P. 1
Isaías (Moody)

Isaías (Moody)

|Views: 4.926|Likes:
Publicado porAntonio Gomes

More info:

Published by: Antonio Gomes on Sep 13, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/06/2013

pdf

text

original

Sermão II. O Pecado de Israel e a Obediência do Servo. 50:1-11.
1-3. Não foi por inclinação pessoal que Deus abandonou Israel, sua
esposa convencional, durante o cativeiro na Babilônia, mas antes por
compulsão da iniqüidade incorrigível do próprio Israel e por causa de sua
surdez aos apelos dEle. Não foi também por Jeová dever alguma coisa
aos caldeus que venderia Judá como escravo. Sua onipotência era a
mesma para libertar o Seu povo deles ou de qualquer outro inimigo,
quando achasse bom e apropriado fazê-lo.
4-9. Por meio de um contraste o Senhor Jesus é apresentado como o
verdadeiro Israel, o Servo inteiramente obediente. Língua de eruditos
(E.R.A.). Antes, dos que foram ensinados. Isto é, o Messias falaria como
alguém a quem Deus tivesse ensinado sua verdadeira mensagem de
conforto àqueles que estão cansados do pecado. Todas as manhãs
caracteriza seus encontros matinais a sós com o Pai.
5. Diferentemente do Israel nacional, o Servo apresentada a Deus
obediência perfeita e disposição de enfrentar humilhação e perseguição
por amor do Pai.

Isaías (Comentário Bíblico Moody)

102
7. Este versículo fala profeticamente da confiança sublime e calma
majestosa que nosso Salvador manteve durante Seus sofrimentos na
Sexta-feira Santa, sustentado pela consciência de estar dentro da vontade
de Deus (v. 8) e, portanto, na posição certa contra todos os assaltos e
calúnias dos seus inimigos. Ele estava confiante na vitória que seu Pai
lhe concederia através da crucificação e do sepultamento e que seus
oponentes seriam inexoravelmente consumidos pelo juízo divino (até o
golpe final da tomada de Jerusalém por Tito em 70 A. C.).
10, 11. Deus enviada a libertação aos crentes confiantes, mas
condenação ardente àqueles que se rebelavam contra a Sua soberania.
Observe que o Servo devia falar com uma autoridade que tinha de ser
obedecida e que a salvação só seria recebida pelos pecadores por meio
da fé, confiando na graça de Deus. Setas incendiárias (tições). Esses
incendiários que incendiariam o acampamento do Senhor seriam eles
mesmos consumidos pelo fogo da destruição que esperavam infligir aos
outros.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->