P. 1
Nbr_13485_-_Manutencao_De_Terceiro_Nivel_(Vistoria)_Em_Extintores_De_Incendio

Nbr_13485_-_Manutencao_De_Terceiro_Nivel_(Vistoria)_Em_Extintores_De_Incendio

|Views: 2.176|Likes:

More info:

Published by: raphaeladecarvalho2970 on Sep 08, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/21/2013

pdf

text

original

Cópia não autorizada

Procedimento NBR 10721 . Extinção de incêndio.3 Recarga Reposição ou substituição da carga nominal do agente extintor ou expelente.Cor na segurança do trabalho .1997 Incorpora Emenda nº 1/1997 Palavras-chave: Extintor.Especificação NBR 11762 .Especificação NBR 11715 .Especificação NBR 12274 . manutenção e recarga em extintores de incêndio . 3 Definições Para os efeitos desta Norma são adotadas as definições de 3.Extintores de incêndio com carga para espuma mecânica . que se realiza no extintor de incêndio com a finalidade de verificar se este permanece em condições originais de operação.1 Inspeção Exame periódico efetuado por pessoal habilitado.BR Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA Procedimento Copyright © 1997.Inspeção em cilindros de aço sem costura para gases .Extintores de incêndio portáteis de hidrocarbonetos halogenados .2 Manutenção de terceiro nível (vistoria) Processo de revisão total do extintor.Cópia não autorizada Cópia impressa pelo Sistema CENWIN OUT 1997 NBR 13485 Manutenção de terceiro nível (vistoria) em extintores de incêndio ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeiro Av. 3.Especificação . Treze de Maio. 3.Extintores de incêndio com carga d’água .5 Ensaio hidrostático Aquele executado em alguns componentes do extintor de incêndio sujeitos à pressão permanente ou momentânea.03 . 3. Incêndio 2 páginas 1 Objetivo Esta Norma fixa as condições mínimas exigíveis para a manutenção de terceiro nível (vistoria) em extintores de incêndio. utilizando-se normalmente a água como fluido.Maintenance of third level (survey) in fire extinguishers Procedure Descriptors: Extinguishers.Especificação NBR 11716 .Inspeção.: PABX (021) 210 -3122 Telex: (021) 34333 ABNT .1 a 3. 2 Documentos complementares Na aplicação desta Norma é necessário consultar: NBR 7195 . Fire Válida a partir de 01. que tem como principal objetivo avaliar a resistência do componente a pressões superiores à pressão normal de carregamento ou pressão de trabalho do extintor.Extintores de incêndio com carga de gás carbônico . 13 .4 Componentes originais Aqueles que formam o extintor como originalmente fabricado ou que são reconhecidos pelo fabricante do extintor.Comissão de Estudo de Extintores de Incêndio NBR 13485 .Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro .Especificação NBR 11751 . 3. ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados Origem: Projeto de Emenda NBR 13485/1997 CB-24 .RJ Tel. 3.Procedimento NBR 12962 .Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio CE-24:302. incluindo a execução de ensaios hidrostáticos.12.5.28º andar CEP 20003 .Extintores de incêndio com carga de pó químico .

o vistoriador fica impedido de executar a manutenção.Cópia não autorizada 2 Cópia impressa pelo Sistema CENWIN NBR 13485/1997 4 Condições específicas 4. 4. o extintor deve ser lacrado para permitir identificar. ou quando apresentarem qualquer situação prevista a seguir: a) corrosão no recipiente ou nas partes que possam ser submetidas à pressão momentânea ou que estejam submetidas à pressão permanente. devem ser utilizados componentes originais conforme definido em 3. b) logotipo ou marca da empresa vistoriadora. 4.1 0 relatório de ensaio hidrostático para recipientes de baixa pressão deve conter no mínimo as seguintes informações: a) data do ensaio e identificação do responsável técnico. d) recarga do extintor de incêndio conforme especificado na NBR 12962. NBR 11751 e NBR 11762) devem ser vistoriados em um intervalo máximo de cinco anos. e) aprovação ou motivo da reprovação. da seguinte forma: a) ano de execução do ensaio hidrostático.3 A remarcação das massas cheia e vazia do extintor de dióxido de carbono (gás carbônico). quando houver. 4. deve ser feita sobre a área própria do corpo da válvula de descarga. b) identificação do recipiente (número de série e massa do agente extintor). 4. antes do ensaio hidrostático.4 Todos os extintores de incêndio (ver NBR 10721.7.2 Para a manutenção das condições de operação do extintor de incêndio. 4. contados a partir de sua data de fabricação ou da última vistoria.7 O relatório de ensaio hidrostático deve ser de acordo com 4. c) remoção da pintura existente e aplicação de novo tratamento superficial do cilindro e componentes. a identificação da vistoria deve ser executada. 4. desde que estes constituam parte integrante de componentes sujeitos à pressão permanente ou momentânea.5.4 Extintores de incêndio e cilindros de gás expelente que não possuam a identificação do fabricante ou que não estejam em conformidade com as normas vigentes ficam impedidos de ser vistoriados. NBR 11716.2. 4. posteriormente. ou cilindro de gás expelente. d) pressão do ensaio.1 e 4. 4.6 Executado o serviço.7. b) ilegibilidade das gravações da data de fabricação ou vistoria. sempre que possível.1 A manutenção de terceiro nível (vistoria) consiste em: a) ensaio hidrostático do recipiente para o agente extintor e do cilindro para o gás expelente. ou nas partes externas contendo mecanismo ou sistemas de acionamento mecânico. d) existência de reparos na solda ou deformações mecânicas em partes sujeitas à pressão permanente ou momentânea.5. 4. .5 O recipiente do extintor a ser ensaiado deve ser identificado à punção. o puncionamento deve ser executado conforme a NBR 12274.5. NBR 11715.7. 4.2 O relatório de ensaio hidrostático para cilindros de alta pressão deve atender ao especificado na NBR 12274.1 Para cilindro de alta pressão usado como recipiente ou cilindro de gás expelente de extintores.2 Para todos os extintores de incêndio. com autorização do proprietário. A remoção da pintura existente deve preceder necessariamente ao ensaio hidrostático. devendo informar ao solicitante que o extintor de incêndio em questão deve ser posto fora de operação. 4. c) marca e ano de fabricação ou da última vistoria. na alça de transporte ou acionamento. onde necessário (ver NBR 7195).2. se este foi violado. 4. ser destruído.5. c) defeito no sistema de rodagem.7. em partes integrantes do recipiente que não estejam submetidas à pressão. b) ensaio hidrostático da válvula de descarga e mangueira.4. c) o termo VIST.3 Ocorrendo qualquer situação divergente do previsto em 4. devendo o extintor em questão ser posto fora de uso e.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->