Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 18934 Situação: VALIDO Validade: 19/11/2012 Nº do Processo: 46016.

003048/2007-86 Nº do CNPJ: 00.796.352/0001-03 Razão Social: FUJIWARA EQUIPAMENTOS DE PROTECAO INDIVIDUAL LTDA Natureza: Nacional Equipamento: LUVA PARA PROTEÇÃO CONTRA AGENTES MECÂNICOS E QUÍMICOS Descrição do Equipamento: LUVA DE SEGURANÇA CONFECCIONADA EM SUPORTE TÊXTIL DE ALGODÃO; TOTALMENTE REVESTIDA EM PVC; ACABAMENTO ÁSPERO NA PALMA, DEDOS E DORSO. REF.: FUJ 6261 PUNHO 26 CM, FUJ 6361 PUNHO 36 CM, FUJ 6461 PUNHO 46 CM, FUJ 6561 PUNHO 56 CM E FUJ 6651 PUNHO 65 CM. Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO DAS MÃOS DO USUÁRIO CONTRA RISCOS MECÂNICOS, CONFORME NÍVEIS DE DESEMPENHO 4111 E CONTRA RISCOS PROVENIENTES DE PRODUTOS QUÍMICOS TAIS COMO: CLASSE A - TIPO 1: AGRESSIVOS ÁCIDOS; TIPO 2: AGRESSIVOS BÁSICOS; CLASSE B: DETERGENTES, SABÕES, AMONÍACOS E SIMILARES; CLASSE C - TIPO 3: ÁLCOOIS; TIPO 4: ÉTERES; TIPO 6: ÁCIDOS ORGÂNICOS.

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS Luva de Segurança contra Agentes Abrasivos e Escoriantes . do Laudo 999 147-203/2009 Normas ABNT NBR 13712:1996 Laboratório 60. Nº. tira de reforço externo em raspa entre os dedos polegar e indicador.Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 26381 Situação: VALIDO Validade: 18/11/2014 Nº do Processo: 46000. 15 cm e 20 cm. confeccionada em raspa.205/0001-28 Razão Social: JACOB & JACOB COUROS LTDA-ME Natureza: Nacional Equipamento: LUVA PARA PROTEÇÃO CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES Descrição do Equipamento: Luva de segurança.674/000660 Razão Social IPT/FRANCA . 015 – Luva de Raspa Punho 15 cm. . Dados Complemantares Marcação do CA: No lado externo do punho das luvas Referências: 07 – Luva de Raspa Punho 7 cm.uso geral (couro e tecido). NBR 13712/1996.026500/2009-19 Nº do CNPJ: 10. ou alteração posterior. 20 – Luva de Raspa Punho 20 cm Laudo Proteção Laudo: Aprovado Para: PROTEÇÃO DAS MÃOS DO USUÁRIO CONTRA AGENTES ABRASIVOS E ESCORIANTES.633.203. Proteção contra agentes abrasivos e escoriantes. punhos nos tamanhos 7 cm. reforço interno na palma em raspa .

ÓLEO MINERAL. CERA DE ABELHAS. ÓLEO DIESEL. ESSÊNCIA. METILETILCETONA.001704/2007-61 Nº do CNPJ: 02. ACETONA. METILISOTIAZOLINONA E METILCLOROISOTIAZOLINONA. ÁLCOOL CETOESTEARÍLICO ETOXILADO 20 OE.992. . N-HEXANO.4 . TAIS COMO:TOLUENO.: CREME PROTETOR PARA A PELE BLUECARE ÓLEO RESISTENTE. GASOLINA. TINTURA DE BENJOIM. THINNER. TRICLOROETILENO. NUJOL. DERIVADO DE 4. PERCLOROETILENO. TINTA BASE ÁGUA. E ÁGUA.Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 7596 Situação: VALIDO Validade: 30/11/2012 Nº do Processo: 46016. REF.550/0001-60 Razão Social: MARIA L W FLECK -ME Natureza: Nacional Equipamento: CREME PROTETOR DE SEGURANÇA Descrição do Equipamento: CREME PROTETOR DE SEGURANÇA. CLORETO DE METILENO. CLASSIFICADO COMO GRUPO II ÓLEO RESISTENTE.DIESTEARILBIFENIL. Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO DAS MÃOS DO USUÁRIO CONTRA A AÇÃO AGRESSIVA DE PRODUTOS. QUEROSENE. VASELINA LÍQUIDA. COMPOSTO POR ÁLCOOL CETOESTEARÍLICO. ÁCIDO ESTEÁRICO. XILENO. MONOESTEARATO DE GLICERILA. GLICERINA. TINTA BASE SOLVENTE. ÁGUA-RAZ. TRIETANOLAMINA. BENZINA.

5 1000 29.181.9 6300 8000 30.: MODELO ATR. CONFORME TABELA DE ATENUAÇÃO A SEGUIR. ADAPTÁVEL À CABEÇA HUMANA. Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO AUDITIVA DO USUÁRIO CONTRA RUÍDOS. PERMITINDO QUE CADA ABAFADOR SE APLIQUE SOB PRESSÃO. EM FORMA DE ARCO.8 2000 33.7 500 19. REF.4 2.3 6. MONTADOS SIMETRICAMENTE NAS EXTREMIDADES DE UMA HASTE-SUPORTE AJUSTÁVEL. Tabela de Atenuação Frequencia(Hz): Atenuação db: Desvio Padrão: 125 6.1 NRRsf 18 . CONSTITUÍDO POR DOIS ABAFADORES EM FORMA DE CONCHA.8 250 13.1 2.7 2.3 3150 4000 33.9 1.Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 269 Situação: VALIDO Validade: 25/07/2012 Nº do Processo: 46016.926/0001-80 Razão Social: AGENA INDUSTRIA DE EQUIPAMENTOS DE PROTECAO LTDA Natureza: Nacional Equipamento: PROTETOR AUDITIVO Descrição do Equipamento: PROTETOR AUDITIVO AURICULAR.3 1.1 2.000975/2007-44 Nº do CNPJ: 33. AOS RESPECTIVOS PAVILHÕES AURICULARES.

4 6.013611/2008-84 Nº do CNPJ: 45.2 500 24. EM CAIXINHA OU SAQUINHO PLÁSTICO. CONFECCIONADO EM COPOLÍMERO TAMANHO ÚNICO. CONFORME TABELA DE ATENUAÇÃO A SEGUIR. Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO AUDITIVA DO USUÁRIO CONTRA RUÍDOS.1 1000 23.4 7.371/0001-08 Razão Social: 3M DO BRASIL LTDA Natureza: Nacional Equipamento: PROTETOR AUDITIVO Descrição do Equipamento: PROTETOR AUDITIVO DO TIPO INSERÇÃO PRÉ-MOLDADO. REF.2 250 22.9 8. Tabela de Atenuação Frequencia(Hz): Atenuação db: Desvio Padrão: 125 21.5 3150 4000 26.985.8 6300 8000 34. COM OU SEM CORDÃO DE POLIPROPILENO.Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 13027 Situação: VALIDO Validade: 10/06/2013 Nº do Processo: 46000.3 6.3 7.9 NRRsf 16 0 Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual .9 2000 29 5. DIVERSA CORES.: POMP POLIMER.4 5.

As hastes são confeccionadas do mesmo material do arco e constituídas de duas peças. Dados Complemantares Marcação do CA: haste Referências: JAGUAR Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO DOS OLHOS DO USUÁRIO CONTRA IMPACTOS DE PARTÍCULAS VOLANTES MULTIDIRECIONAIS E LUMINOSIDADE INTENSA NO CASO DOS VISORES CINZA.FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEG E MED DO TRABALHO . são visores para propósitos especiais e não devem ser utilizados para proteção contra radiação infravermelha. ANSI. Nº. uma semi-haste vazada com uma das extremidades presas ao arco por meio de parafuso metálico e outra semi-haste vazada que se encaixa na outra extremidade da semi-haste anterior que permite regulagem em três estágios. Z. verde tonalidade 3. Os óculos possuem essa marcação. 87.013569/2009-82 Nº do CNPJ: 00. radiação infravermelha. amarelo. ponte. VERDE TONALIDADE 3 E VERDE TONALIDADE 5. verde. Restrição: Observação: A transmitância luminosa dos visores verde e cinza indicam que eles seriam de tonalidade 2. constituídos de um arco de material plástico preto com um pino central e duas fendas nas extremidades utilizadas para o encaixe de um visor de policarbonato incolor. através da Portaria nº 52. O arco possui borda superior com meia-proteção na parte frontal e bordas.589/0001-40 Razão Social: KALIPSO EQUIPAMENTOS INDIVIDUAIS DE PROTECAO LTDA Natureza: Importado Equipamento: ÓCULOS Descrição do Equipamento: Óculos de segurança. segundo a norma. do Laudo 104/2009-A Normas Norma ANSI.1/2003 ÓCULOS Proteção contra: Impactos de partículas volantes. 87. de 09/05/2008 Nº do Processo: 46000.0. luminosidade intensa. Porém eles não atendem ao requisito de transmitância no infravermelho para esses números de tonalidade.0 respectivamente.1/2003 Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Laboratório 62.204.0 ou verde tonalidade 5. cinza. Z. devendo possuir a marcação indelével "S" para indicar essa situação. com um furo central. radiação ultra-violeta. Portanto.5 e 3. apoio nasal e protetor lateral injetado do mesmo material e uma fenda em cada extremidade para o encaixe no arco e hastes tipo espátula.428.073/000136 Razão Social FUNDACENTRO .Nº do CA: 10346 Situação: VALIDO Validade: 18/08/2014 Lote Suspenso: nº 1105.

165. uma de cada lado.Nº do CA: 10371 Situação: VALIDO Validade: 19/12/2011 Nº do Processo: 46017. Este ajuste é realizado com o auxílio de um dispositivo plástico incolor. com formato dobrável. O respirador possui camadas de microfibras tratadas eletrostaticamente. do Laudo 606/2008-A 403/2009-A Laboratório Razão Social 62. Nas laterais externas do respirador são fixados dois tirantes elásticos brancos.FUNDACENTRO contidas na publicação intitulada "Programa de Proteção Respiratória recomendações. apresentando face interna (que fica em contato com o rosto do usuário). NÉVOAS E FUMOS Observação: Para a adequada utilização do equipamento de proteção respiratória. Nº. um dispositivo plástico na cor cinza dotado. perfazendo dois tirantes elásticos brancos. estando cada uma delas localizada em cada lado do respirador. que possibilita a mudança de comprimento da fita elástica que compõe os tirantes. seleção e uso de respiradores".FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT 36 FIGUEIREDO DE SEG E MED DO TRABALHO Norma ABNT NBR 13698/1996 . de uma válvula de exalação. A parte superior externa da peça possui uma tira de material moldável embutida entre as camadas do respirador e a parte superior interna. devem ser observadas as recomendações da fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho . cada uma.000480/2010-19 Nº do CNPJ: 00.AIR SAFETY (SEM VÁLVULA). utilizadas para ajuste no septo nasal. preso por meio de costura ou por meio de encaixe em duas presilhas plásticas na cor cinza.FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT 36 FIGUEIREDO DE SEG E MED DO TRABALHO 62. azul clara ou branca ou listrada nas cores azul e branca. MÁSCARA DESCARTÁVEL NOVA MASK FACE PFF-2 CV .AIR SAFETY (COM VÁLVULA) Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS DO USUÁRIO CONTRA A INALAÇÃO DE POEIRAS. de uma abertura. As laterais externas do respirador podem conter duas saliências. por onde passam as pontas de uma fita elástica branca que estão soldadas uma na outra. na cor branca e face externa nas cores azul escura. Dados Complemantares Marcação do CA: NA PARTE INTERNA Referências: MÁSCARA DESCARTÁVEL NOVA MASK FACE PFF-2 . O respirador é fornecido com ou sem válvula de exalação. além do disposto nas Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho. uma tira de espuma cinza. Natureza: Nacional Equipamento: RESPIRADOR PURIFICADOR DE AR TIPO PEÇA SEMIFACIAL FILTRANTE PARA PARTÍCULAS PFF2 Descrição do Equipamento: Respirador purificador de ar tipo peça semifacial filtrante para partículas. solda ultrasônica em todo seu perímetro. utilizados para ajuste da peça na cabeça do usuário.073/0001.FUNDACENTRO . internamente.FUNDACENTRO . dotadas.428. O modelo com válvula de exalação possui em sua lateral direita.428.251/0001-26 Razão Social: SBPR SISTEMA BRASILEIRO DE PROTECAO RESPIRATORIA LTDA.073/0001.

017061/2010-16 Nº do CNPJ: 00.165. Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 12973 Situação: VALIDO Validade: 16/09/2015 Nº do Processo: 46017. NBR 13698/1996. ou alteração posterior.Respirador Purificador de Ar Tipo Peça Semifacial Filtrante para Partículas PFF1 / PFF2 / PFF3. Proteção contra poeiras. fumos e radionuclídeos. névoas.251/0001-26 .

Vapores orgânicos. deverá ser obtida junto ao fabricante/importador.Razão Social: SBPR SISTEMA BRASILEIRO DE PROTECAO RESPIRATORIA LTDA. fixado por encaixe no local do dispositivo central.Vapores orgânicos e poeiras. As peças possuem 01 (um) suporte de material plástico rígido cinza claro. névoas e fumos.420 A1B1E1K1P2 . com corpo que conjuga parte interna em material plástico rígido cinza claro e o resto da peça. 514837 . névoas e fumos. Nº.400 B1 GA . 2 . seleção e uso de respiradores". QUANDO UTILIZADO COM FILTROS QUÍMICOS OU COMBINADOS. para fixação dos filtros.filtros combinados: (químico classe 1 e mecânico classe P2): 514798 . Natureza: Nacional Equipamento: RESPIRADOR PURIFICADOR DE AR TIPO PEÇA SEMIFACIAL Descrição do Equipamento: Respirador purificador de ar tipo peça semifacial.Vapores orgânicos e gases ácidos. gases ácidos. gases ácidos. além do disposto nas Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho. Este suporte possui um prolongamento em sua parte inferior. E CONTRA GASES E VAPORES.AIR SAFETY Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO DAS VIAS RESPIRATÓRIAS DO USUÁRIO CONTRA A INALAÇÃO DE PARTÍCULAS SÓLIDAS. 515121 – 420 K1 P2 – amônia e poeiras.FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEG E MED DO TRABALHO . 515119 – 400 K1 – Amônia.420 B1 GA P2 . dotado de 01 (uma) válvula de exalação em sua parte dianteira. II) As especificações técnicas dos filtros. dotado de 01 (um) suporte para cabeça confeccionado em material plástico cinza claro. dotado de 01 (uma) válvula de inalação em sua parte traseira e de 01 (um) bocal com rosca interna e anel de vedação em sua parte dianteira.FUNDACENTRO contidas na publicação intitulada "Programa de Proteção Respiratória recomendações. 515120 – 400 A1B1E1K1 – vapores orgânicos. dióxido de enxofre e amônia.420 A1 VO P2 . O respirador é utilizado com os seguintes filtros: 1 . 514787 . 515122 . em material plástico rígido cinza claro.410 P2 – para poeiras. A parte frontal da peça.400 A1 VO .Gases ácidos e poeiras. QUANDO UTILIZADO COM FILTROS MECÂNICOS OU COMBINADOS. névoas e fumos.420 A1 B1 P2 . e outro dispositivo em sua parte centro inferior. que funciona como tampa da válvula de exalação e 02 (duas) hastes localizadas na parte superior de suas laterais. dióxido de enxofre e amônia e poeiras.filtros mecânicos: 515118 – 410 P1 para poeiras e névoas.Gases ácidos. gases ácidos e poeiras. 514799 . névoas e fumos. Dados Complemantares Marcação do CA: No suporte Referências: MÁSCARA SEMIFACIAL AIR SAN . por onde passam as pontas de um tirante elástico duplo regulável.Vapores orgânicos.073/000136 Razão Social FUNDACENTRO . uma de cada lado.400 A1 B1 . 514786 . Restrição: Observação: I) Para a adequada utilização do equipamento de proteção respiratória.Filtros químicos classe 1: 514794 . devem ser observadas as recomendações da fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho . névoas e fumos. em elastômero termoplástico na cor cinza. 3 . 514852 . do Laudo 351/2010-A Normas ABNT NBR 13694:1996 ABNT NBR 13696:2005 ABNT NBR 13697:1996 Laboratório 62. com a respectiva proteção.Vapores orgânicos. possui 02 (dois) dispositivos: um dispositivo localizado em sua parte central. névoas e fumos.428.

Respirador de Adução de Ar Tipo Linha de Ar Comprimido de Fluxo Contínuo / Tipo Linha de Ar Comprimido de Demanda com Pressão Positiva.999. Substituída por: ABNT NBR 13696/2010 NBR 13697/1996. NBR 13694/1996.013703/2008-64 Nº do CNPJ: 07. NBR 13695/1996. ou alteração posterior. NBR 14372/1999. ou alteração posterior. Proteção em atmosferas não imediatamente perigosas à vida e à saúde. Substituída por: ABNT NBR 13697/2010 Certificado de Aprovação de Equipamentos de Proteção Individual Nº do CA: 20218 Situação: VALIDO Validade: 25/06/2013 Nº do Processo: 46000. Substituída por: ABNT NBR 13696:2010 NBR 13696/1996.057/0001-95 Razão Social: LONDRINA EQUIPAMENTOS DE PROTECAO INDIVIDUAL LTDA .

REF. . SOLADO DE POLIURETANO BIDENSIDADE INJETADO DIRETO NO CABEDAL PARA USO ELETRICISTA. PALMILHA DE MONTAGEM EM MATERIAL RECICLÁVEL MONTADA PELO SISTEMA STROBEL.Natureza: Nacional Equipamento: CALÇADO TIPO BOTINA Descrição do Equipamento: CALÇADO DE SEGURANÇA DE USO PROFISSIONAL. CONFECCIONADO EM COURO CURTIDO AO CROMO. COM BICO DE AÇO.: 98US2 Laudo Aprovado Para: PROTEÇÃO DOS PÉS DO USUÁRIO EM LOCAIS ONDE HAJA RISCO DE QUEDA DE MATERIAIS E/OU OBJETOS PESADOS SOBRE OS ARTELHOS E EM ÁREAS DE RISCO EM QUE EXISTE INFLUÊNCIA DE ELETRICIDADE. MODELO BLATT. FECHAMENTO EM ELÁSTICO. TIPO BOTINA.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful