P. 1
A importância do feedback nas organizações

A importância do feedback nas organizações

|Views: 1.244|Likes:
Publicado porMariana Pavão
Para ser eficaz, o feedback necessita ter algumas características. Ele deve ser descritivo, específico, compatível com as necessidades, dirigido, solicitado, oportuno e esclarecido. Assim, ajuda aos lados a serem assertivos e aproveitarem da melhor forma possível o modo como as informações são passadas, evitando problemas de comunicação e más interpretações do que está sendo passado.
Para ser eficaz, o feedback necessita ter algumas características. Ele deve ser descritivo, específico, compatível com as necessidades, dirigido, solicitado, oportuno e esclarecido. Assim, ajuda aos lados a serem assertivos e aproveitarem da melhor forma possível o modo como as informações são passadas, evitando problemas de comunicação e más interpretações do que está sendo passado.

More info:

Published by: Mariana Pavão on Sep 04, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/29/2012

pdf

text

original

A importância do feedback nas relações interpessoais Mariana Pavão Em sua essência, na engenharia, feedback significa retroalimentação e pode ser

positivo, onde os sinais de entradas são aumentados; ou negativo, onde as saídas são restringidas. Já nas relações interpessoais, o feedback tem grande importância para orientar o ajuste do comportamento e é extremamente necessário para o desenvolvimento e amadurecimento das relações. O comportamento dirigido para um fim pode ser de dois tipos, de feedback ou não-feedback. O feedback consiste em um fluxo contínuo de informações, gerando um “feedback loop”. No outro tipo de comportamento, há sinais do objetivo que modificam a atividade do objeto no curso do comportamento. Este pode ser dividido em extrapolativo ou não extrapolativo. No processo de desenvolvimento da competência interpessoal, o feedback é um processo de ajuda para mudanças de comportamento, sendo a comunicação a uma pessoa ou grupo no intuito de fornecer informações sobre como o seu comportamento está afetando os outros. O feedback eficaz auxilia no desempenho do grupo ou indivíduo e assim alcançar os seus objetivos. Para ser eficaz, o feedback necessita ter algumas características. Ele deve ser descritivo, específico, compatível com as necessidades, dirigido, solicitado, oportuno e esclarecido. Assim, ajuda aos lados a serem assertivos e aproveitarem da melhor forma possível o modo como as informações são passadas, evitando problemas de comunicação e más interpretações do que está sendo passado. Para a maioria das pessoas, é difícil receber o feedback. Isto ocorre pois hesitamos em aceitar e admitir nossas ineficiências. É necessário ter confiança mútua e perceber os sinais que nos deixam fechados, evitando assim reagir na defensiva e não contribuir para a resolução de um problema. Todos precisamos do feedback positivo e do negativo para saber se estamos no caminho certo ou cometendo alguns desvios. No outro lado, também não é fácil dar o feedback. Não podemos pensar no feedback como uma forma de demonstrar nossa inteligência e habilidade, não se pode ser parcial e nem avaliativo. O feedback não deve funcionar como um desabafo, mas como uma via de mão dupla que permite aos dois lados chegarem a um consenso. O feedback também é percebido como crítica e isso causa implicações emocionais e sociais. Muitas vezes, a pessoa não está preparada, psicologicamente, para receber um feedback ou não sente a sua necessidade. Para superar as dificuldades, é necessário, antes de tudo, estabelecer a relação de confiança recíproca para diminuir as barreiras e assim reconhecer que o processo é de exame conjunto. Assim aprende-se a ouvir sem ter reações emocionais e dar o feedback sem conotações emocionais. Além do individual, o grupo também precisa receber informações sobre o seu desempenho e aqui as mesmas dificuldades do feedback individual estão presentes, em maior ou menor grau. O grupo pode receber o feedback de várias formas: através de participantes-observadores, de membros apenas observadores, de consultores externos ou por meio de formulários. Este feedback deve ser comparado entre a autopercepção do grupo e percepção de terceiros, isso ajuda no autoconhecimento e a perceber as implicações dessa discrepância. O desenvolvimento de competência interpessoal exige a aquisição e o aperfeiçoamento de certas habilidades de comunicação para facilidade de compreensão mútua. Estas habilidades precisam ser treinadas e praticadas constantemente para maior eficiência de resultados. Entre as principais habilidades de comunicação interpessoais, encontram-se: • Paráfrase: Consiste em repetir o que a pessoa falou, em outras palavras para aumentar a precisão da comunicação e percepção mútua, além de demonstrar o interesse no outro. A paráfrase é um modo de tentar a compreensão da mensagem antes de reagir a ela. • Descrição de Comportamento: Consiste em relatar as ações específicas, visíveis e observáveis dos outros sem fazer qualquer julgamento. Este relato ajuda a descrever a ação sem colocar um julgamento sobre o que é certo ou errado e fazer acusações ou generalizações. • Verificação da Percepção: Consiste em dizer a percepção sobre o que o outro está sentindo, a fim de verificar se a sua compreensão está correta sobre não só a mensagem verbal, mas também sobre os sentimentos do outro. Muitas vezes, o emissor não está consciente sobre os sinais não-verbais.

Descrição dos Sentimentos: Consiste em identificar ou especificar os sentimentos de maneira verbal, assim correspondendo à um processo de abertura em que você permite aos outros que saibam seus sentimentos, revelando de forma clara e espontânea para que que os outros lhe compreendam.

Por fim, o feedback correto auxiliará na resolução de dificuldades de comunicação, intregração e relacionamento entre os profissionais. É uma ferramenta de vital importância para toda e qualquer relação interpessoal e deve ser sempre praticada, tanto em recebê-lo como em dá-lo.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->