Você está na página 1de 5

Aula 1: Normalização

Normalização
1
O
lá! Você está na aula 1 da disciplina “Normas Técnicas para Serviços Metrológi-
cos e Laboratoriais”.
Veja, a seguir, qual o objetivo principal desta aula.

Objetivo

- Compreender o que é normalização, sua finalidade e seus princípios.

A seguir, veja quais tópicos você vai estudar.

Tópico 1: Introdução
Tópico 2: O que é normalização? Qual a sua finalidade?
Tópico 3: Quais são os princípios de normalização?

Interessa-me
muito o Ótimo, então
Vai ser bom Vocês vão
stand sobre vamos iniciar a
participar desta gostar dos stands
normalização. visita por ele!
exposição, na Feira que o SENAI
“Evento de Serviços preparou!
Laboratoriais”.

1.1 Introdução

T
odo o técnico de laboratório, no desenvolvimento de suas atividades, realiza en-
saios laboratoriais e/ou calibrações, com o objetivo de assegurar a qualidade de um
processo ou definir propriedades em um material (medidas, massa, etc.).

Normas Técnicas para Serviços Metrológicos e Laboratoriais


8
Gian Matheus Reitz
Aula 1: Normalização

Para laboratórios que prestam


serviços acreditados, ou seja, en-
saios de qualidade reconhecida a
algum organismo de acreditação
(INMETRO, ANVISA) ele se utiliza
de métodos normalizados junto a es-
tas instituições.

Questionamento
Mas você pode se perguntar
qual a finalidade da normali-
zação? Qual a necessidade
de existir normas para a qualificação de um produto ou processo?

1.2 O que é normalização? Qual sua finalidade?

Questionamento
O que é normalização e qual é a sua finalidade?

Segundo a ABNT - Associação


Brasileira de Normas Técnicas,
Normalização é a “atividade que
estabelece, em relação a problemas
existentes ou potenciais, prescrições
destinadas à utilização comum e re-
petitiva com vistas à obtenção do
grau ótimo de ordem em um dado
contexto”.

A busca pela normalização de produ-


tos e processos traz uma série de
benefícios que começam por toda
uma nação, depois especificamente
para pessoas, indústrias, etc. Estes benefícios são:

Economia:
“Proporcionar a redução da crescente variedade de produtos e procedimentos”.

Comunicação:
“Proporcionar meios mais eficientes na troca de informação entre o fabricante e o
cliente, melhorando a confiabilidade das relações comerciais e de serviços”.

Normas Técnicas para Serviços Metrológicos e Laboratoriais


9
Gian Matheus Reitz
Aula 1: Normalização

Segurança:
“Proteger a vida humana e a saúde”.

Proteção do Consumidor:
“Prover a sociedade de meios eficazes para aferir a qualidade dos produtos”.

Eliminação de Barreiras Técnicas e Comerciais:


“Evitar a existência de regulamentos conflitantes sobre produtos e serviços em
diferentes países, facilitando assim, o intercâmbio comercial”.

1.3 Quais são os princípios da Normalização?

A
nteriormente você estudou que a normalização existe a fim de estruturar e di-
fundir processos que favoreçam o crescimento de uma nação. Neste contexto,
a normalização trabalha sobre princípios que orientam as suas ações. Estude, a
seguir, alguns deles!

“A Normalização é, essencialmente, um ato de simplificação, como resultado do esforço


consciente da sociedade. Isto implica não só uma redução de variedades, no momento
presente, mas também, objetiva a prevenção da complexidade desnecessária no futuro”.
(SEBRAE, 2006).

É uma atividade social e econômica,


devendo ser promovida pela cooper-
ação de vários componentes da so-
ciedade, tais como pessoas físicas,
empresas, indústrias governo. O es-
tabelecimento de uma Norma deve
ser baseado no consenso de todas as
partes da sociedade.

Veja mais alguns princípios, a


seguir.

- A publicação de uma norma tem valor restrito, a menos que todos colaborem em sua
aplicação.

- Deve existir uma compreensão de todos sobre a aplicação de uma norma, pois pode im-
plicar sacrifícios de poucos para o benefício de um grupo muito maior. O resultado da
normalização é mais amplo e fortalecido se as normas forem aceitas e implementadas.

Normas Técnicas para Serviços Metrológicos e Laboratoriais


10
Gian Matheus Reitz
Aula 1: Normalização

- Quando for especificado o desem-


penho e demais características de
um produto, as normas deverão
fornecer todos os métodos de en-
saio que proverão os valores de
avaliação do produto.

“A obrigatoriedade legal de normas


nacionais deve ser considerada, le-
vando-se em conta a natureza da
norma, o nível de industrialização,
as leis e condições predominantes
na sociedade para a qual a norma foi
preparada” (SEBRAE, 2006).

Por exemplo, ao adquirir um tijolo


para a construção de uma obra, é
necessário existir normas que regu-
lamentem as propriedades destes ma-
teriais que não venham a prejudicar
as pessoas por meio de desabamentos
entre outros problemas. Neste, e em
vários outros sentidos, a normaliza-
ção colabora em muito com a socie-
dade.

1.4 Fechamento da Aula

Puxa, Felícia!
Gostei muito desta
Ah... acho que eles já
parte da exposição. Mas
foram para o próximo
onde será que estão
stand. Vamos também!
Afonso e Gonçalo?
Mas, antes, pegue aquele
folder que apresenta os
pontos-chave do que
vimos aqui.

Normas Técnicas para Serviços Metrológicos e Laboratoriais


11
Gian Matheus Reitz
Aula 1: Normalização

Pontos-chave
Todo o desenvolvimento de uma nação em muitas etapas passa pela padronização de seus
processos. A esta padronização é dada o nome de normalização, sendo que de acordo
com a ABNT, normalização é a “atividade que estabelece, em relação a problemas exis-
tentes ou potenciais, prescrições destinadas à utilização comum e repetitiva com vistas à
obtenção do grau ótimo de ordem em um dado contexto”.

A normalização tem por objetivos trazer benefícios em várias áreas para o desenvolvi-
mento de uma nação, tais como economia, comunicação, segurança, proteção do con-
sumidor e eliminação de barreiras técnicas e comerciais.

A seguir, avalie seus conhecimentos. Caso haja dúvidas, retome o estudo e fale com seu
tutor!

1.5 Atividade

Exercício
Como podemos definir normalização?

( ) Atividade que estabelece, em relação a problemas existentes ou potenciais,


prescrições destinadas à utilização comum e repetitiva com vistas à obtenção do
grau ótimo de ordem em um dado contexto.
( ) Atividade que estabelece a desordenação das atividades de um determinado processo.
( ) Atividade que estabelece a padronização de processos e produtos, contudo não
ajuda nem facilita o progresso de uma nação.

Normas Técnicas para Serviços Metrológicos e Laboratoriais


12
Gian Matheus Reitz

Interesses relacionados