1

UNIVERSIDADE DE CUIABÁ CAMPUS RONDONÓPOLIS – UNIDADE FLORIANO PEIXOTO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CONTABILIDADE RURAL ANDERSON NOGUEIRA ALVES FÁBIO DA LUZ ALMEIDA FERNANDO JOSÉ FAORO GASPARRINI VICENTE PINHEIRO DE ARAÚJO NETO

Rondonópolis 2010/1

sob a orientação da professora Ms. como critério de avaliação oficial da disciplina Metodologia da Pesquisa Científica e parcial da disciplina Contabilidade e Mercado de Trabalho. Rondonópolis 2010/1 . Regina Suzi Soares e Zique de Souza Dib.2 ANDERSON NOGUEIRA ALVES FÁBIO DA LUZ ALMEIDA FERNANDO JOSÉ FAORO GASPARRINI VICENTE PINHEIRO DE ARAÚJO NETO CONTABILIDADE RURAL: Operacionalização contábil na empresa rural Trabalho apresentado ao Curso de Ciências Contábeis – UNIC.

......... 16 REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS.........................................3.............................................................5 PESQUISA COM RELAÇÃO A NATUREZA DO TRATAMENTO DE DADOS............................3 CONTABILIDADE RURAL..................................................................................................................... 12 3.......................................................1 Pesquisa exploratória......................................................................................................................................... 13 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS.............. 10 3...................................................8 CRONOGRAMA................................................................................................................7 SUJEITOS DA PESQUISA....... 8 2....................................3............... 11 3............. 11 3....................1 EMPRESA RURAL.........................4 PARCEIRA RURAL.............. 12 3................................ 6 2........................... 12 3............................... 10 3................................................... 7 2..2 CARACTERISTICAS PECULIARES DO SETOR AGRICOLA..................................................1 MÉTODO.....3 PESQUISA COM RELAÇÃO AOS OBJETIVOS...3 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO........... 12 3..................................................................2 MÉTODO CIENTÍFICO...............................1 Objetos da contabilidade rural.................................................................................................................... 4 2 CONTABILIDADE RURAL................. 10 3 CAPITULO METODÓLOGICO............................................. 17 ANEXO....................... 11 3....................................... 13 3.................................................................................................................................... 18 ...........4 PESQUISA COM RELAÇÃO A COLETA DE DADOS............. 6 2....9 DESCRIÇÃO E ANÁLISE DOS RESULTADOS............... 9 2.............................................................................................6 UNIVERSO DA PESQUISA........................................

no qual uma das mais importantes é a classificação de culturas temporárias e culturas permanentes. atividades zootécnicas e agroindustriais. horas de mão de obra. sendo esse ano medido do inicio do plantio até o final da colheita (Inicio de plantio Outubro de 2010 com final da colheita para Maio de 2011. nas quais são: Agricultura. Observando assim a importância do conhecimento desse ramo da contabilidade. E nos balanços e nos livros de registro apontados pelo contador será mostrado entao o caminho do sucesso e as necessárias correções de rumo. Apesar de ser uma atividade que. As permanentes são aquelas não sujeitas ao re-plantio após a colheita (o ano agrícola para o seu cultivo é de 1º de janeiro a 31 de dezembro) para o acontecimento de ambas as culturas. despesas e investimentos. esse é caracterizado um ano agrícola). passando a ser cada vez mais essencial a inovação e a busca de alternativas de melhoria para a área nas quais estão aplicadas as práticas contábeis. envolvem-se para o seu controle os gastos. custos. que são os custos diretos e indiretos. nessa diferenciação está incluso o ano agrícola. por força de lei. extração e exploração vegetal e animal. inevitáveis no processo de evolução de qualquer empresa rural. O conceito da contabilidade na atividade rural alcança receita operacional em decorrência do exercício de várias atividades. em valores monetários. nas temporárias onde são sujeitas ao replantio após cada colheita. a contabilidade deve ser acompanhada muito de perto pelo proprietário rural. Diretos são os custos que podem ser alocados diretamente aos produtos agrícolas bastando existir uma medida de consumo (quilos. o desempenho do negócio e denuncia o grau de eficiência de sua administração. Para fins de cálculos contábeis de produção trabalha-se em cima de dois itens critérios. só pode ser exercida por um profissional especializado.4 1 INTRODUÇÃO A contabilidade é a radiografia de uma empresa.) Indireta são os custos o qual tem seu valor incorporado aos produtos . Ela vai dizer se uma empresa rural está atingindo o seu objetivo final: O lucro. pecuária. no qual cada tipo de serviço possui diferenciação uma da outra em seu campo de atuação. Cada atividade rural é diferenciada por alguma característica. Ela traduz. trazendo assim a realidade ao produtor rural da situação do seu negócio. quantidade de força consumida e etc.

ou seja.) Temos como objetivo neste trabalho demonstrar de forma clara e concisa como opera a contabilidade dentro de uma organização rural. depreciação e etc. Verificar a utilização da contabilidade rural na empresa de beneficiamento de sementes. Mostrando quais as técnicas e métodos utilizados para cálculos de custos e possíveis investimentos na sua área de atuação. objetiva e transparente dentro de uma empresa no qual seu nível de desenvolvimento e crescimento no mercado financeiro é elevado. Apurando é claro como é feito o rateio de custos dentro da mesma.5 agrícolas sendo necessária a utilização de um rateio (aluguel. buscando levar as informações de maneira mais simplificada. Tendo em vista identificar quais são os prós e os contras da contabilidade rural dentro de uma sementeira. Cada parte de uma pesquisa é importante pelo fato de mostrar para o público que está envolvido na área estudada. deve-se então transformar essas apresentações de teorias em um estudo aplicado no campo. . iluminação. desejando e apresentando os resultados obtidos nessa pesquisa de forma que o público leitor consiga unir à famosa “teoria X pratica”. considerando todas as hipóteses necessárias para uma aplicação clara. mostrando os caminhos mais rentáveis e que proporcionam uma melhoria sem afetar os demais setores ligados a empresa rural. Ao iniciar uma pesquisa desse nível devemos buscar qual a capacidade total dos objetos nela presente.

A segunda refere-se à: Produção animal voltado à atividade zootécnica com criação de animais. Empresa rural é unidade de produção em que são exercidas atividades que dizem respeito a culturas agrícolas. da criação de animais e da transformação de determinados produtos agrícolas. Assim. De acordo com Crepaldi (2005. buscando assim a eficiência e eficácia da produção e dos custos a serem medidos. Desse modo. com a finalidade de obtenção de renda.22). Se a terra for ruim ou muito pequena. dificilmente se produzirão colheitas abundantes e lucrativas.6 2 CONTABILIDADE RURAL Contabilidade Rural é a ferramenta utilizada para o controle de informações e legalidade fiscal da mesma.25). empresas rurais são aquelas empresas que exploram a capacidade produtiva do solo através do cultivo da terra.1 EMPRESA RURAL A empresa rural é aquela que usa das ferramentas para aumentar os seus rendimentos e reduzir seus custos utilizando seus recursos alocados na propriedade tendo um melhor desempenho para o aumento da eficiência tanto na produção quanto na qualidade do produto. ou seja. uma das preocupações fundamentais que deve ter o empresário rural . A terceira e ultima refere-se à: Produção rural. 2. Para Marion (1994. p. pois na terra se aplicam os capitais e se trabalha para obter a produção. tendo o seu campo de produção dividido em três partes. atividades agroindústrias com a transformação e beneficiamento de produtos agrícolas e zootécnicos. p. A primeira delas se refere à Produção vegetal voltados para os cultivos de horticola e forrageiras. O fator de produção mais importante para a agropecuária é a terra. usando técnicas direcionadas ao controle gerencial das informações em cima dos lucros finais. por mais capital e trabalho de que disponha o agricultor. criação de gado ou culturas florestais.

que são as explorações que exigem altos investimentos em benfeitorias e máquinas com condições adversas de preço e mercado devem ser suportadas em curto prazo. Dependência de condições biológicas e a terra como participante de produção. Através desse estudo compreendemos que empresa rural é toda a unidade de produção relacionada ao cultivo e exploração da terra. sempre igual ao tempo de trabalho consumido na obtenção do produto final. onde o processo produtivo agropecuário desenvolve-se em algumas de suas fases independentemente da existência do trabalho físico e imediato. pois o prejuízo ao abandonar a exploração poderá ser maior. Para Crepaldi (2005. Para um bom manejo da terra devem ser adquiridas boas estratégias que possibilitem que o administrador realize as atividades relacionadas ao tempo certo e de maneira eficiente. Existe também o sistema de competições econômicas que é aquele que se dá pela existência de um grande número de produtores e consumidores e produtos que apresentam pouca diferenciação e o auto-custo de saídas e/ou entradas. p.27. tendo assim a sua diferenciação de outras atividades. 2. . evitando seu desgaste pelo mau uso e pela erosão. sendo elas características únicas dos setores agrícolas. na correlação tempo de produção X tempo de trabalho.28 e 29) essas características resumem-se: Dependência do clima que é a característica que condiciona a maioria das explorações agropecuárias. A estacionalidade de produção e a incidência de riscos são pontos que não podem ser esquecidos.2 CARACTERÍSTICAS PECULIARES DO SETOR AGRICOLA O setor agrícola apresenta algumas características peculiares que o distingue dos demais setores de relações econômicas.7 é conservar a capacidade produtiva da terra. ela não é apenas um suporte para o estabelecimento de atividades produtivas e sim participa diretamente do ciclo produtivo.

ou seja. com o objetivo de expandir-se economicamente. Uma das ferramentas administrativas menos utilizadas pelos produtores brasileiros é sem duvida. geralmente. agrícola. é conseqüência. é necessário que se conceitue esse termo de acordo com os teóricos que investigam sobre o assunto. a sensibilidade e a competência dos profissionais responsáveis pelo diagnóstico da empresa e pela implantação do sistema contábil que melhor se adapta e determinam com certeza grande parte do sucesso de uma empresa. da falta de conscientização social quanto à importância da produção rural para o desenvolvimento econômico e a distribuição de renda. como uma técnica complexas em sua execução. De acordo com Crepaldi (2005) Contabilidade é o estudo utilizado para o controle e aplicação de práticas e sistemas de melhorias nas empresas rurais. degradando-se e depreciando-se. utilizando as habilidades contábeis para formação e crescimento de empresas sobre a necessidade de reduzir custos e despesas. vista. com a . com baixo retorno na prática. quando se trata de encontrar motivos que estacam o desenvolvimento da produção agropecuária. Suas ferramentas possibilitam que através de cálculos e fundamentações viabilizem os custos na produção de matéria prima e mão-de-obra. e dos meios de implementá-lo por meio de associações produtivas. a falta de recursos financeiros subsidiados. A manutenção desse riquíssimo patrimônio – terras e máquinas agrícolas – em estado improdutivo. quase sempre é conhecido apenas dentro das suas finalidades fiscais. menciona-se em primeiro lugar. estuda e controla o patrimônio faz entidades mediante registro e demonstrações expositiva. O conhecimento técnico. sendo elas de qualquer âmbito. Com tudo a finalidade da contabilidade rural é o sistema mais importante de informação das empresas rurais. sempre em qualquer circunstancia. Além disso. a contabilidade rural.3 CONTABILIDADE RURAL Para que se compreenda a contabilidade rural. zootécnico ou agroindustrial. 2. principalmente.8 Invariavelmente.

entidades e empresas que realizam muitas transações. É fato de que existem pessoas. De acordo com Crepaldi (2005. ágil. portanto o conjunto de atividades que facilita aos produtores rurais a tomada de decisões ao nível de suas unidades de produção com o fim de obter o melhor resultado econômico mantendo a produtividade da terra. p. maior complexidade de controle. Dinâmico: é o estudo das mudanças ocorridas na composição patrimonial no decorrer do período. com o controle e o planejamento para que assim a empresa alcance seus objetivos. elucidativa. daí. A empresa rural é. podendo assim acompanhar a evolução patrimonial comparativamente inclusive com outras empresas. com a finalidade de oferecer informações sobre sua composição e variação bem como o resultado econômico de decorrente da gestão da riqueza patrimonial. . Seria impossível controlar um patrimônio.3.9 interpretação de fatos nela ocorridos. que é o conjunto de bens. Com o aperfeiçoamento dos sistemas contábeis e a universalização de seus métodos foi possível formar uma coordenada a tal ponto que a informação produzida por este departamento possa ser confiável. 2. A contabilidade rural surgiu da necessidade de controlar o patrimônio. decorrendo.1 Objetos da contabilidade rural O objeto da contabilidade rural é o patrimônio das entidades rurais. O estudo do patrimônio por meio da contabilidade rural é dirigido fundamentalmente a dois aspectos. entidades e empresas que realizam muitas transações decorrendo maior complexidade de controle seria impossível controlar um patrimônio cujo é o conjunto de bens direitos e obrigações sem que houvesse registros organizados de todas as mutações ocorridas. direitos e obrigações. estático: O patrimônio da empresa é apresentado em sua composição em determinado momento é como uma “fotografia” do patrimônio.86) A contabilidade Rural surgiu da necessidade de controlar o patrimônio. sem que houvesse registros organizados de todas as mutações ocorridas. é fato que existam pessoas.

o uso específico de imóvel rural. p. MÉTODO A palavra método vem do grego e significa conjunto de etapas e processos a serem vencidos ordenadamente na investigação dos fatos ou na procura da verdade. O parceiro outorgado. com o objetivo de nele ser exercida a atividade de exploração agrícola. . tendo assim dois parceiros principais. caso se deseje que a pesquisa seja tida por adequadamente conduzida e capaz de levar às conclusões merecedoras de adesão racional. por tempo determinado ou não. incluindo ou não benfeitorias. É o agricultor que vai trabalhar na terra. Método é o conjunto de normas – padrão que devem ser satisfeitas. Usa-se os procedimentos e métodos de pesquisa onde o objetivo é buscar a veracidade das informações coletadas e aplicar de forma clara o coerente onde que a mesma estabeleça uma conexão com a teoria aplicada desta pesquisa.10 2.37) parceria rural é um contrato agrário pelo qual uma pessoa se obriga a ceder a outra. extrativa vegetal ou mista. É o que entrega os bens. pecuária.4 PARCERIA RURAL De acordo com Crepaldi (2005. é a pessoa que sede em parceria. outros bens e ou facilidades. 3. podendo ser proprietário ou não. é a pessoa ou o conjunto familiar representado por seu chefe que recebe a propriedade ou os bens para os fins próprios de explorar em parceria.1. 3 CAPITULO METODOLÓGICO Neste capitulo vamos mostrar quais os métodos de analises de informações juntamente com o tipo de coleta de dados usados para a efetivação final deste trabalho. agroindustrial. parceiro outorgante.

. Na maioria das disciplinas científicas consiste em juntar evidências observáveis que para muitos autores o método científico nada mais é do que a lógica aplicada à ciência. bem como corrigir e integrar conhecimentos pré-existentes. torna-se a parte principal a caracterização de dados juntamente com um profissional da área a fim de caracterizar a fundamentação teórica e auxiliar na resolução do problema destacado. e também na apuração dos problemas existentes na área pesquisada. 3. buscas que proporcionarão maiores informações sobre o assunto abordado. 3.11 3. é essencial para a facilitação e formulação de hipóteses. onde usamos a forma de exploração de informações para confrontar a teoria com a pratica afim de concluir esta pesquisa cientifica.1 Pesquisa exploratória Seu objetivo inicial é a caracterização da questão problema desta pesquisa onde é ressaltado a busca dentro do tema central.3.3 PESQUISA COM RELAÇÃO AOS OBJETIVOS A seguinte pesquisa foi realizada de acordo com o conhecimento obtido pela teoria descrita por Crepaldi em seu livro contabilidade rural.2 MÉTODO CIENTIFICO O método científico é um conjunto de regras básicas para desenvolver uma experiência a fim de produzir novo conhecimento. Para o trabalho a realização da pesquisa exploratória.

3. onde por meio do tema retirado da obra de Crepaldi (2005 p.5 PESQUISA COM RELAÇÃO A NATUREZA DO TRATAMENTO DOS DADOS A pesquisa será realizada com caráter qualitativo. no ramo de beneficiamento de sementes de soja. Podendo assim observar as vantagens proporcionadas por esse tipo de pesquisa. Para fundamentar a pesquisa é necessário o levantamento. onde seu objetivo é observar e interpretar os métodos utilizados onde envolve a obtenção de dados descritivos. pois oferecem: conhecimento obtido direto da prática.7 SUJEITOS DA PESQUISA . onde foi realizado o estudo diretamente com o profissional contábil rural buscando a qualidade da pesquisa para obtenção de resultados e não a quantidade de pessoas entrevistadas.4 PESQUISA COM RELAÇÃO A COLETA DE DADOS Com relação a coleta de dados a pesquisa adotada foi a entrevista. sendo importante analisar. interpretar e levantar dados. 3.12 3. 93) foram elaboradas perguntas direcionadas ao profissional contábil da área rural.6 UNIVERSO DE PESQUISA A verificação do universo da pesquisa limita – se a seguinte empresa na cidade de Rondonópolis: Grupo Bom Jesus. 3.

3.13 Sujeitos da pesquisa são as pessoas que fornecerão os dados de que você necessita. A pesquisa atingirá os contadores rurais que trabalham com o controle interno.404. ajudando a alta administração demonstrando quais os lucros da empresa para que assim possa ser efetuada a compra e venda de produtos.9 DESCRIÇÃO E ANALISE DOS RESULTADOS .8 CRONOGRAMA Abril X X X X X X X Maio Junho ATIVIDADES Escolha do Tema Coleta de Dados Leitura teórica metodológica Elaboração e aplicação dos questionários Avaliação dos questionários Elaboração do Projeto Entrega do Projeto 3. e a demonstração correta dos encargos fiscais e contábeis determinados pelo RIR 99 e a lei 6.

a demonstração expositiva e a interpretação dos fatos nele ocorridos. De acordo com o entrevistado o custo da safra da cultura de soja equivale a R$ 0. De acordo com o senhor Elvis as vantagens que a contabilidade rural traz ao produtor é a apuração do imposto de renda ou seja a clara utilização e também o controle interno da empresa. Em termos foi perguntado quais os custos que a cultura da soja tem por completo na sua safra subseqüente. cita-se também que . custo referido desde a plantação até o armazenamento final. Segundo o entrevistado as maiores dificuldades encontradas na hora de se fazer uma contabilidade rural é o controle de caixa.14 Foi realizada uma pesquisa de campo. levando a um entendimento da questão problema. De acordo com Crepaldi (2005 pag. fazendo assim com que os profissionais usem da forma mais clara e objetiva de demonstrar isso aos administradores do grupo . 85). Nas questões investigadas. bem como sobre o resultado econômico decorrente da gestão da riqueza patrimonial. com fim de oferecer informações sobre sua composição e variação. com isso proporcionando uma conclusão do objetivo proposto no projeto. ou seja. contabilidade é uma ciência que estuda e controla o patrimônio das entidades. De acordo com entrevistado a parte que mais gera trabalho na hora de se fazer a contabilidade de uma empresa rural se refere a níveis gerenciais com o controle interno de informações. e quem conduz a realização desse controle é o senhor Elvis (pegar sobrenome). ou seja falta muitas informações na hora da elaboração que o mesmo acaba por dificultar as análises e criar todos os controles necessários.50 por quilo. é de fundamental importância questionar como é feita à contabilidade rural na empresa Bom Jesus. esse. através de um questionário com perguntas especificas direcionada ao profissional contábil rural. onde muitas vezes outros órgãos necessitam desses dados para análises de melhorias e auditorias internas. Cita também que o controle de caixa é item muito exigido pelo regulamento do imposto de renda na hora de fazer sua declaração. onde o nível de análises em geral é muito alto. regulamento do imposto de renda. mediante o registro.

Em torno dessa referencia o entrevistado cita que sem nenhuma duvida o objeto mais importante é o patrimônio (maquinários. De acordo com Elvis as características mais observadas na hora de gerar os cálculos de uma empresa rural é em torno da formação dos custos. e na faixa de 3% da margem líquida. o objeto mais importante da contabilidade rural é o patrimônio da entidades rurais. terras) Pode . aonde em cima desses valores será gerado o imposto de renda da empresa. controle de competências internas.404 onde mostra a segregação das despesas rurais (Ex: Insumos. De acordo com Crepaldi (2005 p. possibilita verificar qual a necessidade de compra de novos produtos e principalmente a transparência fiscal da entidade. questão dos insumos usados no período decorrente.se afirmar então que a contabilidade rural é extremamente importante para os controles internos. De acordo com o entrevistado a depreciação de uma empresa rural é seguida de suas linhagens. ou seja todos são requisitos necessários para atender as exigências da lei Nº 6. contas a receber. e dos resultados obtidos na colheita do produto final. estoques. agrotóxicos e etc) com o que não se encaixa em despesa Rural (Ex: Folha de pagamento. Considerando o entrevistado os principais pontos de controle são exatamente os controles de estoques. despesas com matérias de expediente e etc). . aonde na pessoa física é dedutível dentro do próprio ano de aquisição.15 em termos de obrigações legais o trabalho é maior na hora da elaboração do livro caixa. 86). contas a pagar. De acordo com o Senhor Elvis a margem de lucro das empresas em geral se denomina em torno de 20 a 30% do total de custo pela receita da empresa. pessoa física e pessoa jurídica. fertilizantes. onde suas informações muitas das vezes chegam faltantes. e a correta utilização dos recursos existentes dentro da empresa. já na pessoa jurídica é calculado 4% ao ano em cima do valor do bem.

Nota – se que o contador é um profissional essencial dentro da empresa onde deve atender as necessidades dos produtores diante do mercado atual Para isso este profissional deve possuir um amplo conhecimento nos .16 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS Este projeto de pesquisa procurou demonstrar a utilização da contabilidade rural nos termos de controle gerencial e fiscais e. conseqüentemente na lucratividade das empresas.

. São Paulo. 2005. tanto sobre o tema abordado neste projeto quanto às maneiras corretas de sua realização. Silvio Aparecido – Contabilidade Rural: uma abordagem decisorial – Atlas. MARION. legislação tributária. São Paulo. 3º edição. Estamos certos da importância deste aprendizado. Particularmente houve grande melhora nos conhecimentos específicos sobre contabilidade rural para os realizadores da pesquisa. além de conhecimentos gerais.17 diversos ramos da contabilidade. todos os objetivos foram atingidos. Ao termino. 1994.Contabilidade Rural: contabilidade agrícola – Atlas. José Carlos . 3º Edição. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CREPALDI. Esta é responsável por levar informações indispensáveis como auxilio a redução de custos e planejamento estratégico ou empresarial a alta administração da empresa. Concluímos que a contabilidade rural vem obtendo um importante destaque na atualidade. como planejamento estratégico. Influenciando positivamente na lucratividade das mesmas. estando sempre atento aos avanços tecnológicos.

18 ANEXO QUESTIONÁRIO 1) Qual a vantagem que a contabilidade rural trará ao produtor? 2) Quais as principais dificuldades encontradas ao se fazer uma contabilidade rural? .

19 3) Sobre a contabilidade rural na agricultura qual o custo de plantio e colheita? 4) Qual parte da contabilidade rural que mais gera trabalho para o contador? 5) Quais são os principais pontos de controle para o contador rural? 6) Como são diferidos custos fixos. variáveis. diretos e indiretos na empresa rural? 7) Como é calculada a depreciação de uma empresa sementeira? 8) Quais as características que mais se observa na hora de gerar os cálculos da 9) Quais os objetos mais importantes na contabilidade rural? .