Você está na página 1de 3

Minha primeira traição.

Olá pessoal, me chamo Camila, tenho 29 anos, sou de Santa Catarina e o que vou
relatar aconteceu realmente comigo, foi a primeira vez que traí meu marido. Sou
loira, cabelos longos, corpo malhado devido a minha profissão, sou professora de
educação física, mas vamos ao que interessa. Meu marido foi transferido para
Recife e devido a mudança, fiquei sem trabalhar e por azar dele, acabei ficando o
dia inteiro sem fazer nada, ou melhor, fiquei viciada no MSN, acabei descobrindo
meu lado exibicionista, comecei teclando com um cara e fiz sexo virtual, gozei de
tal forma que me assustei. A partir daí, a coisa foi aumentando, passei a me
mostrar pela webcam e cada vez mais tinha orgasmos que deixava o quarto com
cheiro fortíssimo de sexo, nem quando eu transava com meu marido conseguia
gozar dessa forma. Isso começou a mexer comigo, pensava o tempo todo se
sexualmente eu poderia sentir algo a mais, como seria outro homem na cama
comigo, pois o meu marido foi meu segundo homem e é bem menos ativo que eu,
por isso fazemos sexo no máximo duas vezes por semana e quando acaba
sempre fico querendo um pouco mais e ele nada, eu tentei conversar e ele sempre
fugia do assunto. Como estava carente, longe da família e amigos, acabei me
envolvendo e fazendo varias vezes sexo virtual com Marcos, um rapaz do Rio que
estava a trabalho em Recife. Marcos é um cara safado, com um pênis bem maior
que o do meu marido e ficava me tentando para sairmos, falava que iria acabar
com minha carência, que meu marido deveria ser corno mesmo por me deixar
carente. Todo dia que nos falávamos ele me pressionava, pois iria retornar para o
Rio em breve. Um dia depois de muita putaria na webcam, o safado me deixou
louca e quase marquei de sair com ele. A noite eu estava subindo nas paredes, só
de imaginar na cama com outro, minha calcinha ficou encharcada, coloquei a mão
do meu marido na minha xoxotinha e ele simplesmente disse que estava cansado
que precisava dormir. Fiquei louca e tive a certeza que ira sair com Marcos. No dia
seguinte, logo pela manhã falei com meu futuro amante e marcamos de nos
encontrar logo depois do almoço, marcamos no estacionamento do shopping e na
hora marcada, lá estava eu, extremamente nervosa e muito excitada, quando
entrei no seu carro quase desisti, fiquei com medo, mas o safado me segurou e
disse que iríamos até o fim e logo passou a mão entre as minhas pernas, eu
estava de saia e viu como eu estava excitada, deu uma risadinha, me beijou e
falou que eu seria todo dele que faria tudo que falávamos MSN, aquilo me deixou
com muito receio, pois no MSN agente acaba falando todas as nossas fantasias.
Quando entramos no motel ele me pegou no colo, me jogou na cama e foi
retirando minha roupa, me deixando somente de calcinha, beijava meu corpo
como nunca fui beijada, esfregava seu pênis, era quase o dobro do meu corninho,
em todo o meu corpo, colocava na minha boca e retirava, me deixando
completamente fora de mim e ficava o tempo todo elogiando meu corpo e falando
que meu marido era um verdadeiro corno e quando via que eu estava quase
gozando, parava batia com seu pau na minha cara e pedia que prometesse que
eu seria somente dele até o dia que ele voltasse para o Rio, é claro que concordei
de imediato e o safado arrancou minha calcinha e hora chupava e hora cheirava
minha xoxota e ânus, isso fez com que eu chegasse ao primeiro orgasmo,
realmente fiquei toda mole e com um cheiro de sexo em todo o quarto. Marcos
não esperou nem eu me recompor, ainda mole ele abriu minhas pernas e me
penetrou de uma só vez, parecia que minha xoxota iria partir ao meio, sentia
aquele volume me preencher toda, seu pau batia no meu útero de tal forma que eu
sentia dor e prazer ao mesmo tempo, pedi para ele parar e colocar a camisinha,
ele simplesmente riu e disse se eu não implorasse para ele me comer daquele
jeito pararia e iria embora, nisso aumentou o rimo e me fez gozar novamente, não
tive força e coragem de parar, simplesmente pedi, melhor implorei para ele me
comer da maneira que ele quisesse, que gozasse dentro de mim, estava
totalmente entregue aquele homem. Em pouco tempo ele me virou e me fez sentar
naquele instrumento monumental, em poucos segundos, lá estava eu tendo outro
orgasmo, ele ria da situação, depois me colocou de quatro e me penetrou num
ritmo alucinante, quase morri de tanto tesão, pedi que ele gozasse dentro de mim,
que meu marido iria sentir o gostinho de outro homem, realmente eu queria seu
leitinho, foi aí que tive meu primeiro orgasmo múltiplo na vida, ele gozou tanto
dentro de mim que ao levantar, parecia que eu estava urinando de tanto gozo que
sai de dentro da minha xoxotinha. Marcos parecia uma máquina, não me dava
tempo nem para respirar e lá estava eu chupando aquele pau novamente, que mal
cabia na minha boca, ficava falando que eu era somente dele, que meu marido era
corno, que eu era uma verdadeira puta que ficaria sem lavar minha xoxota e
mandar meu marido chupar. Isso me deixou muito excitada, o fato de trair meu
marido, de judiar do coitado, de imaginar ele me chupando suja de outro homem
me fez ir a loucura, foi quando Marcos me colocou de quatro e disse que iria
comer minha bundinha, na hora tentei resistir, pois até então só tinha dado
pouquíssimas vezes para meu maridinho por que doía muito e como o dele era
bem maior fique com medo de me machucar, mas ele não deu nem bola e como
estava completamente entregue a ele, simplesmente deixei fazer o estrago na
minha bundinha, no início ele foi bem devagar, senti muita dor, aquela tora parecia
que ia me partir ao meio, mas logo foi transformando em um tesão louco, o fato de
estar de quatro, sendo enrabada por outro homem e com a imagem do meu
marido na cabeça, me fez pedir para que Marcos me rasgasse toda, ele aumentou
o ritmo e quase desmaie de dor e tesão, tive outro orgasmo quando senti o gozo
na minha bundinha, ele caiu por cima de mim e dormimos uns 20 minutos.
Quando me levantei para ir tomar um banho, saiu gozo por todos os meus
buracos, estava totalmente ardida e arrombada, mas Marcos não deixou eu me
lavar, disse que tinha prometido ficar suja para meu corninho, claro que aceitei seu
pedido,coloquei a roupa e fomos embora, ele ficava muito excitado com esta
situação. Marcos me levou até o estacionamento onde estava meu carro e no
caminho podia sentir seu gozo inundando minha calcinha. O sacana me fez jurar
que não me lavaria e no dia seguinte lhe contasse como foi minha transa com meu
corninho. Quando chequei em casa bateu aquele arrependimento, nunca havia
traído meu marido, estava toda lambuzada do gozo de outro, minha calcinha
estava toda melada e por mais arrependida que eu estava, minha excitação
aumentava e isto me deixou muito confusa, não sabia se deveria seguir meus
desejos e obedecer a Marcos ou simplesmente tomar um bom banho e dormir
sem fazer nada, caso ele me procurasse. Ao anoitecer decidi tomar banho e me
limpar, só que no banho a imagem de eu transar com meu marido suja de outro,
não me saia da cabeça, isso me fez ficar muito excitada novamente, sabia que
mesmo eu lavando todas as partes, por dentro ficaria um pouco do gozo de
Marcos e que meu corninho nunca iria imaginar por que eu estava tão molhadinha.
Quando meu maridinho chegou meu coração disparou, fiquei pálida e ele
percebendo perguntou se estava tudo bem, se meu dia tinha sido legal e outras
coisas. Claro que falei que não era nada e o dia tinha sido normal só estava com
um pouco de dor de cabeça. Assim que fomos deitar ele logo me procurou (acho
que por instinto de corno, pois quase nunca ele toma a iniciativa e logo no dia que
acontece tudo isso e eu totalmente confusa, ele decidi agir) tentei evitar, estava
um pouco confusa mas o tesão sempre fala mais alto e fiz com que o coitado me
chupasse, antes que me arrependesse. Ao beijar a minha xoxota, fique um pouco
preocupada por que minha xoxota estava um pouco irritada e por dentro
totalmente melada, mas o coitadinho não percebeu, me beijou com muita vontade
e gozei como uma louca. Ao me penetrar, ele ficava repetindo que eu estava muito
molhada que ele adorava quando eu ficava assim e gozou rapidinho. Claro fiquei
alucinada em sentir o gozo dele em mim, aquela sensação da mistura dos dois me
fez ter outro orgasmo na noite. No dia seguinte ele falou que nunca tinha me visto
tão molhada e que deu a impressão de eu estar até mais larga, falei que era coisa
de sua cabeça e que realmente estava muito excitada e depois ele foi trabalhar. A
verdade é que eu não tenho sentido direito seu pênis em algumas posições, acho
que realmente fiquei mais larga e espero que minha xoxota volte a ser o que era
antes, pois estou tendo muita dificuldade de gozar com meu corninho quando ele
me penetra. Quanto a Marcos, não sai novamente, falei com ele depois uma única
vez pelo MSN e disse cada detalhe da minha noite e claro ele ficou loco para me
ver novamente, mas achei melhor dar um tempo.