Equações

Engenharia
Prof
a
: Alessandra Stadler Favaro Misiak
Cascavel – 2009
FACULDADE ASSIS GURGACZ – FAG
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Equações
Equações de primeiro grau
Equação é toda sentença matemática aberta que exprime uma relação de
igualdade. A palavra equação tem o prefixo equa, que em latim quer dizer "igual".
Exemplos:
2x + 8 = 0
5x - 4 = 6x + 8
3a - b - c = 0
Não são equações:
4 + 8 = 7 + 5 (Não é uma sentença aberta)
x - 5 < 3 (Não é igualdade)
(não é sentença aberta, nem igualdade)

A equação geral do primeiro grau:
ax+b = 0
onde a e b são números conhecidos e a > 0, se resolve de maneira simples:
subtraindo b dos dois lados, obtemos:
ax = -b
dividindo agora por a (dos dois lados), temos:
Considera a equação 2x - 8 = 3x -10
A letra é a incógnita da equação. A palavra incógnita significa " desconhecida".
Na equação acima a incógnita é x; tudo que antecede o sinal da igualdade
denomina-se 1º membro, e o que sucede, 2º membro.


Qualquer parcela, do 1º ou do 2º membro, é um termo da equação.
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 2
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Equação do 1º grau na incógnita x é toda equação que pode ser escrita na
forma ax=b, sendo a e b números racionais, com a diferente de zero.

Resolução de uma equação
Resolver uma equação consiste em realizar uma espécie de operações de
operações que nos conduzem a equações equivalentes cada vez mais simples e que
nos permitem, finalmente, determinar as raízes da equação.
Na resolução de uma equação do 1º grau com uma incógnita, devemos aplicar os
princípios de equivalência das igualdades (aditivo e multiplicativo). Exemplos:
• Resolva a equação
.

MMC (4, 6) = 12



-9x = 10 => Multiplicador por (-1)

9x = -10



.

• Resolva a equação
2 . (x - 2) - 3 . (1 - x) = 2 . (x - 4).


Iniciamos aplicando a propriedade distributiva da multiplicação:

2x - 4 - 3 + 3x = 2x - 8
2x + 3x -2
x = - 8 + 4 + 3
3x = -1




Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 3
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Equações de 2º grau
Definições
Denomina-se equação do 2º grau na incógnita x, toda equação da forma:
ax
2
+ bx + c = 0; a, b, c
IR e
Exemplo:
• x
2
- 5x + 6 = 0 é um equação do 2º grau com a = 1, b = -5 e c = 6.
• 6x
2
- x - 1 = 0 é um equação do 2º grau com a = 6, b = -1 e c = -1.
• 7x
2
- x = 0 é um equação do 2º grau com a = 7, b = -1 e c = 0.
• x
2
- 36 = 0 é um equação do 2º grau com a = 1, b = 0 e c = -36.
Nas equações escritas na forma ax² + bx + c = 0 (forma normal ou forma reduzida
de uma equação do 2º grau na incógnita x) chamamos a, b e c de coeficientes.
a é sempre o coeficiente de x²;
b é sempre o coeficiente de x,
c é o coeficiente ou termo independente.

Equação completas e Incompletas
Uma equação do 2º grau é completa quando b e c são diferentes de zero.
Exemplos:
x² - 9x + 20 = 0 e -x² + 10x - 16 = 0 são equações completas.
Uma equação do 2º grau é incompleta quando b ou c é igual a zero, ou ainda
quando ambos são iguais a zero. Exemplos:
• x² - 36 = 0
(b = 0)
• x² - 10x = 0
(c = 0)
• 4x² = 0
(b = c = 0)
Raízes de uma equação do 2º grau
Resolver uma equação do 2º grau significa determinar suas raízes.
Raiz é o número real que, ao substituir a incógnita de uma
equação, transforma-a numa sentença verdadeira.
Resolução de equações incompletas
Resolver uma equação significa determinar o seu conjunto verdade.
Utilizamos na resolução de uma equação incompleta as técnicas da fatoração e
duas importantes propriedades dos números reais:
1ª Propriedade:
2ª Propriedade:

1º Caso: Equação do tipo .
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 4
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Exemplo:
• Determine as raízes da equação , sendo .
Solução
Inicialmente, colocamos x em evidência:

Para o produto ser igual a zero, basta que um dos fatores também o seja. Assim:

Obtemos dessa maneira duas raízes que formam o conjunto verdade:

De modo geral, a equação do tipo tem para soluções e .
2º Caso: Equação do tipo
Exemplos:
• Determine as raízes da equação , sendo U = IR.
Solução


De modo geral, a equação do tipo possui duas raízes reais se for um
número positivo, não tendo raiz real caso seja um número negativo.
Resolução de equações completas
Para solucionar equações completas do 2º grau utilizaremos a fórmula de
Bhaskara.
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 5
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Podemos representar as duas raízes reais por x' e x", assim:

Exemplos:
• resolva a equação:
Temos


Discriminante
Denominamos discriminante o radical b
2
- 4ac que é representado pela letra grega
(delta).
Podemos agora escrever deste modo a fórmula de Bhaskara:
De acordo com o discriminante, temos três casos a considerar:
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 6
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
1º Caso: O discriminante é positivo .
O valor de é real e a equação tem duas raízes reais diferentes, assim
representadas:
Exemplo:
• Para quais valores de k a equação x² - 2x + k- 2 = 0 admite raízes reais e
desiguais?
Solução
Para que a equação admita raízes reais e desiguais, devemos ter

Logo, os valores de k devem ser menores que 3.
2º Caso: O discriminante é nulo
O valor de é nulo e a equação tem duas raízes reais e iguais, assim
representadas:

Exemplo:
• Determine o valor de p, para que a equação x² - (p - 1) x + p-2 = 0 possua
raízes iguais.
Solução
Para que a equação admita raízes iguais é necessário que .
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 7
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG

Logo, o valor de p é 3.
3º Caso: O discriminante é negativo .
O valor de não existe em IR, não existindo, portanto, raízes reais. As raízes
da equação são número complexos.

Exemplo:
• Para quais valores de m a equação 3x² + 6x +m = 0 não admite nenhuma raiz
real?
Solução
Para que a equação não tenha raiz real devemos ter

Logo, os valores de m devem ser maiores que 3.
Resumindo
Dada a equação ax² + bx + c = 0, temos:
Para , a equação tem duas raízes reais diferentes.
Para , a equação tem duas raízes reais iguais.
Para , a equação não tem raízes reais.
EQUAÇÕES LITERAIS
As equações do 2º grau na variável x que possuem alguns coeficientes ou alguns
termos independentes indicados por outras letras são denominadas equações
literais.
As letras que aparecem numa equação literal, excluindo a incógnita, são denominadas
parâmetros.
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 8
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Exemplos:
ax
2
+ bx + c = 0 incógnita: x
parâmetro: a, b, c
ax
2
- (2a + 1) x + 5 = 0 incógnita: x
parâmetro: a

COMPOSIÇÃO DE UMA EQUAÇÃO DO 2º GRAU, CONHECIDAS AS RAÍZES
Considere a equação do 2º grau ax
2
+ bx + c = 0.
Dividindo todos os termos por a , obtemos:

Como , podemos escrever a equação desta maneira.
x
2
- Sx + P= 0
RELAÇÕES ENTRE OS COEFICIENTES E AS RAÍZES
Considere a equação ax
2
+ bx + c = 0, com a 0 e sejam x'e x'' as raízes reais dessa
equação.
Logo:

Observe as seguintes relações:
• Soma das raízes (S)


• Produto das raízes (P)

Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 9
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Como ,temos:
Denominamos essas relações de relações de Girard.
Equações literais incompletas
A resolução de equações literais incompletas segue o mesmo processo das
equações numéricas.
Observe os exemplos:
• Resolva a equação literal incompleta 3x
2
- 12m
2
=0, sendo x a variável.
Solução
3x
2
- 12m
2
= 0
3x
2
= 12m
2
x
2
= 4m
2

x=
Logo, temos:
• Resolva a equação literal incompleta my
2
- 2aby=0,com m 0, sendo y a
variável.
Solução
my
2
- 2aby = 0
y(my - 2ab)=0
Temos, portanto, duas soluções:
y=0
ou
my - 2ab = 0 my = 2ab y=
Assim:

Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 10
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Na solução do último exemplo, teríamos cometido um erro grave se tivéssemos
assim resolvido:
my
2
- 2aby= 0
my
2
= 2aby
my = 2ab

Desta maneira, obteríamos apenas a solução .
O zero da outra solução foi "perdido" quando dividimos ambos os termos por y.
Esta é uma boa razão para termos muito cuidado com os cancelamentos, evitando
desta maneira a divisão por zero, que é um absurdo.
Equações literais completas
As equações literais completas podem ser também resolvidas pela fórmula de
Bhaskara:
Exemplo:
Resolva a equação: x
2
- 2abx - 3a
2
b
2
, sendo x a variável.
Solução
Temos a=1, b = -2ab e c=-3a
2
b
2




Portanto:

Assim, temos: V= { - ab, 3ab}.


Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 11
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
FORMA FATORADA
Considere a equação ax
2
+ bx + c = 0.
A forma fatorada da equação ax
2
+ bx + c = 0 é:
a.(x - x') . (x - x'') = 0

Exemplos:
• Escreva na forma fatorada a equação x
2
- 5x + 6 = 0.
Solução
Calculando as raízes da equação x
2
- 5x + 6 = 0, obtemos x1= 2 e x2= 3.
Sendo a= 1, x1= 2 e x2= 3, a forma fatorada de x
2
- 5x + 6 = 0 pode ser assim escrita:
(x-2).(x-3) = 0
EQUAÇÕES BIQUADRADAS
Observe as equações:
x
4
- 13x
2
+ 36 = 0
9x
4
- 13x
2
+ 4 = 0
x
4
- 5x
2
+ 6 = 0

Note que os primeiros membros são polinômios do 4º grau na variável x, possuindo
um termo em x
4
, um termo em x
2
e um termo constante. Os segundos membros são
nulos.
Denominamos essas equações de equações biquadradas.
Ou seja, equação biquadrada com uma variável x é toda equação da forma:

ax
4
+ bx
2
+ c = 0

Exemplos:
x
4
- 5x
2
+ 4 = 0
x
4
- 8x
2
= 0
3x
4
- 27 = 0

Cuidado!
x
4
- 2x
3
+ x
2
+ 1 = 0 6x
4
+ 2x
3
- 2x = 0 x
4
- 3x = 0
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 12
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
As equações acima não são biquadradas, pois numa equação biquadrada a variável x
só possui expoentes pares.

RESOLUÇÃO DE UMA EQUAÇÃO BIQUADRADA
Na resolução de uma equação biquadrada em IR devemos substituir sua variável,
transformando-a numa equação do 2º grau.
Observe agora a sequência que deve ser utilizada na resolução de uma equação
biquadrada.

Seqüência prática
• Substitua x
4
por y
2
( ou qualquer outra incógnita elevada ao quadrado) e x
2
por
y.
• Resolva a equação ay
2
+ by + c = 0
• Determine a raiz quadrada de cada uma da raízes ( y'e y'') da equação ay
2
+ by
+ c = 0.
Essas duas relações indicam-nos que cada raiz positiva da equação ay
2
+ by + c
= 0 dá origem a duas raízes simétricas para a biquadrada: a raiz negativa não dá
origem a nenhuma raiz real para a mesma.
Exemplos:
• Determine as raízes da equação biquadrada x
4
- 13 x
2
+ 36 = 0.
Solução
Substituindo x
4
por y
2
e x
2
por y, temos:

y
2
- 13y + 36 = 0
Resolvendo essa equação, obtemos:

y'=4 e y''=9
Como x
2
= y, temos:

Logo, temos para conjunto verdade: V={ -3, -2, 2, 3}.

• Determine as raízes da equação biquadrada x
4
+ 4x
2
- 60 = 0.
Solução
Substituindo x
4
por y
2
e x
2
por y, temos:

Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 13
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
y
2
+ 4y - 60 = 0
Resolvendo essa equação, obtemos:

y'=6 e y''= -10
Como x
2
= y, temos:


Logo, temos para o conjunto verdade: .
• Determine a soma das raízes da equação .
Solução
Utilizamos o seguinte artifício:
Assim:
y
2
- 3y = -2
y
2
- 3y + 2 = 0
y'=1 e y''=2
Substituindo y, determinamos:
Logo, a soma das raízes é dada por:


Resolução de equações da forma: ax
2n
+ bx
n
+ c = 0
Esse tipo de equação pode ser resolvida da mesma forma que a biquadrada.
Para isso, substituimos x
n
por y, obtendo:
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 14
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
ay
2
+ by + c = 0, que é uma equação do 2º grau.
Exemplo:
• resolva a equação x
6
+ 117x
3
- 1.000 = 0.
Solução
Fazendo x
3
=y, temos:
y
2
+ 117y - 1.000 = 0
Resolvendo a equação, obtemos:
y'= 8 e y''= - 125
Então:

Logo, V= {-5, 2 }.

Composição da equação biquadrada
Toda equação biquadrada de raízes reais x1, x2, x3 e x4 pode ser composta pela
fórmula:
(x -x1) . (x - x2) . (x - x3) . (x - x4) = 0
Exemplo:
• Compor a equação biquadrada cujas raízes são:

Solução
a) (x - 0) (x - 0) (x + 7) (x - 7) = 0 b) (x + a) (x - a) (x + b) (x - b) = 0
x
2
(x
2
-49) = 0 (x
2
-a
2
) (x
2
-b
2
) = 0
x
4
- 49x
2
= 0 x
4
- (a
2
+ b
2
) x
2
+ a
2
b
2
= 0

PROPRIEDADES DAS RAÍZES DA EQUAÇÃO BIQUADRADA
Consideremos a equação ax
4
+ bx
2
+ c = 0, cujas raízes são x1, x2, x3 e x4 e a
equação do 2º grau ay
2
+ by + c = 0, cujas raízes são y' e y''.
De cada raiz da equação do 2º grau, obtemos duas raízes simétricas para a
biquadrada. Assim:
Do exposto, podemos estabelecer as seguintes propriedades:
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 15
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
1ª Propriedade: A soma das raízes reais da equação biquadrada é nula.

x1 + x2 + x3 + x4 = 0
2ª Propriedade: A soma dos quadrados das raízes reais da equação biquadrada é
igual a - .
3ª Propriedade:O produto das raízes reais e não-nulas da equação biquadrada é
igual a .
EQUAÇÕES IRRACIONAIS
Considere as seguintes equações:
Observe que todas elas apresentam variável ou incógnita no radicando. Essas
equações são irracionais.
Ou seja:

Equação irracional é toda equação que tem variável no radicando.

RESOLUÇÃO DE UMA EQUAÇÃO IRRACIONAL
A resolução de uma equação irracional deve ser efetuada procurando
transformá-la inicialmente numa equação racional, obtida ao elevarmos ambos os
membros da equação a uma potência conveniente.
Em seguida, resolvemos a equação racional encontrada e, finalmente,
verificamos se as raízes da equação racional obtidas podem ou não ser aceitas como
raízes da equação irracional dada ( verificar a igualdade).
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 16
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
É necessária essa verificação, pois, ao elevarmos os dois membros de uma
equação a uma potência, podem aparecer na equação obtida raízes estranhas à
equação dada.
Observe alguns exemplos de resolução de equações irracionais no conjunto dos reais.

Solução

Logo, V= {58}.


Solução

Logo, V= { -3}; note que 2 é uma raiz estranha a essa equação irracional.


Solução
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 17
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Logo, V= { 7 }; note que 2 é uma raiz estranha a essa equação irracional.


Solução

Logo, V={9}; note que é uma raiz estranha a essa equação irracional.
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 18
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
Exercícios
1. Existem três números inteiros consecutivos com soma igual a 393. Que
números são esses?
R: 130, 131 e 132.
2. Resolva as equações a seguir:
a)18x - 43 = 65
b) 23x - 16 = 14 - 17x
c) 10y - 5 (1 + y) = 3 (2y - 2) - 20
d) x(x + 4) + x(x + 2) = 2x
2
+ 12
e) (x - 5)/10 + (1 - 2x)/5 = (3-x)/4
f) 4x (x + 6) - x
2
= 5x
2

Respostas
a: x = 6 b: x = ¾ c: y = 21 d: x = 2 e: x = -21 f: x = 12
3. Determine um número real "a" para que as expressões (3a + 6)/ 8 e (2a +
10)/6 sejam iguais. R: a = 22
4. Resolver as seguintes equações (na incógnita x):
a) 5/x - 2 = 1/4 (x 0) b) 3bx + 6bc = 7bx + 3bc
Respostas: a: x = 20/9 b: x = 3c/4
5. Identifique os coeficientes de cada equação e diga se ela é completa ou não:
a) 5x
2
- 3x - 2 = 0
b) 3x
2
+ 55 = 0
c) x
2
- 6x = 0
d) x
2
- 10x + 25 = 0
Resposta a: a = 5 ; b = -3 ; c = -2 Equação completa b: a = 3 ; b = 0 ; c = 55
Equação incompleta c: a = 1 ; b = -6 ; c = 0 Equação incompleta d:a = 1 ; b = -10 ; c
= 25 Equação completa
6. Achar as raízes das equações:
a) x
2
- x - 20 = 0
b) x
2
- 3x -4 = 0
c) x
2
- 8x + 7 = 0
Resposta a: x' = 5 e x'' = -4 b: x' = 4 e x'' = -1 c: x' = 7 e x'' = 1
7. Dentre os números -2, 0, 1, 4, quais deles são raízes da equação x
2
-2x-8= 0?
R: -2 e 4
8. O número -3 é a raíz da equação x
2
- 7x - 2c = 0. Nessas condições, determine
o valor do coeficiente c: R: c = 15
9. Se você multiplicar um número real x por ele mesmo e do resultado subtrair
14, você vai obter o quíntuplo do número x. Qual é esse número? R: x = 7 ou
-2
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 19
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
10. Um azulejista usou 2000 azulejos quadrados e iguais para revestir 45
2
m de
parede. Qual é a medida do lado de cada azulejo? R: 15 cm
11. A área de um retângulo é de 64
2
cm . Nessas condições, determine as
dimensões do retângulo sabendo que o comprimento mede (x+6) m e a
largura mede (x- 6) m. R: 16 cm e 4 cm
12. Se você multiplicar um número positivo por ele mesmo e , do resultado,
subtrair 9, você obterá 112. Qual é o número? R: 11
13. Qual deve ser o valor real de y para que as frações
3 y
5 y
e
2
1 2
+
+
+
+
y
y
sejam
numericamente iguais? R: 7 t
14. Se você adicionar a cada uma das seguintes expressões um determinado
número, elas se transformarão em um trinômio quadrado perfeito. Nessas
condições, escreva um número para cada expressão:
a) x x 4
2
+ R: 4 b) x x 20
2
− R: 100 c) x x 16
2
− R: 64
d) x x 14
2
+ R: 49 e) x x 3
2
+ R:
4 9
f) x x 7
2
− R:
4 49
15. As equações seguintes estão escritas na forma normal reduzida. Calcule o
discriminante ∆ de cada uma e identifique o tipo de raízes que cada equação
apresenta.
a) 0 5 4
2
· − − x x R: 36 · ∆ A equação tem duas raízes reais diferentes.
b) 0 20 8
2
· + + x x R: 16 − · ∆ A equação não tem raízes reais
c) 0 4 6
2
· − + x x R: 52 · ∆ A equação tem duas raízes reais diferentes.
d) 0 1 6 9
2
· + + x x R: 0 · ∆ A equação tem uma única raiz real
e) 0 1 3 5
2
· + − x x R: 11 − · ∆ A equação não tem raízes reais
16. Encontrar o conjunto-solução de cada equação do 2
o
grau abaixo:
a) 0 16 6
2
· − − x x R:
{ } 8 , 2 − b) 0 5 6
2
· − − x x R:
¹
)
¹
¹
'
¹
− 1 ,
6
5
c) 0 1 10 25
2
· + + x x R:
¹
)
¹
¹
'
¹

5
1
d) 0 2 4 3
2
· + + x x R:
{ }
e) 0 64 16
2
· + − y y R:
{ } 8
17. Num Congresso havia 50 pessoas entre homens e mulheres. Descubra
quantas mulheres e quantos homens estavam presentes, sabendo que o
produto das quantidades dos dois grupos é igual a 621 e que a quantidade de
mulheres é maior do que a quantidade de homens. Justifique a resposta pelo
método da equação do 2
o
grau. R: 27 mulheres e 23 homens
18. Determine os valores reais de x para que o valor numérico da expressão
x x 4
2
+ seja igual a - 3. R: x= - 1 ou x= - 3
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 20
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
19. . Quais os valores reais de y para que as expressões 1 2y e 3 y
2
+ − sejam
iguais? R:
5 - 1 y ou 5 1 · + · y
20. Quais os valores reais de x que tornam verdadeira a equação
2
1
4
3
+ ·
,
_

¸
¸
− x x x
? R: Não existem esses valores reais de x.
21. Determine o conjunto-solução da equação .
5
1
3

− · −
x
x R:
{ } 4
22. Sabendo que a expressão
x
x
x
x 2
` 1

+
+
é igual a 1, determine os valores
reais de x. R: 3 - 1 ou x 3 1 · + − · x
23. Sendo x' e x" as raízes da equação
x
x
x

· +
8
1 , determine o valor de
( ) ( ) . " '
2 2
x x +
R: 20
24. A soma de um número real com seu quadrado dá 30. Qual é esse número?
R: 5 ou - 6
25. Do quadrado de um número real vamos subtrair o quádruplo do mesmo
número. O resultado encontrado é 60. Qual é esse número? R: 10 ou - 6
26. Se você adicionar um número inteiro diferente de zero com o inverso do
número, vai obter
4
17
. Qual é esse número inteiro? R: 4
27. A soma S dos n primeiros números inteiros positivos pode ser calculada pela
fórmula
2
) 1 ( +
·
n n
S . Nessas condições, determine a quantidade de números
inteiros positivos que dá 120 como soma. R: 15
28. A distância entre Curitiba e Florianópolis é de 300 km. Para cobrir essa
distância, a certa velocidade média, um automóvel gastou x horas. Sabe-se
que a mesma distância seria percorrida em 2 horas a menos se o automóvel
aumentasse de 40 km/h a sua velocidade média. Qual o tempo x gasto para
percorrer os 300 km? Lembre-se: velocidade média=
tempo
distância
. R: 5 h
29. A equação 0 16 4
2
· − − x ax tem uma raiz cujo valor é 4. Nessas condições,
qual é o valor do coeficiente a? R: 2
30. ] Verifique se o número ( ) 3 2 − é raiz da equação 0 1 4
2
· + − x x . R: Sim
31. . Qual deve ser o valor do coeficiente c para que a equação
0 5 10
2
· + − − c x x tenha raízes reais iguais? R:
8
5

Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 21
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
32. Na equação 0 12
2
· − + mx x , uma das raízes é 6. Qual é o valor de m? R:-4
33. Uma das raízes da equação 0 2
2
· + + n mx x é 1. Nessas condições, qual é o
valor de m+n? R: - 2
34. Determine o valor de k para que a equação 0 6 4 3
2
· − + + k x x tenha raízes
reais e diferentes. R: k <
3
22
35. Determine o valor de k para que a equação 0 3 3
2
· + +kx x tenha uma
única raiz real. R: 3 2 t
36. Determine a soma e o produto das raízes de cada uma das seguintes
equações, sem resolver cada equação:
a) 0 3 3
2
· − + x x R: - 1/3 e - 1 b) 0 1 6 9
2
· + + x x R: - 2/3 e 1/9
c) 0 9 6
2
· − x x R: 3/2 e 0 d) 0 3 10 6
2
· + − x x R: 5/3 e 1/2
e) 0 8 2
2
· − + x x R: - 2 e - 8 f) 0 3 2 8
2
· − − x x R: 1/4 e - 3/8
37. Dada a equação 2
1
12
− ·

x
x
, escreva a equação na forma normal e
determine a soma e o produto dos inversos das raízes, sem resolver a
equação. R:
10
3
- , 0 10 3
2
· − − x x
38. Na equação 0 1 3
2
· − + − k x x , o produto das duas raízes é 5/6. Nessas
condições, calcule o valor de k. R: 7/2
30. Qual deve ser o valor do coeficiente b na equação 0 1 10
2
· − −bx x para que a
soma de suas raízes seja igual a 5/4? R: 25/2
39. Na equação 0 1 2 10 3
2
· − + − k x x , a soma das raízes é igual ao produto.
Nessas condições, calcule o valor de k. R: 11/2
40. Na equação ( ) 0 3 5 2
2
· + − + x x k , uma das raízes é igual ao inverso da outra.
Nessas condições, calcule o valor de k. R: 1
41. . Ao se inscrever para participar de uma feira, um expositor recebeu a
informação de que seu estande deveria ocupar uma área de 21,25 m
2
, ter
formato retangular e perímetro igual a 22 m. Que dimensões seu estande
deveria ter? R: 8,5 m x
2,5 m
42. Vamos determinara equação do 2
o
grau, na incógnita x, cujas raízes são os
números reais seguintes:
a) 7 e 12 R: x
2
- 19x + 84 = 0 b) - 10 e - 3 R: x
2
+13x+30=0
c) 4/7 e - 3 R: 7x
2
+ 17x - 12 = 0 d) 9 e - 6 R: x
2
- 3x - 54 = 0
e) - 8 e + 8 R: x
2
- 64 = 0 f) 0 e - 4/9 R: 9x
2
+ 4x = 0
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 22
Introdução ao Cálculo Engenharia FAG
43. Qual é a equação do 2
o
grau na incógnita x cujas raízes reais são os números
3 1t ? R: x
2
- 2x - 11 = 0
44. Escreva a equação do 2
o
grau na incógnita x que nos permite calcular dois
números reais quando a soma desses números é 7/2 e o produto é 3/2.
R: 2x
2
- 7x + 3 = 0
45. Resolva as seguintes equações nos números reais:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
46. Resolva, no conjunto dos números reais, as equações biquadradas:
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 23

Introdução ao Cálculo

Engenharia FAG

Equações Equações de primeiro grau Equação é toda sentença matemática aberta que exprime uma relação de igualdade. A palavra equação tem o prefixo equa, que em latim quer dizer "igual". Exemplos: 2x + 8 = 0 5x - 4 = 6x + 8 3a - b - c = 0 Não são equações: 4 + 8 = 7 + 5 (Não é uma sentença aberta) x - 5 < 3 (Não é igualdade) (não é sentença aberta, nem igualdade) A equação geral do primeiro grau: ax+b = 0 onde a e b são números conhecidos e a > 0, se resolve de maneira simples: subtraindo b dos dois lados, obtemos: ax = -b dividindo agora por a (dos dois lados), temos:

Considera a equação 2x - 8 = 3x -10 A letra é a incógnita da equação. A palavra incógnita significa " desconhecida". Na equação acima a incógnita é x; tudo que antecede o sinal da igualdade denomina-se 1º membro, e o que sucede, 2º membro.

Qualquer parcela, do 1º ou do 2º membro, é um termo da equação.

Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak

2

• Resolva a equação 2 .3 . (1 . (x .Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Equação do 1º grau na incógnita x é toda equação que pode ser escrita na forma ax=b. Iniciamos aplicando a propriedade distributiva da multiplicação: 2x . com a diferente de zero. 6) = 12 -9x = 10 9x = -10 => Multiplicador por (-1) . determinar as raízes da equação.x) = 2 .3 + 3x = 2x . finalmente.4 . Exemplos: • Resolva a equação . Resolução de uma equação Resolver uma equação consiste em realizar uma espécie de operações de operações que nos conduzem a equações equivalentes cada vez mais simples e que nos permitem.2) . MMC (4. devemos aplicar os princípios de equivalência das igualdades (aditivo e multiplicativo). Na resolução de uma equação do 1º grau com uma incógnita. (x . sendo a e b números racionais.4).8 2x + 3x -2 x=-8+4+3 3x = -1 Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 3 .

36 = 0 é um equação do 2º grau com a = 1.36 = 0 (b = 0) • x² . ao substituir a incógnita de uma equação. Nas equações escritas na forma ax² + bx + c = 0 (forma normal ou forma reduzida de uma equação do 2º grau na incógnita x) chamamos a. é o coeficiente ou termo independente. toda equação da forma: ax2 + bx + c = 0.10x = 0 (c = 0) • 4x² = 0 (b = c = 0) Raízes de uma equação do 2º grau Resolver uma equação do 2º grau significa determinar suas raízes. Uma equação do 2º grau é incompleta quando b ou c é igual a zero. ou ainda quando ambos são iguais a zero. b = -1 e c = -1.5x + 6 = 0 6x2 . a. Resolução de equações incompletas Resolver uma equação significa determinar o seu conjunto verdade. a b c é sempre o coeficiente de x².16 = 0 são equações completas. b. Raiz é o número real que. é um equação do 2º grau com a = 1. b = -5 e c = 6.9x + 20 = 0 e -x² + 10x . b = 0 e c = -36. é um equação do 2º grau com a = 6.1 = 0 7x2 . Equação completas e Incompletas Uma equação do 2º grau é completa quando b e c são diferentes de zero. b e c de coeficientes. c Exemplo: • • • • IR e x2 . transforma-a numa sentença verdadeira. 4 .Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Equações de 2º grau Definições Denomina-se equação do 2º grau na incógnita x. Utilizamos na resolução de uma equação incompleta as técnicas da fatoração e duas importantes propriedades dos números reais: 1ª Propriedade: 2ª Propriedade: 1º Caso: Equação do tipo Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak . Exemplos: • x² .x = 0 x2 . é um equação do 2º grau com a = 7. Exemplos: x² . é sempre o coeficiente de x.x . b = -1 e c = 0.

Determine as raízes da equação Solução . basta que um dos fatores também o seja. as raízes da equação x em . a equação do tipo 2º Caso: Equação do tipo Exemplos: • tem para soluções e . De modo geral. não tendo raiz real caso Resolução de equações completas possui duas raízes reais se seja um número negativo. evidência: colocamos Para o produto ser igual a zero. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 5 . for um Para solucionar equações completas do 2º grau utilizaremos a fórmula de Bhaskara. a equação do tipo número positivo. sendo . Assim: Obtemos dessa maneira duas raízes que formam o conjunto verdade: De modo geral. sendo U = IR.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Exemplo: • Determine Solução Inicialmente.

4ac que é representado pela letra grega (delta). temos três casos a considerar: Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 6 .Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Podemos representar as duas raízes reais por x' e x". Podemos agora escrever deste modo a fórmula de Bhaskara: De acordo com o discriminante. assim: Exemplos: • resolva a equação: Temos Discriminante Denominamos discriminante o radical b2 .

assim Exemplo: • Determine o valor de p. Solução Para que a equação admita raízes iguais é necessário que . devemos ter Logo.2x + k. é real e a equação tem duas raízes reais diferentes. 2º Caso: O discriminante é nulo O valor de representadas: é nulo e a equação tem duas raízes reais e iguais. para que a equação x² .(p . assim Exemplo: • Para quais valores de k a equação x² .1) x + p-2 = 0 possua raízes iguais.2 = 0 admite raízes reais e desiguais? Solução Para que a equação admita raízes reais e desiguais. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 7 . os valores de k devem ser menores que 3.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG 1º Caso: O discriminante é positivo O valor de representadas: .

a equação tem duas raízes reais diferentes.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Logo. 3º Caso: O discriminante é negativo . são denominadas parâmetros. excluindo a incógnita. portanto. Resumindo Dada a equação ax² + bx + c = 0. a equação não tem raízes reais. os valores de m devem ser maiores que 3. EQUAÇÕES LITERAIS As equações do 2º grau na variável x que possuem alguns coeficientes ou alguns termos independentes indicados por outras letras são denominadas equações literais. As raízes da equação são número complexos. . O valor de não existe em IR. raízes reais. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 8 . . o valor de p é 3. a equação tem duas raízes reais iguais. não existindo. Exemplo: • Para quais valores de m a equação 3x² + 6x +m = 0 não admite nenhuma raiz real? Solução Para que a equação não tenha raiz real devemos ter Logo. temos: Para Para Para . As letras que aparecem numa equação literal.

b. com a equação. c ax2 . CONHECIDAS AS RAÍZES Considere a equação do 2º grau ax2 + bx + c = 0. x2 .(2a + 1) x + 5 = 0 incógnita: x parâmetro: a COMPOSIÇÃO DE UMA EQUAÇÃO DO 2º GRAU.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Exemplos: ax2+ bx + c = 0 incógnita: x parâmetro: a.Sx + P= 0 RELAÇÕES ENTRE OS COEFICIENTES E AS RAÍZES Considere a equação ax2 + bx + c = 0. podemos escrever a equação desta maneira. Dividindo todos os termos por a . obtemos: Como . 0 e sejam x'e x'' as raízes reais dessa Logo: Observe as seguintes relações: • Soma das raízes (S) • Produto das raízes (P) Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 9 .

Solução 3x2 . Observe os exemplos: • Resolva a equação literal incompleta 3x2 .com m 0. duas soluções: y=0 ou my . temos: • Resolva a equação literal incompleta my2.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Como . Equações literais incompletas A resolução de equações literais incompletas segue o mesmo processo das equações numéricas.temos: Denominamos essas relações de relações de Girard. Solução my2 .2aby=0.12m2=0.2aby = 0 y(my . sendo y a variável.12m2 = 0 3x2 = 12m2 x2 = 4m2 x= Logo.2ab = 0 Assim: my = 2ab y= Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 10 . portanto. sendo x a variável.2ab)=0 Temos.

Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 11 . obteríamos apenas a solução . b = -2ab e c=-3a2b2 Portanto: Assim. Equações literais completas As equações literais completas podem ser também resolvidas pela fórmula de Bhaskara: Exemplo: Resolva a equação: x2 . temos: V= { . que é um absurdo.3a2b2.ab.2abx . evitando desta maneira a divisão por zero. Solução Temos a=1.2aby= 0 my2 = 2aby my = 2ab Desta maneira.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Na solução do último exemplo. sendo x a variável. O zero da outra solução foi "perdido" quando dividimos ambos os termos por y. Esta é uma boa razão para termos muito cuidado com os cancelamentos. 3ab}. teríamos cometido um erro grave se tivéssemos assim resolvido: my2 .

x1= 2 e x2= 3. (x .Introdução ao Cálculo Engenharia FAG FORMA FATORADA Considere a equação ax2 + bx + c = 0.5x2 + 6 = 0 Note que os primeiros membros são polinômios do 4º grau na variável x.2x = 0 x4 .x') .5x + 6 = 0.5x2 + 4 = 0 x4 . Denominamos essas equações de equações biquadradas. obtemos x1= 2 e x2= 3.3x = 0 12 Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak .5x + 6 = 0.(x-3) = 0 EQUAÇÕES BIQUADRADAS Observe as equações: x4 .27 = 0 Cuidado! x4 . Ou seja.2x3 + x2 + 1 = 0 6x4 + 2x3 .(x .13x2 + 4 = 0 x4 . equação biquadrada com uma variável x é toda equação da forma: ax4 + bx2 + c = 0 Exemplos: x4 . Sendo a= 1. Solução Calculando as raízes da equação x2 . Os segundos membros são nulos. um termo em x2 e um termo constante. possuindo um termo em x4.5x + 6 = 0 pode ser assim escrita: (x-2).x'') = 0 Exemplos: • Escreva na forma fatorada a equação x2 .8x2 = 0 3x4 . A forma fatorada da equação ax2 + bx + c = 0 é: a.13x2 + 36 = 0 9x4 . a forma fatorada de x2 .

• Determine as raízes da equação biquadrada x4 + 4x2 .Introdução ao Cálculo Engenharia FAG As equações acima não são biquadradas.60 = 0. 2. Resolva a equação ay2 + by + c = 0 Determine a raiz quadrada de cada uma da raízes ( y'e y'') da equação ay2 + by + c = 0.13y + 36 = 0 Resolvendo essa equação. temos: Logo. pois numa equação biquadrada a variável x só possui expoentes pares. transformando-a numa equação do 2º grau. Exemplos: • Determine as raízes da equação biquadrada x4 . temos para conjunto verdade: V={ -3. Solução Substituindo x4 por y2 e x2 por y. Solução Substituindo x4 por y2 e x2 por y.13 x2 + 36 = 0. temos: y2 . obtemos: y'=4 e y''=9 Como x2= y. Essas duas relações indicam-nos que cada raiz positiva da equação ay2 + by + c = 0 dá origem a duas raízes simétricas para a biquadrada: a raiz negativa não dá origem a nenhuma raiz real para a mesma. Observe agora a sequência que deve ser utilizada na resolução de uma equação biquadrada. Seqüência prática • • • Substitua x4 por y2 ( ou qualquer outra incógnita elevada ao quadrado) e x2 por y. temos: Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 13 . RESOLUÇÃO DE UMA EQUAÇÃO BIQUADRADA Na resolução de uma equação biquadrada em IR devemos substituir sua variável. 3}. -2.

temos: Logo. obtendo: Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 14 . substituimos xn por y. temos para o conjunto verdade: • . Determine a soma das raízes da equação Solução Utilizamos o seguinte artifício: Assim: y2 .3y + 2 = 0 y'=1 e y''=2 Substituindo y.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG y2 + 4y .3y = -2 y2 . determinamos: Logo. a soma das raízes é dada por: Resolução de equações da forma: ax2n + bxn + c = 0 Esse tipo de equação pode ser resolvida da mesma forma que a biquadrada. . Para isso.60 = 0 Resolvendo essa equação. obtemos: y'=6 e y''= -10 Como x2= y.

x2.(a2 + b2) x2 + a2b2 = 0 PROPRIEDADES DAS RAÍZES DA EQUAÇÃO BIQUADRADA Consideremos a equação ax4 + bx2 + c = 0. x3 e x4 e a equação do 2º grau ay2 + by + c = 0.0) (x + 7) (x . 2 }.x2) .b) = 0 (x2-a2) (x2-b2) = 0 x4 .49x2 = 0 b) (x + a) (x . cujas raízes são x1. podemos estabelecer as seguintes propriedades: Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 15 .000 = 0 Resolvendo a equação.125 Então: Logo. x2.7) = 0 x2(x2 -49) = 0 x4 . Solução Fazendo x3=y. que é uma equação do 2º grau.1.a) (x + b) (x . obtemos duas raízes simétricas para a biquadrada. x3 e x4 pode ser composta pela fórmula: (x -x1) . obtemos: y'= 8 e y''= .000 = 0.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG ay2 + by + c = 0. V= {-5. (x . Exemplo: • resolva a equação x6 + 117x3 . (x .0) (x . cujas raízes são y' e y''. temos: y2 + 117y .x4) = 0 Exemplo: • Compor a equação biquadrada cujas raízes são: Solução a) (x .1. (x .x3) . Assim: Do exposto. Composição da equação biquadrada Toda equação biquadrada de raízes reais x1. De cada raiz da equação do 2º grau.

RESOLUÇÃO DE UMA EQUAÇÃO IRRACIONAL A resolução de uma equação irracional deve ser efetuada procurando transformá-la inicialmente numa equação racional. 3ª Propriedade:O produto das raízes reais e não-nulas da equação biquadrada é igual a . Essas equações são irracionais. obtida ao elevarmos ambos os membros da equação a uma potência conveniente. Em seguida. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 16 . x1 + x2 + x3 + x4 = 0 2ª Propriedade: A soma dos quadrados das raízes reais da equação biquadrada é igual a . resolvemos a equação racional encontrada e. Ou seja: Equação irracional é toda equação que tem variável no radicando. EQUAÇÕES IRRACIONAIS Considere as seguintes equações: Observe que todas elas apresentam variável ou incógnita no radicando. finalmente. verificamos se as raízes da equação racional obtidas podem ou não ser aceitas como raízes da equação irracional dada ( verificar a igualdade).Introdução ao Cálculo Engenharia FAG 1ª Propriedade: A soma das raízes reais da equação biquadrada é nula.

Introdução ao Cálculo Engenharia FAG É necessária essa verificação. V= {58}. ao elevarmos os dois membros de uma equação a uma potência. V= { -3}. Observe alguns exemplos de resolução de equações irracionais no conjunto dos reais. podem aparecer na equação obtida raízes estranhas à equação dada. • Solução Logo. • Solução Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 17 . • Solução Logo. pois. note que 2 é uma raiz estranha a essa equação irracional.

V= { 7 }. V={9}. note que 2 é uma raiz estranha a essa equação irracional.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Logo. • Solução Logo. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 18 . note que é uma raiz estranha a essa equação irracional.

Qual é esse número? R: x = 7 ou -2 Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 19 .10x + 25 = 0 Resposta a: a = 5 . quais deles são raízes da equação x2-2x-8= 0? 2 c) x2 . R: a = 22 4.20 d) x(x + 4) + x(x + 2) = 2x2 + 12 e) (x . Que números são esses? R: 130. c = 25 Equação completa 6.2x)/5 = (3-x)/4 f) 4x (x + 6) . determine o valor do coeficiente c: R: c = 15 9.43 = 65 b) 23x .17x c) 10y .x2 = 5x2 Respostas a: x = 6 b: x = ¾ c: y = 21 d: x = 2 e: x = -21 f: x = 12 3.2 = 1/4 (x 0) Respostas: b) 3bx + 6bc = 7bx + 3bc a: x = 20/9 b: x = 3c/4 5. c = -2 Equação completa b: a = 3 . 4.6x = 0 d) x2 .8x + 7 = 0 R: -2 e 4 8. c = 55 Equação incompleta c: a = 1 . 1. c = 0 Equação incompleta d:a = 1 . Se você multiplicar um número real x por ele mesmo e do resultado subtrair 14. você vai obter o quíntuplo do número x. Achar as raízes das equações: a) x . 131 e 132. 0. Nessas condições.3x .2c = 0. Resolva as equações a seguir: a)18x . b = -10 . Dentre os números -2. b = -6 . O número -3 é a raíz da equação x2 .3x -4 = 0 Resposta a: x' = 5 e x'' = -4 b: x' = 4 e x'' = -1 c: x' = 7 e x'' = 1 7. Determine um número real "a" para que as expressões (3a + 6)/ 8 e (2a + 10)/6 sejam iguais. Identifique os coeficientes de cada equação e diga se ela é completa ou não: a) 5x2 . b = -3 .7x .2 = 0 b) 3x2 + 55 = 0 c) x2 . 2.5 (1 + y) = 3 (2y .Introdução ao Cálculo Engenharia FAG Exercícios 1.5)/10 + (1 . Existem três números inteiros consecutivos com soma igual a 393.2) . Resolver as seguintes equações (na incógnita x): a) 5/x .x .20 = 0 b) x2 . b = 0 .16 = 14 .

Num Congresso havia 50 pessoas entre homens e mulheres. determine as dimensões do retângulo sabendo que o comprimento mede (x+6) m e a largura mede (x. Nessas condições.3. Determine os valores reais de x para que o valor numérico da expressão R: x= . Qual é a medida do lado de cada azulejo? R: 15 cm 11. subtrair 9. escreva um número para cada expressão: a) x 2 + 4 x d) x 2 + 14 x 4 4 9 R: 4 R: 49 b) x 2 − 20 x e) x 2 + 3x R: 100 R: 9 4 c) x 2 − 16 x R: 64 f) x 2 − 7 x R: 15. As equações seguintes estão escritas na forma normal reduzida. sabendo que o produto das quantidades dos dois grupos é igual a 621 e que a quantidade de mulheres é maior do que a quantidade de homens. do resultado. ∆ = 0 A equação tem uma única raiz real ∆ = −11 A equação não tem raízes reais 16.3 x 2 + 4 x seja igual a . Calcule o discriminante ∆ de cada uma e identifique o tipo de raízes que cada equação apresenta. R: 27 mulheres e 23 homens 18. Nessas condições. elas se transformarão em um trinômio quadrado perfeito. Se você adicionar a cada uma das seguintes expressões um determinado número.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG 10. Um azulejista usou 2000 azulejos quadrados e iguais para revestir 45 m 2 de parede. Qual é o número? R: 11 13. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 20 . Qual deve ser o valor real de y para que as frações numericamente iguais? 2 y +1 y +5 e y +2 y +3 sejam R: ± 7 14.8}  1 R: −   5 b) 6 x 2 − x − 5 = 0  5  R: − . a) b) c) d) e) x 2 − 4x − 5 = 0 x 2 + 8 x + 20 = 0 x 2 + 6x − 4 = 0 9x 2 + 6x + 1 = 0 5 x 2 − 3x + 1 = 0 R: R: R: R: R: ∆ = 36 A equação tem duas raízes reais diferentes. Descubra quantas mulheres e quantos homens estavam presentes.6) m. Justifique a resposta pelo método da equação do 2o grau. Se você multiplicar um número positivo por ele mesmo e . você obterá 112.1 ou x= . ∆ = −16 A equação não tem raízes reais ∆ = 52 A equação tem duas raízes reais diferentes. Encontrar o conjunto-solução de cada equação do 2o grau abaixo: a) x 2 − 6 x − 16 = 0 c) 25 x 2 + 10 x + 1 = 0 e) y 2 −16 y + 64 = 0 R: {8} R: {− 2.1  6  R: { } d) 3 x 2 + 4 x + 2 = 0 17. R: 16 cm e 4 cm 12. A área de um retângulo é de 64 cm 2 .

6 26. Sabendo que a expressão reais de x. determine o valor de x 23. Qual deve ser o valor do coeficiente c para que a 5 R: − 8 ( ) R: Sim equação − 10 x 2 − 5 x + c = 0 tenha raízes reais iguais? Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 21 . 31. ] Verifique se o número 2 − 3 é raiz da equação x 2 − 4 x + 1 = 0 .6 25. A distância entre Curitiba e Florianópolis é de 300 km. Para cobrir essa distância. 1 . A soma S dos n primeiros números inteiros positivos pode ser calculada pela n( n + 1) fórmula S = . Sabe-se que a mesma distância seria percorrida em 2 horas a menos se o automóvel aumentasse de 40 km/h a sua velocidade média. Quais os valores reais de y para que as expressões y 2 − 3 e 2y +1 sejam iguais? R: y =1 + 5 ou y =1 5 20. Sendo x' e x" as raízes da equação x + 1 = ( x ') 2 + ( x") . qual é o valor do coeficiente a? R: 2 30. R: 15 28. A soma de um número real com seu quadrado dá 30. O resultado encontrado é 60. . Do quadrado de um número real vamos subtrair o quádruplo do mesmo número.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG 19. vai obter . um automóvel gastou x horas. x −5 R: {4} 21. R: 5 h 29. Nessas condições. Qual é esse número inteiro? R: 4 4 27. . x x −2 + é igual a 1.3 8−x . Qual é esse número? R: 10 ou . a certa velocidade média. 2 R: 20 24. Qual o tempo x gasto para percorrer os 300 km? Lembre-se: velocidade média= distância tem po . Quais os valores 1 3  x − x  = x + ? 2 4  reais de x que tornam verdadeira a equação R: Não existem esses valores reais de x. Nessas condições. A equação ax 2 − 4 x − 16 = 0 tem uma raiz cujo valor é 4. determine os valores 1`+x x R: x = −1 + 3 ou x =1 . Se você adicionar um número inteiro diferente de zero com o inverso do 17 número. Determine o conjunto-solução da equação x − 3 = − 22. Qual é esse número? R: 5 ou . determine a quantidade de números 2 inteiros positivos que dá 120 como soma.

Qual deve ser o valor do coeficiente b na equação 10 x 2 − bx − 1 = 0 para que a soma de suas raízes seja igual a 5/4? R: 25/2 39. qual é o valor de m+n? R: . Nessas condições. Na equação ( k + 2 ) x 2 − 5 x + 3 = 0 .3 e) . Que dimensões seu estande deveria ter? R: 8.12 = 0 d) 9 e . . um expositor recebeu a informação de que seu estande deveria ocupar uma área de 21. 10 38. Na equação 3 x 2 − 10 x + 2k − 1 = 0 .2 e . uma das raízes é igual ao inverso da outra. Vamos determinara equação do 2o grau. Ao se inscrever para participar de uma feira. sem resolver a 3 2 equação.6 R: x2 . Na equação x 2 + mx − 12 = 0 .1/3 e .2 34. R: 11/2 40. R: 1 41. Determine o valor de k para que a equação única raiz real. Nessas condições. 3 x 2 + kx + 3 = 0 tenha uma R: ± 2 3 36. Dada a equação 12 = x − 2 .3 R: x2 +13x+30=0 R: x2 .4/9 Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 22 . escreva a equação na forma normal e x −1 determine a soma e o produto dos inversos das raízes. ter formato retangular e perímetro igual a 22 m. cujas raízes são os números reais seguintes: a) 7 e 12 c) 4/7 e .10 e . Determine o valor de k para que a equação 3 x 2 + 4 x + k − 6 = 0 tenha raízes 22 reais e diferentes. a soma das raízes é igual ao produto.19x + 84 = 0 b) . Nessas condições. Determine a soma e o produto das raízes de cada uma das seguintes equações.5 m x 2. Nessas condições. Qual é o valor de m? R:-4 33. R: 7/2 30. R: x − 3 x − 10 = 0 .2/3 e 1/9 d) 6 x 2 − 10 x + 3 = 0 R: 5/3 e 1/2 f) 8 x 2 − 2 x − 3 = 0 R: 1/4 e .54 = 0 R: 9x2 + 4x = 0 R: 7x2 + 17x . calcule o valor de k.1 R: 3/2 e 0 R: .5 m 42.3x . na incógnita x.25 m2. R: k < 3 35. o produto das duas raízes é 5/6.Introdução ao Cálculo Engenharia FAG 32.8 e + 8 R: x2 .64 = 0 f) 0 e . calcule o valor de k.3/8 37. Na equação 3 x 2 − x + k − 1 = 0 . calcule o valor de k. sem resolver cada equação: a) 3x 2 + x − 3 = 0 c) 6 x 2 − 9 x = 0 e) x 2 + 2 x − 8 = 0 R: .8 b) 9 x 2 + 6 x + 1 = 0 R: . uma das raízes é 6. Uma das raízes da equação 2 x 2 + mx + n = 0 é 1.

Introdução ao Cálculo Engenharia FAG 43. 8. R: 2x2 . Resolva. 10. 12. 8. 4. 11. 2. 6. 10. Qual é a equação do 2o grau na incógnita x cujas raízes reais são os números 1± 3 ? R: x2 . Resolva as seguintes equações nos números reais: 1.7x + 3 = 0 45. Escreva a equação do 2o grau na incógnita x que nos permite calcular dois números reais quando a soma desses números é 7/2 e o produto é 3/2. 9. 2. 3. Profª Alessandra Stadler Favaro Misiak 23 . 5. 3. as equações biquadradas: 1. no conjunto dos números reais. 13. 7. 7. 9. 5. 46. 6.11 = 0 44.2x . 4.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful