P. 1
MODULO DE QUÍMICA' 20100410112150 (CONDOEIRA,Silva)

MODULO DE QUÍMICA' 20100410112150 (CONDOEIRA,Silva)

|Views: 8.029|Likes:
Publicado porSilva Condoeira
CONDOEIRA,Silva
CONDOEIRA,Silva

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Silva Condoeira on Sep 05, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/13/2013

pdf

text

original

Natureza dos reagentes,
Superfície de contacto,
Temperatura,
Pressão,

Concentração,
Catalisador,
Luz.

NEICA | Núcleo de Estudantes para a Interação Científica e Académica

61

Passemos agora a analisar cada um dos factores:

a) Natureza dos reagentes

São mais rápidas as reacções que devido à natureza dos seus reagentes, há

menos ligações químicas para quebrar.

b) Superfície de contacto (estado de divisão dos reagentes)

ao aumentar a superfície de contacto, aumenta a probabilidade de ocorrência de

choques eficazes/efectivas e aumenta a velocidade da reacção.

c) Temperatura

Ao aumentara temperatura, aumenta a energia cinética das partículas

(movimento das partículas) e isso provoca ou aumenta a probabilidade de

ocorrência de choques eficazes, o que resulta no aumento da velocidade da

reacção.

5.2.1. Regra de Vant Hoff

A dependência da velocidade da reacção (ou da constante de velocidade da reacção) da

temperatura pode ser expressa através da equação:

Onde: t

v e t

Ksão a velocidade e a constante de velocidade à temperatura C

t

t

v ∆

+ e

t

t

K ∆
+

são a velocidade e a constante de velocidade à temperatura

C

t)º

+
(t ∆

υ é o coeficiente térmico

Exemplo: quantas vezes aumenta a velocidade da reacção quando a temperatura passa

de 20ºC para 75ºC?

C

20)º

-

(75

=

t

287

10

=

=

′ ∆t

v

v

υ

287

8,
210

55

=

=

v

v

c) Concentração dos reagentes

Ao aumentar a concentração dum reagente, aumenta a energia cinética das

partículas por unidade de volume e consequentemente aumenta-se a

probabilidade de ocorrência de choques, o que resultam num aumento da

velocidade.

NEICA | Núcleo de Estudantes para a Interação Científica e Académica

62

d) Pressão e/ou Volume

Ao aumentar a pressão dum sistema (ou diminuir o volume, a consequência é a

mesma), resulta num aumento da concentração e a velocidade aumenta pela

explicação dada na concentração dos reagentes.

nRT

PV =

e) Catalisador

Um catalisador numa reacção química diminui a energia de activação (encurta o

caminho da reacção), por isso, aumenta velocidade da reacção.

Ea1 – energia de activação da reacção directa com catalisador

Ea2 – energia de activação da reacção inversa sem catalisador Ea1 < Ea2

Inibidor – substancia que diminui a velocidade de uma reacção, pois aumenta a energia

de activação.

Lembre-se que um catalisador não age como reagente, por isso não se gasta durante a

reacção, ele é recuperado no fim do processo.

Um catalisador tem acção específica, quer dizer, cada catalisador actua numa

determinada reacção e pode não actuar noutras.

As reacções biológicas são catalisadas por enzimas. As enzimas são substâncias de

natureza proteica.

NEICA | Núcleo de Estudantes para a Interação Científica e Académica

63

f) Luz

Há reacções que só decorrem na presença de luz, portanto, não podem decorrer

no escuro.

Ex.: halogenação de hidrocarbonetos

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->