Você está na página 1de 2

CAPITULO

TUDO COMECOU ASSIM


oi em 1972 que a Igreja Adventista do Stimo Dia tentou, pela primeira vez, criar um programa especfico para as crianas menores de dez anos. Isso aconteceu em Washington (EUA), sob a direo de Carolee Riegel, num Clube chamado Os Castores. Em 1975, outra Associao (a do Nordeste EUA) realizou um programa focado neste grupo especial e, cinco anos mais tarde, vrias Associaes j estavam seguindo estes exemplos pioneiros. A idia ganhou forca e foi copiada em muitos e muitos lugares. Em 1988, a Diviso Norte Americana convidou as Associaes interessadas e pessoas especializadas em crianas para estudar a oficializao do Clube de Aventureiros. (Em algumas localidades j se usava este nome). Uma comisso se reuniu, um ano mais tarde (1989) para atualizar o currculo, as Especialidades e estabelecer normas para a organizao e funcionamento do Clube. Participaram deste trabalho lderes da Escola Sabatina infantil, educadores, coordenadores do Ministrio da Criana (das Unies e Associaes), e outros especialistas em famlia e educao infantil. No mesmo ano (1989), a Associao Geral oficializou as Classes dos Aventureiros (Abelhinhas Laboriosas, Luminares, Edificadores e Mos Ajudadoras), confirmando o trabalho feito por Teresa Reeve. Ela escreveu o currculo dos

Aventureiros com o objetivo de facilitar criana partilhar sua f, se preparar para esta vida e para a vida eterna. Em 1990, o plano piloto do Clube de Aventureiros foi iniciado nos Estados Unidos, na Diviso Norte Americana. Em 1991, a Associao Geral o autorizou, como programa mundial, estabelecendo seus objetivos, currculo, bandeira, uniforme e ideais. Esta a parcela da historia que outros escreveram. Uma parte, ainda no narrada, desta histria, vai acontecer (ou j est acontecendo) a, em sua igreja local na verdade, estes sero os captulos mais relevantes dela, do seu ponto de vista e do ponto de vista de suas crianas. Viva bem esta experincia pode ser, at, que algum dia ela seja, tambm, contada em um outro livro de receitas ...

11

MANUAL ADMINISTRATIVO

12