P. 1
O método científico

O método científico

4.77

|Views: 14.304|Likes:
Publicado porPedro Vitória
apresentação sobre o método científico
apresentação sobre o método científico

More info:

Published by: Pedro Vitória on Oct 15, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

08/14/2013

pdf

original

O método científico

O mundo galilaico

Para o astrónomo e matemático Cláudio Ptolomeu, o Universo era limitado e esférico. O seu centro era a Terra, plana e imóvel, à volta da qual giravam os planetas.

O Cosmos de Ptlolomeu

O Sistema de Copérnico
Copérnico não foi um cientista moderno, pois não baseou a sua teoria em observações próprias nem se apoiou em factos que podiam ser demonstrados. Teve intuições geniais, que não demonstrou.
•A Terra gira sobre si mesma "porque o corpo redondo origina naturalmente o movimento" ou que não havia qualquer diferença essencial entre a Terra e os astros "porque não há seres vis no Universo".

O primeiro telescópio
O primeiro telescópio construído por Galileu (1609) era monocular e consistia num tubo com 70 centímetros de comprimento e 45 milímetros de diâmetro. Com ele, podiam distinguir-se, do campanário de Veneza as torres de Pádua, que estavam a uma distância de 35 quilómetros.

Galileu Galilei a mostrar o seu monóculo ao Príncipe de Florença

A queda dos corpos
• • • • • • Em Pisa, Galileu continuou os seus estudos sobre a queda dos corpos. Aristóteles tinha afirmado que um objecto grande cai com maior velocidade do que um pequeno, embora fosse da mesma natureza. Galileu provou que este princípio aristotélico era absolutamente incorrecto. Para isso, valeu-se do facto da torre-campanário da catedral de Pisa ser um cilindro inteiramente vazio no seu interior. Atirou dois pesos diferentes, embora feitos do mesmo material para o fundo do poço que a torre formava. Ambos os pesos chegaram quase ao mesmo tempo.

O julgamento de Galileu

O julgamento de Galileu na Santa Inquisição

O método experimental
• O método experimental, também, muitas vezes, chamado científico surge de duas correntes muito importantes de pensamento.

• A corrente hipotético-dedutiva • A corrente indutivo-experimental

A corrente hipotético-dedutiva
• Tem uma forte influência racionalista e uma absoluta valorização da razão do sujeito, o critério da clareza e evidência da lógica humana – a Luz natural. • Assenta na lógica da dedução, ou seja, da intuição racional dos primeiros princípios indubitáveis dever-se-á inferir todas as consequências ou proposições que deles derivam.

A corrente hipotético-dedutiva
• É muito crítica da ilusão dos sentidos baseada unicamente no contributo daquilo que observamos através dos nossos órgãos sensoriais; que se mostram, muitas vezes, enganadores. • É também muito crítica da especulação escolástica da tradição baseada unicamente nos argumentos de autoridade, as verdades baseadas na revelação (Textos Sagrados) e nos autores clássicos (Platão / Aristóteles).

A corrente hipotético-dedutiva
• O seu principal impulsionador e dinamizador, neste período, foi o filósofo René Descartes (1596-1650).

A corrente indutivo-experimental
• Tem uma forte influência empirista e uma absoluta valorização da experiência dos sentidos e de uma ciência prática, como projecto de poder sobre a natureza. • Assenta na lógica da indução, ou seja, da observação factual da repetição de vários fenómenos semelhantes, poder-se-á generalizar essa realidade para regras gerais da natureza.

A corrente indutivo-experimental
• É muito crítica da especulação escolástica da tradição baseada unicamente nos argumentos de autoridade, sem verificação na experiência empírica.

• O seu principal impulsionador e dinamizador, neste período, foi o filósofo Francis Bacon (1561-1626).

Características do pensamento científico

No começo da idade moderna

• a matematização da realidade, princípio segundo o qual só o conhecimento assente na quantificação ou na medida poderia ser considerado rigoroso e objectivo; • o modelo explicativo causal, segundo o qual só o conhecimento susceptível de ser traduzido em leis gerais da natureza, entre a qual estaria a natureza humana, mereceria o título de conhecimento científico;

Características do pensamento científico

No começo da idade moderna

• o determinismo da natureza, ou seja, a organização e encadeamento dos fenómenos naturais, todos os acontecimentos na natureza resulta da acção de outros acontecimentos que os precederam. • o monismo metodológico, segundo o qual só o método hipotético-dedutivo-empírico ou experimental que conduz à formulação de leis universais é cientificamente válido;

O planeta Urano desvia-se da órbita prevista pela teoria de Newton. Urano desvia-se porque existe um planeta desconhecido cuja força gravitacional o desvia da órbita prevista. Se tal planeta existe deverá encontrar-se no lugar X no momento Y. Não se observa a presença de nenhum planeta no lugar X no momento Y

Formulação de um problema

Enunciado de uma hipótese

O método hipotéticodedutivo experimental
Observação do Espaço

Dedução de consequências a partir da hipótese

Constatação da hipótese (das consequências dela deduzidas)

Observa-se a presença de um planeta no lugar momento no Y.

Refutação da hipótese

Confirmação da hipótese

Nova formulação de hipótese

Obtenção de resultados

Descoberta do planeta Neptuno e confirmação da teoria da gravidade.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->