Como fazer o Queijo Minas Padrão em Casa?

Queijo Minas Curado - Queijo de Colônia

O queijo Minas Padrão é um queijo de simples elaboração e de muita versatilidade na culinária, sendo o principal ingrediente para o famoso pão de queijo. A receita abaixo foi desenvolvida para se elaborar dois queijos. Este queijo é um dos queijos mais populares no Brasil e extensamente fabricado em Minas Gerais, com destaque para algumas regiões como Sêrro, Serra de Araxá, Canastra. No sul do país recebe uma denominação bem particular que é de Queijo de Colônia (queijo fabricado na colônia). Com baixo investimento é muito fácil fazer o Queijo Minas Padrão em casa, bastando a aquisição do KIT para Fabricação do Queijo Minas Padrão ou Padronizado (também Curado ou de Colônia), que inclui todos os utensílios e ingredientes necessários à fabricação (exceto leite e utensílios domésticos). Ingredientes e utensílios: 10 litros de leite pasteurizado (em saquinhos), leite tipo "C" ou "B"; 5 ml de cloreto de cálcio; 7 ml do coalho (dissolvido em 3 colheres de água filtrada); 1 envelope de Fermento para Minas Padrão; 1 termômetro para laticínios; 2 formas completas para o Queijo Minas Padrão. Dicas: Não utilizar leite " homogeneizado" ou leite de "caixinha", longa vida para fabricar queijos. Para utilizar leite direto da fazenda, faz necessário a pasteurização deste leite (vide ao final desta receita como pasteurizar em casa o leite). Como fabricar o Queijo Minas Padrão em casa: Depositar o leite pasteurizado na panela e aquecer até atingir a temperatura de 36ºC (utilize o termômetro para medir a temperatura).

Desligar a chama e fazer a adição dos ingredientes (cloreto de cálcio, Fermento para Minas Padrão e coalho), distribuindo de forma uniforme sobre o leite e mexendo por alguns segundos após cada adição (o coalho deve ser sempre o último ingrediente a ser adicionado). Após a adição do coalho, deixar o leite em repouso por um período de 30 a 40 minutos, verificando se ocorreu a formação de uma coalhada lisa, firme e compacta (observe se a mesma começou a se desgrudar da panela; este é um sinal do ponto para se cortar a coalhada).

inicie a mexedura. Após o repouso. isto é um bom sinal de que tudo está correndo bem). Após este período. . faça cortes paralelos e cruzados pela extensão da panela. Após a prensagem. Deixar por um período de 1 hora e meia. coloca-se um peso de um saquinho de sal ou outro tipo de peso que tenha em casa (ideal o peso de pelo menos 5 vezes o peso do queijo). tampadas e finalmente prensadas. nas formas revestidas com o dessorador. À medida que a massa vai se firmando. numa distância de uns três centímetros entre um e outro corte. Após o ponto retirar cerca da metade do soro e adicionar 20 gramas de sal refinado sobre a massa (misturar com as mãos) e deixar a massa "assentar" no fundo da panela.Com o auxílio da faca. mais soro vai sendo expulso de seu interior e a massa vai ficando mais rígida. com os grãos apresentando certa firmeza. deixa-se os queijos em local fresco e arejado com as formas. por um período de 30 minutos. desenformam-se os queijos. retira-se os queijos da forma. O ponto da massa do queijo: O ponto do queijo ocorre após 45 minutos contados a partir do momento do corte. A massa deverá então ser enformada. com movimentos circulares e lentos. Depois de corridos este tempo. virando-os (ponta à cabeça) e deixando por mais 1 hora. Após o corte. formando um bloco único. deixe em repouso por 5 minutos (observe a formação de um soro com tonalidade esverdeada. por toda extensão e profundidade da panela. retira-se possíveis rebarbas de massa com uma faca e novamente prensa-se sem o dessorador. Como prensar o queijo em casa: As formas podem ser colocadas umas sobre as outras e sobre a primeira (de cima para baixo).

textura e aroma fiquem mais pronunciadas. O leite deve ser coado e aquecido até atingir a temperatura de 65ºC que deverá ser mantida por 20 minutos (utilize o termômetro para medir a temperatura e mexa lentamente para distribuir uniformemente o calor). resfrie para a temperatura de adição do coalho (normalmente na faixa de 36 a 38ºC).Como pasteurizar o leite cru para fabricação de queijo? Sempre utilize o leite de animais sadios e que não estejam em tratamento com algum tipo de antibiótico. Esta metodologia deve ser aplicada somente para a fabricação de queijos. Para curar o queijo. tomando o cuidado de virá-lo todos os dias. basta deixá-lo em um local fresco e arejado por alguns dias. Outras informações: Como curar o Queijo Minas Padrão? Curar o queijo significa "evelhecê-lo" de maneira que suas caracteristicas de sabor. Depois de 20 minutos. À medida que o queijo vai curando. Como fazer Queijo Minas Frescal em Casa? . Para um Queijo Minas este deve curar no mínimo 15 dias. este perde umidade. conseqüentemente forma "casca" e amarela.

Receita caseira para Queijo Minas Frescal. bastando a aquisição do KIT para Fabricação do Queijo Minas Frescal. Se utilizar leite direto da fazenda. que denominados de "coalhada" ou "coágulo". Após a adição do coalho. firme e compacta (observe se a mesma começou a se desgrudar da panela. 4 ml do coalho (dissolvido em 3 colheres de água filtrada). 3 ml de cloreto de cálcio. é necessário efetuar a pasteurização (leia ao final desta receita como pasteurizar em casa o leite para se fabricar o seu queijo). deixar o leite em repouso por um período de 30 a 40 minutos. . 1 termômetro para laticínios. A receita abaixo é elaborada para se fabricar 2 queijos com aproximadamente meio quilo cada. verificando se ocorreu a formação de uma coalhada lisa. Com baixo investimento é muito fácil fazer o Queijo Minas Frescal em casa. Como fazer o Queijo Minas Frescal: Depositar o leite pasteurizado na panela e aquecer até atingir a temperatura de 36ºC (utilize o termômetro para controlar a temperatura). este é um sinal do ponto para se cortar a coalhada).O queijo Minas Frescal é dos queijos mais simples de se fazer em casa e também um dos mais apreciados em todo o Brasil. Desligar a chama e fazer a adição dos ingredientes. Neste momento o leite apresenta-se na forma de gel. Ingredientes e utensílios: 5 litros de leite pasteurizado (leite tipo "C" ou "B") ou leite direto da fazenda desde que pasteurizado. que inclui todos os utensílios e ingredientes necessários à fabricação (exceto leite e utensílios domésticos). 2 formas para queijo Minas Frescal. Este tipo de leite não serve para fabricar queijos. Dicas importantes: Não utilize leite "homogeneizado" ou leite de "caixinha" (leia no rótulo). distribuindo de forma uniforme sobre o leite e mexendo por 30 segundos para cada adição (o coalho deve ser sempre o último ingrediente a ser adicionado).

deixar o Queijo em repouso por 10 minutos e fazer a viragem. o soro flui com certa velocidade pelos furos da forma. O Ponto: O ponto do queijo ocorre após 20 a 30 minutos contados a partir do momento do corte (o momento do corte deve ser o tempo inicial para marcar o tempo de fabricação do queijo). apresenta certa rigidez. inicie a mexedura. ficando somente a massa. O Queijo Minas Frescal se forma naturalmente. por toda extensão e profundidade da panela. a massa deverá ainda se acomodar.Com o auxílio da faca. com a expulsão de mais soro). Se você quiser um queijo mais mole ou firme. A massa deverá então. Importante também é lembrar que a massa esta com certa temperatura e fragilidade. Após o repouso. A altura do queijo é regulada neste momento (importante lembrar que. portanto o queijo deve ser manuseado com delicadeza! . numa distância de uns três centímetros entre um e outro corte. À medida que a massa vai se firmando. Após o corte. ser colhida com auxílio da concha e depositada na forma. deixe em repouso por 5 minutos (observe a formação de um soro com tonalidade esverdeada. com movimentos circulares e lentos. Quando a massa esta no ponto. esta fica mais firme e deposita-se com facilidade no fundo da panela. passando para uma outra forma. faça cortes paralelos e cruzados pela extensão da panela. isto é um bom sinal de que tudo está correndo bem). mais soro vai sendo expulso de seu interior e a massa vai ficando mais rígida. com objetivo de dar acabamento à superfície que não ficou em contato direto com a forma. Observe que quando isto ocorre. não precisando apertar ou "socar" o queijo! Após a enformagem. basta regular o tempo de mexedura (mexendo mais o queijo fica mais firme e mexendo menos fica mais macio).

A salga do queijo: Após a viragem do queijo. pimenta calabresa. e o queijo possui uma tendência de absorver o sal lentamente. O sal deve ser refinado e de boa qualidade! Após a salga os queijos devem ser levados para geladeira. Mistura-se à massa e então enforma-se normalmente. após terem sido refrigerados. Pessoas que ocasionalmente não queiram ou não possam consumir o sal. pois todo o produto elaborado a partir de leite desnatado é light! O macete é dar o ponto um pouco mais macio (massa mais mole) que o queijo elaborado a partir de leite com teor de gordura normal. Este tipo de salga é chamado de salga a seco. rasa) sobre cada superfície distribuindo de forma uniforme. Como fazer o Queijo Minas Frescal Light: Para elaboração deste queijo. . basta fazê-lo com leite totalmente desnatado. a gosto). aproximadamente. retira-se em torno de 100 a 120 quilocalorias por 100 gramas de queijo. Retirando-se a gordura do leite para elaboração do queijo frescal. Depois de 20 minutos. O leite deve ser coado e aquecido até atingir a temperatura de 65ºC que deverá ser mantida por 20 minutos (utilize o termômetro para controlar a temperatura e mexa lentamente para distribuir uniformemente o calor. bastando simplesmente enformá-lo e refrigerá-lo para enfim consumir! Como fazer o Queijo Minas temperado? Caso desejar temperar o queijo. proceda da seguinte maneira: antes da enformagem retira-se metade quantidade de soro. podem optar em não salgar o queijo. O consumo pode ser imediato. Esta metodologia deve ser aplicada somente para a fabricação de queijos). Como pasteurizar o leite da fazenda para fazer o seu queijo? Sempre utilize o leite de animais sadios e que não estejam em tratamento com algum tipo de antibiótico. Cada grama de gordura contribui com 9 quilocalorias. adicionar de 5 gramas de sal (uma colher de sopa. ervas de provence. Pesa-se o condimento desejado (orégano. resfrie para a temperatura de adição do coalho (normalmente na faixa de 36 a 38ºC). como no procedimento descrito acima. pimenta do reino.

um queijo. A seguir leve a panela ao fogo. sanduiches. saladas e churrascos. 1 termômetro para laticínios. lentamente. Não deixe de experimentar!!! Com baixo investimento é muito fácil fazer o Queijo Mussarela em casa. 4 ml do coalho (dissolvido em 3 colheres de água filtrada não clorada). protegida com a tela refratária. Preparo dos ingredientes: Medir a solução de Cloreto de Cálcio (3 ml) e o Coalho (4 ml). diluir em 2 colheres de sopa de água filtrada e reservar separadamente cada ingrediente deste. Ingredientes e utensílios: 5 litros de leite pasteurizado (em saquinhos). A receita é simples e didática. A receita da Mussarela Mágica é parte desta missão: permitir que você faça em casa. A seguir. que inclui todos os utensílios e ingredientes necessários à fabricação (exceto leite e utensílios domésticos). Salga na salmoura.Como fazer Queijo Mussarela? **Mussarela Mágica** O Queijo Mussarela é um dos queijos mais consumidos no Brasil sendo utilizado no preparo de massas. 1 tela refratária. delicioso. O envelope do Fermento para Mussarela Mágica deverá ser dissolvido em 1 copo de água filtrada e fria. Como elaborar a Mussarela: Adicione o leite (ainda gelado) na panela na quantidade de 5 litros. misture aos poucos. baixo. bastando a aquisição do KIT para Fabricação do Queijo Mussarela. leite tipo “C” ou “B”. na quantidade de 1 copo ou 200 ml aproximadamente). adicione o Fermento (previamente diluído em água filtrada. 3 ml da solução cloreto de cálcio. 1 envelope do Fermento para Mussarela Mágica. puro e com gostinho de saúde. misturando sempre. . A receita a seguir é a síntese de um trabalho e dedicação de seus autores no esforço contínuo na transmissão de conhecimentos acessíveis a toda parcela da população.

. este será o momento se cortar a coalhada). Com o auxílio da faca. Ao atingir a temperatura mencionada. faça cortes paralelos e cruzados pela extensão da panela. inicie a mexedura.Nesta etapa o leite deverá ser aquecido até que atinja a temperatura de 30ºC máximos (utilize o termômetro para verificar o aquecimento). isto é um bom sinal de que tudo está correndo bem). Depois do corte. Verifica-se a formação de uma coalhada lisa. Após a adição do coalho. firme e compacta (observe se a mesma começou a se desgrudar da panela. numa distância de dois centímetros entre um e outro corte. deixe em repouso por 5 minutos (observe a formação de um soro com tonalidade esverdeada. por toda extensão e profundidade da panela por um período total de 10 minutos. Após o repouso. Chamamos de "coalhada". a massa formada no decorrer da coagulação do leite pela ação do coalho e fermento. deixa-se o leite em repouso por um período de 15 a 20 minutos. desligue imediatamente a chama e adicione os outros dois ingredientes: Solução de Cloreto de Cálcio e por último o Coalho (também previamente diluídos em água filtrada conforme já mencionado). com movimentos circulares.

. desligue a chama e continue mexendo.O soro deverá ser separado da massa com auxílio de um coador. Adicione cerca de 700 a 800 ml sobre a massa. e delicadamente pressione um pouco a massa. Depois de 15 minutos teremos uma massa pronta para ser filada. Filagem:Aqueça em torno de 2 litros de água até atingir a temperatura de 75ºC e reserve. Ponto da massa:O ponto da massa ocorre após 30 minutos contados a partir do corte. massa e soro atinjam a temperatura de 40ºC (utilize o termômetro para verificar a temperatura). A medida que a massa vai se firmando. Com auxílio de uma escumadeira ou pá.Abra a chama e aqueça até que. Drene o soro. mais soro vai sendo expulso de seu interior e a massa vai ficando mais rígida. Ao atingir a temperatura mencionada. faça movimentos com a massa comprimindo-a por inteiro.

Retire a massa com as mãos (se preciso manipule com luvas de borracha) e finalmente movimente a massa aplicando o formato desejado. palitinhos). os queijos devem ser salgados em salmoura (água e sal) na seguinte proporção: 1 litro de água filtrada + 250 gramas de sal refinado + 1 colher de sopa de cloreto de cálcio (esta salmoura pode ser levada ao fogo para melhor dissolução do sal e depois resfriada para que os queijos possam ser salgados).Você irá verificar que a massa começa a esticar. Salgar por 15 minutos (nozinhos. Após a salga. Comece pelos nozinhos ou palitos que são mais fáceis. retire um pouco de água e adicione um pouco mais de água quente (75ºC). Se necessário. A massa se molda no formato desejado. bolinhas. escorrer o excesso de salmoura e simplesmente se deliciar!!! . tornando-se mais uniforme. Salga: Após a moldagem.

salsinha a gosto.Observações importantes: Não pare de mexer quando estiver aquecendo o leite. Esta receita não dá para ser preparada com leite de "caixinha" ou leite homogeizado. isto evitará com que o mesmo "agarre" no fundo da panela. regando bem. queimando-o. adicione o sal e o azeite. Sirva-se com exageros!!! . sal a gosto e Mussarela Mágica. azeite de oliva. Pique todos os ingredientes. Para adquirir o KIT de Fabricação do Queijo Mussarela clique aqui! Salada rápida: 1 tomate.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful