P. 1
Reconhecendo o Senhorio de Cristo

Reconhecendo o Senhorio de Cristo

|Views: 56|Likes:
Publicado porLuana Raquel

More info:

Published by: Luana Raquel on Sep 18, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/25/2012

pdf

text

original

Sections

  • Introdução
  • Problema de submIssão
  • Quem de fato é senhor
  • submIssão aos camInhos de deus
  • o InícIo da fé
  • conclusão
  • Jesus te ama e Quer VocÊ!

Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha 1ª Edição: janeiro/2011 Transcrição: Eliane Condinho Copidesque: Adriana Santos Revisão: Thalita Daher Capa e Diagramação: Junio Amaro

ao prazer. quando se entregam a 5 . em sua epístola aos romanos. escreveu: “Pois vocês sabem muito bem que. mas vividos em Cristo. Obediência. significados que não podem apenas ser conhecidos. aos homens ou a nós mesmos? Paulo. sujeição e humildade são alguns dos significados da palavra submissão.Introdução Reconhecer Jesus Cristo como Senhor é submeter-se a Ele e não aos desejos de um coração enganoso. Será que não estamos nos submetendo ao dinheiro. É fato que se não cuidarmos podemos nos submeter a qualquer coisa para ter aquilo que desejamos.

de fato. escravos dessa pessoa a quem vocês obedecem. Boa leitura! 6 .alguma pessoa para serem escravos dela. vocês podem obedecer ao pecado. Que o Espírito do Senhor ministre à sua vida para que você aceite e escolha viver debaixo da graça. como servo da Justiça. Assim sendo. que produz a morte.” (Romanos 6. ou podem obedecer a Deus e ser aceitos por ele. e é sobre esta verdade que vamos falar nesta edição.16 – Nova Tradução da Linguagem de Hoje. são. e não debaixo do senhorio do pecado.) Ser livre do pecado é ser submisso aos caminhos de Cristo.

que também é pastor.Problema de submIssão Certa vez. almoçando com um amigo. Ele me contou que tempo depois do início dessa batalha. o da religiosidade e o da tradição. que relativamente era uma congregação pequena. cerca de cinquenta pessoas saíram da igreja. 7 . Essas pessoas eram participantes dos cultos. uma batalha espiritual contra dois espíritos que também atuaram entre os fariseus na época de Jesus. falamos sobre a experiência que ele e sua igreja local estavam experimentando.

E o colega pastor enfren8 .das programações realizadas pela igreja. quando ele começou a proclamar o senhorio de Cristo. porém reconhecê-lo como tal não foi possível para eles. cumpriam todas as “obrigações”. Em Romanos. queriam rituais e não relacionamento. está escrito: “Foi precisamente para esse fim que Cristo morreu e ressurgiu: para ser Senhor tanto de mortos como de vivos. mas no momento em que o pastor começou a falar sobre a pessoa de Jesus e a necessidade de um compromisso absoluto com Ele. Senhor. porém precisamos ir ao cerne. verso 9. muitas pessoas disseram “não” a Cristo. não estavam dispostos a caminhar com o Mestre. faziam o que era correto perante homens. capítulo 14. e não fazeis o que vos mando?” (Lucas 6. Muitos sabem que Jesus morreu para nos salvar. aqueles irmãos demonstraram a verdadeira motivação. Houve um momento na trajetória de Jesus que Ele confrontou os seus seguidores dizendo: “Por que me chamais Senhor. talvez chamou Jesus de Senhor.46. quando ele começou a anunciar que Jesus é Senhor.” Esse meu amigo pastor disse que quando ele começou a mostrar para que Jesus havia morrido.) O povo da congregação da qual estamos falando.

mas que faltava a compreensão da base. quando reconhecemos Jesus como Senhor. não exerce domínio sobre os seus súditos. “foi precisamente para esse fim que Cristo morreu e ressurgiu. mas não reina. o significado dela vai além. Para muitos Jesus é um rei assim.tou verdadeiramente uma luta por causa disso. do alicerce cristão. pois a pregação para alguns pode se tornar entretenimento. que tem trono. entretanto. tanto que emagreceu a olhos nus. que é o senhorio de Jesus Cristo. e depois de muito tempo chegou à conclusão de que não adiantava pregar. Foi precisamente para esse fim que Cristo morreu e ressurgiu. para ser Senhor. é dese9 . para ser Senhor. que não adiantava só entreter as pessoas. em tua presença declaramos que és Rei. temos o hábito de usar essa palavra ao se referir a uma pessoa com mais idade ou como forma de demonstrar respeito a alguém. uma figura decorativa. tanto de mortos como de vivos. tem cetro.” A palavra “senhor” caiu no popular. tem coroa. tanto de mortos como de vivos. mas isso é um grande e grave engano. pois como já vimos. não exerce poder para governar.” Nós podemos declarar que Ele é rei. Entoamos uma canção que diz: “Jesus. mas às vezes um rei decorativo.

mas o senhorio de Jesus em toda a plenitude de nossas vidas. Por que Jesus é o Senhor? Lemos em Filipenses. tornando-se obediente até à morte. a si mesmo se humilhou. subsistindo em forma de Deus. pois ele. reconhecido em figura humana. Ao contrário do que se imagina. Jesus Cristo se tornou servo. é ser livre. para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho. é ser liberto do pecado.” O soberano Deus se humilhou. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome. quer trazer. aquele 10 . tornando-se em semelhança de homens. e. não julgou como usurpação o ser igual a Deus. versículos de 5 a 11: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus. e morte de cruz. ter Jesus como Senhor e Salvador de nossas vidas é ter vida verdadeiramente. o Criador tomou a forma da criatura. servir a esse Senhor. não apenas uma mensagem. na terra e debaixo da terra. a si mesmo se esvaziou. nos céus. e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor.jar. capítulo 2. é ganhar a vida eterna. para a glória de Deus Pai. antes. e isso é a melhor coisa que pode acontecer na vida de uma pessoa. assumindo a forma de servo. Eu creio que Deus quer restaurar. acima de tudo.

rejeição. Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo o nome. escárnio. sofreu blasfêmias. 11 . serviu a todos. desceu ao nível mais baixo tendo a morte de cruz. Foi à cruz. enfim.que veio para servir. o nome de Senhor. mas a recompensa foi maior e mais sublime.

12 .

reconhecImento Jesus possui mais de uma centena de nomes. Ele é mais do que o “batizador” no Espírito. Ele é Senhor. no inferno. Ele é mais do que um abençoador. Ele é mais do que um curador. E diante do poder deste nome todos também haverão de se dobrar. Jesus é mais do que salvador. que é o nome de Senhor. É fato que a palavra “senhor” foi popularizada. mas não podemos permitir que o sentido dela se 13 . na terra. nome que um dia todos haverão de confessar. mas Deus deu a Jesus o nome que está acima de todos esses. Paulo nos diz que Deus deu a Jesus um nome que está acima de todos os nomes no céu.

donos dos escravos. são estes: chefe. dono. “meu dono”. Basicamente chefe é aquele que manda. ou seja. não há outra autoridade acima dele. porque ele não era dono de si mesmo. e este tinha o direito de fazer o que quisesse com o escravo. não é difícil. meu dono. Já o dono é o proprietário de alguma coisa. soberano e máxima autoridade. O último significado é “máxima autoridade”. normalmente o empregado sabe bem o que ela representa. O escravo se referia ao dono como “meu amo”. Na época do apóstolo Paulo existia uma instituição terrível. que significa “sobre todos”. Kírios significa senhor. principalmente em referência a Jesus. O terceiro significado da palavra é soberano. O que domina sobre tudo e todos. meu soberano. e o que o escravo tinha que fazer era somente obedecer. que é chefe. ou os amos. amo. e 14 .perca. que dá ordens. Entender o primeiro significado desta palavra. A palavra senhor na língua grega é a palavra “Kírios”. meu amo. que era a escravidão. Existiam os escravos e os donos dos escravos. Alguns dicionários gregos apresentam pelo menos cinco significados básicos para a palavra Kírios. Quando eu digo que Jesus é o meu Senhor. eu tenho que reconhecer que Ele é meu chefe.

fazia referência ao senhor que era chefe. con15 . o soberano. a palavra servo no grego é a “doulous”. amo. por exemplo. o amo. E isso podemos ver também na Bíblia. servos de Cristo Jesus [.]” Não há nada mais nobre do que ser servo de Jesus Cristo. dono. a máxima autoridade sobre ele. a máxima autoridade. tudo o que ele era e possuía era do seu kírios. como a de Filipenses. não tinha direito. está escrito assim: “Paulo e Timóteo. e nesse contexto.. algumas cartas apresentam essa identificação. Na época em que Paulo escreveu aos filipenses. versículo 1. porém demonstrava apenas que todos esses significados diziam respeito ao senhor de escravos. e o escravo ou servo não tinha vontade própria. Para que ele fosse kírios era preciso que tivesse escravos ou servos. Quando um escravo escrevia uma carta ou um bilhete. reconhecer alguém como senhor significa exatamente isso: reconhecer que ele passa a ser realmente o chefe. aquele que possuía escravos no Império Romano era também chamado de kírios. a palavra Kírios era usada em dois sentidos. ele se identificava como sendo escravo. não tinha bens.. No capítulo 1. soberano.a máxima autoridade sobre mim. então. quando escrita com letra minúscula.

com a letra maiúscula. no sentido hierárquico. pois não há servo pequeno nem grande. hoje. que era o imperador César. Muitos dizem que certa pessoa é “grande” servo de Deus. Também na época de Paulo havia uma única pessoa que possuía o título de senhor ou Kírios. infelizmente perdeu o sentido. e este pensava ser um deus. logo Paulo estava dizendo que ele e Timóteo eram escravos de Jesus Cristo. de Roma. O termo “servo de Deus”.tudo. 16 . não tem sido usado corretamente. O povo atribuía a César poderes divinos. mas se ela é servo obviamente não é grande. César era o possuidor. a tradução literal é escravo.

Perguntaram ao Mestre se era lícito pagar tributo a César ou não. Trouxeram-lhe um denário. Então. respondeu: Por que me experimentais. a César o que é de César e a Deus o que é 17 .Quem de fato é senhor Certa feita. lhes disse: Daí. os fariseus tentaram surpreender a Jesus na questão do tributo. E ele lhes perguntou: De quem é esta efígie e inscrição? Responderam: De César. hipócritas? Mostrai-me a moeda do tributo. pois: que te parece? É lícito pagar tributo a César ou não? Jesus. pois. conhecendo-lhes a malícia. porém. “Dizenos.

era a máxima autoridade sobre eles. o sentido do senhorio de Cristo tomou posse da igreja. Jesus se apresentou como Senhor. milhares de nossos irmãos foram mortos. Então.) Isso demonstra o poder. pregou mensagens dizendo o que ele verdadeiramente era.17-21. Não foram mortos porque eram cidadãos de segunda categoria. Todos eram possessão de César. César era esse senhor. No início da Igreja. que este detinha. Mortos não porque estavam roubando. Não foram mortos porque não estavam pagando os impostos. Os irmãos proclamavam que Jesus era Senhor deles. César era o dono de tudo. era o amo. a ponto de quando um que não era cristão passava pelo outro e gritava “César é o senhor”. Rei. A efígie na moeda dizia que tudo pertencia a César. Eles foram levados às arenas. Jesus. César era o chefe. no início de seu ministério. ao mesmo tempo falava que ele era o senhor dele. o cristão dizia que Jesus era o Senhor. Logo após a ressurreição de Jesus. no Império Romano. enquanto senhor. a palavra Kírios denotava a mais alta hierarquia. era o soberano.de Deus” (Mateus 22. 18 . por isso ele podia dispor de quem quisesse. Quando alguém dizia que César era senhor. Senhor.

corpos que iluminaram a cidade de Roma durante uma noite por meio do fogo que os consumia. confessares Jesus como Senhor e.mortos pelos leões. versículos 9 e 10: “Se. mas não tínhamos nenhuma força e o obedecíamos. Satanás era o senhor absoluto de nossas vidas. Como já vimos. que começa com essa mudança de reino. Eles fizeram o que nos ensina Romanos. a Palavra diz que “se. Tínhamos um senhor que nos dominava. e somente pela graça de Deus.” A salvação vem do reconhecimento e da mudança de senhorio em nossa vida. creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos. Antes de nós nos convertermos. verdadeiras tochas vivas. pregados em estacas. confessares Jesus como Senhor”. o reino das trevas. Muitas vezes não queríamos fazer aquilo que ele nos mandava fazer. por um único fator: eles proclamaram que Jesus Cristo era o Senhor. a máxima autoridade sobre eles. capítulo 10. com a tua boca. Porque com o coração se crê para a justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. mas pela graça. Nós o obedecíamos. vivíamos em um reino. 19 . serás salvo. em teu coração. isso é conversão. tiveram os corpos cobertos por piche e depois queimados. com a tua boca. Ele nos libertou do reino dessa escravidão.

ela ganha outra conotação. ser trocado. porém na expressão da nossa vida somos servos. participantes das celebrações. Quando o pastor (mencionado no início dessa mensagem) ensinou aos irmãos de sua congregação sobre o senhorio de Cristo. ser escravo. É preciso confessá-lo “e. e como servos. é ser filho de Deus. e isso pelo significado que ela tem. servo de Cristo. falar a nome de Jesus.porém não basta apenas dizer. aleluia! Legalmente somos filhos de Deus. não serem apenas religiosos. a necessidade de eles obedecerem. serás salvo. em teu coração. Porque com o coração se crê para a justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. muitos têm dificuldade de entender o motivo de associá-la ao relacionamento com Cristo. assumidos. creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos. O Senhor não tem senzala.” Quando eu digo que Jesus é meu Senhor. contudo. devemos ser obedientes. mas viver a realidade que Ele é o nosso Senhor. Quando se pronuncia a palavra escravo. quando se refere a Cristo. pois ser escravo era também ser açoitado. tem um lugar no palácio para os seus filhos. explorado. al20 . digo também que Ele é o meu amo. humilhado. mas cristãos comprometidos.

o meu dono. entretanto. encontra muitas casas disponíveis para ficar. Quando a igreja recebe um visitante e este precisa de hospedagem. que Ele é o meu amo. 21 . e uma nova postura foi adotada pelos membros da igreja. deixaram a comunhão. Quando eu digo que Jesus é o meu Senhor digo. são do Senhor. Então.guns começaram a dizer. Alguns anos atrás. Eles doaram suas casas e seus carros para a igreja onde congregavam. e algo interessante começou a acontecer. mas é dono de tudo que eu possuo. queria pessoas cuidando das casas e dos carros. que hoje eles são apenas mordomos daquilo que o Pai lhes confiou. também. pois os irmãos entenderam que as casas não são deles. o Senhor falou com a Igreja que não queria casas e carros. e foram embora da congregação. No início da década de 70. as casas. a Igreja de Cristo na Argentina viveu uma experiência única. assim como falaram a Jesus também: “Duro é este discurso”. Os carros. todas as casas e todos os carros foram devolvidos. assim como todos os bens. o Espírito do Senhor restaurou entre os irmãos a visão do senhorio de Cristo. logo estão ali para servir. obviamente que Deus não precisa de nada disso.

reconheceram isso. que adquirimos bens. colocam combustíveis. lubrificam.. tome a sua cruz e siga-me. da nossa inteligência. e quando há uma necessidade.) Em outras palavras: “Olha. Não é por causa do nosso esforço. limpo. pagam os impostos.Ele apenas deseja que reconheçamos que tudo vem dele. saúde. é mister socorrer os necessitados e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: Mais bem-aventurado é dar que receber. por isso eles zelam pelos bens. 22 . todos estão disponíveis para servir.” (Marcos 8. para me seguir. limpam. É a graça de Deus.) Jesus tocava no âmago.34.” (Atos 20.] Se alguém quer vir após mim. nada teremos e seremos. reconheceram que tudo aquilo que o Pai confiou a eles é para abençoar aos que precisam.35. a bondade e misericórdia dele que nos permite ter alguma coisa. trabalhando assim. dizendo: “[. E os irmãos da Igreja do Senhor na Argentina entenderam. Logo tudo que abençoa precisa estar impecável. você tem abrir mão do seu ‘eu’”.. conforme nos ensinou Paulo: “Tenho-vos mostrado em tudo que. cuidado. lavam. e não há nada melhor do que servir. trabalho. pois se o Senhor não nos conceder tudo isso. a si mesmo se negue.

os irmãos desta congregação entenderam sobre a importância e a bênção da obediência. assim como o relacionamento com o Senhor.submIssão aos camInhos de deus Na Igreja da Argentina. Escolheram viver em santidade. Todos passaram a obedecer ao Senhor com alegria. isso porque também entenderam que pecar é uma escolha. Escolhemos ter ou não Jesus como Senhor da nossa 23 . quando o senhorio de Cristo foi restaurado.

que me falta ainda? Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito. retirou-se triste. e Jesus viu que ele conhecia mesmo. Tendo. viu o seu amor. Esse homem era muito rico. vem e segue-me. não adulterarás. vai vende os teus bens.vida. E ele lhe perguntou: Quais? Respondeu Jesus: Não matarás. porém viu também que faltava algo. Ele também não escraviza aquele que escolhe servi-lo. A Bíblia fala sobre um moço que perguntou a Jesus o que era necessário para ele alcançar a vida eterna. porém. aproximando-se. guarda os mandamentos. lhe perguntou: Mestre. honra a teu pai e a tua mãe e amarás o teu próximo como a ti mesmo. por ser dono de muitas propriedades. o jovem ouvido esta palavra. dá aos pobres e terás um tesouro no céu. que farei eu de bom. porém. Vamos ao texto: “E eis que alguém. Jesus olhou para o coração desse rapaz e viu sinceridade. Se queres.1624 . Não pense que Jesus obriga a pessoa a seguilo ou invade a vida de alguém para que ele o receba. não furtarás. não dirás falso testemunho. Replicou-lhe o jovem: Tudo isso tenho observado. conhecia os mandamentos desde a infância. para alcançar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me perguntas acerca do que é bom? Bom só existe um. entrar na vida.” (Mateus 19. depois.

Quem é o seu senhor. que tinha o nome de Levi. o que equivale a dez por cento. o restante. este se entristeceu e foi embora. Jesus não relativiza os absolutos dele. as melhores para a nossa vida. cheio que tarefas a realizar. Ele escolheu continuar com as riquezas terrenas. Levi estava assentado na coletoria. todavia ele abandonou tudo para seguir o Senhor (Marcos 25 . não implorou para que não fosse embora. com os bens corruptíveis.22. não insistiu para que ele ficasse. mesmo quando elas não são as mais sábias. para segui-lo. ou não é. Mas será que Jesus queria deixar aquele moço na miséria? Absolutamente. Jesus respeita as nossas decisões. pode ficar do jeito que está. ele não recusou. seria como uma pedra fora de lugar num alicerce. O Senhor não está interessado em coisas. Jesus. Ou Jesus Cristo é cem por cento. Jesus ao chamar Mateus.) Quando Jesus pediu a esse moço para vender tudo. dizendo: “Ah. é todo seu”. É só você entregar o dízimo do que possui. diante da decisão desse rapaz. Jesus também não fez um acordo com esse moço. Se esse moço tivesse perseguido o Senhor do jeito como estava. o Senhor está interessado em saber quem de fato o tem como seu dono. tudo em sua vida. noventa por cento.

e eu vos farei pescadores de homens. 26 .19.” (Mateus 4. Quem é esse que vem dar ordens? Quem é esse que quer mandar na minha vida? Mas eles deixaram tudo e o seguiram.2.) Eles não sabiam quem era Jesus. mas havia algo no Senhor que cativava.14). Pedro e João estavam à beira do mar quando Jesus passou por eles e disse: “Vinde após mim.

Discípulos foram aqueles que abandonaram tudo a fim de seguir Jesus. será uma pedra fora do lugar. são raramente vistos na Bíblia. Já a palavra discípulo é apresentada 250 vezes no Novo Testamento. pois sem tal compreensão a pessoa continua tendo a mentalidade do mundo. a de que “cada um faz o que quer. o impor27 . Mas aquele que decide fazê-lo sem ter o entendimento de que Jesus é o Senhor. tais como crente e convertido. os termos que usamos para definir aquele que decide seguir a Cristo. E Jesus nunca baixou uma condição para que as pessoas pudessem segui-lo.o InícIo da fé Normalmente.

Alguns têm recebido a Jesus apenas como curador (e há algumas igrejas que apresentam Jesus apenas como curador. crescendo em ações de graças. porém Jesus não é apenas um curador). no qual temos a redenção. capítulo 2. capítulo 1.tante é ser feliz”. Mas infelizmente isso não tem sido realidade na vida de muitos. É verdade que Ele cura. versos 6 e 7. e confirmados na fé. nele radicados. Em Colossenses. e edificados.” Em Colossenses. mas olhando só por essa ótica. verso 13 e 14. a remissão dos pecados. como recebestes Cristo Jesus.” O termo “recebestes” refere-se a aceitar os ensinamentos de Cristo assim como aceitar o próprio Cristo como único Senhor e Salvador. assim andai nele. tal como fostes instruídos.” Note bem: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor. o Senhor. Outros apresentam Jesus somente como libertador: “Ah! Jesus 28 . não receberá de fato a pessoa de Jesus. no qual temos a redenção. a remissão dos pecados. pois ele é mais do que alguém que realiza curas e milagres. e em todas as reuniões é apresentado apenas o Jesus curador. diz: “Ora. está escrito assim: “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor.

expulsou 28 demônios daquela criança”. Há os que conhecem Jesus só como abençoador. Ao escolher caminhar com Jesus é preciso conhecer. contudo ambos não recebem o cônjuge de acordo com aquilo que ele pode oferecer.. amigo(a). apenas por aquilo que Ele pode realizar em suas vidas. “Você aceita fulano(a) como seu esposo(a)?” Ainda não ouvi ou fiquei sabendo de um celebrante que perguntou assim: “Você aceita fulano(a) como lavadeira. provedor. Não procure conhecer apenas uma faceta do Mestre. apenas sob um único aspecto. alguns hoje enxergam a Jesus com a visão distorcida. antes de tudo.?” A mulher e o homem podem ser tudo isso e muito mais. quem de fato Ele é. não entenderam nada acerca dos ensinamentos e da pessoa de Cristo Jesus. Enfim.. pelo menos esse não deve ser o motivo do casamento. pai de seus filhos. E tal como o olhar de alguns sobre o casamento. aquele que tem o dever de apenas abençoar. Quando se celebra um casamento. ajudadora. mas por aquilo que pode ser. normalmente o celebrante faz uma pergunta comum a todos os casais. deseje co29 . companheiro(a). e não somente o que Ele pode realizar. cozinheira.

Imagine uma pessoa que nasceu e mora no país dela. mas não de nacionalidade. 30 . o querer e o efetuar vêm do Senhor. No reino das trevas há um senhor que é satanás. preciosa leitora. Então ela procura o governo de seu país e diz a ele que não quer mais ser cidadã deste. para o reino de Deus. Amado leitor. E o batismo representa essa realidade. Obviamente ela poderá mudar de nação. mas que de repente decidiu ter outra nacionalidade. a Máxima Autoridade e o Chefe.nhecer o Dono. Por isso que no Reino não existe uma mudança de cidadania simplesmente. o Amo. ninguém pode conhecer a Jesus como Senhor a não ser experimentando o novo nascimento. E semelhantemente assim é o novo nascimento. a gente morre e ressuscita para uma nova vida. do reino das trevas. porque somente através do novo nascimento é que podemos receber de Deus a natureza dele. É preciso que a pessoa nasça de novo. Isso só seria possível se a pessoa morresse e ressuscitasse em outra nação. o Soberano. A única maneira de passarmos de um reino. é através da morte e da ressurreição.

Imagine um navio em alto mar que foi torpedeado. e também há um senhor.conclusão Tanto no reino das trevas quanto no reino da luz há leis e domínio. conforme vimos na Palavra de Deus. usarei a figura de um navio. e quero 31 . nós estamos a milhares de quilômetros de qualquer ilha. “Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor. Mas ao contrário do reino das trevas.13. A fim de tentar esclarecer ao máximo sobre este reino. de qualquer porto. De repente o capitão diz: “Olha.” (Cl 1.) No reino das trevas há uma lei simples que o rege. o Senhor que temos no reino da luz é libertador.

Tudo isso é por causa de uma semente que está dentro de nós. logo os que nele estão não se submetem à autoridade. por exemplo. ele jamais faria isso por causa da consequência. afinal. a da rebelião. Na verdade a punição é que nos impede de fazer algo de errado. vamos morrer mesmo. matar. Já notou o quanto é fácil burlar alguma coisa. se drogar. quando nós entramos no reino de Deus. cada um faz o que quer. Podem se prostituir. e assim também é no reino das trevas. Entretanto. nada é proibido. ele simplesmente entra na via. Se tivesse uma autoridade no local. porém não sabemos quando isso vai ocorrer. todos estão indo a caminho do pior lugar. capacho do pior e mais cruel senhor. pensam que são livres. E já que o navio está torpedeado. vocês podem fazer o que quiserem. quando na verdade são escravos. mesmo sabendo o quanto é perigoso. Porém o condutor do veículo olha para os lados. que seria uma multa e perda de pontos na carteira.lhes dizer que vamos afundar. não há respeito. e quando percebe que não há um guarda de trânsito. 32 . brigar. como as regras de trânsito. Há uma placa indicando que aquela rua é contramão. Há uma condenação.” A lei que domina dentro desse navio é a lei da morte.

Entendemos que no reino de Deus tudo é diferente.compreendemos quem de fato é Jesus e seus ensinamentos. que possamos nos encharcar da mensagem e da vida de Jesus. ninguém faz aquilo que quer fazer. Ele luta todos os dias para cumprir a vontade do Senhor. Obedecer ao Senhor torna-se o prazer daquele que tem um encontro verdadeiro com Jesus. mas faz aquilo que agrada ao Senhor. Deus abençoe! Márcio Valadão 33 . Que os nossos olhos sejam abertos para vermos quem é o Senhor. deseja todos os dias caminhar com Ele.

34 .

16. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito.“ (Jo 3. mas tenha a vida eterna.Jesus te ama e Quer VocÊ! 1º PASSO: Deus o ama e tem um plano maravilhoso para sua vida.) 2º PASSO: O Homem é pecador e está 35 . para que todo o que nele crê não pereça.

com tua boca.) 4º PASSO: É preciso receber a Jesus em nosso coração. confessares Jesus como Senhor e. a todos quantos o receberam.9-10. e a vida. “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho.) “Se.) 5º PASSO: Você gostaria de receber a Cristo em seu coração? Faça essa oração de decisão em voz alta: 36 . ninguém vem ao Pai senão por mim. a saber. aos que crêem no seu nome. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação.“ (Jo 14. para o conflito do homem.12a.“ (Rm 3.separado de Deus.23b. creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos.” (Rm 10. em teu coração.) 3º PASSO: Jesus é a resposta de Deus. “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus. será salvo.6. “Mas. deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus.“ (Jo 1. e a verdade.

Belo Horizonte. 360. amém”. Nossos principais cultos são realizados aos domingos. Eu desejo estar sempre dentro dos teus planos para minha vida. à rua Manoel Macedo. confesso-te o meu pecado de estar longe dos teus caminhos. Te agradeço porque me aceita assim como eu sou e perdoa o meu pecado. Abro a porta do meu coração e te recebo como meu único Salvador e Senhor. Ficaremos felizes com sua visita! 37 . Nossa igreja está pronta para lhe acompanhar neste momento tão importante da sua vida.“Senhor Jesus eu preciso de Ti. Nós estamos reunidos na Igreja Batista da Lagoinha. 6º PASSO: Procure uma igreja evangélica próxima à sua casa. MG. nos horários de 10h. 15h e 18h horas. bairro São Cristóvão.

38 .

39 .

MG www. 360 .Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha Gerência de Comunicação Rua Manoel Macedo.lagoinha.com Twitter: @Lagoinha_com 40 .São Cristóvão CEP: 31110-440 .Belo Horizonte .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->