P. 1
Aula 1 - Linguagens

Aula 1 - Linguagens

|Views: 1|Likes:
Publicado porerots222

More info:

Published by: erots222 on Aug 30, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/01/2014

pdf

text

original

Construção de Algoritmos

Prof. Gilberto / Prof. Mauricio

Lógica de Programação
Linguagem C
(Introdução)

Prof. Gilberto / Prof. Mauricio

Conteúdo

- Funcionamento Programas - Formas de geração programas - Computador Simplificado - Estrutura Programa C
Prof. Gilberto / Prof. Mauricio

Conceitos Básicos . Gilberto / Prof. Mauricio .Computador UCP BARRAMENTO MEMÓRIA PRINCIPAL ENTRADA E SAÍDA Prof.

Conceitos Básicos ± Programa ‡ Um programa serve para traduzirmos os que desejamos em linguagem de máquina ‡ O programa ³ensina´ o que o computador deve fazer ‡ É sua ³receita de bolo´ Prof. Gilberto / Prof. Mauricio .

Gilberto / Prof. Prof.Conceitos Básicos ± Programa SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA. Mauricio .

Conceitos Básicos . Gilberto / Prof.Linguagens Linguage Hu ana B /H rogra a B / ÁQUI Linguage e áquina Prof. Mauricio .

Mauricio . Gilberto / Prof.Exemplos Linguagens de programação tabuada de 1 a 10 Pseudo-linguagem : leia num para n de 1 até 10 passo 1 faça tab  num * n imprime tab fim faça Prof.

n <= 10. printf(´\n %d´. Prof. Mauricio . tab). for(n = 1. Gilberto / Prof.Linguagens de programação Linguagem C: scanf(&num). }. n++){ tab = num * n.

Mauricio . Gilberto / Prof.Linguagens de programação Basic: 10 input num 20 for n = 1 to 10 step 1 30 let tab = num * n 40 print chr$ (tab) 50 next n Prof.

Linguagens de programação Fortran: read (num). do 1 n = 1:10 tab = num * n write(tab) 10 continue Prof. Gilberto / Prof. Mauricio .

AX LABEL: INC CX MOV AX. Gilberto / Prof. Mauricio JNE LABEL . PORTA CMP CX.DX MUL CX OUT AX.0 IN AX.Conceitos Básicos Assembly para INTEL 8088: MOV CX.PORTA MOV DX.10 Prof.

Conceitos Básicos ± Programa ‡ Existem duas formas de se fazer o computador entender o que queremos: ± Traduzir o que queremos em linguagem de máquina (Tradução) ± Criar um programa que traduza (em tempo real) o que queremos para o computador (Interpretação) Prof. Mauricio . Gilberto / Prof.

Códi o F o n te É- C C I C C IG I G B J BTJ T BJ IG X ro ra a e c u Gilberto Prof.Conceitos Básicos . Mauricio .Tradução a in () { /* i ri rin tf(³ } e n a te la */ la ¶! ´ ). t á v e l / Prof.

} INTERPRETADOR DE COMANDOS CÓDI O FONTE PRO RAMA E EC T VEL Prof.Interpretador Main() { /* imprime na tela */ printf(³Ola¶! ´). Mauricio .Conceitos Básicos . Gilberto / Prof.

Mauricio .Linguagem C ‡ Recursos de Linguagem de Alto Nível e eficiência de linguagens de baixo nível Prof. Gilberto / Prof.

Origens da Linguagem C ‡ A linguagem C é o resultado de um processo de desenvolvimento que começou com uma linguagem mais antiga chamada BCLP. UNIX ± Assembler -> C Prof. um comitê para criar um padrão que definiria a Linguagem C. em 1983. Kerninghan & Dennis M. Ritchie de 1978 ‡ O ANSI (American National Standards Institute) estabeleceu. Gilberto / Prof. resolvendo assim problemas vinculados à compatibilidade já que surgiram um grande número de implementações de C. Mauricio . BCPL (Martin Richards) B (Ken Thompson) A linguagem B foi influenciada pela BCPL C (1970) (Dennis Ritchie) A definição de C está contida no livro ³The C Programming Language´ de Brian W.

COMPUTADOR SIMPLIFICADO Prof. Gilberto / Prof. Mauricio .

Computador Simplificado Prof. Gilberto / Prof. Mauricio .

Gilberto / Prof.Prof. Mauricio .

Gilberto / Prof. Mauricio .Prof.

Mauricio . Gilberto / Prof.Prof.

Gilberto / Prof. Mauricio .Prof.

Gilberto / Prof. Mauricio .Prof.

Exercícios Escrever as instruções do computador simplificado (CS): 1) Escreva um conjunto de instruções para fazer o CS somar dois valores (contidos em dois cartões) e subtrair um terceiro valor (contido no terceiro cartão) e imprimir o resultado. H=¥(cateto12 + cateto22). Mauricio . 3) Ler a temperatura na escala Celsius e imprimir a equivalente em Farenheit (fórmula : F=9/5*(C+32). 2) Dados os comprimentos dos lados de um triângulo retângulo. determinar e imprimir o comprimento do terceiro lado (hipotenusa).4 * Milimetro) Prof. Gilberto / Prof. 4) Ler uma quantidade de chuva em polegadas e imprimir a equivalente em milímetros (Polegada=25.

instrução 2. A única função que necessariamente precisa estar presente é a denominada main().Estrutura Básica de um Programa em C #include <stdio. } Obs1: todo programa em C consiste em uma ou mais funções. . Prof.h> main() { instrução 1. Obs2: #include é uma direti a que permite a inclusão de um programafonte (<stdio. instrução n. . Gilberto / Prof. que é a primeira função a ser chamada quando a execução do programa começa.h> ) em outro. Mauricio .

´ ‡ Funções embutidas (³padrão´) Prof.‡ Case Sensiti e Printf <> printf ‡ Instruções de em terminar por ³. Mauricio . Gilberto / Prof.

Gilberto / Prof. printf("Digite um numero: "). resposta. Mauricio . scanf("%d". resposta=num+10. resposta).Exemplo de um Programa em C #include <stdio.&num).h> main() { int num. printf("O resultado de %d + 10 eh igual a %d". num. } Prof.

Linguagem C ‡ EXERCÍCIOS Prof. Gilberto / Prof. Mauricio .

num=5...Linguagem C RECORDANDO.num). /* Coloca o valor 5 na variável num*/ printf(³%i´. DECLARANDO E USANDO VARIÁVEIS int num. Mauricio . /* Imprime na tela o conteúdo da variável num*/ Prof. Gilberto / Prof.

Linguagem C Vamos escre er um programa em C ue dados 3 números inteiros. soma os dois primeiros. subtrai do terceiro e imprime o resultado na tela Prof. Gilberto / Prof. Mauricio .

resultado=A1+A2-A3.A2.resultado). Mauricio . A2=5.resultado.A3. } Prof.h> main() { int A1. A3=7. printf(³Resultado= %d´. A1=1. Gilberto / Prof.Linguagem C #include <stdio.

Mauricio . Gilberto / Prof.Linguagem C Vamos escre er um programa em C ue dados um número inteiro. calcula e imprime o anterior e o posterior na tela Prof.

/* Calcula e armazena o número anterior */ num_post=num+1. Gilberto / Prof.num_post. printf(³Anterior= %i´. num_ant).Linguagem C #include <stdio. printf(³Posterior= %i´. Mauricio .num_ant.h> main() { int num. num_post). num=10. } Prof. /* Calcula e armazena o número posterior */ printf(³Número= %i´. num_ant=num-1. num).

Linguagem C Escre er um programa em C ue dados os lados de um triângulo retângulo. Gilberto / Prof. calcula e imprime na tela o alor da sua hipotenusa Prof. Mauricio .

cateto2.hipotenusa.h> main() { float cateto1. Mauricio .Linguagem C #include <stdio. cateto2=4. Gilberto / Prof. hipotenusa=s rt(cateto1*cateto1+cateto2*cateto2). } Prof. cateto1=3. printf(³hipotenusa= %f´.hipotenusa).

Gilberto / Prof. con erte e imprime a temperatura em graus Farenheit OBS: Fórmula de con ersão F=(9/5)*(C+32) Prof. Mauricio .Linguagem C Escre er um programa em C ue dada uma temperatura em graus Celsius.

Gilberto / Prof. F).Linguagem C #include <stdio.h> main() { float C. printf(³Temperatura C= %f´ con ertida F = %f´. } Prof.D. Mauricio . C. F=(9/5)*(C+32). C=25.

4 mm = 1 polegada Prof.Linguagem C Escre er um programa em C ue dada a uantidade de chu a em polegadas con erte e imprime a temperatura em milímetros OBS: 25. Mauricio . Gilberto / Prof.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->