente queda de preços do produto.11/08/2000) A visita do presidente venezuelano justifica-se: a) pela necessidade de obter apoio interno. como o do "Sendero Luminoso" e o dos "Chiapas". c) pela necessidade de conseguir importar petróleo a preços subsidiados. 4808. uma vez que sua eleição é contestada por vários grupos de oposição venezuelanos..d) Constituir o núcleo da Aliança Latino-americana de Integração. que questiona a lisura da eleição de Chávez. (Mackenzie 2001) O presidente da Venezuela. Esses dois conflitos internos se relacionam com os seguintes países: a) Uruguai e Nicarágua b) Colômbia e El Salvador c) Colômbia e Bolívia d) Bolívia e Peru e) Peru e México 4886.. que caracterizam uma relativa instabilidade política em algumas partes do continente. que protegem tanto o lado argentino como o brasileiro. a Argentina e o México. uma área de livre comércio alternativa à ALCA. favorecendo as exportações venezuelanas do produto. Alguns desses conflitos são muito conhecidos e divulgados pela mídia. e) Construir portos secos. e) para se antepor ao isolamento da Venezuela junto à comunidade internacional.

O país vencedor de uma Copa. A fronteira demarcada representa um grande problema geopolítico para o Brasil. III. III e IV d) II e IV e) III e IV 7196. que praticam a extração ilegal nos seringais e a biopirataria. O Exército Brasileiro tem intensificado o controle dessa área. durante o qual se observa a exaltação de sentimentos nacionais. (Ufms 2005) A FARC . Hoje é a fronteira que mais preocupa as forças armadas brasileiras. principalmente onde se encontra a fronteira com a República da Colômbia. para outros. Pela análise das afirmativas. pois o narcotráfico na região é muito intenso.autodenominada Forças Armadas Revolucionárias . Esse movimento ocorre em que país vizinho do Brasil e com qual estado membro brasileiro ele faz fronteira? . um grupo de terroristas e seqüestradores. por parte de grupos organizados dos países sul-americanos. um grupo revolucionário que luta pela mudança do poder e. fronteira viva pela presença da Floresta Amazônica. II. devido à ameaça constante. II e III c) I. IV. Essa relação entre futebol e patriotismo assumiu relevância política em determinados contextos do século XX. para alguns. A área em destaque representa a fronteira do Brasil com a República do Suriname a Norte e com a República da Colômbia a Noroeste. (Uerj 2007) A copa do mundo de futebol é um campeonato entre seleções de vários países. sua condição política interna à época e o ano da conquista estão corretamente relacionados na seguinte alternativa: a) Itália / socialismo / 1986 b) Brasil / populismo / 1970 c) Alemanha / nazifascismo / 1930 d) Argentina / ditadura militar / 1978 6638. conclui-se que estão corretas as da alternativa a) I e II b) I. pois é uma área estratégica de radiação da distribuição de drogas.I.é.

fronteira com o Pará. nos anos 90. que une os oceanos Atlântico e Pacífico. b) Guiana. na América Central. a Região do Pampa argentino tornou-se uma das áreas agrícolas mais importantes da América Latina. 4. foi o principal motivo da invasão do Iraque pelo Kuwait. tendo em vista o controle da navegação comercial entre o Atlântico e o Mediterrâneo. Estão incorretas: a) 1 e 3 b) 2 e 5 c) 1 e 4 d) 2 e 4 e) 1 e 2 4296. localizado no Golfo Pérsico. fronteira com o Amazonas. c) Colômbia. Picton e Nueva. Mergulhado em graves problemas econômicos. a) Ilhas Lennox. e) Colômbia. Os Apalaches. fronteira com Roraima. foram objeto de disputa entre Argentina e Chile.a) Venezuela. assinale a alternativa correta. (Ufpe 98) Em relação aos aspectos geográficos da América Latina. o País viveu. c) Estreito de Ormuz. 2. sua pior crise devido à queda do preço do . 5. (Ufrs 2000) Em relação às vias marinhas de circulação destacadas abaixo. extremo sul da América. a maior parte da população economicamente ativa dedica-se às atividades do Setor Secundário. situadas no Canal de Beagle. d) Canal de Suez. Na América Central. analise as proposições a seguir: 1. fronteira com Roraima. está com sua navegação impedida por determinações israelenses. passará ao controle dos Estados Unidos em 2000. b) Canal do Panamá. e) Estreito de Gibraltar é reivindicado por Portugal junto à Inglaterra. d) Colômbia. 5024. no Egito. 3. sem precedentes nos últimos 70 anos. fronteira com o Amazonas. 2907. Existe um considerável contraste entre a América Latina e a América AngloSaxônica no tocante à evolução histórica e ao nível de desenvolvimento. o Maciço das Guianas e a Cordilheira dos Andes são as unidades de relevo que exerceram uma notável influência no povoamento da América do Sul. Graças à grande fertilidade do solo e à mecanização. A formação dos países latino-americanos foi o resultado direto da expansão da civilização européia. (Ufrs 2001) Leia o texto a seguir.

a presença de: a) cordilheira dos Andes. b) grandes planícies litorâneas. além dos danos causados por El Niño à infra-estrutura produtiva do litoral.a população reage com violência à alta geral dos preços e aos cortes nos subsídios. predomínio de brancos e negros. a inflação acumulada foi de 104%. predomínio de negros e mulatos. em setembro de 2000. população com alto padrão de vida e baixo crescimento vegetativo. população com baixo padrão de vida e baixo crescimento vegetativo. c) Equador. d) Peru.que havia circulado durante 116 anos. predomínio de mestiços e indígenas. que destaca seis países localizados na porção ocidental do continente sul-americano. 3918. população com baixo a médio padrão de vida e crescimento vegetativo em declínio. (Unesp 2002) Observe o mapa. e) cordilheira dos Andes. A qual país refere-se o texto acima ? a) Bolívia. o País passa a ter como moeda oficial o dólar norteamericano. Esses países possuem. predomínio de índios e brancos. d) cordilheira dos Andes. uma das mais altas da América Latina. população com alto padrão de vida e alto crescimento vegetativo. b) Colômbia. e) Venezuela. Em setembro de 1998. como características comuns. o governo toma uma atitude drástica substituindo a moeda nacional . Com esta atitude. predomínio de brancos de origem européia. c) elevados planaltos centrais. população com alto padrão de vida e elevado crescimento vegetativo.petróleo e da banana. Numa tentativa de solucionar os problemas. . o governo lança um pacote de ajustes com medidas impopulares . De agosto de 1999 a agosto de 2000.

[D] 6491. a) Duas medidas. Uruguai (países associados: Bolívia e Chile).incentivo ao turismo internacional. .mudança das leis sobre a agricultura. à presença de um governo socialista em Cuba. União aduaneira (padronização das tarifas externas para inúmeras mercadorias).dinamização da vida cultural. . Brasil.criação de mecanismos internos que possibilitem a captação e entrada de dólares no país. ao controle do suprimento de petróleo venezuelano para os Estados Unidos. [D] 6393. entre outras: . 5118. b) Um fator político-econômico. das apresentadas abaixo.GABARITO 6350. [B] 6874. [C] 6981. [E] 7001. à importância do canal do Panamá. a) Argentina. [D] 5935. . b) Zona de livre comércio (grande parcela das mercadorias produzidas nos 4 países pode ser comercializada internamente sem a cobrança de tarifas de importação). . dos apresentados abaixo. [C] 6788. [A] 3543. Paraguai. .formação de empresas de capital misto. entre outros: . Os principais interesses econômicos e estratégicos norte-americanos na região do Caribe se referem: ao combate à guerrilha e a produção de cocacocaína na Colômbia.reconhecimento da empresa privada. 6391.

. aliada à redemocratização da América Latina. .A fuga de divisas do país frente aos imensos lucros ilegais obtidos com a produção transformação. que é a força motriz da globalização econômica. 7400. devido ao poder econômico e militar que o governo estadunidense exerce sobre os países latino-americanos e os mais variados povos.A concentração da propriedade rural (os narcotraficantes apropriaram-se de 4. do sistema socioeconômico capitalista. a plataforma política do partido que o representa (MAS . na economia global. em escala internacional. principalmente de armas. reforçando o PIB "subterrâneo". as eleições presidenciais bolivianas. circulação e consumo da droga. Como forte opositor à erradicação do cultivo da coca defendida pelos Estados Unidos. frontalmente.Movimento ao Socialismo) passou a ser discutida nacionalmente e no exterior.A concentração da propriedade urbana (20% aproximadamente das transações em propriedade raiz) .A redistribuição de terra. Esse fenômeno intensificou as relações entre Brasil. b) Em relação à crise de governabilidade na Colômbia ligada a fatores paramilitares e/ou econômicos dos narcotraficantes.O financiamento ao contrabando. colocando em tensão países e investidores diversos em relação ao "Risco-país" que a Bolívia passaria a representar.O controle estatal total das propriedades onde estão presentes os recursos energéticos. . Em dezembro de 2005. Argentina e Cuba que se organizaram com vistas à defesa da soberania nacional e a participação mais efetiva na economia mundial. . a) A Bolívia. com maioria absoluta e apoio político e financeiro do venezuelano Hugo Chávez. . resguardando as especificidades e a importância da América Latina. no cenário mundial. . . intensificou as relações de Cuba com o Brasil e a Venezuela.A nacionalização de indústrias estratégicas e dos recursos naturais (hidrocarbonetos).o aparecimento de um sentimento antiamericano. à chegada ao poder de governos de esquerda ou centro-esquerda que se opõem à política estadunidense para o continente americano. Ao assumir o poder em 22 de janeiro de 2006. tornando-se o primeiro presidente de origem indígena do país. .O suporte político e administrativo ao cultivo da folha de coca.a flexibilização do regime cubano. fortalecido mundialmente.As resistências à consolidação da ALCA. destacam-se: .3% da terra cultivável na Colômbia). Dentre os pontos mais polêmicos da plataforma política desenvolvida por Morales. .O aumento dos impostos para as classes média-alta e alta.A saúde e educação gratuitas para toda a população. o líder cocalero Evo Morales venceu. pode-se destacar: .A redução dos preços de produtos para o consumo de massa. . Evo Morales diverge. ..

. . . Os países que mais comercializam com Cuba. o Canadá. . estabelecendo territórios livres junto com grupos guerrilheiros. a Venezuela.A divisão político-administrativa criada pelo Estado é substituída por zonas produtoras de drogas. a) Os maiores fornecedores (exportadores) de produtos para Cuba são a Espanha. emissoras de rádio e linhas aéreas). além de perder o controle sobre a economia. particularmente as agências estatais encarregadas de seu controle e repressão.A influência política e um eficiente esquema de informação dos narcotraficantes fragmentam. não aparece nas tabelas devido ao embargo econômico imposto pelo país a Cuba em 1962. a França.Uma rede de suborno e corrupção que atravessa todo o Estado.O Estado de direito. [B] 6837. o que restringiu o comércio entre os dois países. nos anos de 1990 e 2000. . 7015. [A] 4502.O progressivo crescimento do mercado de trabalho a serviço das máfias (250 mil empregos.. . [B] 6803.A reversão no crescimento dos PIB: o regular cresceu 3% e o “subterrâneo” 7%. [D] 5435. [C] 5799. alimentos. constituindo encraves políticos e militares e. são a Rússia.O financiamento à narcoguerrilha e ao terrorismo nacional e internacional. . [A] 7387. [A] 3727. perde hegemonia. a Espanha. A maior potência mundial. passaram a controlar empresas variadas que vão desde farmácias até redes de TV. geograficamente. com narcotraficantes financiando campanhas para senadores e deputados e golpes de Estado. através de testas-de-ferro. a China e a França. os países produtores. onde as leis. a Holanda. legitimidade e autoridade. divididas de acordo com os interesses da máfia e da guerrilha. até petróleo. o Canadá. equivalentes a 3% da força trabalhista do país). .A invasão da economia formal pela informal (os cartéis da coca. a autoridade e até mesmo a moeda nacional não têm validade. destacando-se desde produtos agrícolas. importando produtos desse país. em alguns casos. os EUA. [B] 7331. o México e a Itália.

o primeiro importador de produtos cubanos da América. [D] 2829. [E] 3877. [B] 5646. [C] 4905. o maior investidor em Cuba. também. principalmente no setor de mineração. [E] 2907. O Canadá é. de energia e de exploração de petróleo. [C] 3918. a balança comercial canadense tem superávit em relação a Cuba. [E] 2977. [D] 2934. [E] 3712. [A] 5024. [D] 4296. No entanto. [C] 4413. É. [B] 4708. [B] 4808. [A] . O setor do turismo é o que recebe maior volume de recursos estrangeiros em Cuba. [D] 7196. 5117. [E] 4886. [E] 6394. também. o 3Ž maior importador de Cuba. [D] 6638.b) O Canadá é destacável (3Ž) exportador para Cuba. liderados por grandes redes de hotéis. como a espanhola (Meliá) e a francesa (Club Med).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful