P. 1
Qual é a anatomia da mama

Qual é a anatomia da mama

|Views: 92|Likes:
Publicado porRaquel Rocha

More info:

Published by: Raquel Rocha on Oct 11, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/22/2012

pdf

text

original

Qual é a anatomia da mama, tipos de mamilos e a fisiologia da lactação?

As mamas são formadas por um conjunto de glândulas, que tem como função principal a produção de leite. Desenvolve-se no embrião na região anterior do tórax, entre a segunda e sexta costela, na chamada “linha do leite”, que se estende da axila à região inguinal, onde podem persistir formando as chamadas mamas acessórias na idade adulta. É constituída por um conjunto de 15 a 20 unidades funcionais conhecidas como lobos mamários, representados por 20 ductos terminais que se exteriorizam pelo mamilo. Apresentam a forma cônica ou pendular, variando de acordo com as características biológicas corporais e com a idade da pessoa.         Parede Torácica Músculos peitorais Lobo mamário Mamilo Aréola Ductos lactíferos Tecido adiposo Pele

A mama, além do tecido glandular, é composta por gordura, tecido conjuntivo, vasos sanguíneos, vasos linfáticos e fibras nervosas. O principal suprimento sanguíneo vem das artérias mamárias internas (60%) e da mamária externa ou torácica lateral (30%). O restante do suprimento é derivado de pequenos ramos das artérias intercostais, artéria toracodorsal, subescapular e toracoacromial. A drenagem linfática da mama ocorre preferencialmente para a axila (97%), e o restante drena para a cadeia mamária interna (3%). As duas 2 hormonas mais importantes são:  A prolactina (produzida na glândula pituitária anterior) que estimula a secreção de leite nos alvéolos, em resposta à estimulação da aréola e do mamilo por parte do bebé. Quando o mamilo é estimulado a prolactina é libertada e inicia-se a produção de leite. Quanto mais o bebé estimula a mama, mais leite é produzido. Se existe restrição à amamentação, porque o bebé não vai à mama, ou porque é retirado antes de terminar uma mamada espontaneamente, a produção pode não ser estimulada adequadamente. A ocitocina (produzida na glândula pituitária posterior), é libertada por surtos durante a amamentação, e provoca a descida do leite através dos ductos até ao mamilo (o reflexo da descida ou ejecção). Quando o bebé mama, ao tocar com a boca no mamilo e na aréola envia mensagens nervosas para a glândula pituitária que liberta a ocitocina na corrente sanguínea. Isto provoca a contracção das células mioepiteliais dos alvéolos e a ejecção do leite, que vai provocar um aumento do diâmetro dos ductos lactóforos e e o movimento do leite para o mamilo. Entre as ejecções de leite, o diâmetro dos ductos retorna ao seu valor pré ejecção, sugerindo que a acumulação de leite não se faz nos grandes ductos (canais) mas nos pequenos canalículos.

De início este reflexo é não condicionado, com resposta a um estímulo físico mas, mais tarde torna-se condicionado, e apenas o choro, a visão ou pensamento do bebé pode ser suficiente para provocar o fluxo de leite. Se a mãe se encontra deprimida, cansada ou com falta de confiança na amamentação o reflexo da ocitocina pode ser inibido, embora esta inibição temporária e parcial possa ser revertida. A ocitocina é a responsável pelo desconforto sentido por algumas mulheres durante as primeiras semanas, e que é normal. Sinais e sensações de um reflexo de ocitocina activo:

     

sensação de pressão, formigueiro, picada nos seios imediatamente antes ou durante uma mamada pingar de leite dos seios quando pensa no bebé ou o ouve chorar gotejar de leite do outro seio, quando o bebé está a mamar leite a escorrer dos seios se o bebé larga o seio durante a mamada dores pela contracção do útero, com pequena perda de sangue eventual, durante as mamadas na primeira semana sucções profundas e lentas, seguidas de deglutição. Mostrando que o leite está fluindo para a boca do bebé.

Controlo local O sucesso do aleitamento materno depende da remoção de leite da mama. Há um controlo local, que inibe a produção de leite para esta não ser exagerada. Permite um equilíbrio desejável entre a oferta e a procura. Controlo local de produção de leite:

5 vezes menor naqueles com alimentação mista. quando comparadas com crianças que recebiam como única alimentação o leite materno. Usar sal com moderação. e. pouco elástico. enlatados. começar com consistência pastosa (papas /purês). e o ritmo a que o leite é produzido é variável. Estudo realizado em Porto Alegre e Pelotas. Neste caso a prega faz-se manualmente. semiprotuso. Mamilo invertido Inversão total do mamilo. verduras e legumes nas refeições. mantendo o leite materno até os dois anos de idade ou mais. exigindo da mulher muita paciência. Comente sobre os dez passos para o sucesso do aleitamento. dificultando a pega e sucção. sendo liberada na corrente sanguínea seguirá aos alvéolos ativando suas células secretoras de leite. quando comparadas com crianças amamentadas. Quanto mais leite é tirado mais leite é produzido. a ocorrência de internações hospitalares por pneumonia no primeiro ano de vida foi dezessete vezes maior para as crianças não amamentadas.           Dar somente leite materno até os seis meses. ideal para amamentar. refrigerantes. Normalmente o bebé não "esvazia" completamente a mama. também elástico de fácil pega e sucção. a produção pára. Além de um menor risco para contrair esta doença. particularmente. É de difícil pega e sucção.respeitando a sua aceitação. Entre os tipos de mamilos. especialmente nos primeiros meses de vida. é onze vezes menor em recém-nascidos pré-termo recebendo leite materno exclusivo e 3. O efeito protetor do leite materno tem início logo após o nascimento. A capacidade de produção das mamas é diferente e independente. esse risco chegou a ser 61 vezes maior para as crianças não amamentadas. sem oferecer água. Quais as vantagens do aleitamento materno sobre o aleitamento artificial? São inúmeras as vantagens da amamentação. ideal para amamentar. no Rio Grande do Sul. Outras infecções. Estimular a criança doente e convalescente a se alimentar. também estão associadas com as práticas alimentares de crianças menores de um ano. além das já citadas. ocasionando seu desaparecimento. . por infecção que não a diarréia ou doença respiratória. dar alimentos complementares três vezes ao dia se a criança receber leite materno e cinco vezes ao dia se estiver desmamada. Crianças menores de três meses alimentadas com leite não humano mostraram um risco maior de hospitalização por infecção bacteriana. (1995) um dos fatores que pode dificultar a amamentação é o tipo de mamilo que a mãe apresenta. a amamentação evita os riscos de contaminação no preparo de alimentos lácteos e de diluições inadequadas – leites muito diluídos ou concentrados –. daquelas em condições desfavoráveis e / ou que nascem com baixo peso.Se a a mama fica cheia de leite. A partir dos seis meses. A diferente capacidade de armazenamento de leite de cada mulher ajuda a explicar a diferente frequência de mamadas de cada recém nascido. A mortalidade por enterocolite necrotizante. por exemplo. A alimentação complementar deve ser oferecida sem rigidez de horários. as crianças amamentadas apresentam uma menor duração da otite média secretória. os autores apresentam os mamilos protuso. em muitos casos. mostrou que as crianças menores de um ano não amamentadas tiveram um risco quatorze vezes maior de morrer por diarréia e quase quatro vezes maior de morrer por doença respiratória. Segundo SCHMITZ e cols. e gradativamente aumentar a sua consistência até chegar à alimentação da família. Mamilo semiprotuso mamilo pouco menos protuso. que em sua região anterior irá produzir a prolactina. mais protegida estará. garantir o seu armazenamento e conservação adequados. foi reduzida em maternidades de países em desenvolvimento que passaram a promover o aleitamento materno.5 vezes maior de morrer. Estimular o consumo diário de frutas. oferecendo sua alimentação habitual e seus alimentos preferidos. O leite humano. Uma alimentação variada é uma alimentação colorida. as terminações nervosas presentes no mamilo geram impulsos que são levados até a hipófise. que interferem no crescimento das crianças (refletido no ganho de peso insuficiente ou de sobrepeso. Caso o mamilo seja plano ou invertido pode dificultar a sucção. encurta o período da doença quando ela ocorre e reduz o risco de desidratação. Por outro lado. Mamilo protuso mamilo normal. Evitar açúcar. elástico de fácil pega e sucção. O leite materno protege a criança contra infecções respiratórias e parece diminuir a gravidade dos episódios das mesmas. A partir dos seis meses. Em primeiro lugar. a sobrevivência das crianças. Nos primeiros três meses. Cuidar da higiene no preparo e manuseio dos alimentos. Oferecer à criança diferentes alimentos ao dia. por exemplo. salgadinhos e outras guloseimas nos primeiros anos de vida. O aleitamento materno também protege contra otite média aguda. quando comparadas com as amamentadas exclusivamente. em virtude das suas propriedades antiinfecciosas. A incidência de infecções neonatais. As crianças não amamentadas mostraram um risco 2. oferecer de forma lenta e gradual outros alimentos. chás ou qualquer outro alimento. invertido e plano:     Mamilo plano Situa-se no mesmo nível da aréola. Quanto mais a criança mamar no peito. no primeiro ano de vida. quando comparados com recém-nascidos recebendo fórmulas lácteas. Em Pelotas / RS. balas. A alimentação complementar deve ser espessa desde o início e oferecida de colher. além de diminuir o número de episódios de diarréia. quando comparadas com crianças da mesma idade alimentadas exclusivamente ao seio. protege as crianças contra diferentes infecções desde os primeiros dias de vida. café. porque as células produzem constantemente leite. respectivamente). respeitando-se sempre a vontade da criança. frituras. glândula situada no cérebro. Quando o bebê mama. Além da presença dos fatores de proteção contra infecções no leite materno. Há evidências de que o leite humano. ela garante. se o bebé não mama bem a mama não recebe o estímulo adequado e não produz o leite suficiente.

Quais os aspectos relacionados à composição do leite de vaca e o leite materno? . Além do mais. com fatores de proteção contra infecções comuns da infância. sendo que tais recursos poderiam ser utilizados para comprar outros alimentos e suprir as demais necessidades da família. como foi citado anteriormente. choram. isento de contaminação e perfeitamente adaptado ao metabolismo da criança. inclusive em dias secos e quentes. após exposição à mamadeira. o período em que a mulher fica sem menstruar depois do parto é menor. a complementação precoce é desvantajosa para a nutrição da criança. O leite materno é fundamental para a saúde das crianças nos seis primeiros meses de vida. se o leite for do tipo modificado. O efeito protetor do leite materno contra diarréias. Os movimentos da boca e da língua necessários para a sucção da mama são diferentes daqueles utilizados para sugar a mamadeira. A amamentação é uma fonte de economia para a família. Sob o ponto de vista nutricional. A mortalidade em crianças que nasceram até dois anos após o nascimento de um irmão ou cujas mães engravidaram antes que completassem dois anos. independente do número de mamadas. em 39 países em desenvolvimento. pegam e largam o peito por dificuldades na sucção. interferindo na amamentação sob livre demanda. as doenças alérgicas. além de reduzir o tempo de sucção das mamas. muitas vezes por falta de recursos das mães. na tentativa de fazer com que o leite dure mais. a doença de Crohn. considerando. entre outros. que rejeitam o peito. Alimentar uma criança. pode diminuir consideravelmente quando a criança recebe. por acreditarem que os bebês não gostam de seu leite. De fato. Existem muitas outras vantagens da amamentação. incluindo água ou chá. Fómulas / leites fluidos muito diluídos ou muito concentrados são prejudiciais para a criança por influir no ganho de peso para menos ou para mais. A técnica de sucção da mama e da mamadeira / chupeta são distintas. A amamentação exclusiva é importante também na diminuição da fertilidade após o parto. Portanto. Essa prática pode ser prejudicial. recém-nascidos. o ato de amamentar é importante para as relações afetivas entre mãe e filho. Sabe-se que a ausência de menstruação devido à lactação depende da freqüência e da duração das mamada. por ser um alimento completo. Vários estudos relatam associação entre o uso da mamadeira e desmame precoce. confundindo o bebê. como o ferro e o zinco. Como os alimentos oferecidos às crianças pequenas. A amamentação exclusiva tem sido recomendada por oferecer maior proteção contra infecções. com leite artificial consome cerca de 13% do salário-mínimo e quase 1/3. qualquer outro alimento. A complementação com outros alimentos e líquidos não nutritivos diminui o volume total do leite materno ingerido. uma vez que a mamadeira é uma importante fonte de contaminação. Recém-nascidos normais nascem suficientemente hidratados para não necessitar de líquidos. tanto para a mãe quanto para a criança. especialmente nas populações menos privilegiadas. entre outros fatores. entre as quais uma possível proteção contra a síndrome da morte súbita. podem apresentar dificuldade em sugar o peito. Em comunidades onde as mulheres amamentam por menos tempo e começam a complementar a dieta da criança mais cedo. nos primeiros anos de vida. o que pode diminuir a autoconfiança de suas mães. nos seis primeiros meses de vida. além do leite da mãe. apesar da pouca ingestão de colostro nos dois ou três primeiros dias de vida. onde grande parte da população pertence aos níveis socioeconômicos mais baixos. o diabete mélito insulino-dependente.Outra importante vantagem do aleitamento materno é o custo. outro fator que deve ser considerado na amamentação não exclusiva é o uso de mamadeiras para ofertar líquidos à criança. Outro risco conhecido da alimentação artificial é a diluição inadequada do leite. alterar a dinâmica oral e retardar o estabelecimento da lactação. até os seis meses após o parto e cuja apresenta proteção contra nova gravidez. especialmente nos países em desenvolvimento. o câncer de mama e o de ovário na mulher que amamenta. além do leite materno. além de reduzir a duração do aleitamento materno e prejudicar a absorção de nutrientes importantes existentes no leite materno. Existe consenso de que a mulher que amamenta. expostos à mamadeira. o linfoma. não são nutricionalmente tão adequados quanto o leite materno. A alimentação artificial consome grande parte da renda familiar. que uma parcela significativa da população brasileira vive em condições precárias e a diarréia é ainda importante causa de mortalidade infantil. o aleitamento materno exclusivo – sem complementação com água ou chás – deve ser enfatizado nos primeiros meses de vida. além de otimizar o desenvolvimento neurológico da criança e promover o vínculo afetivo entre mãe e filho. Já foi demonstrado que a complementação do leite materno com água ou chás nos primeiros seis meses de vida é desnecessária. a colite ulcerativa. O espaçamento entre os nascimentos conferido pelo aleitamento materno é importante para a saúde da criança. é consideravelmente maior do que a encontrada entre as crianças que têm uma diferença de dois ou mais anos com o irmão mais próximo. ficam inquietos. fornecendo inclusive água. respectivamente. Alguns bebês amamentados.

a criança passa a entender que. no período gravídico-puerperal?  Mastite Puerperal: Causada pela obstrução dos ductos mamários no período da amamentação. deve apresentar atestado médico. ao precisar de algo. Sono: criança agitada e com choro nervoso. . Não ofereça remédios sem orientação médica. e não é prejudicial ao bebê. qualquer deles ou ambos. como se o pequeno estivesse meio "engasgado" de raiva ou brabeza. Em dez por cento dos casos os abcessos necessitam ser drenados cirurgicamente. não podendo ser inferior a trinta minutos. Qual a legislação que protege a amamentação? Legislação: artigos 35º. A presença das rachaduras nos mamilos causadas pela amamentação aumenta a probabilidade da infecção. No caso de dispensa para aleitação. A partir do terceiro mês. 47º. da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Aí. com a duração máxima de uma hora cada. a dispensa diária para amamentação ou aleitação é reduzida na proporção do respectivo período normal de trabalho. Se qualquer dos progenitores trabalhar a tempo parcial. não determina a perda de quaisquer direitos e é considerada como prestação efetiva de trabalho (artigo 65º. Para evitá-las. num segundo período com a duração remanescente. se a criança chorar.             Fome: gemidos semelhantes a um apelo que não cessam com carinhos somente quando estiver satisfeito. têm direito a dispensa para aleitação. Efeitos: a dispensa para amamentação ou aleitação. ele se modifica. até o filho perfazer um ano. evitando assim desconfortos. a dispensa diária é acrescida de mais trinta minutos por cada gémeo além do primeiro. nº 2). Neste caso. salvo se outro regime for acordado com o empregador. Emocional: choro geralmente é acompanhado de soluços. O bebê começa a reconhecer o ambiente em que vive e isso vai alterando seu comportamento”. Massagem e aquecimento local antes da amamentação são indicados pelo favorecimento na abertura dos ductos. não sobrecarregará o seu rim e intestino com nutrientes pesados contidos em outros tipos de alimentos. nessa fase. No recém-nascido. o choro passa a ser voluntário. salvo se outro regime for acordado com o empregador. faça massagens na barriga do seu bebê e mexa suas perninhas (bicicleta) de duas a três vezes ao dia e não somente nos períodos e cólicas. prova de que informou o respectivo empregador da decisão conjunta).Quais os motivos do choro no RN O choro é a única forma de o pequeno comunicar o que deseja. basta abrir o berreiro. Nota 1: No caso de não haver amamentação e desde que ambos os progenitores exerçam actividade profissional. Pode causar áreas dolorosas nas mamas ou nos mamilos causando febre. Fralda suja ou roupa desconfortável: choro fraquinho e estridente. Condições: No caso de dispensa para amamentação. requerendo tratamento antibiótico. Em alguns casos a febre pode tornar-se severa. especialmente nos primeiros meses de vida. Excesso de estímulo ou irritação: é um choro meloso que ocorre ao fim de um dia movimentado. a trabalhadora comunica ao empregador com uma antecedência de dez dias relativamente ao início da dispensa. nº 1 i). sendo caso disso. É a forma de ele se expressar antes que seja capaz de dizer as primeiras palavras. explica a pediatra Devani Pires. a dispensa diária é gozada em período não superior a uma hora e. tremer o queixo e fazer cara de dor. Procure o pediatra do seu filho e com ele descubra o que o pequeno tem. Cólica: choro agudo e intenso. No caso de nascimentos múltiplos. apresenta ainda declaração conjunta. A dispensa diária para amamentação ou aleitação é gozada em dois períodos distintos. o bebê pode estar com febre ou com alguma dor. “Com o tempo. Se a amamentação se prolongar para lá de um ano. Quais os cuidados com as mamas que a enfermagem pode orientar em relação à mastite. Dor: grito agudo seguido de um pequeno intervalo. Se o choro persistir. 0 a 3 meses – é um período que a criança tem muitas cólicas. é considerado um ato reflexo. consoante decisão conjunta. o progenitor deve comunicar ao empregador com uma antecedência de dez dias relativamente ao início da dispensa. Elimine cada opção até chegar em uma que acalme seu bebê. além de satisfazer a necessidade de sucção de seu bebê. Por isso.02 Conteúdo: direito da mãe que amamenta o filho a ser dispensada do trabalho para o efeito e durante o tempo que durar a amamentação. 3 a 6 meses – continue somente com leite materno. atenda e verifique as causas do choro. declara qual o período de dispensa gozado pelo outro progenitor (se for caso disso) e junta prova de que o outro progenitor exerce actividade profissional (e caso seja trabalhador por conta de outrem. Amamentar é a maneira mais eficaz de remover a obstrução e aliviar os sintomas. normalmente leva a criança a esticar e encolher as perninhas. 6 a 12 meses – Criança não sabe o que é manha ou birra até os 12 meses. 48º e 65º da Lei 7/2009 de 12. Frio ou calor: é um choro copioso de desconforto.

:/.8 6:.44090 2.3.477H3.3.40.9.4397.310.8./.9..F2/.7.42.2.48/0.08 .8..4878.8.94708/0574904.7./.439./403.80.  :97./.4.7.49902F/.8  ./..2:2.0082.43.2039.3.708547530:243.42..34572074.7.7.90734 48572074897H820808 088078.23.04:.3.03904:/084-705084 70850.3.2.7.8 34.0397.8 09082:94/:J/484:.42.2039.8.82034708/097H820808.74/0.49902F/./.3/4../..4/.7.8  F2/.7089.90734 ..3.09.42.42.7./././.3424897.0-.9O7.0082.708/0.4209034:2. 547310.8.8.7.8.47/04859.884.3./481.2.82034708/0:2.084859.4-.8.2039.907..2039.8.4:/403.2039.4.709O7.8E.425.77F. ..824897.7..47/0247707 34 572074.807.425.570803.9.857E9.475.8 70109/434.0082.45.8 9.14 /0088090.475.  6:.2039..834.20390  7.4547310.2.20390  .907349.8.203948E./.2-F2574900.2-F20894.2.3.20347/:7.86:070.#$ .:8.34/0.7..425./.2.7.34/0.34 8.4397. 6:.3.8 .7.80.7...3/4.8. F2/0:22034778.4243.2.2:278.4397.203942.708.34/0508438:1.2039.46:034.2039.90480/0/:083.8 .5708039.2039./06:.2:278.7./.2./././.3./039073.7.8..834././48 6:039071070234.3/4.2039.08340902.434 5705.4 .20394/.70857.8310.

40.02/4.80.  0850./0/48.20394808:577.14390/00.07../485. .830.2039.2J.4257..48  ..4342. 348808572074820808/0..20394 43/07.7 803/46:09.7.870.791.1.1.2J.4.8-.545:.483J.7 4:9748.:784854/07.438420.. .42090..432.25479.2.4384207..791.390./.482.703/.7.203942.088/.1.790/.4F:2.2039.7./08/.90734F4..790/.09.:97.3.203903485.39.J80802/0803.8/02.2.0. 2039.2807:9.7:2.E74 2J32406:.0884.3/05.:894 .4.5.4507903.3/05..

0.39440902. 20 6:.4..4570.F.8J3/7420/..42E:..77F.3945.3.2.8.4 ./02479.907.9.2039.E7. /:7.39.40397020014  0902. .0 57424.09.807.2039.48/23:4.7.8 3485720748.4340./07.4:..74/0803.7.48./4./.2039.8/0.42414.20394841070../46:0.0709.545:...7.8/403.7.5.4: .390.:3/4E:./4348572074820808/0.3.54741070. .39014390/0 ./.424:9748.F7.7.4/.7..4:.20390 .508./.8:2.94708 6:0:2.F2/070/:74 90254/08:.25479.3.2.4397./.90734.0F/08.:8.2.23.4/4.7.6:074:974.8.310..4 802.F2/4 0902.9.86:..3905.439.42E:.F4:84/0 2.4/.484-.39.2.54:. 4/..109.394 4.43/08570. 43142.F/0830.4209.7/0J6:/48 . ./483472.074.2.2.109..9476:0/0. . F2/42.80.9./4././.2.0/.8348808572074820808/0.42502039.-0902F9438:34 /0503/0390 .3.438/07.3/4 039704:97481.2.438/07.3./07.424410774043.0203906:.2039.2039480J6:/48343:979./.41079..:8.30894/0.002/.2039. :2.3.4203/..2:076:0.  3.5./.4.870.2039094.3945.002.4397.74089.4-7.4.90734307/4 3/0503/0390/4 32074/0 2.:8.490:.89./32..0889.57E9..028:1.20394.8 42448..08.  .8.7.4/40902.70/02.08..7.-00.247908-9.-8474/03:970390825479./06:.07./031...9028/470.42502039.3.23..90734 .84:97. 88.5.47.3..2039.20394/..448974348/484:97H85720748/.06:0.42502039. 3484 3:97. 831.40507109.907340.. 03970.08  0109457490947/4090 2.90734F1:3/./.2.2.F2/4090/.F2 3.85.39  $4-454394/0.7J6:/48.2..E743.4..9.3:97.8.7. .7.8506:03.03/43.4 9.59.F:2.0-0 .40.../486:.7.7.8.F2/0492. 804090147/495424/1.25479.907340570:/.2.2.203942.880./.8 .2039. .4  .7/.4397.310./.3../07..90734 4:9741.2..43.3/.438/07..94708/0574904.43.3/4.20394 3.82./403.072.90734.8 .J3.9.425094  14730./43.:4.7. .9.80397020014  E14/0243897.203942..2.42502039.4806:03908 #0.038/.5488J.70../0743 .39074720390 54/0/23:7../488.421.47574904.3430./40902.04/04./08:...3/.4/.0807.7F25479.07/02.3.. 80394/0../.313.088E7. 547807:2.77F.42:38/.90734 ./485.83.206:.4:20949..F2/070/:7.7.4 9F.039020390/7.2./0/.E8348572074880820808/0.:8.7/..09.3:974/.94/0.E !479.7. .E8 /0./4  89022:9..:8.:8.0574904 .2039430:74O.439.-4824/.4397.8 39071073/43.8 4.54/0807570:/.7.348/0.0807031.0E:.8 4.7.390808903908340902.

./. ./48 0548948 2.2/080:090 6:07009.20.8208 3. .0/.2.5708039.6:008:9../07.2.:/.8 O2:.430.8:..94 70.431:3/3/44-0-H 01.84/10703908/.:509./08:.2./06:./01./:43.4 46:054/0/23:7..07./48 .30..9. 9039. 8:./083.791..245094  039704:9748 'E748089:/48 70.8.4.745094  :38-0-H8..203948/.7.2.4/.2039.4.431./07.7/1./485.:94.:7848/.3.884./070.  54/02.F.8.2.-4..8  824.4039704:84/.8.426:04090/:702.2..7026:048-0-H834489.9.7.2.0  :97478.F2 3.9./07.0085471.4.47.20570.2.:/.2 1.2039./4090 2:9..236:0948 50.7.2.088E7485.2.84/8939.70/9.J3:.5O8054842./07.8208 547.245094547/1.0/082./4/.7./0028:. 8:.

/0 203897:.8802/48.2.42502039.9.8.5O845.94870.425484/4090/0.8.9F/48..348 025.8./0./.:.2. .8.2.2-F23....4247242.7.4/0503/0/.203903.2039403970483.F25479..7.:8.802203897:./..2039.348.794F 20347  890.3905.2547 20348902540.848../002.:..7.0/4 4507J4/4026:0./.2:076:0.:8H3.857O24   ":.40.4/0.4397.8.0203902..90734F25479.07. 03970.7./23:4/.348.-0 806:0.4/.2039.8208 037./0  085.3.09.3.203948.42:3/./10703./0/484:2.4.2:071./48.34/050845.43107/4504.7940.20394/0:27244:./.3.850.7.7/0548/45.0/..85..2./0843/0.4397.9.43.2039.7.0397.47/46:0.794 $.8.1706QH3..8.03.3.5O843.8 545:.2.2.86:03.7.8 2479.420.82../4884570:/../.203484:5.7.7.5O845.82:0708../.. 2.39086:0.0.2./09. 0850.J80802/0803.574904../:7.3909.86:09H2:2.90734  .34...20390  .2.4380384/06:0..43..09081:/482:94/:J/484:2:94.42509..040902.7.1079/.7.20394 F.8 70850.5708039.7.3.9F4880820808..2./0/.438/07...203942./4. 54731:734.082034857.

7948 3    0 /.702:2.5.797/4907.7.2039.4F:2.474.8..8 034F 570:/.4745.0889.8:./47  441070. O ..348..5046:034.8.474.:8.F2/08..088.4770.   -0-H.425479..77.3.078/.4  7.3/4089.50.47.3...020.:/480:/4/0:2506:0343907..882/08.97H8..3./00/07..03903/076:0 ..078.454.474204846:04.. A.7.7./480:140..088/.0.:-7.0.008./485041.423:9703908508.7 8080..4:-77.00884..7E480: 7203908934.3/410-70 2.7.203943.430.3/4.3.0884/0089J2:44:779..850733.474  ":..850..2.4:74:5.484  24.431479E.948  ":.7.3.24.0394/48.8.7 .70..0254/047039./4/07.87.4.8 50733..8...5./../4/084:48 ..F2 3.424804506:034089.203944.43.39-O9..4-0-H 570803.4/080:-0-H 3484-70./480:-0-H020.-774 -077074 J 3088./08.20390F./00080057088.-.20394 05.8 470.2.:2.08.47417./48.4200/08.1.20394..46:0574900.86:0.-/./.47434# .9022:9.9470104  42490254 008024/1.8 97020746:0401.50/.4/..8.4 2 .:/..:8.90734 .8 1..981094  47794./04506:034.2039..0742H8 .6:0./.:2.2.J/.7E70.88./4 F.4745078897 4-0-H54/0089.-0.4570../0/.4:-7..:/40390384 3472.2.4.248.2039.420902.031072./48..3.80 4./:7.07..4393:08420390..9482.1472. 0850.09.85..574-..84:3482.07.7..48/4.425...7/0.2.7003.0..3/0/44790 5.088020403.9E .8..7.203900./.4:39E74   O O O O O O O O O O O O 42002/488020..82../4#47.857207..903/./0/47  744:.0884830..2-0390026:0.42.07..20808 .:2039.702F/4880247039.848249.:38./4  $434.7 .7.801..2 807/703.4 -..2039.4843/.30.438/07.88.4 2/0547.248..":.2039..74883942.0.42.9F.0383.97.2E74834507J4/4/.439/48024:97489548/0.2.10-7054/09473.45484/0/08.8 !.407.88..42:3..848.-.4 08.97.807.7:7.470. &3.-046:0F2.:8..7.770.88.746:0/080.O.  230.420. 706:0703/497.2..3/480:.20808 7.3!708 /./48.47F:2..:70450/.9..089.474F.981.83482.848.4 !4/0.2.0.89...8990!:07507.474307.20390348572074820808/0.8 /4./07024.307..70270.39086:080..:8.....203948 0.310.3908/. !74.42F/.3.907.4-897:4/48/:.734884203906:.20808 F:2507J4/46:0.8:....-079:7.412/0:2/./0/08:.6:3400897/0390  O.83.9.47407.07..42..7F./4:2.0./.8  .8 2..3.4-897:40.84848.2080:-0-H $04.2.43147948  .0.20390 .4210-704:./.074.3..9.0348420390348507J4/480.2.9F4820808 !47884 80.:8.O.4314794  .42.8 -..3908.8/44748./.2039.4 5:07507.1472. /48/:.8990 34507J4/47./0/07..0716:0.6:0.46:04506:034902  .42.. /0/:.

09./47.42402570.20394829548 .42.20390.794 3    ..8 70.2-48485740394708007.20390.4010940/:7.5..../85038.4 ./.2./.43:39.2.0.7.40/08/06:0./42F/.42:2.2039.44:..4/.6:07/0084: .2.07:2.4F4.9./...4804:9747020147 .4 34/090723.43:39. /0.09..5708039./85038../06:.97./..7..414.42:3.5745474/4 70850.9./85038.75./06:044:97457403947007./E7.902545.. 6:./.09.84/0/85038..9.2039..86:07/709480F.84/884 3:280:3/4507J4/4../4.84.0..4804:9747020147.7.2039.48057443.5.-./0 6:0314724:470850./0:2.8480.5.7././E7.F204 ./..9.84/03.390./47 4.3.02507J4/4 348:50747.9.4 457403947/0.34 /0.47.7./0/0/.-.0.438/07.E/0:2.439.4/.2.574..7.6:.45.5708039.4 ..5.2039.7.4384.0/H3.-.. 0.4  4. .44:.44:.4 ./:7.0/H3.2039. $0./097./0/0/.206:0./85038./497./47./47  43/084.84 .4702...02/48507J4/48/893948 ./057418843..2../85038..390..4.-.7. .43J.7.84 /884 0:39.3904902546:0/:7.390/0.42402570.0390 8.402570.4507J4/43472.4./85038.F4..2-48 ..7..4  49.2.-.42457089.4 0109.5.807/85038.09./47547.4. 9H2/7094..07.4F70/:/.9089.6:07/48574039470897.42:3....9739./04:9702 574./4 . ./.2.84/034.402570.. /0  4390/4/7094/.0 803/4./0./.4 3454/03/4807310747.507/.5.4 3J./02.23:948 0890..2.4507J4/4/0/85038..2039..308.89739.-./0./47.7./:7.9.84/0/85038./45044:97457403947 80147.47.09..43:39..2039./E7./47/.23:948547..42:2.7. 8./097.402570..:2.2../E7.8.7./85038..3/.F2/4572074  $06:..  10948.84.42.47/.97.34 /85038./057418843..708.F..2039.42E2.870.7.7. .9F4145071..47/.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->