Você está na página 1de 2

Depois que minha mulher bebeu bastante.

O que vou relatar aconteceu na nossa casa quando ainda era casado com a Mariana,
quem já leu os nossos contos já sabe detalhes nossos, por isso vou economizar as
apresentações, era um dia de domingo e marcamos eu e o Mauro, nosso vizinho de
fazermos um churrasco na minha casa, compramos as carnes, as bebidas e tudo que
era necessário, por volta das 11:00 hs iniciamos o churrasco, a Mariana e a
Sheila(mulher do Mauro) ficaram no preparo das coisas da cozinha, tipo arroz, farofa,
vinagrete, e eu e o Mauro ficamos encarregados do churrasco. Estava um dia bastante
quente, mas na nossa casa tinha uma área coberta e uma bica pra quem quisesse se
refrescar. Eu e o Mauro ficamos bebendo umas cervejas enquanto aprontávamos a
carne e as meninas bebiam vodka com refrigerante de laranja. Papo vai, papo vem a
hora foi passando, todo mundo já estava mais alegre, pois já passava das duas da
tarde, quando toca a campainha e eu perguntei se a Mariana esperava alguém? Ela
disse que não então eu fui abrir a porta e era o Pedro, um amigo da gente, ele disse
que estava passando por perto da nossa casa e resolveu fazer uma visita, e eu
brincado disse: você sentiu foi o cheiro da carne, né? E ele: tem carne aí? Cheguei na
hora certa? Então o convidei para entrar, ficamos conversando e bebendo os cinco, vez
ou outra nós os homens tomávamos um banho de bica pra refrescar de bermuda
mesmo, nisso as meninas tb já estavam mais altinhas por causa da bebida e
resolveram tomar banho de bica também, a Mariana estava com um short jeans e uma
blusinha verde, como sempre sem sutiã, a Sheila estava com um top branco e uma
saia tb jeans, só que usava sutiã. Na hora do banho os seios da Mariana ficaram
apontando bastante, mesmo não sendo transparente a blusa ficavam o formato dos
seios dela, e percebi que meus dois amigos não tiravam os olhos dela. Não sei se ela
percebia, pois já tinha bebido bastante e continuava no seu banho quase que infinito.
Como percebi que os dois não tiravam os olhos dela chamei ela discretamente e pedi
pra que ela fosse por um biquine, ela chamou a Sheila e foram. Como ela só tinha
biquines curtos colocou um vermelho de amarrar e a Sheila foi na casa dela e vestiu
um verde claro. Na volta das meninas ao banho todos olhavam aqueles dois aviões
então a Mariana resolveu beber cerveja com a gente, então eu disse: vai misturar? Ela
disse que sim, então coloquei um copo pra ela. O tempo foi passando e todo mundo
cada vez mais bêbado, principalmente a Mariana, mas como estávamos em casa deixei
ele bem a vontade, já era final de tarde quando a Sheila disse ao Mauro que queria ir
embora, então eles decidiram ir, e ficou só a gente e o Pedro, já era fim de tarde e
percebi que a Mariana não estava nada bem, eu falei: pra que você foi misturar bebida
hein? Ela disse: qual o problema? eu estou em casa. Ela bebia uma cerveja atrás da
outra e tinha comido muita carne e o esperado aconteceu, ela começou a provocar e
quase caiu da cadeira, então eu peguei um pano e fui limpar sua boca e peguei ela
pelos braços e a levei até o banheiro e pedi pro Pedro levar uma dessas cadeiras de
plástico até o banheiro, chegando no banheiro ela quase desmaiou de tão bêbada, pedi
ao Pedro pra colocar a cadeira embaixo do chuveiro e comecei a dar um banho nela.
Ela estava tão mole que eu precisava segurar a cabeça dela na hora do banho, como
eu sozinho não estava conseguindo banha-la pedindo ao Pedro pra ele pegar um
sabonete, mesmo no banho quente ela não melhorava, eu esfregava o sabonete nela e
até que sem querer o laço do biquine da parte de cima desamarrou, mas com toda
aquela situação eu nem me preocupei, nessa hora o Pedro saiu do banheiro, então eu
tirei o resto do biquine dela e terminei o banho dela, mas como o chão estava muito
liso eu não consegui tirar ela sozinho da cadeira então chamei por ele pra me ajudar e
ele disse: tem certeza que quer que eu entre? Eu disse: eu não estou conseguindo tirar
ela sozinho pode entrar sem problema, pegue essa toalha que estar estendida e enrole
ela e leve até a cama e enxugue ela que eu vou terminar meu banho, e ele falou: se vc
esta pedindo tudo bem, nessa hora de aflição pedia ajuda pra qualquer um. Terminei
meu banho e quando saio do banheiro vejo ela dormindo nuazinha na cama e ele
enxugando o corpo dela sem nenhuma pressa ele passava delicadamente a toalha na
barriga dela, depois pulava da barriga pras pernas e em seguida os braços, então eu
disse que ia no armário pegar uma toalha seca pra ele enxugar os cabelos dela. Saí do
quarto fui pegar a toalha, na volta voltei bem lentamente no quarto e vejo ele
passando a toalha nos seios dela e vi ele se aproveitando da situação, ele dava uma
apertada maliciosa então fiquei de longe observando, então ele tirou a toalha e ficou
apertando os seios dela, primeiro um depois o outro, então desceu a toalha até a
buceta dela enxugou depois tirou a toalha novamente e ficou passando a mão e enfiou
um dedo nela e depois passou na boca, então pra ele não passar do limite fiz um
barulho anunciando que estava voltando e ele voltou a enxugar a barriga dela, joguei a
toalha pra ele e pedi pra enxugar os cabelos dela ele levantou a cabeça dela colocou
em uma das pernas pra apoiar e ficou lá lentamente fazendo o serviço e olhando pros
seios e bucetinha dela, esperei ele secar todo o cabelo dela, resolvi deixar ele a
vontade peguei uma calcinha e joguei pra ele vestir nela, enquanto eu procurava a
camisola ele pegou, claro que abriu as pernas dela colocou uma perna, depois a outra
e foi subindo, passou pelos joelhos e continuou subindo, ele levantou o corpo dela pela
bunda e subiu a calcinha de um lado e depois do outro quando terminou de vestir ele
ainda puxou a calcinha pra baixo pra poder se aproveitar da situação e subir
novamente, então eu peguei a camisola e pedi a ele pra levantar o corpo dela e colocar
na posição tipo sentada pra gente vestir a camisola nela, e o safado ficou por trás dela
e sustentando ela pelos seios, mesmo ele dificultando bastante o serviço vestimos a
Mariana, cobri ela com um lençol e saímos do quarto. Percebi que ele estava muito
excitado, mas disse que ia dormir. E ele fez algumas perguntas tipo: desde que horas
vocês estão bebendo? Ela já tinha ficado assim? Será que ela ainda vai olhar nos meus
olhos? E eu falei: aposto que amanha ela não lembra de nada, pode ficar tranqüilo. Ele
foi embora e fui me deitar, mas lembrei de tudo que tinha acontecido e rapidamente
tirei o que acabávamos de vestir nela e fui metendo devagarinho nela, ela até então
não deu sinal de que ia acordar, então apressei o passo e sinto ela se mexer, mas
como estava a mil logo gozei dentro dela, enchi a minha mulherzinha de porra, dei um
beijo nela e fui dormir. No outro dia ela acorda ainda mal, pede um remédio pra dor de
cabeça e pergunta: o que aconteceu? Pq eu dormi nua? Não me lembro de ter deitado
assim. E eu: Vc bebeu muito, provocou bastante eu dei um banho em vc e deitei vc
assim mesmo. E ela: Mas eu fiz vexame? O pessoal me viu nessa situação? Eu: Não
meu amor, todo mundo já tinha ido embora. Dei o remédio a ela nos arrumamos pra ir
pro trabalho e nunca mais tocamos no assunto.

Interesses relacionados