P. 1
Trai Meu Marido Com Bem Dotado

Trai Meu Marido Com Bem Dotado

4.17

|Views: 173.344|Likes:
Publicado porapi-3732034
CE
CE

More info:

Published by: api-3732034 on Oct 15, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

Trai meu marido com bem dotado.

Ola meu nome é Silvana , tenho 31 anos, sou loira, seios médios, bundinha empinadinha, corpo bonito e malhado, cabelos abaixo dos ombros, como dizem, com tudo em cima. Bom vamos ao meu relato, sou casada há 8 anos, temos um filho de 4 anos, no começo meu casamento era tudo maravilhoso, ainda é hoje, mudaram algumas coisas, mas como dizia, em matéria de sexo, nossa, admirava meu marido, era todos os dias, bem feito pois eu gozava muito, e era completinha, isso mesmo ele comia minha xana e meu cuzinho, bem seu pau não é grandão mas não é pequeno, tem 16 X 5, e me satisfazia por inteira, nunca pensei em trair ele com ninguém, pois casei com 23 anos e tive muitos namorados, e transei com todos, não posso ser precisa mas namorados foram 5 caras e paqueras uns 8, e teve ainda os ficando, aqueles de uma noite só, nos bailes e festas da vida que foram uns 4 carinhas. Mas esse assunto é proibido em casa, meu marido é ciumento, ele sabe que não casei virgem , mas acha que só foi com um dos antigos namorados e mesmo assim fica com ciúmes, após o nascimento do nosso filho ele diminuiu muito nossa relação, pois tinha semana que transamos uma ou duas vezes, e houve algumas semanas que nada, mas foram bem poucas, logo após o nascimento do meu filho(2 meses) fomos numa festa da empresa, fui apresentada a vários casais e pessoas interessantes, e conheci a Mônica que falava mais que tudo, pelo jeito havia bebido um pouco a mais do costume e já quase na hora de sairmos ficamos papeando e surgiu assunto de sexo, então ela me contou que o Nivaldo, um rapaz irmão de um dos diretores era bem dotado, pois uma amiga dela havia lhe contado, isso passou e num dia que fomos para um clube, la estava o Nivaldo, que usava um short, todos os homens usavam sunga, e meu marido e o Paulo (amigo) comentaram se notar que eu escutava que deve ser duro ter o pau grande e ter de esconder, ele riram muito. Passado seis meses do nascimento do meu filho, fui na casa de uma amiga e ela havia viajado, mas estava um rapaz de uns 17 anos que era jardineiro, como era próximo de casa, tinha ido a pé, então ele pediu para entrar e descansar, eu aceitei e aproveitei para amamentar meu filho que logo dormiu, deitei no sofá e fui ver o rapaz trabalhar, ele usava só uma bermuda, ficamos de papo um pouquinho quando ele recebeu um telefonema e marcou algo pra de noite, pergunei se tinha namorada, disse que sim, que era uma mulher mais velha que ele e mais experiente, falei que era bonito, por que não tinha uma menina da idade dele, ele sorriu e disse que arruma, mas quando vão.......bem ficou com vergonha, eu perguntei o que acontecia, ele ficou calado e após minha nossa inssistencia ele disse que as meninas assustam e correm dele. Perguntei na hora, Você é bem dotado. Ele ficou calado. Eu comentei que não conheci nenhum bem dotado, ele disse é melhor não ver. Despedi dele e fui para casa, mas não saia da minha cabeça aquele papo, e depois do almoço deixei meu filho com a empregada e fui na casa da minha amiga, ele ainda estava lá, me recebeu e falei de súbito , quero ver seu pau, ele assustou mas peguei pelo braço e levei para a cozinha e pedi, deixe me ver, quando ele mostrou, fiquei de boca aberta, estava mole e era maior que do meu marido, ele disse que estava com vergonha então algo aconteceu comigo, ajoelhei e passei a chupar , lambia e chupava até ficar com 22 cm, eu estava fora de mim, descontrolei e fiquei nua, o levei para o quarto da minha amiga e implorei para que

ele metesse aquele cacetão na minha xaninha que tava pingando de tanto tesão, então ele me colocou de frango assado e foi metendo aquela picona e fui sentindo minha xana sendo preenchida, doía um pouco mais acho que era de tesão, eu pedia mais e ele metia e ficova brincando com a metade pra fora, eu já gozava mais que nem sei o que, tive alguns orgasmos, meus peitos ficaram inchados e derramava leite que ele sugava e mordia os bicos, eu estava adorando tudo aquilo, (hoje eu sei que fui uma puta naquela hora) eu me entreguei por inteira e senti quando ele enfiou tudo, senti a cabeça do seu pau cutucar meu útero, eu gozava e gazava e ele bombando cada vez mais rápido, a cada estocada eu sentia minha xana sendo rasgada e meu útero sendo afundado, até que senti sua porra quente dentro de mim, ele ficou parado uns minutos e depois tirou aquele cacetão meio mole e deitou do meu lado, fiquei olhando aquele rapaz deitao do meu lado, eu ma senhora casada, transando na cama de uma amiga com um desconhecido, mas valeu a pena essa aventura, ele pediu desculpas e disse que teria que esperar ele recuperar as forças para outra, então resolvi tomar banho com ele e fui embora, lógico que peguei o fone dele, quando meu marido chegou, bateu o arrependimento, olhava para ele, carinhoso comigo e com nosso filho, fui dormir arrependida, e fiquei assim uns dias, mas as coisas acontecem e nós temos que vivenciá-las, fui na empresa do meu marido e ele não estava, quando fui sair esbarrei no Nivaldo e puxou um papo e me pediu carona, saímos em direção a minha casa, quando ele me elogiou e disse que dos diretores da empresa eu era a esposa mais linda, e sexy, apenas sorri, quando meu filho começou a chorar, parei o carro e trocamos de lugar, ele foi dirigindo e eu fui amamentar meu filho, quando vi estávamos estacionado em uma rua sem movimento, fora da rota da minha casa, ele disse que tenho os seios lindos e perguntou se queria sair com ele, fiquei com raiva e curiosa, pois sabia que ele também era bem dotado, e perguntei Qual é o tamanho? 26 x 8. fiquei louca, falei pra ele, vamos para o motel. Ele sorriu e disse, tem um aqui perto, e logo estávamos no quarto, coloquei meu filho num canto da cama , quando ele me pegou no colo e me levou para o banheiro, tirei sua roupa e ele fez o mesmo comigo, quando vi, não acreditei, estava duro como uma rocha, apontava pra cima, cheio de nervos, minha xana ficou molhadinha, ele entrou na banheira e me puxou junto, peguei aquela picona e chupei deliciosamente, que delicia, dava umas mordidinhas sacanas e chupava, ele por sua vez passou a chupar minha xana e cuzinho e me deixava cada vez com mais tesão, ate que não resisti e cavalguei aquele cacetão, que foi rasgando minha xana e eu cavalgando, sentia minha entranha se rasgando e meu útero sendo apertado, logo estava todo dentro de mim, a minha bunda tava colada nos seus testículos, eu fazia movimento de subir e descer, para acostumar com tudo aquilo, mas gozamos juntos e senti sua porra quente dentro de mim, era muita porra e começou a escorrer da minha xana, fomos para a banheira e um deu banho no outro eu ainda chupei aquele cacetão delicioso. Quando voltei pra casa, jurei nunca mais trair meu esposo, bom isso aconteceu a 4 anos e por 3 anos e meio eu consegui, mas recentemente aconteceu de novo.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->