P. 1
Exercícios MEDICINA LEGAL

Exercícios MEDICINA LEGAL

|Views: 7.172|Likes:
Publicado porRahoni Zanetti

More info:

Published by: Rahoni Zanetti on Aug 30, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2014

pdf

text

original

DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof.

André Roquete

1. (PC RJ 2009) Sobre o exame de corpo de delito e outras perícias, é correto afirmar que: a) o laudo pericial será elaborado no prazo de 10 dias, podendo ser prorrogado no máximo para 30 dias, em casos excepcionais, a requerimento dos peritos. b) serão realizados por dois peritos oficiais, portadores de diploma de curso superior, designados pela Autoridade competente. c) serão realizados por mais de um perito oficial em caso de perícia complexa que abranja mais de uma área de conhecimento especializado, com escusa de indicação de outro assistente técnico pela parte. d) o Ministério Público, o assistente de acusação, o ofendido, o querelante e o acusado terão permissão para formular quesitos e indicar assistente técnico. e) os assistentes técnicos indicados pelas partes poderão realizar pareceres em prazo fixado pelo juiz, mas não será admitida sua inquirição em audiência do mesmo modo que os peritos. 2. A autoridade requisitante pode solicitar esclarecimentos de omissões e obscuridades do Laudo Pericial (PC RJ 2009) : a) Apenas na fase de julgamento do processo criminal. b) Apenas na fase de inquérito policial. c) Apenas na forma de depoimento oral. d) Em qualquer fase do processo criminal. e) N.R.A. 3. Em relação às perícias médicas, é CORRETO afirmar (PC GO 2008): a) na falta de perito oficial, o exame poderá ser feito por duas pessoas idôneas, portadoras de curso superior preferencialmente na área específica, dentre as que tiverem habilitação técnica relacionada com a natureza do exame. b) os peritos devem apenas responder por escrito aos quesitos formulados pelas partes, motivo pelo qual eles não podem prestar esclarecimentos orais em juízo. c) pela atual legislação processual penal são necessários dois peritos oficiais para a realização do exame de corpo de delito. d) os peritos não estão sujeitos à argüição de suspeição. 4. O documento médico legal, ditado ao escrivão logo após a realização do exame pericial, é denominado (PC BA 2008): a) Auto. b) Parecer. c) Atestado. d) Relatório. e) Notificação.
www.prolabore.com.br

5. (PC ES 2006 modificada) Em relação à perícia médico-legal responda: a) I e III estão corretas b) I e II estão corretas c) apenas I está correta d) apenas III está correta e) II e III estão corretas I) O perito não deve criar nem crer, ao contrário, deve inserir no laudo os fatos e atos examinados e estudados, rechaçar fatos fundados em simples suposições ou probabilidade, ou seja, deve apresentar suas conclusões com objetividade e manter sempre isenção e imparcialidade diante dos fatos. II) Para evitar exame desnecessário e curioso, abuso de poder, ocultação de crime, exposição de acusado de crime e atendimento a interesses escusos, a solicitação ao perito de perícia criminal deve estar atrelada a procedimento investigatório regularmente instaurado, ao flagrante e ao processo e, além disso, a perícia deve ser solicitada por magistrado, promotor público, delegado de polícia, comandantes militares e advogados de partes envolvidas. III) Perícia médico-legal corresponde a todo exame executado por médico, psicólogo, dentista ou médico-veterinário com a finalidade de serem esclarecidos à justiça fatos relacionados à saúde, incluindo-se os exames clínicos, laboratoriais, as necropsias e as exumações. 6. De acordo com a doutrina médico-legal brasileira, as perícias médicas podem ser, basicamente, de dois tipos: a administrativa e a judicial. A que NÃO pertence à perícia judicial é a (PC MA 2006): a) criminal. b) cível. c) estatutária. d) trabalhista. e) acidentária. 7. Constitui comunicação compulsória feita por médico às autoridades competentes de fato profissional por necessidade social ou sanitária (PC MG 2007): a) Atestado. b) Notificação. c) Parecer. d) Relatório. 8. Quando os dois Peritos não chegam, na perícia criminal, a um ponto de vista comum, cada um apresentará à parte o seu próprio relatório. Chamase a isso de perícia (PC MG 2007): a) Nula. b) Contraditória. c) Complementar. d) Sucinta. 1

prolabore. Marque a alternativa INCORRETA a) As necropsias devem ser realizadas pelo menos seis horas após o óbito b) Não se concebe.br 15. O relatório médico-legal exarado de uma perícia médica. O elemento demonstrativo da autenticidade ou da veracidade de um fato denomina-se a) Prova b) Lide c) Pena d) Sentença 2 . Pode-se dizer sobre os peritos não oficiais: a) Cada perícia exige dois peritos b) Exige-se formação médica c) Não prestam compromisso legal para atuarem d) São concursados e) Não podem atuar “ad hoc” www. ao final dos trabalhos periciais e o laudo médico-legal é aquele redigido pelo próprio legista c) A prova testemunhal nunca supre o exame de corpo de delito d) O laudo indireto pode ser o único meio de resgate da materialidade do delito em alguns casos 20. é CORRETO afirmar (PC GO 2008): a) na falta de perito oficial. são autoridades para requisitar exame de corpo de delito b) O auto médico-legal é aquele ditado ao escrivão para digitação. André Roquete 9. denomina-se: a) Auto b) Laudo c) Atestado d) Notificação e) Parecer 11. digitado pelo próprio médicolegista. sem abertura das cavidades corporais. b) os peritos devem apenas responder por escrito aos quesitos formulados pelas partes. 10. c) pela atual legislação processual penal são necessários dois peritos oficiais para a realização do exame de corpo de delito. d) os peritos não estão sujeitos à argüição de suspeição. O exame externo e interno do cadáver de um cavalo morto chama-se: a) Autopsia b) Necropsia c) Exame cadavérico d) Tanatopraxia e) Exame indireto 17. portadoras de curso superior preferencialmente na área específica. Marque a alternativa CORRETA a) Autopsia e necropsia são sinônimos b) Toda autopsia é uma necropsia c) As necropsias são realizadas apenas nos animais d) Exame cadavérico é a necropsia sem abertura da cavidade craniana 19. motivo pelo qual eles não podem prestar esclarecimentos orais em juízo. quando presidem IPM. o exame poderá ser feito por duas pessoas idôneas. prestam compromisso legal para atuar 13.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof.com. O período após a morte recomendado pelo CPP para início das necropsias é de: a) 2 horas b) 4 horas c) 6 horas d) 8 horas e) 10 horas 14. O prazo de entrega do laudo pericial de lesões corporais é: a) 3 dias b) 5 dias c) 7 dias d) 10 dias e) 15 dias 12. Marque a alternativa INCORRETA a) Os oficiais da Polícia Militar. chama-se: a) Autopsia b) Necropsia c) Exame cadavérico d) Tanatopraxia e) Exame indireto 16. juridicamente. Em relação às perícias médicas. dentre as que tiverem habilitação técnica relacionada com a natureza do exame. laudo indireto de necropsia c) As necropsias de casos de morte por tiro podem ser realizadas à noite d) Se há evidência externa da causa da morte. O simples exame externo do cadáver. pode-se dispensar a necropsia e realizar apenas o exame cadavérico 18. Não se pode dizer sobre os peritos oficiais médicos-legistas: a) Basta um para cada perícia b) Exige formação médica c) Buscam a materialidade dos delitos d) São concursados e) Quando nomeados.

Perigo de Vida. o exame complementar deverá ser realizado a) 30 dias após a perícia b) 30 dias após o fato c) 30 dias após a alta hospitalar d) 30 dias após o início do inquérito policial 25. de acordo com a Doutrina Médico-Legal brasileira. com retração do lábio inferior. e) o aborto pode ser enquadrado como lesão corporal de natureza grave ou como de www. e) N.A. sentido ou função. A incapacidade para as ocupações na caracterização da lesão corporal grave refere-se a(o) a) Ocupação habitual b) Trabalho exclusivamente c) Laser exclusivamente d) Determinadas profissões 30. sentido ou função c) Deformidade permanente d) Perigo de vida e) Aceleração de parto 28. Gravíssima e Lesão Corporal Seguida de Morte. Aceleração do Parto. Perda de membro. b) são elementos para se classificar uma lesão corporal como de natureza grave. O documento cujo objetivo é firmar a veracidade de um fato ou a existência de determinado estado. É estudado no meio mecânico a) Calor b) Projetil de arma de fogo c) Asfixia d) Veneno 3 . ocorrência ou obrigação. d) Necessita de exame complementar em 30 dias para determinar o grau de lesão. Periciando vítima de agressão por projétil de arma de fogo no rosto há trinta dias. apresenta-se para exame de lesões corporais exibindo cicatrizes hioertróficas e escuras na face. c) de acordo com a Doutrina Médico-Legal brasileira. grave e gravíssima.br natureza gravíssima. em leve. Enfermidade incurável. declarando pura e simplesmente um fato médico denomina-se a) Relatório b) Atestado c) Auto d) Notificação 23. Leve.com. Em face da Medicina Legal é correto afirmar que (PC MA 2006): a) são elementos para se classificar uma lesão corporal como de natureza gravíssima. Debilidade temporária de membro. 26. d) o dano estético é classificado. sentido ou função c) Aborto d) Perigo de vida e) Aceleração de parto 29.R. Marque a opção que caracteriza uma lesão corporal como de natureza gravíssima: a) Incapacidade para as ocupações habituais por mais de 30 dias b) Debilidade permanente de membro. Para tentativa de classificação de lesão corporal como de natureza grave. O prejuízo estético determina a) Debilidade permanente b) Incapacidade para o trabalho c) Doença incurável d) Deformidade permanente 31. A revelação do segredo médico através de uma perícia é possível baseado no princípio da(o) a) Justa Causa b) Autorização expressa do paciente c) Dever Legal d) Quebra de contravenção 24. Em princípio trata-se de lesão corporal de natureza a) Grave. b) Gravíssima. a constatação pericial de: Incapacidade para o trabalho por mais de trinta dias. Deformidade permanente. sentido ou função. as Lesões Corporais são classificadas. c) Leve. 27.prolabore. em Levíssima. na dependência de ter ou não havido concordância da vítima na sua perpetração.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof. Marque a opção que não caracteriza uma lesão corporal como de natureza grave: a) Incapacidade para as ocupações habituais por mais de 30 dias b) Debilidade permanente de membro. Grave. Aborto. a constatação pericial de: Incapacidade permanente para o trabalho. é correto afirmar a) Pode-se optar pelo exame de corpo de delito b) Deve-se optar pelo laudo indireto c) O exame pode ser suprido pela confissão do acusado d) Deve ser realizado o exame de corpo de delito mesmo que exista prova testemunhal 22. quanto aos seus graus. André Roquete 21. Quando uma infração deixar vestígios.

d) rubefação. no corpo humano. fixa. Uma lesão caracterizada por infiltração hemorrágica nas tramas dos tecidos é denominada (PC MG 2008) a) entorse. d) a presença de nitritos e nitratos. d) trajetória. cuja lesão apresenta a seguinte característica (PC GO 2008): a) orla de escoriação e halo de enxugo. Um instrumento vulnerante é classificado. c) Marca de Jellinek. c) perfurante. c) a presença de sais de chumbo e bário. b) pela sua forma. classifica-se como (PC GO 2008): a) cortocontudente. asséptica e de fácil cicatrização é denominada (PC MG 2003): a) Marca de Chambert. Com a prova de rodizonato de sódio busca-se obter (PC 2006) a) a quantidade de resíduos de combustão de pólvora. 44. ou seja. d) perfurocontundente. um instrumento pérfuro-contundente.com. d) sangramento menor em relação ao orifício de entrada. 45.prolabore. um instrumento pérfuro-cortante. A mais simples lesão superficial da pele produzida pela eletricidade artificial caracterizada por consistência endurecida. bordas altas. d) pela sua ação. A energia envolvida no mal das montanhas é a a) Mecânica b) Cinética c) Físico-química d) Bárica 35. em razão de suas características. c) normalmente diâmetro maior do que o de entrada. c) contundente. 43. c) pérfuro-contundente. um instrumento cortante. 39. 41. 38. e) pérfuro-contundente. c) pelo seu uso habitual. Um projétil de arma de fogo que tangencia o corpo da vítima arrancando a epiderme caracteriza a ação de um instrumento (PC PB 2006): a) perfurante. e) pela sua composição. b) forma e bordas da ferida são regulares. d) nenhuma delas 37. São lesões do meio físico a) Equimose b) Fratura c) Queimadura d) Vitriolagem 34. b) Marca de Piacentino. 40. o orifício de saída. b) a identificação de chumbo e ferro. leito deprimido. indolor. b) contundente. basicamente (PC PB 2006): a) pelo seu peso. um instrumento contundente. b) halo.br a) b) c) d) e) um instrumento perfurante. Quando o projétil de arma de fogo é transfixante observa-se. 4 . São estudadas no meio físico-químico a) Asfixias b) Queimaduras c) Embolias d) Substâncias cáusticas 36. André Roquete 32. um segundo orifício. O tipo de lesão produzida por ação de um projétil de arma de fogo é o: a) contundente. b) cortante. O percurso realizado por um projétil de arma de fogo no interior do corpo humano é denominado (PC MG 2008) a) deformação.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof. A lesão conhecida como mordedura ou dentada produzida pela arcada dental humana. em Medicina Legal. d) Marca de Montalti. b) equimose. c) escoriação. c) trajeto. b) pérfuro-cortante. d) pérfuro-cortante. A energia envolvida no meio mecânico é a a) Cinética b) Potencial c) Térmica d) Bárica 33. e) Marca de Lichtenberg. tonalidade branco-amarelada. 42. Um instrumento vulnerante cuja ação se faz por pressão sobre um ponto causando uma lesão corporal é classificado como (PC PB 2006) www.

c) Cauda de escoriação. exceto (PC MG 2003): a) Forma linear. 55. e) Equimona. Constitui uma técnica para demonstração de resíduos de tiro nas armas de fogo. O sinal de “Werkgaertner” caracteriza o (PC MG 2003): a) Tiro à “queima-roupa”.Caracterizam as feridas incisas. Nas feridas cortantes ou incisas. e) Iodeto de amido. 56. b) pouco sangramento e bordas irregulares. 52. e) labirintite. A exposição a um som contínuo de 85 decibéis por mais de oito horas nas 24 horas poderá causar surdez por provocar (PC PB 2006): a) perda da elasticidade das membranas dos tímpanos. 54. b) Tiro à média distância. b) Bordas regulares. característica de instrumento de ação cortocontundente. 57. e) Esgorjamento. geralmente se encontra a presença de (PC BA 2008): a) bordas evertidas e zona de chamuscamento. d) lesão dos nervos acústicos ou auditivos. 51. vestes e objetos suspeitos (PC MG 2003): a) Rodizonato de sódio. d) Segmentação. A redução do corpo a fragmentos diversos e irregulares. saída de tiro. b) Equimose. 50. e) Tiro à longa distância. e) entrada de tiro com cano encostado com plano ósseo logo abaixo. 49. 47. c) Alumínio em pó. d) bordas evertidas e com grande profundidade. A perícia médico-legal. d) o tempo de vida gestacional. b) bordas invertidas e abundante sangramento. d) Paredes regulares.prolabore. Ao ler um laudo cadavérico. b) Óxido de zinco. e) Hemorragia escassa. denomina-se (PC MG 2003): a) Esquartejamento. Num ferimento de entrada de projétil de arma de fogo. geralmente se encontra a presença de (PC BA 2008): a) extensão maior que profundidade. d) Tiro encostado. entrada de tiro à distância. Esta ferida caracteriza (PC RO 2009): A) I e III estão corretas B) I e II estão corretas C) apenas I está correta D) apenas III está correta E) II e III estão corretas entrada de tiro de arma de projéteis múltiplos. conhecida como docimásia. c) ferimento de forma irregular e zona de esfumaçamento.br d) ferimento de forma regular e bordas invertidas. 53. André Roquete 46 . exceto (PC MG 2007): a) Pouco sangrenta. c) Tiro à curta distância. c) Escoriação. b) Espostejamento. serve para esclarecer a) se houve estado puerperal. A avulsão da epiderme com o desnudamento da derme e que no processo de cura não deixa cicatriz. um delegado encontra a seguinte descrição: ferida na região occipital. Constituem características da ferida contusa. e) Cápsula de latão. d) Sugilação. denomina-se (PC MG 2003): a) Rubefação. d) Peróxido de manganês. c) Fundo regular. b) Espoleta de nitrato de bário. A chamada “rosa do tiro” é produzida por munição com (PC MG 2003): a) Projéteis múltiplos. 48. com sinais de Benassi e de Werkgaertner. c) predomínio da profundidade em relação à extensão. www. como nos acidentes ferroviários. e) sangramento abundante e ferimento de forma irregular. b) se houve vida extra-uterina. nas mãos. e) lesões cujo instrumento transfere a energia por pressão. b) Fundo irregular. d) Bordas irregulares. d) Pólvora de enxofre e salitre.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof. c) lesão das células auditivas. b) ruptura das membranas dos tímpanos. c) Esganadura. 5 a) b) c) d) . c) se houve vida intra-uterina.com. c) Projétil único de chumbo nu.

André Roquete 58. 59. que representa drenagem de equimose extensa denomina-se sinal de: a) Carrara b) Strasmann c) Amussat d) Kunnekel e) do funil de Bonnet 64. As estrias pneumáticas de Simonim são exemplos de a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 6 . O acidente elétrico letal oriundo de energia cósmica denomina-se: a) Eletroplessão b) Eletrocussão c) Fulminação d) Fulguração e) Vitriolagem 61. geralmente se encontra a presença de (PC BA 2008) a) bordas evertidas e zona de chamuscamento. EXCETO: a) Decapitação b) Empalamento c) Esgorjamento d) Degolamento e) Esganadura 62. Trata-se de lesão estudada no meio físico: a) Esganadura b) Empalamento c) Vitriolagem d) Degola e) Fulminação 70. EXCETO: a) Zona de escoriação b) Zona de tatuagem c) Zona de esfumaçamento d) Zona de chamuscamento e) Zona de queimadura 63. e) sangramento abundante e ferimento de forma irregular. O acidente elétrico não letal oriundo de energia artificial denomina-se: a) Eletroplessão b) Eletrocussão c) Fulminação d) Fulguração e) Vitriolagem 67.prolabore. São efeitos secundários das armas de fogo. Num ferimento de entrada de projétil de arma de fogo.br 69. A cauda de escoriação CARACTERÍSTICA nas lesões: a) Contusas b) Corto-contusas c) Punctórias d) Incisas e) Perfuro-cortantes é MAIS 65. A mais singela lesão contusa é a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 71.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof. A constatação de coloração equimótica ao nível da rede ganglionar linfática regional. d) ferimento de forma regular e bordas invertidas. petéquias ou víbices a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 72. a pólvora incombusta forma a zona de: a) Zona de escoriação b) Zona de tatuagem c) Zona de contusão d) Zona de enxugo e) Zona de equimose 60. São lesões localizadas no pescoço. Não se trata de lesão estudada no meio físicoquímico: a) Esganadura b) Enforcamento c) Estrangulamento d) Sufocação indireta e) Empalamento 66. A lesão corto-contusa localizada na face posterior do pescoço denomina-se: a) Decapitação b) Empalamento c) Esgorjamento d) Degolamento e) Esganadura www. c) ferimento de forma irregular e zona de esfumaçamento. Nos tiros. b) bordas invertidas e abundante sangramento. Pode se subdividir em sugilação.com. A lesão corto-contusa que separa a cabeça do corpo denomina-se: a) Decapitação b) Empalamento c) Esgorjamento d) Degolamento e) Esganadura 68.

se a) b) c) d) e) As fraturas perfurantes ou de martelo denominam- c) Sinal de Kuneckel d) Lesão em saco de noz e) Mancha de Sommer & Larcher 81. É exemplo de equimose a) Mancha de Tardieu b) Mancha verde abdominal c) Sinal de Kuneckel d) Lesão em saco de noz e) Mancha de Sommer & Larcher 82.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof. O acúmulo de sangue em cavidades lacustres denomina-se a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 76. André Roquete 73.prolabore.com. Queimadura na qual aparecem as bolhas a) 1º Grau b) 2º Grau c) 3º Grau d) 4º Grau e) 5º Grau 84. Presença de eritema a) 10 Grau b) 20 Grau c) 30 Grau d) 40 Grau e) 50 Grau 85. Representa coloração por transparência após um trauma a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 75. É o causador da lesão tecidual a) Voltagem b) Carga c) Tensão d) Rigidez dielétrica e) Resistência 83. A impregnação de elementos secundários no túnel dos tiros denomina-se a) Sinal de Strasman b) Sinal do Mapa Mundi de Carrara c) Sinal de Kuneckel d) Sinal de Sommer & Larcher e) Sinal de Shuskanol 79. A lesão craniana típica na precipitação denomina-se a) Mancha de Tardieu b) Mancha verde abdominal www. A bossa e o aumento do volume do tornozelo após trauma são exemplos de a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 77. Cicatriz de queimadura química a) Vitriolagem b) Intermação c) Geladura d) Paultaulf e) Úlcera de Röentgen 88. As múltiplas linhas de fratura em retalho traumático ósseo da calota craniana denominam-se a) Sinal de Strasman b) Sinal do Mapa Mundi de Carrara c) Sinal de Kuneckel d) Sinal de Sommer & Larcher e) Sinal de Shuskanol 80.br 87. Diferenciar carbonização em vida da pós-mortem a) Sinal de Montalti b) Sinal de Etiénne Martin c) Sinal de Osiander d) Sinal de França e) Sinal de Kuneckel Sinal de Strasman Sinal do Mapa Mundi de Carrara Sinal de Kuneckel Sinal de Sommer & Larcher Sinal de Shuskanol 78. Lesões por ação de raios X a) Vitriolagem b) Intermação c) Geladura d) Paultaulf e) Úlcera de Röentgen 7 . Carbonização a) 10 Grau b) 20 Grau c) 30 Grau d) 40 Grau e) 50 Grau 86. A mais singela das feridas contusas é a) Rubefação b) Hematoma c) Equimose d) Escoriação e) Edema 74.

André Roquete 89.DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL Exercícios de Medicina Legal Prof.br d) Físico-químico e) Biodinâmico 97. O meio onde se estuda overdose a) Mecânico b) Físico c) Químico d) Físico-químico e) Biodinâmico 98. Meio onde ocorrem mutações por lesões radioativas a) Mecânico b) Físico c) Químico d) Físico-químico e) Biodinâmico 96.prolabore. Entrada dos tiros encostados a) Câmara de mina de Hoffman b) Sinal de Werkgaetner c) Sinal de Benassis d) Sinal de Amussat e) Sinal de Friedberg 93. Ação por percussão. Mancha dos afogados a) Vitriolagem b) Intermação c) Geladura d) Paultaulf e) Úlcera de Röentgen 90. Imprime na pele a ponta do cano e a mira da arma na superfície de entrada do projetil de arma de fogo a) Câmara de mina de Hoffman b) Sinal de Werkgaetner c) Sinal de Benassis d) Sinal de Amussat e) Sinal de Friedberg 94. Elemento que aparece em todos os tipos de tiros a) Zona de Chamuscamento b) Zona de Queimadura c) Orla Equimótica d) Zona de Tatuagem e) Zona de Escoriação 95. pressão e deslizamento conjuntamente a) Contundente b) Corto-contundente c) Pérfuro-contundente d) Perfurante e) Pérfuro-cortante 100. Equimoses sub-epicárdicas ou sub-pleurais dos asfixiados a) Manchas de Tardieu b) Manchas de Pautaulf c) Manchas de Sommer & Larcher d) Manchas hipostáticas e) Mancha verde 8 . Lesão por calor irradiante a) Vitriolagem b) Intermação c) Geladura d) Paultaulf e) Úlcera de Röentgen 92.com. O meio dos choques circulatórios a) Mecânico b) Físico c) Químico www. Precisa ser absorvido para exibir seu efeito letal a) Cáustico b) Liquefaziante c) Veneno d) Coagulante e) Ácidos e bases fortes 99. Vasoconstrição e amputações traumáticas de extremidades a) Vitriolagem b) Intermação c) Geladura d) Paultaulf e) Úlcera de Röentgen 91.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->