P. 1
Velho Test Amen To - Seminario - Aluno

Velho Test Amen To - Seminario - Aluno

3.0

|Views: 1.616|Likes:
Publicado porMagna Negreiros

More info:

Published by: Magna Negreiros on Sep 05, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/16/2013

pdf

text

original

Sections

Que hino você cantaria para expressar sua gratidão a Deus?
Isaías 26 é um hino de gratidão pelo que o Senhor faz por Seu
povo. Aressurreição de Jesus Cristo, mencionada no versículo
19, deve ser um grande motivo para nossa gratidão.

Isaías 27

O Senhor e Sua Vinha

Isaías 27 relata a comparação de Isaías do modo como o
Senhor trabalha com Seu povo com o modo como um homem
cuida de sua vinha. (Ver Isaías 5:1–7; Jacó 5.) Nessa
comparação, o Senhor explica que os iníquos são como os
ramos mortos que serão cortados e queimados, enquanto os
justos são como as fortes vinhas que criam raízes cada vez
mais profundas, florescem e “encherão de fruto a face do
mundo”. (Isaías 27:6)

Isaías 28

Conselhos a um Povo
Orgulhoso

Isaías 28 identifica o orgulho como o maior pecado dos
israelitas. O orgulho impediu que o povo recebesse as bênçãos
que o Senhor desejava conceder-lhes. Nos versículos 23–29,
Isaías comparou o conhecimento de um fazendeiro sobre como
plantar e colher ao conhecimento ainda maior do Senhor sobre
como trabalhar adequadamente com Seus filhos.

Isaías 29

Uma Obra Maravilhosa e
um Assombro

Muitas vezes, as pessoas que conhecem bem a Bíblia e não são
membros da Igreja fazem perguntas como esta: “Se o Livro de
Mórmon é uma parte tão importante da obra de Deus, por que
ele não está mencionado na Bíblia?” Existem diversas
respostas a essa pergunta, e uma delas é: “Ele está, sim!”
Isaías 29 é um dos lugares da Bíblia que se referem ao Livro de
Mórmon, embora esse não seja citado pelo nome. Ao ler este
capítulo, procure profecias sobre o surgimento do Livro de
Mórmon e a repercussão que esse livro teria no mundo.

B

A

145

Compreensão das Escrituras

Isaías 29

Isaías 29:11–12, 18–24—A que “Livro” esse Capítulo
se Refere?

Aqueles que estão familiarizados com o evangelho restaurado
provavelmente perceberão que esses versículos se referem ao Livro
de Mórmon e seu papel na Restauração do evangelho nos últimos
dias. O Élder Bruce R. McConkie disse:

“Poucos homens na Terra, sejam da Igreja ou não, conseguiram
captar a visão do que é o Livro de Mórmon. Poucos estão entre
aqueles que conhecem o papel por ele desempenhado e que ainda
virá a desempenhar na preparação do caminho Daquele de quem
ele é uma nova testemunha. (…)

“(…) O Livro de Mórmon afetará de tal modo os homens que toda
a Terra e seus habitantes serão influenciados e governados por ele.
(…)

“(…) Não há maior questão colocada perante a humanidade nos
tempos modernos do que esta: O Livro de Mórmon é a mente, a
vontade e a voz de Deus para todos os homens?” (The Millennial
Messiah, 1982, pp. 159, 170, 179.)

Estudo das Escrituras

Uma Profecia Cumprida

1.Isaías 29:1–6 fala-nos de um grupo de pessoas que “fala desde o
pó” depois da destruição de Jerusalém. Isaías disse que eles
seriam “[visitados] (…) com terremotos, e grande ruído com
tufão de vento, e tempestade, e labareda de fogo consumidor”.
(Isaías 29:6) Leia 2 Néfi 26:15–17; 33:13; 3 Néfi 8:2–19; Mórmon
8:23, 26, 34–35, e escreva como o Livro de Mórmon cumpre a
profecia de Isaías 29:1–6.

2.Leia Joseph Smith–História 1:61–65 e diga como o evento
relatado foi um cumprimento de Isaías 29:11–12. Você pode ler
também 2 Néfi 26:9–22 para ver como esses versículos explicam
mais sobre essa profecia.

Conhecimento de Escritura—Isaías
29:13–14

“Apostasia” significa “afastamento”, e referimo-nos à “Apostasia”
como a época em que a plenitude do evangelho e a autoridade do
sacerdócio para ministrar as ordenanças do evangelho foram
tiradas de entre os homens na Terra. “ARestauração” refere-se à
plenitude do evangelho e à autoridade do sacerdócio que foram
trazidas de volta a Terra.

1.Leia os seguintes versículos de Isaías 29 e diga se eles são a
respeito da Apostasia ou da Restauração, depois explique qual
versículo ensina sobre a Apostasia ou a Restauração: vv. 9–10,
13–14, 15, 18–21, 24.

2.Compare Isaías 29:13–14 com Joseph Smith–História 1:18–19. O
que você acha que é “uma obra maravilhosa e um assombro”?
(Ver também vv. 33–34.)

3.Isaías 29:11–12, 18–24 conta sobre um livro que terá um papel
importante na “obra maravilhosa e um assombro”. Aliste as
verdades que esses versículos dizem que esse livro fará e
depois responda qual você acha ser o livro mencionado.

Isaías 30–32

Confiar no Senhor

Isaías 30–32 foi escrito quando a Assíria ameaçava atacar
Israel depois de ter conquistado outros países vizinhos.
Temerosos, muitos em Israel procuraram a ajuda do Egito para
defender-se dos assírios. Mas o Senhor ajudou os filhos de
Israel a escaparem do iníquo Egito nos dias Moisés; Ele lutou
suas batalhas e os ajudou a conquistar a terra prometida. O
fato de aliar-se ao Egito em vez de confiar no Senhor que os
livrou no passado mostrava quão pouca fé os israelitas tinham
em seu Deus. O conselho de Isaías nos capítulos 30–32 era de
que confiassem no Senhor, e não no Egito, para serem
libertados. Isaías também disse aos filhos de Israel as bênçãos
que receberiam se colocassem a confiança no Senhor e
advertiu-os das conseqüências de não confiarem Nele.

Como você decide se vai ou não confiar em alguém? Já confiou
em alguém que se aproveitou de você depois? Em quem
devemos confiar? Será que nosso medo do que os outros podem
fazer é maior do que nossa confiança de que o Senhor nos
abençoará por sermos fiéis a Ele? Será que confiamos em nossa
própria capacidade de resolver problemas em vez de tentar
fazer as coisas à maneira do Senhor? Essas podem parecer
perguntas tolas, mas como muitas pessoas pensam que os
mandamentos são “difíceis de se cumprir” ou não vêem as
recompensas imediatas de se guardar os mandamentos, elas
confiam em sua própria capacidade e julgamento, ou de outras
pessoas, e desprezam os mandamentos.

B

A

Ariel(vv. 1, 3, 7)—em
Jerusalém

Aperto(vv. 2, 7)—problemas

Levantarei trincheiras contra ti

(v. 3)—Enviarei um exército
contra ti

Sitiarei com baluartes(v. 3)—
Atacarei

Um que tem espírito familiar

(v. 4)—Alguém que invoca os
mortos para que falem

Tirano(vv. 5, 20)—Pessoa
poderosa, vigorosa e iníqua

Pragana(v. 5)—Barba de espiga
de cereal

Tardar(v. 9)—Esperar ou adiar

Titubear(v. 9)—Tropeçar
enquanto caminha

Perecer(v. 14)—Morrer

Prudente(v. 14)—Sábio e
inteligente

Propósitos(v. 15)—Planos,
decisões

Oleiro(v. 16)—Pessoa que faz
objetos de barro

Manso(v. 19)—Humilde e
obediente

Escarnecedor(v. 20)—Aquele
que zomba

Consumir(v. 20)—Destruir

Armar laço(v. 21)—Preparar
uma armadilha

146

Compreensão das Escrituras

Isaías 30:15–21

Estudo das Escrituras

Com Suas Próprias Palavras

Em Isaías 30:15–21, o Senhor explicou aos israelitas por que
deveriam confiar Nele em vez de confiarem em sua própria força,
na força de outros ou em objetos desenhados para ajudar na
batalha. Depois de ler esses versículos, responda às seguintes
perguntas com suas próprias palavras:

1.O que o Senhor disse que aconteceria se os israelitas confiassem
em sua própria força? (Vv. 16–17.)

2.Em que os israelitas deveriam confiar? (V. 15.)

3.De acordo com os versículos 18–21, o que o Senhor pediu ao
povo, e depois o que o Senhor faria por eles?

4.Em que tipo de situação você acha que esse conselho nos seria
útil hoje em dia?

Isaías 33–34

ASegunda Vinda de
Jesus Cristo

Quando você pensa na Segunda Vinda de Jesus Cristo, como
se sente? Você anseia por ela ou tem medo dela? Isaías 33
relata as palavras de Isaías de que alguns temeriam a Segunda
Vinda por causa de sua iniqüidade e porque não estariam
preparados para estar com o Senhor. Isaías também falou sobre
aqueles que habitariam com o Senhor e descreveu como
seriam. Aqueles que desejam viver com o Senhor bem fariam
em destacar essas qualidades e esforçar-se para desenvolvê-las.

Até aqui, Isaías 34 parece ser o mais severo de todos os
capítulos que falam da destruição. O capítulo 34 descreve os
julgamentos que recairiam sobre os iníquos que certamente
aconteceriam, tanto na época de Isaías quanto pouco antes da
Segunda Vinda. Devemos lembrar-nos, porém, que esse
terrível julgamento só recairá sobre os que foram advertidos e
que escolheram mesmo assim continuar na iniqüidade. O
Senhor não deseja que nenhum de Seus filhos sofram esse tipo
de punição. (Ver 2 Néfi 26:23–28.) Mas as conseqüências de
uma lei justa que foi quebrada precisam ser cumpridas. (Ver
D&C 63:33–34.)

Estudo das Escrituras

Faça uma Lista

1.Leia Isaías 33:14–17 e faça uma lista dos tipos de pessoas que
Isaías disse que sobreviveriam à destruição que ocorreria na
época da Segunda Vinda de Cristo.

2.Diga o que cada item da lista significa.

3.De acordo com o versículo 17, o que acontecerá com essas
pessoas?

Isaías 35

Uma Mensagem de Esperança

Alguns dos capítulos anteriores tinham mensagens sombrias de
destruição. Mas Isaías conclui esta seção de seus escritos com
um capítulo cheio de esperança a respeito das bênçãos que seriam
concedidas às pessoas que fossem fiéis ao Senhor. Quando
pensamos nas grandes bênçãos que o Senhor oferece aos justos,
podemos adquirir as forças necessárias para trilharmos o
caminho do arrependimento e vencermos as futuras tentações.

Isaías 36–39

AHistória do Rei Ezequias

Grande parte de Isaías 36–39 é quase exatamente igual a II
Reis 18–20. Aúnica diferença significativa é um “salmo” de
Ezequias, escrito em Isaías 38. Se você quiser revisar o que
aconteceu nos capítulos 36–39, pode ler os capítulos de Isaías
e consultar os auxílios deste guia para II Reis 18–20, nas
páginas 116–117.

Isaías 40

O Poder e Grandeza
do Senhor

Depois de relatar os eventos históricos dos capítulos 36–39,
Isaías voltou a seus escritos proféticos e de estilo mais poético
no capítulo 40. Muitos desses versículos de Isaías 40

A

A

Mastro, bandeira(v. 17)—SinalAngústia, aperto(v. 20)—
Provações e problemas

147

tornaram-se a letra de maravilhosas obras musicais porque
esse capítulo descreve com grande beleza o poder do Senhor e
como Ele redimirá Seu povo. Depois das profecias de Isaías e
de outros profetas sobre a destruição, Isaías 40 é uma grande
mensagem de esperança para aqueles que confiarem no Senhor.
As profecias do capítulo 40 predizem tanto a primeira quanto
a segunda vinda do Messias. Se “aplicarmos” os ensinamentos
do capítulo 40 a nós, eles podem ser um belo e vigoroso
testemunho do Senhor e de Seu poder em nossa vida pessoal.

Compreensão das Escrituras

Isaías 40

Estudo das Escrituras

Faça duas das três seguintes atividades (A–C) ao estudar Isaías 40.

Auxílio do Novo Testamento

Leia TJS, Lucas 3:4–11, no apêndice do Guia para Estudo das
Escrituras.

1.Descreva ao que se aplicava Isaías 40:3–5, segundo Lucas.

2.Que informação adicional é encontrada na Tradução de Joseph

Smith.

Você pode escrever essa referência ao lado de Isaías 40:3–5.

Aplicar a Si Mesmo e a Outras Pessoas

1.De que maneiras você poderia aplicar pessoalmente a
mensagem contida em Isaías 40:3?

2.Descreva uma maneira pela qual imagina que o Senhor cumprirá
literalmente o que está escrito em Isaías 40:4. Você pode ler o
versículo 5 e ponderar como toda a carne “juntamente a verá”.

3.Descreva uma maneira pela qual imagina que o versículo 4 foi
ou será cumprido de modo espiritual e mais pessoal.

4.Como esses versículos se aplicam a alguém que se preocupa se
a retidão vale o sacrifício, se pessoalmente pode voltar a viver
com Deus, ou com o que acontecerá no futuro?

Responda às Perguntas das Escrituras

Isaías 40:12–31 contém diversas perguntas que nem o Senhor nem
Isaías responderam porque as respostas devem ser óbvias. Leia os
seguintes versículos e responda a essas perguntas para si mesmo:
12, 13, 14, 18, 21, 25, 27, 28. Escreva qual acha ser a mensagem de
Isaías contida nesses versículos.

Isaías 41–47

Redentor de Israel

Aadoração de ídolos talvez fosse o mais ofensivo e óbvio
pecado cometido pelos filhos de Israel na época de Isaías. Isaías
41–47 conta como o Senhor falou a Seu povo sobre o motivo
pelo qual deveriam confiar Nele e adorá-Lo em vez dos ídolos.
Ele testificou-lhes, entre muitos outros títulos e nomes
importantes, que Ele era seu Redentor (que significa alguém
que os redime da escravidão espiritual por meio de Seu
sacrifício expiatório; ver Isaías 41:14; 43:1, 14; 44:6, 24; 47:4),
seu Salvador (ver Isaías 43:3, 11; 45:15, 21), e seu Criador
(ver Isaías 42:5; 43:1, 7, 15, 21; 44:24; 45:9, 11, 18). Para os
filhos do convênio, Ele enfatizou: “Eu sou o Senhor teu Deus,
(…) teu Salvador (…)(…) vosso Redentor (…)

(…) vosso Santo, (…) vosso Rei”. (Isaías 43:3, 14–15)

Embora esses capítulos chamem os filhos de Israel ao
arrependimento e para que voltem ao Senhor, eles estão cheios
de esperança, com a promessa de que o Senhor os receberia se
decidissem segui-Lo e de que Ele tem poder para salvá-los e
redimi-los de todos os seus pecados e aflições.

Embora as mensagens desses capítulos possam sem dúvida ser
aplicadas a nossos dias, elas tiveram um significado muito
especial para os judeus que estavam cativos na Babilônia,
aproximamente 150 anos depois da morte de Isaías. Eles
tinham sido levados cativos porque, como povo, se recusaram a
arrepender-se da adoração de ídolos. Precisavam do poder
salvador e redentor oferecido pelo Senhor, e ganharam coragem
particularmente com a promessa de que o rei Ciro da Pérsia
seria seu libertador (ver Isaías 45) e na profecia da destruição
da Babilônia (ver Isaías 47).

Compreensão das Escrituras

Isaías 42:1–7

Isaías 47:5–10

Filha dos caldeus(v. 5)—Povo
de Babilônia

Senhora de reinos(v. 5)—O
maior de todos os reinos

Agastar-se(v. 6)—Irar-se

Fazer pesado o jugo(v. 6)—
Impor fardos

Feitiçarias, encantamentos(vv.
9, 12)—Praticar artes mágicas,
lidar com falsos espíritos,
predizer com base em sinais,
movimentos das estrelas, etc.

Trazer justiça(vv. 1, 3)—
Corrigir quaisquer erros, fazer
justiça

Por justiça na terra(v. 4)—
Corrigir, cuidar para que se faça
justiça

C

B

A

Endireitar(v. 3)—Significa
literalmente abrir um caminho
plano; simbolicamente significa
preparar o caminho para algo
que irá acontecer. (Esse trabalho
de “endireitamento”
geralmente é feito para
preparar um caminho para a
passagem de uma pessoa
importante, como um rei.)

Palmo(v. 12)—Comprimento
da mão

(vv. 17, 23)—Inútil

Imagem (vv. 19–20)—Ídolo feito
pelas mãos e ferramentas do
homem

Fundamentos(v. 21)—Início

Pragana(v. 24)—Pequenos
pedaços de uma planta que
sobram após a colheita ou
queima

Não se fatiga(v. 28)—Não fica
fraco

148

Isaías 45:1—Quem Era Ciro?

Como você leu anteriormente no Velho Testamento, os babilônios
conquistaram Judá aproximadamente em 600–586 a. C. Por volta
de 540 a. C. , o império medo-persa, sob o governo do rei Ciro,
conquistou a Babilônia. Ciro emitiu um decreto pouco tempo
depois, permitindo que os judeus retornassem a Jerusalém e
reconstruíssem seu templo.

Estudo das Escrituras

Faça duas das seguintes atividades (A–D) ao estudar Isaías 41–47.

Quem É?

1.Leia Isaías 42:1–7; Mateus 12:14–21 e diga quem é o servo sobre
quem Isaías escreveu.

2.Cite dois conceitos de Isaías 42:1–7 que mais o impressionaram
na descrição desse servo e explique por que esses conceitos o
tocaram.

Auxílios da Tradução de Joseph Smith

1.Leia TJS, Isaías 42:19–23, em seu Guia de Estudo das Escrituras,
em particular os versículos de 19–20, e escreva o que o Senhor
disse que faria para as pessoas que fossem cegas e surdas em
relação às coisas espirituais.

2.Dê um exemplo de como isso acontece hoje em dia.

Escreva um Bilhete para um Amigo

Escreva um bilhete usando pelo menos duas verdades contidas em
Isaías 43:1–7 que possam dar esperança a alguém que se sinta
desanimado.

Encontre o Problema

Isaías 47:5–10 compara a Babilônia a uma rainha que perdeu sua
glória e explica por que ela caiu.

1.Cite pelo menos duas frases que descrevam por que essa
“senhora” caiu. Explique com suas palavras o que essas frases
significam.

2.Escreva sobre uma situação atual em que alguém possa ter feito
os mesmos erros cometidos pela “senhora” e descreva quais
você acha que seriam as conseqüências.

Nota:Esse capítulo é o início de uma seqüência citada pelos
escritores do Livro de Mórmon. Você pode comparar o que está
escrito no Livro de Mórmon com o que está escrito em Isaías,
tomando nota das mudanças efetuadas e como essas mudanças
acrescentam significado.

Isaías 48

Convite para Voltar

Isaías 48 ajuda-nos a compreender como o Senhor lida com
aqueles que fizeram convênios com Ele, mas tratam esses
convênios e sua condição de membros da Igreja de modo
leviano. Ao ler, pondere o que esse capítulo nos ensina sobre a
preocupação que o Senhor tem com aqueles que se afastam
Dele. Pense também em como você pode usar esses
ensinamentos para manter-se fiel à fé e ajudar outras pessoas
que têm dificuldade em manter sua dedicação ao Senhor.

Compreensão das Escrituras

Isaías 48

Estudo das Escrituras

Faça duas das seguintes atividades (A–C) ao estudar Isaías 48.

Observe as Mudanças

1.Compare Isaías 48:1–2 com 1 Néfi 20:1–2. De que modo essas
duas passagens diferem entre si?

2.Feita a comparação, sobre quem você acha que o Senhor está
falando nesses versículos?

Escolha uma Palavra

Em Isaías 48, o Senhor disse aos israelitas por que estava zangado
com eles. Para cada um dos seguintes versículos, escreva uma
palavra que em sua opinião melhor descreva o que o Senhor disse
sobre os israelitas: 4, 6, 8. (As palavras não precisam estar nos
versículos.)

Como o Senhor Ajuda Seu Povo?

1.Faça uma lista a partir de Isaías 48:9–22 das promessas que o
Senhor fez aos israelitas errantes.

2.Dê um exemplo de como o Senhor cumpre essas promessas
para as pessoas hoje em dia.

3.Escreva com suas próprias palavras o que o Senhor disse que
precisamos fazer para ter paz e felicidade. (Ver Isaías 48:16–22.)

C

B

A

Jurar(v. 1)—Prometer

Cerviz(v. 4)—Tendões que
unem os músculos aos ossos e
auxiliam em seus movimentos

Não de há muito(v. 7)—Há
pouco tempo

Perfidamente(v. 8)—
Traiçoeiramente, quebrando
promessas, enganosamente

Purificar(v. 10)—Remover uma
substância impura do metal,
aquecendo-o até uma
temperatura muito elevada

Medir a palmos(v. 13)—
Significa “criar”

Estas coisas(v. 14)—Ídolos,
deuses falsos

Dar ouvidos(v. 18)—Ouvir e
obedecer

48

49

50

51

52:1–2

52:7–10

52:11–15

53

54

Capítulo em Isaías

Onde Está Citado no Livro de Mórmon

1 Néfi 20

1 Néfi 21

2 Néfi 7

2 Néfi 8

2 Néfi 8:24–25; ver também 3 Néfi
20:36–38

Mosias 15:18, 29–31; ver também 3
Néfi 16:17–20, 20:40

3 Néfi 20:41–45

Mosias 14

3 Néfi 22

D

C

B

A

149

Isaías 49

Uma Mensagem para a
Israel Dispersa

Em 1 Néfi 19:23, Néfi disse que leu alguns dos escritos de
Isaías para seus irmãos a fim de “melhor persuadi-los a
acreditar no Senhor, seu Redentor”. Depois dessa declaração,
Néfi registrou Isaías 48–49 em suas “placas menores”, a
partir das placas de latão. (Ver 1 Néfi 20–21.) Aexplicação de
Néfi sobre o significado dos capítulos 48–49 encontra-se em 1
Néfi 22. Se você ler 1 Néfi 22, compreenderá melhor a
mensagem de Isaías 48–49.

Saber que Néfi tinha lido esses escritos para melhor persuadir
seus irmãos a crerem em Jesus Cristo nos dá uma pista do que
procurar quando lermos esses capítulos. Ao ler Isaías 49, bem
como os capítulos 50–53, procure ensinamentos que
fortaleçam sua fé no poder salvador de Jesus Cristo.

Compreensão das Escrituras

Isaías 49

Estudo das Escrituras

Faça duas das seguintes atividades (A–C) ao estudar Isaías 49.

Procure Coisas que Ensinem sobre
Jesus Cristo

Escolha versículos de Isaías 49 que lhe pareçam descrever Jesus
Cristo — Seu ministério, Seu poder ou Seu amor — e explique por
que escolheu esses versículos.

Um Importante Acréscimo

1.Existe um importante acréscimo a Isaías 49 em 1 Néfi 21:1. Leia
1 Néfi 21:1 e diga sobre quem o Senhor estava falando nesse
capítulo.

2.De que maneiras você acha que a descrição dessas pessoas
poderia simbolizar as pessoas de nossa época?

Redimir Israel

O tema básico de Isaías 49 é a coligação, ou redenção, de Israel.
Encontre um versículo (ou versículos) que responda às seguintes
perguntas sobre a redenção da Israel: Quem? Como? Por quê?
Escreva essas perguntas em seu caderno e os versículos que se
aplicam a cada pergunta. Você pode também sublinhar esses
versículos em suas escrituras e escrever, na margem do versículo, a
que pergunta cada versículo responde.

Lembre-se de que embora freqüentemente falemos da coligação
dos israelitas como grupo, devemos dar-nos conta de que a
coligação acontece a cada vez que uma pessoa é individualmente
unida ao Senhor e à Sua Igreja. Podemos ver a coligação de Israel
do meio de seus inimigos em tempos antigos como algo
semelhante a nossa própria coligação pessoal ao Senhor do
cativeiro do pecado e iniqüidade.

Isaías 50

Voltar ao Senhor

Isaías 50 prossegue com as mesmas idéias que começaram a
ser expostas em Isaías 49.

Compreensão das Escrituras

Isaías 50

Isaías 50:6— “Ofereci (…) a Minha Face aos que Me
Arrancavam os Cabelos”

Se uma pessoa quiser humilhar alguém, ela pode arrancar alguns
fios da barba da outra pessoa como sinal de desrespeito.

Isaías 50:10—Quem Pode Realmente Seguir o Senhor
e Não Ser Abençoado Nem Tornar-se mais Feliz?

O convite de Isaías 50 para que sigamos o Senhor é semelhante ao
que o rei Benjamim fez a seu povo em Mosias 2:41.

Estudo das Escrituras

Faça a atividade Aou B ao estudar Isaías 50.

Carta(v. 1)—Documento legal

Credores(v. 1)—Pessoas a
quem devemos dinheiro

Repreensão(v. 2)—Voz

Saco(v. 3)—Roupa preta de
pele de cabra usada nos
momentos de tristeza

Confundir(v. 7)—Envergonhar

Seixo(v. 7)—Pedra muito dura
que pode soltar faíscas quando
golpeada com ferro

Justificar-me(v. 8)—Declarar
que estou certo

Contender comigo(v. 8)—
Argumentar contra mim

Adversário(v. 8)—Inimigo

Firmar-se(v. 10)—Confiar

C

B

A

Aljava(v. 2)—Estojo onde se
guardavam as flechas,
carregado na cintura ou nas
costas

Vãmente(v. 4)—Sem sucesso

Preservados (v. 6)—Salvos

Gentios(v. 6)—Os que não são
membros da família de Israel

Abominar(v. 7)—Odiar

Heranças assoladas, lugares
solitários
(vv. 8, 19)—Lugares
desertos

Pressurosamente(v. 17)—
Rapidamente

Apertada(v. 19)—Pequena

Os que te devoravam(v. 19)—
Os que te conquistavam

Presa(vv. 24–25)—Cativa (Presa
geralmente é um termo usado
para descrever o que um animal
apanha para comer.)

150

O que Você Aprendeu sobre Jesus
Cristo?

Leia Isaías 50:5–7; 1 Néfi 19:9; Doutrina e Convênios 19:16–19 e
escreva o que essas passagens das escrituras ensinam sobre:

1.O que o Salvador suportou para realizar a Expiação.

2.O que O motivou a fazer uma coisa tão inacreditavelmente
difícil e dolorosa.

Dê um Exemplo

1.Descreva os dois tipos de pessoas mencionados por Isaías nos
versículos 10–11.

2.Pense numa situação enfrentada pelas pessoas de sua idade. Dê
um exemplo de como cada um dos tipos diferentes de pessoas
descritos por Isaías agiria nessa situação.

Isaías 51–52

Despertai! E Vinde até Ele

Seguindo o mesmo tema cheio de esperança dos capítulos
anteriores, Isaías 51–52 está repleto de palavras encorajadoras
para aqueles que confiam no Senhor. Nos capítulos 51–52,
lemos sobre o grande poder que o Senhor tem sobre todas as
coisas, mas especialmente sobre os inimigos de Israel. As
pessoas no cativeiro do pecado podem comparar essas
escrituras a si mesmos e receber esta mensagem: O Senhor
proporcionará vigorosa ajuda a Seus filhos que se desviaram
do caminho mas que agora depositam sua confiança Nele e
guardam Seus mandamentos.

Isaías 53

O Sofrimento de Jesus Cristo
É Predito

Muitas pessoas gostam bastante e
citam Isaías 53 por causa de seu
tocante testemunho da missão de
Jesus Cristo. Esse capítulo
contém a profecia de Isaías sobre
um Messias que salvaria Seu
povo, não pela espada e guerra,
mas por meio de humilde
sofrimento. Leia Isaías 53
cuidadosamente e preste atenção
ao que Isaías estava tentando
ajudar-nos a sentir e compreender
sobre o Messias.

Compreensão das Escrituras

Isaías 53

Estudo das Escrituras

Conhecimento de Escritura—Isaías 53:3–5

Faça uma tabela como a seguinte em seu caderno. Depois de ler os
versículos citados na segunda coluna, encontre um versículo de
Isaías 53 que pareça profetizar o acontecimento que você leu. Na
terceira coluna, explique brevemente por que escolheu esse
versículo de Isaías 53 e o que ele diz sobre o Salvador.

O Que Isso O Faz Sentir?

Tendo lido todas as escrituras acima e todo o capítulo 53 de Isaías,
escreva um parágrafo ou dois sobre o que mais lhe impressionou
no capítulo 53 e diga como se sente sobre o que Salvador fez por
nós e por toda a humanidade.

B

Mateus 13:54–58

D&C 19:16

Lucas 22:54–62

João 1:11

Mateus 26:36–46

Mosias 3:7

2 Néfi 9:21

Alma 7:11–13

Marcos 15:25–28

João 19:4–12

João 19:38–42

D&C 45:3–5

Versículo de Isaías 53

Cumprimento

Explicação

A

Dores(vv. 3–4, 10)—
Enfermidades

Não fazer caso(v. 3)—Não
considerar importante

Atingido(vv. 4, 8)—Punido

Pisaduras(v. 5)—Feridas

Tosquiadores(v. 7)—Pessoas
que cortam a lã das ovelhas

Engano(v. 9)—Palavras falsas,
desonestidade

Trabalho(v. 11)—Sofrimento

Justificar(v. 11)—Tornar
correto

Despojo(v. 12)—Coisas ou
bens tirados de outros

Interceder(v. 12)—Agir em
favor de outra pessoa

B

A

151

Isaías 54

O Marido Bondoso

Ao dirigir-se aos filhos dispersos e cativos de Israel em Isaías
54, o Senhor comparou Seu relacionamento com eles com um
vínculo matrimonial: Embora estivessem separados por um
tempo, Ele prometeu recebê-los de volta com misericórdia e
bondade e ser seu “marido” para sempre. (Isaías 54:5) Essa
promessa pode ser considerada uma mensagem pessoal de
esperança para pessoas em pecado que acham que o Senhor
jamais as aceitará de volta, mesmo que se tenham arrependido.

Isaías 55

Um Convite do Senhor

Isaías 55 é outro chamado do
Senhor para que nos acheguemos a
Ele. No capítulo 55, Ele nos dá
mais motivos pelos quais a Israel
dispersa e todos nós queremos
confiar Nele e segui-Lo. Aprimeira
palavra, “Ó”, é um chamado para
que prestemos atenção e nos
aproximemos. “Ó” geralmente se
associa a um gesto da mão,
convidando para aproximar-nos.

Compreensão das Escrituras

Isaías 55

Isaías 55:3–4—Por Que Ele Está Falando sobre Davi?

O “Davi” aqui mencionado se refere na verdade a Jesus Cristo, que
era herdeiro legítimo do trono de Davi. É interessante notar que o
nomeDaviem hebraico significa “amado”. Geralmente, quando
mais tarde os profetas do Velho Testamento se referem a Davi, eles
estão falando sobre o trono de Davi e sobre o Messias.

Estudo das Escrituras

Em Suas Próprias Palavras

1.Compare Isaías 55:1–2 com 2 Néfi 9:50–51 onde Jacó parece
estar usando as palavras de Isaías. Com suas próprias palavras,
explique o que acha que esses versículos significam.

2.Como acha que uma pessoa pode “comprar” e “comer” o
alimento que o Senhor está oferecendo nesses versículos? Ao
escrever sua resposta, leia João 4:10–14 ou João 6:29–35, 47–51,
para ajuda.

Conhecimento de Escritura—Isaías
55:8–9

1.Faça um desenho que represente a mensagem desses dois
versículos.

2.Como a mensagem desses versículos é consoladora?

3.Leia Jacó 4:8 e diga como podemos compreender os
pensamentos e caminhos de Deus.

Isaías 56

O Senhor Salva Todas as Nações

Isaías 56 relata que o Senhor disse que salvaria os filhos de
Israel e ofereceria as mesmas bênçãos a todos que as
desejassem. Observe os termos “filhos dos estrangeiros” no
versículo 6 e “outros” no versículo 8.

Isaías 57

O Senhor Tem Poder
para Curar

Nos últimos quatro versículos de Isaías 56, Isaías começou a
falar diretamente para o povo acerca de seus pecados. Suas
advertências continuam até o capítulo 59. Isaías 57 relata as
vigorosas palavras que proferiu contra os adoradores de ídolos.
Ele novamente usou o símbolo do casamento para representar
o relacionamento de convênio entre Israel e o Senhor. Se
aqueles que fizeram convênio com o Senhor estavam
simbolicamente casados com Ele, então aqueles israelitas que
adoravam outros deuses eram “adúlteros”. Isaías falou sobre o
que aconteceria a eles devido a seus pecados e mostrou que
muitas vezes somos punidos por causa de nossos pecados bem
como por intermédio de nossos próprios pecados. Isaías
também explicou o que o Senhor faria para os que
permanecessem fiéis. Permanecer fiel naquela época era difícil
porque a maioria das pessoas tinha abandonado o Senhor, e
toda a nação estava sentindo os efeitos disso.
Conseqüentemente, o Senhor usou palavras como “vivificar”
(v. 15), “sarar” (vv. 18–19) e “consolação” (v. 18).

B

A

Inclinai os vossos ouvidos(v.
3)—Ouçam

152

Isaías 58

O Jejum e o Dia do Senhor

Antes de ler Isaías 58, pense nas seguintes perguntas.

Qual é o propósito do jejum? Qual é o jejum mais
significativo que você já fez? Por quê? Qual é o propósito de
se santificar o Dia do Senhor? Que bênçãos você recebeu por
santificar o Dia do Senhor?

Compreensão das Escrituras

Isaías 58

Estudo das Escrituras

Faça uma Tabela

Em seu caderno, faça uma tabela como esta abaixo e preencha com
o que encontrar em Isaías 58:3–12.

Dê Exemplos

1.Em Isaías 58:13–14, o Senhor deu-nos princípios que nos ajudam
a saber como santificar o Dia do Senhor. Faça uma lista desses
princípios. Leia Doutrina e Convênios 59:9–14 e acrescente à sua
lista de princípios para santificar o Dia do Senhor.

2.Para cada princípio alistado, dê um exemplo de como uma
pessoa poderia seguir esse princípio no Dia do Senhor. Depois,
dê um exemplo de como alguém pode violar esse princípio no
Dia do Senhor.

3.Faça uma lista das bênçãos prometidas pelo Senhor por
guardarmos o Dia do Senhor de acordo com Isaías 58:13–14.

Isaías 59

Pecados e Conseqüências

Freqüentemente somos punidos por intermédio de nossos
pecados além de sermos punidos por causa deles, porque todos
os pecados têm conseqüências. Em Isaías 59:1–15, o Senhor
disse a Israel quais eram seus pecados e explicou que enquanto
continuassem em pecado Ele não poderia ajudá-los. Eles
precisavam continuar a sentir as conseqüências daqueles
pecados. Por outro lado, nos versículos 16–21, o Senhor falou
sobre o auxílio que Ele dará aos justos.

Isaías 60

Deixa Tua Luz Brilhar

O Élder Boyd K. Packer profetizou: "De todo o mundo,
aqueles que agora chegam às dezenas de milhares
inevitavelmente virão como um dilúvio para onde a família
está segura. Aqui [na Igreja] adorarão ao Pai, em nome de
Cristo, e pelo dom do Espírito Santo, saberão que o evangelho
é o grande plano de felicidade, de redenção”. (ALiahona, julho
de 1994, p. 24.)

Aprofecia do Élder Packer se
assemelha muito à de Isaías
60. No capítulo 60, Isaías
fala de um dia de escuridão
sobre a Terra quando Sião
será reconstruída e se
destacará como uma luz
brilhante, e todas as nações
da Terra virão honrá-la e
buscar sua liderança.

Esperança de
Vida Eterna

Casamento
no Templo

Consciência
Limpa

Avançamento
no Sacerdócio

Corpo
Sadio

Missão

Investiduras do Templo

Forte
Testemunho

B

O Que Devemos
Fazer Quando
Jejuamos

O Que Devemos
Evitar Quando
Jejuamos

Bênçãos que o Senhor
Promete por Jejuarmos
do Modo que Ele Ordenou

A

Junco(v. 5)—Planta com caule
comprido

Jugo(vv. 6, 9)—Instrumento de
madeira ou metal que é
colocado no pescoço e ombros
de dois animais que combinam
sua força para puxar uma
carroça ou arado. “Jugo”, neste
versículo, simboliza fardos,
como a pobreza ou pecado.

Carne(v. 7)—Família

Abrir a alma(v. 10)—Dar

Fartar(vv. 10–11)—Aliviar o
sofrimento

Ruínas(v. 12)—Lugar deserto,
destruído

Roturas(v. 12)—Coisas
destruídas

Se desviares o teu pé(v. 13)—
Se não pisares

Herança(v. 14)—Bênçãos

153

Isaías 61

AMissão do Senhor e Seus
Servos

Isaías 61 é outro capítulo que fala das bênçãos que podem
advir ao povo de Deus se eles forem fiéis a Ele. Nos primeiros
três versículos, Isaías falou de sua missão de elevar e abençoar
a casa de Israel. Contudo, a missão se aplica mais plenamente
ao Salvador, e Isaías simplesmente O representou perante o
povo. Esses versículos podem ajudar a descrever a missão de
todos os que são chamados para representar o Salvador.

Compreensão das Escrituras

Isaías 61:1–3

Estudo das Escrituras

Explique o Cumprimento

1.Leia Lucas 4:16–21 e explique o que Jesus disse a respeito de
Isaías 61:1–3.

2.Escreva como o Salvador cumpriu as profecias desses versículos
e como Ele continua a cumprir essas profecias.

Isaías 62

ARedenção da Casa de Israel

Isaías 62 novamente descreve as bênçãos que a casa de Israel
receberá no dia de seu arrependimento. Essas promessas também
podem aplicar-se a indivíduos que se arrependeram e se achegaram
a Jesus Cristo e à Sua Igreja as bênçãos são as mesmas.

Isaías 62 também ensina que Isaías e outros servos do Senhor
não deixarão de pregar, trabalhar e esforçar-se em favor do
povo do Senhor até que todas as bênçãos mencionadas sejam
cumpridas. (Ver vv. 1, 6–7, 10.)

Isaías 63

ASegunda Vinda de
Jesus Cristo

Isaías 63 relata eventos que acontecerão na época da Segunda
Vinda de Jesus Cristo.

Compreensão das Escrituras

Isaías 63:1–9

Estudo das Escrituras

Descubra Informações sobre a Segunda
Vinda

Leia também Doutrina e Convênios 133:45–53 e descubra as
respostas das seguintes perguntas sobre a Segunda Vinda:

1.Como o Senhor estará vestido?

2.Por que Ele se vestirá assim?

3.O que o Senhor dirá?

4.Que emoções o Senhor sentirá?

5.O que os “redimidos” dirão quando Ele vier?

Isaías 64

AOração dos Justos

Isaías 64 está escrito em forma de oração. Aoração expressa o
desejo de que o Senhor venha, destrua os iníquos e recompense

A

Vestidura(vv. 1–2)—Roupa

Vingança(v. 4)—Julgamento

Furor(vv. 5–6)—Ira

Angústia(v. 9)—Provações e
problemas

Redimiu(v. 9)—Pagou o preço
para libertar alguém do
cativeiro

A

Manso(v. 1)—Humilde e
obediente

Dia da vingança(v. 2)—Dia em
que Deus punirá os iníquos e
recompensará os justos

Glória em vez de cinzas(v.
3)—Refere-se ao costume de
jogar cinzas na cabeça quando a
pessoa estava profundamente
entristecida. O Senhor
prometeu glória, o que significa
que as pessoas não mais terão
motivo para lamentar-se

154

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->