P. 1
Aprovação-CPFL

Aprovação-CPFL

|Views: 1.604|Likes:
Publicado porMatheus Millard

More info:

Published by: Matheus Millard on Oct 11, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2013

pdf

text

original

Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento

:

Norma Técnica Distribuição

Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária

6- CONSULTA PRÉVIA/ESTUDO DE VIABILIDADE PARA LIGAÇÃO DE CLIENTES NOVOS OU AUMENTO DE CARGA OU CAPACIDADE DE TRANSFORMAÇÃO. 6.1- Para clientes com ligações que se enquadrem em alguma das condições abaixo, o responsável técnico deverá solicitar a CPFL, um estudo de viabilidade para ligação ou aumento de carga à rede, tão logo fique definida a instalação ou a expansão do empreendimento: a) Ligações novas com capacidade de transformação acima de 300kVA; b) Ligações novas com instalação acima de 75CV; c) Ligações em que seja prevista a instalação de disjuntores com rele indireto; d) Aumentos de carga acima de 300kVA de demanda calculada (técnica) e/ou motores acima de 75CV; Nota: Clientes com situações que não se enquadrem em nenhuma das condições acima, deverão ir direto ao item 7. 6.2- O responsável técnico, após cadastro no sistema, deverá cadastrar a análise de viabilidade e anexar os seguintes documentos: 6.2.1- Imagem do relatório “Consumidores do Grupo “A” - Aumento de Carga/Ligação Nova” (Anexo VII), além de informar os dados requeridos neste anexo, o responsável técnico deverá apresentar a análise de possíveis interferências na rede da concessionária, de suas cargas especiais e potencialmente perturbadoras ao sistema elétrico da concessionária (motores elétricos de indução, equipamentos geradores de harmônicas, aparelhos de raios-X, fornos a arco, máquinas de solda elétricas, etc), conforme documentos GED´s 110, 161, 237, 238, 239 e 10099; e caso haja interferências, apresentar providências que serão adotadas para eliminá-las. Nota: No caso de clientes com cargas potencialmente perturbadoras ao sistema elétrico da CPFL, dentro dos critérios estabelecidos no documento GED-10099, deve ser elaborado e apresentado Relatório de Impacto no Sistema Elétrico (RISE). 6.2.2- Para novas ligações anexar a planta de situação/localização da instalação a ligar, constando rua e entre ruas, bem como o “ponto”, onde a instalação particular deverá ser conectada à rede da CPFL (não será necessário apresentar em escala); 6.2.3- Imagem da carta de apresentação da empresa empreendedora apresentando o responsável técnico pela elaboração do projeto, bem com imagem da carteira do CREA, para comprovação da habilitação profissional.
N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página:

4732

Manual

1.10

Rubens Bruncek Ferreira

11/02/2010

5 de 39

IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA

Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento:

Norma Técnica Distribuição

Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária

6.3- No momento do cadastro do projeto, o número da S.A. – Solicitação de Atendimento será informado. 6.4- Prazo para atender consultas de estudo de viabilidade: Até 10 dias úteis, salvo aquela que pela sua complexidade exija um maior prazo. 6.5- O responsável técnico será comunicado, via correspondência eletrônica, da alteração do status de sua análise de viabilidade. Deverá consultar seu cadastro na Internet, onde verá o parecer do engenheiro da CPFL que informará o cliente via Internet ou carta via correio, da necessidade ou não de obras de reforço de rede primária, bem como do custo estimado e prazos. 6.6- A CPFL informará ainda, via Internet ou carta via correio, fornecendo todos os dados relevantes para elaboração do projeto do sistema de proteção em média tensão, como níveis de curto-circuito no ponto de entrega, ajustes e curvas de proteção. 6.7- A consulta prévia/estudo de viabilidade tem validade de 90 dias após sua aprovação/liberação. A S.A. - Solicitação de Atendimento expira após este prazo, sendo necessária nova solicitação e nova análise. 7- PROCEDIMENTOS DE ENTRADA DA DOCUMENTAÇÃO PARA ANÁLISE DE PROJETO: 7.1- Todas as dúvidas quanto à documentação técnica a ser encaminhada e projetos devolvidos, poderão ser esclarecidas através dos fones e endereços locais abaixo: - CPFL-Paulista - Região Nordeste Setor: Divisão de Serviços da Distribuição Nordeste (DODD) Endereço: Av. Cavalheiro Paschoal Innechi, nº 888. Jardim Independência – Ribeirão Preto Fone: (16)3605-6619 E-mail: ppnordeste@cpfl.com.br - CPFL-Paulista - Região Noroeste Setor Central: Divisão de Serviços da Distribuição Noroeste (DOLD) Endereço: Rua Wenceslau Brás, nº 08-08 – Vila Pacífico – Bauru. Fone: (14)3108-5525 E-mail: ppnoroeste@cpfl.com.br - CPFL-Paulista - Região Sudeste Setor: Divisão de Serviços da Distribuição Sudeste (DOTD) Endereço: Rodovia Campinas-Mogi Mirim, km 2,5 – nº 1755 – Bloco III – 4º andar; Jardim Santana – Campinas Fones: (19)3756-8856 E-mail: ppsudeste@cpfl.com.br
N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página:

4732

Manual

1.10

Rubens Bruncek Ferreira

11/02/2010

6 de 39

IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA

designação e endereço do imóvel a ser ligado e data de previsão de energização. 7. para comprovação da habilitação profissional. nº 27 Centro – Santos Fone: (13)3213-6107 E-mail: ppbaixada@cpfl. conforme modelo do Anexo I. de N.2 e 8. endereço e número do telefone do proprietário e do responsável técnico para correspondência e contato. Jardim São Carlos – Sorocaba Fones: (15)3229-4095 E-mail: ppoeste@cpfl. c) Relação de carga a instalar. Armando Pannunzio. se houver). b) Imagem da carteira do CREA do responsável técnico pela elaboração do projeto.Solicitação de Atendimento no momento do cadastro do projeto.1. o processo referente ao projeto deve conter: a) Imagem da carta de apresentação do projeto contendo nome. Todo processo deve conter o projeto do sistema de proteção contra sobrecorrente em média tensão.com.CPFL-Piratininga .Região da Baixada Santista Setor: Divisão de Serviços da Distribuição Baixada Santista (DOBD) Endereço: Praça dos Andradas.1. em "cadastrar projeto".com.1. O responsável técnico verá o status inicial: "aguardando análise" e é informado do número da S.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 7 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .A. excetuando-se os casos previstos nos itens 8.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.O projeto (desenhos e documentos). cálculo da demanda prevista (técnica) e a demanda a contratar (comercial) para o primeiro ano de funcionamento da instalação. deverá ser enviado através do sistema CPFL via Internet.br Nota: Os dias e horários de atendimento são às terças-feiras e quintas-feiras. .1. nº 1555. das 13:00hs às 16:00hs. inclusive.br . desde o ponto de entrega até a proteção instalada após a medição. e a coordenação deve ser apresentada em gráfico tempo x corrente. d) Memorial descritivo.CPFL-Piratininga .3 do documento GED-2855 (incluir também a proteção do transformador auxiliar. 7.2. além da curva de danos dos equipamentos e materiais a serem protegidos.Como documentação necessária.Região Oeste Setor: Divisão de Serviços da Distribuição Oeste (DOSD) Endereço: Av.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária . bem como os da rede de energia da CPFL que a alimentará.3. A coordenação da proteção deve conter a curva característica dos equipamentos de proteção da instalação.

estiver em nível diferente do da rua. Se o ramal for subterrâneo. Após a liberação do projeto pela CPFL. Encaminhar também. deve ser enviado também o projeto detalhado do sistema de comando proposto. dimensão dos barramentos. contendo trajeto e profundidade dos dutos. como: número do prédio a ser ligado. etc. conforme modelo do Anexo II. junto ao órgão competente da prefeitura e fornecer uma cópia do projeto a CPFL. h) Diagrama unifilar. nos casos aplicáveis. i) Planta de situação. além da documentação prevista no documento GED-33. nome de ruas e avenidas. o interessado deve obter a aprovação da referida travessia sob o passeio ou leito carroçável. ou sistemas de combate a incêndio com alimentação em média tensão.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 8 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . g) No caso de ligação de consumidores com instalação de geração própria. transformadores da CPFL mais próximos. bitola dos dutos e cabos. ou ponto de tomada na rede de particulares. informando a capacidade nominal das proteções. apresentar também. deverá constar no projeto a travessia sob o passeio ou leito carroçável. ou projeto e execução. deve-se indicar o trajeto dos cabos e a localização das caixas de passagem. f) Imagem do termo de responsabilidade. imagem da carta de “Compromisso pela Ocupação do Poste da CPFL (ou CPFL-Piratininga) e de Instalação de Dutos Subterrâneos na Via Pública”.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária acordo com as dimensões do modelo apresentado no documento GED-2858. planta em corte lateral. e) Imagem da ART do projeto.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. capacidade nominal dos transformadores. etc. bem como os dados dos equipamentos de proteção da rede de energia que atenderá a carga. contendo todas as informações necessárias para análise. também. localização das caixas de passagem. mostrando sua localização em relação à via pública e o acesso do pessoal e equipamentos. especificando o número do desenho. Se a instalação interna. N. até o medidor. k) Nota indicando os desenhos constantes nessa norma que detalham o projeto. a posição da caixa de medição. conforme modelo do Anexo IV. Deve ser indicada. contendo o projeto da rede desde o ponto de entrega até a transformação/medição e proteção. O projeto deve fornecer todos os detalhes necessários para localização da unidade consumidora. detalhando as instalações elétricas de média tensão. desde o ponto de entrega na rede da CPFL. j) Em se tratando de entrada subterrânea. conforme desenhos 17 e 18 do documento GED-2859. o projetista deve solicitar antecipadamente a CPFL. até o resumo de cargas no secundário de cada unidade transformadora instalada ou a instalar. Para tanto. os dados referentes à potência de curto circuito no ponto de entrega. etc. a página e data da aprovação do mesmo. inclusive proteções.

endereço e CNPJ da unidade consumidora.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 9 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . ITR . n.1.1. conforme o caso.6) Escolas: CNPJ. endereço e CNPJ da unidade consumidora. Procuração. n. n. CNPJ.1.3) Sociedades Específicas: n. Instituição.3.5) Microempresas: Declaração de firma individual. N.3) Bancos: Estatuto. nomeação do representante legal.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária l) Detalhes do projeto não contemplados pelas normas (GED´s-2859/2861). n.4) Clientes Rurais: DECA. m) Em caso de ligações provisórias. Ata de nomeação do Síndico e convenção condominial. nomeação de dirigente de ensino. Santa Casa.7) Condomínios: CNPJ.3. CNPJ. CPF e RG. CNPJ. publicada no Diário Oficial da União.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. CNPJ.Imposto Territorial Rural.1. Clube. CNPJ.1) Autarquias: Lei Municipal de criação da autarquia que se refiram à representação da sociedade.2) Procuração Específica: empresas que delegam a determinadas pessoas poderes específicos para assinar instrumentos contratuais em geral. Cooperativa: Ata da última Assembléia Geral que elegeu a Diretoria.1. n) Documentação comercial: Imagem do Anexo X (Opção por Grupo/Modalidade Tarifária) preenchido com os dados do cliente e assinado pelo representante legal e os documentos abaixo: n. CPF e RG do proprietário. Ata da Assembléia Geral. subestabelecimentos quando for o caso. n.1. ou CCIR (Certificado de Cadastro de Imóvel Rural).2) Departamentos de Água e Esgoto: estatuto social e última alteração que se refiram à representação da sociedade.1. nomeação do representante legal. Estatuto Social e suas alterações que se refiram à representação da Sociedade. n. n.1) Sociedade Anônima: n. n. n. imagem da carta de compromisso para ligação provisória conforme modelo do Anexo V-a ou V-b.1) Associação.2) Empresas LTDA: Contrato Social e alterações do Contrato Social que se refiram à representação da Sociedade.

contendo todos os detalhes requeridos para o perfeito entendimento do mesmo quando da execução dos serviços propostos. CEP: 13088-900 . Para os casos superiores a 90 dias. se houver. para ECVC-Divisão de Relacionamento Corporativo. como descrito no item 7. . . .3. Regularização. além dos documentos pertinentes para cada caso. r) A apresentação de projeto simplificado a CPFL.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. onde verá o parecer do engenheiro da CPFL e a relação de irregularidades apontando as alterações ou complementações a serem feitas. via correspondência eletrônica.3. todos os documentos deverão ser enviados via correio com firma reconhecida e autenticação se for o caso. o) A Inscrição Estadual e CNPJ do endereço da unidade consumidora são documentos obrigatórios para os casos onde é previsto pela legislação. onde verá o parecer do N.5.cópia da escritura do imóvel. 7. 7. Caixa Postal nº 156. enviar também os documentos abaixo: . Vistoria).cópia do contrato de arrendamento se houver.Religação de Unidade Consumidora Inativa: Em caso de religação de unidade consumidoras inativa por período inferior ou igual à 90 dias.Devolução de projeto vistado / liberado para execução: O responsável técnico será comunicado via correspondência eletrônica da alteração do status de seu projeto para "Vistado/Liberado". q) A CPFL pode solicitar outros detalhes que julgar necessários em projetos específicos. serão exigidos apenas ART que certifique que não houveram alterações em relação ao projeto e montagem originais. Deverá consultar seu cadastro na internet. Laudo.cópia do contrato de locação do imóvel ou. Comercialmente serão exigidos os documentos constantes no item 7.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária n. da alteração do status de seu projeto para "Reprovado Técnico" / “Reprovado Comercial”.Campinas – SP. proceder à entrada de documentação para análise técnica e comercial.6.3) Prefeituras: nomeação do prefeito municipal e cadastro nacional de pessoas jurídicas . 7.CNPJ do endereço da unidade consumidora.3(n). não elimina a necessidade do projetista elaborar um completo. Nota: Nesses casos.Devolução do projeto para alterações ou complementação: O responsável técnico será comunicado. e memorial descritivo do serviço executado (Avaliação. Parecer Técnico. bem como aumento de carga. p) Para unidades consumidoras com débitos.4.cópia do contrato de compra e venda do imóvel registrado em cartório de imóveis. Deverá consultar seu cadastro na internet. para a qual não houve alteração da natureza da atividade das instalações.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 10 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .

onde verá o parecer do engenheiro da CPFL.com..Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. Demais casos: .8.11.A. Jaboticabal e São Joaquim da Barra: atendimentonordeste@cpfl.Região de Ribeirão Preto. 7. a CPFL contatará o interessado via telefone ou correspondência eletrônica informando as datas e horários para atendimento.br. devendo ser informado o nº da S. São Carlos. b) Para clientes Poderes Públicos Municipais (Órgãos dos Poderes Municipais).Forma do profissional efetuar consultas: Consultas sobre o andamento do processo deverão ser através do próprio sistema via internet.10.Prazo de análise e resposta à consulta técnica: Até 10 dias úteis para devolução do projeto vistado/liberado ou para alteração/complementação.br.br.br.com. o atendimento é feito através das Gerências de Contas Poder Público de sua região. .Forma da CPFL responder consulta técnica: O responsável técnico será comunicado via correspondência eletrônica da alteração do status de sua consulta técnica.Todas as dúvidas quanto à documentação comercial a ser encaminhada e processos comerciais devolvidos.7. Lins. eventuais comentários e a relação dos documentos a serem enviados quando da Solicitação de Inspeção..com.9. Jaú.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária engenheiro da CPFL.com. Itapira. Jundiaí e Sorocaba: atendimentopiratininga@cpfl. Marília. Botucatu. após esse prazo o responsável técnico deverá submeter novamente o projeto para análise.Região de Americana. 7. Barretos. verificando o status do projeto.br.Região de Bauru. . 7. Campinas e Piracicaba: atendimentosudeste@cpfl.Prazo de Validade: O prazo de validade de projeto vistado/liberado para execução e conclusão é de 12 meses a partir de sua aprovação. ou através dos endereços eletrônicos abaixo: Para os casos de ligação nova: ligacaonova@cpfl.Região de Santos. poderão ser esclarecidos. Araçatuba e São José do Rio Preto: atendimentonoroeste@cpfl. 7. Para consultas que necessitem de atendimento personalizado. Araraquara. conforme abaixo: a) Através de nosso Contact Center: 0800 770 41 40. .com. Franca.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 11 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . 7. Deverá consultar seu cadastro na internet. N. salvo aquele que pela sua complexidade exija um maior prazo.

ANEXOS ANEXO I CARTA DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO (MODELO REDUZIDO) (timbre do solicitante se houver) (local e data) À COMPANHIA PAULISTA (ou PIRATININGA) DE FORÇA E LUZ Prezados Senhores: Pela presente. se convocado pela CPFL-Paulista (ou CPFL-Piratininga).Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. cuja firma poderá ser contatada através deste(s) responsável(eis) signatário(s). nosso representante técnico irá manter contato com a concessionária via 0800 0 10 10 10 (ou 0800 0 10 25 70 caso seja CPFL-Piratininga) para a solicitação de interligação na rede. o processo referente ao projeto das instalações elétricas da(o) (indústria ou imóvel). e liberação para execução. município de . Estou(amos) encaminhando. imagem da ART. Também. para a execução das obras de interligação deste empreendimento. em anexo. os documentos pertinentes. 2859 e 2861" e “Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet .10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 15 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . Assumirei(emos) eventuais contribuições financeiras. 2856. situado à (endereço). Faltando 90 (noventa) dias para o término da nossa obra.Fornecimento em Tensão Primária – GED-4732”. previstas na Legislação. venho(vimos) encaminhar. A previsão para energização deste prédio é para o mês de (mês) de (ano). N.Sa.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária 10. 2858. para apreciação de V. conforme solicitado nas normas "Fornecimento em Tensão Primária 15kV e 25kV – GED´s 2855. ou mesmo antes. referente ao Projeto (ou Projeto e Execução). estou(amos) encaminhando.

Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. de acordo com as normas dessa Concessionária (vide nota).Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária ANEXO I (Continuação) De posse das informações acima.endereço para correspondência . N.telefone .CREA De Acordo: (assinatura do proprietário do empreendimento) . Declaro sob pena da lei a veracidade de todos os documentos ora apresentados.telefone Nota: Incluir o último parágrafo no caso de entrada subterrânea.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 16 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .endereço . prepararei(emos) e apresentarei(emos) imagem da autorização da Prefeitura para o projeto dos dutos de entrada subterrânea.nome legível .nome legível . Atenciosamente (assinatura do responsável técnico) . na parte que ocupar a via pública.

pelo que assumo (imos) plena responsabilidade pelos danos. sito à (endereço). venho(vimos) encaminhar. prejuízos e demais eventualidades que essa derivação venha a causar a mim(nós) ou a terceiros... em virtude da deslocação do referido poste... 2856... para fins de liberação para execução.CGC ou CPF N. pela manutenção das características anteriormente encontradas.. Pela presente.. Concordo(amos) que a ocupação do poste será a título precário e comprometome(emo-nos) a remover as instalações... que a derivação do poste à minha(nossa) propriedade continua a pertencer-me(nos).10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 17 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA ..endereço .. Atenciosamente (Assinatura do proprietário) ... caso a CPFLPaulista (ou CPFL-Piratininga) remova ou substitua o poste ocupado.. Declaro(amos) que na abertura e fechamento no passeio público (ou leito carroçável).... 2858..nome legível .. declaro(amos) que estou(amos) de acordo em pagar quaisquer despesas eventualmente necessárias.. no futuro. há necessidade da ocupação de um poste de propriedade da CPFL-Paulista (ou CPFLPiratininga) e..A. projeto do ramal de entrada subterrâneo.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária ANEXO II CARTA DE COMPROMISSO DE OCUPAÇÃO DE POSTE DA CPFL-PAULISTA (ou CPFLPIRATININGA) E DE INSTALAÇÃO DE DUTOS SUBTERRÂNEOS NA VIA PÚBLICA (Modelo) (Timbre do solicitante.. as minhas(nossas) expensas. Sa.. para o(a) (nome da indústria ou imóvel a ligar).Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1..... Para ligação à rede de distribuição dessa Companhia por meio de entrada subterrânea.. nº.. bem como........ 2859 e 2861). se houver) (Local e data) À COMPANHIA PAULISTA (ou PIRATININGA) DE FORÇA E LUZ (endereço do escritório) S.. no município de .... serei(emos) o(s) único(s) responsável(eis) junto a terceiros. elaborado conforme norma técnica Fornecimento em Tensão Primária 15kV e 25kV (GED´s 2855.. para apreciação de V.......

. as Instalações Elétricas Independentes. Declaramos estar cientes de que...10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 20 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . nº.. Declaramos.... utilizadas para ligação do nosso sistema de combate a incêndios (bomba d’água). _________________________________________________ (local e data) __________________________________________________ assinatura do consumidor (nome legível) (CPF) (RG) N.... poderão ser interligadas com outras instalações elétricas existentes em nossa propriedade..... em hipótese alguma....A. ainda. oriundos dessa interligação....... que os danos pessoais e materiais que possam ser causados a CPFL-Paulista (ou CPFL-Piratininga) e/ou a terceiros. são de nossa total responsabilidade...Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária ANEXO IV TERMO DE RESPONSABILIDADE S...Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.

. ou além.......Volume 1.........Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VI PEDIDO DE INSPEÇÃO S. que vai do ponto de entrega até a medição.. anexo III da norma Fornecimento de Energia Elétrica em Tensão Primária 15kV e 25kV – Volume 3 – Anexos.. Interessado: Localidade: Telefone de informações e contatos: E-mail: Data: Venho pela presente solicitar a inspeção dos serviços executados na propriedade acima qualificada e construídos conforme projeto vistado por essa Companhia..Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1... conforme esclarece o item 6 da Norma Técnica da CPFL-Paulista (ou CPFL-Piratininga).. ......... encontram-se totalmente concluídas e desenergizadas..........A.. e verificação feita conforme Roteiro de Inspeção.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 23 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA ...... Declaro que as instalações executadas sob a responsabilidade técnica constante da ART nº ...... Responsável técnico CREA N..... Fornecimento de Energia Elétrica em Tensão Primária 15kV e 25kV ...... nº..

Formulário (folha 1 de 4) CONSUMIDORES DO GRUPO “A” Aumento de Carga nº U.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.C.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII .A.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 24 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .: ___________________________________ Coordenada (UTM) do ponto de instalação: X _____________ Y______________ Alimentador: ________________________ Bloco: __________________________ N. ______________ Ligação Nova Razão Social: ______________________________________________________________________ Endereço da Sede: ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ Endereço da unidade consumidora: ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ Fone: _____________________________ Fax:______________________________ Pessoa de contato:______________________________ Fone:__________________ Preenchimento pela CPFL-Paulista (ou CPFL-Piratininga): S.

em ordem decrescente de potência. Motores de potência superior a 200CV: descrever as características das cargas acopladas e o regime de funcionamento (número de partidas por unidade de tempo). Para motores de potência inferior a 75CV totalizar a potência instalada.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. tipo e potência do respectivo retificador e dispositivo corretivo acoplado. características. Cargas sensíveis a perturbações da rede elétrica: informar a potência e nível de suportabilidade de cada carga à perturbação. N. Motores de corrente contínua ou com inversores de freqüência: relacionar todos os motores com potência acima de 75CV. em ordem decrescente de potência. potência de cada unidade. especificando tipo e potência dos retificadores e/ou inversores. tipo e regime de funcionamento (número de disparos por unidade de tempo). Para motores de potência inferior a 75CV totalizar a potência instalada. potência.Formulário (folha 2 de 4) Preencher todos os campos deste formulário descrevendo detalhadamente as cargas por unidade transformadora conforme critérios abaixo e modelos em anexo: Motores de corrente alternada: relacionar todos os motores com potência acima de 75CV. indicando características dos dispositivos de partida.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII . indicando os dados solicitados no respectivo formulário. Geradores: relacionar todos os geradores. Fornos de indução: enumerar quantidade. potência. Cargas que utilizam retificadores ou inversores: relacionar tipo e potência de cada unidade. Fornos a arco ou de redução: enumerar quantidade. Máquinas de Solda: Relacionar quantidade. tipo de ligação (trifásica ou bifásica) de cada unidade e dispositivo corretivo acoplado. em ordem decrescente de potência. tensão nominal. OBSERVAÇÃO: os níveis de tensão e limite de variação da tensão de fornecimento de energia elétrica seguem a Documentação vigente dos órgãos reguladores. tipo de ligação (trifásica ou bifásica) de cada unidade. Raio X: relacionar todos os equipamentos indicando capacidade.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 25 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .

Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. Tipo de Proteção: ( ) Indireta (Relé com transformador de corrente ou sensor de corrente) ( ) Fusível ( ) Existe alteração na cabine atual 4.Formulário (folha 3 de 4) 1.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII . Geração própria: ( ) não ( ) sim potência nominal: _______ kVA e Fator de Potência: _____ ( ) contínuo ( ) bagaço de cana ( ) óleo combustível ( ) emergencial ( ) lenha ( ) diesel dias/semana: _____________________ Regime: Energético: ( ) outros _____________________________________ 3.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 26 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . Situação Existente de Carga Instalada e Demanda Contratada Transformadores (kVA) Carga Instalada (kW) Demanda Ponta (kW) Demanda Fora de Ponta (kW) N. Regime de trabalho: horas/dia: _____________________ 2.

6. Diretores/procuradores credenciados para assinatura de contratos (anexar cópia do documento comprobatório da representação) Nome:________________________________________________________________ Cargo:_____________________ RG:_________________ CIC:__________________ Nome:________________________________________________________________ Cargo:_____________________ RG:_________________ CIC:__________________ ___________________.Formulário (folha 4 de 4) 5. ______ de__________________ de 2.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. Transformadores (kVA) Carga Instalada (kW) Demanda Ponta (kW) Demanda Fora de Ponta (kW) Período ___ / ___ a ___ / ____ OBSERVAÇÃO: para as unidades consumidoras não enquadradas no sistema tarifário horo-sazonal.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 27 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . relacionar as previsões de demanda no campo “Fora de Ponta” do quadro acima. Previsão de acréscimos de Carga Instalada e Demanda a Contratar para o primeiro ano de funcionamento da instalação. ____ Responsável pelas informações:____________________________________________ Assinatura:_____________________________________________________________ N.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII .

MOTORES .10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 28 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . preencher uma folha de dados para cada um. indicar a ordem de partida dos motores: N.Dados das Cargas 1._______________% ) C/ CHAVE SÉRIE PARALELO ) C/ RESISTÊNCIA OU REATÂNCIA PRIMÁRIA .AJUSTE ___________ % ) C/ RESISTÊNCIA ROTÓRICA ) C/ SOFT STARTER – RELAÇÃO IP / IN ________ ) OUTRAS (ESPECIFICAR E ENVIAR CATÁLOGO)_____________________ ♦ Quando houver mais de um motor.folha 1 de 2 Quando houver mais de um motor. sempre que possível. Anexar. catálogos ou a(s) folha(s) das características elétricas fornecida(s) pelo fabricante.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. ♦ Motor tipo: ( ) Indução .Rotor Bobinado ♦ Número de Fases: ( ) 3 Fases ( ) 2 Fases ( ) 1 Fase ( ) Corrente Contínua ( ) Síncrono ♦ Corrente Nominal _______________________( A ) ♦ Corrente de Partida Direta ________________( A ) ou Relação IP/IN (para partida direta) _______ (pu) ♦ Tensão Nominal _______________________ ( V ) ♦ Potência Nominal ______________________ (CV) ♦ Fator de Potência em Regime _____________ ♦ Fator de Potência na Partida ______________ ♦ Número de Partidas: por dia = _____ por hora = _______ por minuto = _____ ♦ Tipo de Partida: ( ( ( ( ( ( ( ( ) DIRETA ) C/ CHAVE ESTRELA-TRIÂNGULO ) C/ CHAVE COMPENSADORA .Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII .Rotor em Gaiola ( ) Indução .

10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 29 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII .folha 2 de 2 ♦ Cargas operando quando da partida do motor (quando houver): Potência___________________ Fator de Potência____________ ♦ Cargas sensíveis à flutuação de tensão: Tipo: ________________________________________________________ Flutuação Admissível: ________________% ♦ Impedância do transformador do consumidor: __________________% N.MOTORES .Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.Dados das Cargas (continuação) 1.

A.folha 1 de 1 Quando houver mais de um retificador. catálogos ou a(s) folha(s) das características elétricas fornecida(s) pelo fabricante. Anexar. sempre que possível.Dados das Cargas (continuação) 2. preencher uma folha de dados para cada um. ♦ Número de fases lado C.: ( ) monofásico ( ) bifásico ( ) trifásico ♦ Potência KVA: _________________________________ ♦ Número de Pulsos: _____________________________ ♦ Sistema de Controle: ( ) controlado (tiristores) ( ) não controlado (diodos) ( ) semi-controlado (diodos + tiristores) N.RETIFICADORES .Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII .Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 30 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .

Dados das Cargas (continuação) 3.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 31 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII . catálogos ou a(s) folha(s) das características elétricas fornecida(s) pelo fabricante.MÁQUINAS DE SOLDA . preencher uma folha de dados para cada uma.folha 1 de 1 Quando houver mais de uma máquina de solda. Anexar. ♦ Máquina de solda: ( ) moto-geradora ( ) transformadora a arco ♦ Número de Fases: ( ) 3 fases ( ) 2 fases ( ) 1 fase ( ) transformadora à resistência ( ) transformadora -retificadora ♦ Corrente Nominal absorvida da rede : ________ ♦ Tensão Nominal: ________ ♦ Potência Nominal: ________ (V) (kW) (A) Fator de Potência: ________ Potência Nominal: ________ (kVA) N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. sempre que possível.

sempre que possível. Anexar.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VII . tipo de sucata e ciclo de operação e que deve ser obtido junto ao fabricante) Ks = _____________ ♦ Freqüência de operação do forno: ______________ ♦ Tensão de operação do forno: ______________ ♦ Impedância (%) do transformador: _______ ♦ Cabos de alimentação do transformador até o forno Bitola de cabos: ___________________________________ Comprimento: _____________________________________ ♦ Impedância (%) do reator série (quando houver) entre o transformador e o forno:_________________________________ (V) (Hz) N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.Dados das Cargas (continuação) 4.FORNOS .10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 32 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .folha 1 de 1 Quando houver mais de um forno. preencher uma folha de dados para cada um. ♦ Forno tipo: ( ) Arco ( ) Indução ( ) Outros: especificar ____________________________________ Potência de curto-circuito absorvida pelo forno quando os eletrodos estão imersos no banho de massa fundida: __________________ (kVA) ♦ Potência Nominal do forno: _______________ (kVA) ♦ Fator de Severidade (Ks) do forno (fator que depende do projeto do forno. catálogos ou a(s) folha(s) das características elétricas fornecida(s) pelo fabricante.

... chave e barramento: ____________ Fase B... foram submetidos à medição de resistência de isolamento... apresentando resultados que habilitam a energização da instalação : Fase A... chave e barramento: ____________ Fase C.. Data ___/____/____ _______________________________ Nome do Profissional No CREA N...10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 33 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .. cabo e muflas: ____________ Fase B... Certifico que os cabos .A.. da classe 15 kV (ou 25kV). das instalações da Solicitação de Atendimento supracitada..... muflas e chaves. cabo e muflas: ____________ Fase A.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária A N E X O VIII MEDIDA DE RESISTÊNCIA DE ISOLAÇÃO ...CLASSE 15 kV ou 25kV LAUDO TÉCNICO S. chave e barramento: ____________ Localidade. com equipamento ____________________________ (marca/tipo/tensão aplicada).. cabo e muflas: ____________ Fase C.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1..... nº.

Localidade.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1. supracitada.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária ANEXO IX LAUDO TÉCNICO DO SISTEMA DE ATERRAMENTO DA INSTALAÇÃO ELÉTRICA DO TRANSFORMADOR E MEDIÇÃO (modelo) S. nº ___________________ Certifico que o sistema de aterramento da instalação da S.A.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 34 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA . foi executada conforme orientação da norma técnica Fornecimento em Tensão Primária 15kV e 25kV (GED 2855). ____/_______/______ _____________________________ _______________________________ PROFISSIONAL CONTRATANTE Nº CREA RG N.A. apresentando resultados que habilitam a energização da instalação: Condição do Solo Muito úmido ( ) Úmido ( ) Normal ( ) Seco ( ) Normal ( ) Valor Medido Longitudinal à linha: _______________Ohms Transversal à linha: ________________!Ohms Método Utilizado: _____________________________ Reduzido ( ) Configuração do Sistema de Aterramento deixado: Módulo básico mais _____ módulos adicionais. e que a mesma foi submetida ao ensaio de medição da resistência de aterramento com equipamento ____________________________ (marca/tipo).

artigos 79 a 82 ) Opções de Faturamendo no Grupo A : Cronograma para Fornecimento Início / Leitura do Mês / Ano À Leitura do Mês Binômia Convencional Horo-Sazonal Verde Horo-Sazonal Azul Demanda(s) Contratada(s) por Segmento (KW) Ponta Fora Ponta / Único Dados Cadastrais : Solicitação de Atendimento n.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 35 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .º 456/ANEEL. 79 a 82 da Resolução n.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária ANEXO X Opção por Grupo / Modalidade Tarifária Data : Tendo sido informado das Opções disponíveis para faturamento ou mudança de Grupo Tarifário de que tratam os Artigos 53.º ( SA ) : Nº UC ou Código Consumidor / Nº Cliente ou CIL : Código e Descrição Atividade Econômica conforme CNPJ : Nome / Razão Social : Endereço : Bairro : Endereço Correspondência : Bairro : Contato : Telefones Celular : Fax : Município : e-mail : CEP : Município : CEP : CPF/CNPJ : Atividade Específica ( qdo for o caso ) : N. manifesto minha Opção conforme abaixo : Opção de Faturamento no Grupo B ( P/ unidades atendidas cf.

Tipo de Documento: Área de Aplicação: Título do Documento: Norma Técnica Distribuição Sistema CPFL de Projetos Particulares Via Internet Fornecimento em Tensão Primária Transformadores : Capacidade Total Trafo(s) : Assinaturas : Nº Maior Trafo : Qtde Trafo(s) : Nome: Cargo: CPF: RG: Representante Legal Nome: Cargo: CPF: RG: Testemunha N.Documento: Categoria: Versão: Aprovado por: Data Publicação: Página: 4732 Manual 1.10 Rubens Bruncek Ferreira 11/02/2010 36 de 39 IMPRESSÃO NÃO CONTROLADA .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->