P. 1
Apostila de Química Agronomia

Apostila de Química Agronomia

|Views: 24.081|Likes:
Publicado porJean Magnus Santos

More info:

Published by: Jean Magnus Santos on Oct 01, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/25/2015

pdf

text

original

Quase todos os compostos inorgânicos e uma grande parte de compostos

orgânicos podem ser classificados como ácidos ou bases. Esses compostos estão

envolvidos em processos vitais, na agricultura, na indústria e meio ambiente. O produto

químico que ocupa o primeiro lugar dentre os compostos químicos produzidos

mundialmente é um ácido: o ácido sulfúrico. Ocupando o segundo lugar nesse ranking

está uma base: CaCO3. Outra base, a amônia, ocupa o quarto lugar dentre os produtos

químicos mais produzidos anualmente em escala mundial. Dentre os sais o KCl é fonte

de fertilizante potássico e Na2CO3 é usado em grande quantidade na produção de vidro e

tratamento de águas de abastecimento.

O conteúdo salino do sangue humano assim como o equilíbrio ácido-base no

sangue precisa estar dentro de limites muito estreitos para manter uma pessoa saudável.

Solo com acidez ou alcalinidade elevadas usualmente não suportam o crescimento da

maior parte das culturas comerciais. A salinidade de águas de irrigação pode impedir o

crescimento das plantas. O problema de salinidade de águas é sério em regiões do

nordeste do Brasil e em regiões da Califórnia no Estados Unidos. Nesse capítulo

discutiremos o equilíbrio ácido-base.

CHUVA ÁCIDA: (Acid rain) é um termo amplo usado para descrever várias formas

em que ácidos caem da atmosfera. Um termo mais preciso é deposição ácida, que está

constituída de duas partes: úmida e seca.

Deposição úmida se refere à chuva, geada, neve e neblina ácida. Conforme a

água ácida flui por cima e através do solo, afeta uma grande variedade de plantas e

animais. A intensidade dos efeitos dependem de vários fatores, incluindo quão ácida é a

água, a capacidade química e tamponante dos solos envolvidos, e os tipos de peixe,

árvores, e outros coisas vivas que dependem da água.

Deposição seca se refere a gases e partículas ácidos. Cerca da metade da acidez na

atmosfera cai de volta para a terra através de deposição seca. O vento sopra estes gases e

partículas ácidas acima de edifícios, carros, lares, e árvores. Os gases e partículas

depositados podem ser arrastados desde árvores e outras superfícies pelas chuvas.

45

Quando isto acontece, a água que corre acrescenta estes ácidos à chuva ácida, fazendo a

mistura mais ácida do que a chuva que cai isolada.

Os ventos prevalecentes sopram os compostos que causam deposição ácida seca e

úmida através de estados e fronteiras nacionais, às vezes a centenas de quilômetros.

Cientistas descobriram, e tem confirmado, que DIÓXIDO DE ENXOFRE (SO2) e óxidos

de nitrogênio (NOX) são as causas primárias da chuva ácida. Queima de combustíveis

fósseis, como carvão, para produção de energia elétrica por exemplo produzem SO2 e

NOX.

Chuva ácida ocorre quando estes gases reagem na atmosfera com H2O, O2, e

outros produtos químicos para formar diversos compostos ácidos. A luz solar aumenta a

velocidade da maioria destas reações. O resultado é uma solução de H2SO4 e HNO3.

Deposição ácida tem uma variedade de efeitos, que inclui danos a florestas e

solos, feixes e outros seres vivos, materiais, e saúde humana. A chuva ácida também

reduz a distância e a clareza com que podemos enxergar através do ar, um efeito

denominado redução de visibilidade.

A primeira consideração que se deve ter a respeito dos ácidos e bases é que as

chamadas "teorias" de ácido-base são, na realidade, definições de ácidos ou de bases; elas

não são teorias no sentido da teoria da ligação de valência ou da teoria de orbitais

46

moleculares. Na verdade podemos fazer um ácido ser qualquer coisa que queiramos - as

diferenças entre os vários conceitos não se referem ao "certo", mas ao uso mais

conveniente em uma situação particular.

Todas as definições do comportamento ácido-base são compatíveis umas com as

outras. De fato, um dos objetivos na apresentação que se segue, das várias definições

diferentes, é enfatizar seus paralelismos e assim dirigir o estudante na direção de uma

atitude cosmopolita diante dos ácidos e bases, o que dará a ele uma boa posição para lidar

com as várias situações químicas, seja solução aquosa de íons, reações orgânicas,

titulações não aquosas ou qualquer outra.

QUE SÃO OS ÁCIDOS E AS BASES?

Existem vários métodos para definir ácidos e bases. A pesar que estas definições

não se contradizem entre sim, elas sim variam em quanto à abrangência delas.

Antoine Lavoisier, Humphry Davy, and Justus Liebig também fizeram

observações a respeito de ácidos e bases, mas não formalizaram definições.

Em 1661 Robert Boyle resumiu as propriedades dos ácidos como segue;

1.

Ácidos têm sabor azedo (acre);

2.

Ácidos são corrosivos;

3.

Ácidos mudam a cor de certos corantes vegetais, tal como tornassol, de azul
para vermelho; e

4.

Ácidos perdem sua acidez quando combinados com álcalis
O nome “ÁCIDO” vem do Latim acidus, que significa “azedo”, e se refere ao odor

penetrante e sabor azedo de muitos ácidos.

Exemplos:

* Vinagre sabor azedo porque ele é uma solução diluída de ácido acético em água.

* Suco de limão e cítricos sabor azedo porque contêm ácido cítrico.

* Leite torna-se azedo quando estraga porque se forma ácido láctico, e

* Carne ou manteiga: cujo cheiro desagradável e azedo quando podre pode ser atribuída

a compostos tais como ácido butírico que se forma quando a gordura estraga.

* Vitamina C contido em certas frutas, contém ácido ascórbico

* Acido Carbônico contido em refrigerantes carbonatados

47

4. EQUILÍBRIO ÁCIDO-BASE

Existem três modelos mais conhecidos para se conceituar ácidos e bases: Arrhenius,

Brönsnted-Lowry e Lewis. Para nossas finalidades escolhemos o conceito de Bronsted-

Lowry (1923).

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->