P. 1
2008-Eletrodinâmica

2008-Eletrodinâmica

5.0

|Views: 6.886|Likes:
Publicado porapi-3774056
Prof. Milton - Com. de Dados
Prof. Milton - Com. de Dados

More info:

Published by: api-3774056 on Oct 16, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

Eletrodinâmica

Cargas em movimento, corrente, tensão, Lei de Ohm, potência elétrica. Potência e energia elétrica, efeito Joule, unidades, Calculo de potência e energia elétrica. Dispositivos elétricos. Associação de resistores. Cálculos em cirsuitos elétricos Eletrodinâmica: Estuda o efeito do movimento de cargas elétricas.

I - Corrente e tensão elétrica
Corrente elétrica (I) – Informa sobre o fluxo de carga elétrica que atravessa uma superfície, na unidade de tempo. É o movimento ordenado de elétrons através de um condutor. A carga do elétron é a unidade fundamental de carga. A unidade padrão de carga elétrica é o Coulomb(C). A carga do elétron (e), é igual a 1,6x10-19 C. Um Coulomb contém 1/1,6x10-19 elétrons ≅ 0,62x10-19 elétrons. Nota: Embora a corrente elétrica seja realizada por elétrons, convenciona-se que o movimento de cargas em um circuito elétrico é realizado por cargas positivas. Pergunta: O que você entende como elétron?

Corrente elétrica : Definida como a razão I=Q/t, onde Q é a carga que atravessa uma seção de um
condutor elétrico (área) no tempo t. A unidade de corrente é Coulomb/segundo = C/s = Ampère Pergunta: Quantos elétrons atravessam uma seção quando um condutor elétrico é percorrido por uma corrente de 1 Ampère, durante o tempo de segundo? Submúltiplos do Ampère: - miliAmpère: = mA= 10-3 = 0,001 A - nanoAmpère: = ηA = 10-9 A = 0,000000001 Múltiplos do Ampére: - KiloAmpère: = Ka = 103A = 1000A Perguntas: O que é nanotecnologia? O que significam bps e Bps? Qual é a medida do fluxo de dados na comunicação pela internet? micro Ampère: = µA = 10-6 = 0,000001 A Mega Ampère: = MA = 106 A = 1000000A

II - Tensão elétrica
Exprime a capacidade potencial de um sistema elétrico realizar trabalho (mecânico, químico) por unidade de carga elétrica. A unidade de tensão é o volt (V). Conceito físico de tensão. Sejam pontos no espaço (A, B, C, ...) sob a ação de cargas elétricas (como a produzida pelo gerador de van der Graff). 1

.
A(Va)

.
B(Vb)

.
C(Vc)

Associamos a cada ponto do espaço uma propriedade elétrica chamada de POTENCIAL ELÉTRICO Va, Vb, Vc, tal que se deslocarmos uma carga de prova Q0 entre dois pontos quaisquer, o trabalho realizado será dado por:

Wa→b= Q0 (Va-Vb).
A diferença de potencial entre dois pontos, A e B, é definida como:

(Va - Vb) = Wa → b/Q0
A diferença de potencial é relacionada ao trabalho Wa→b e a carga Q0. A unidade de trabalho é o Joule (energia) e a unidade de tensão é Wa→b/Q0 = Joule/Coulomb. Definimos Joule/Coulomb = V (volt) Exemplo: Se Va = 300V Vb = 200V Vc = 100V a-) Calcule o trabalho realizado para deslocar uma carga Q0 = 0,01C desde A até B (resp. 1 J). b-) Repita para B até C. (Resp. (-1 J). c-) Repita para C até A. (Resp. (2 J). Qual o significado do sinal negativo nos resultados anteriores?

III - Lei de Ohm (George Ohm - séc. XIX)
A estrutura da matéria. A matéria em sua essência é constituída de átomos, sistemas formados de cargas positivas – prótons, que em conjunto com os nêutrons formam o NÚCLEO do átomo - circundadas por um “enxame” de cargas negativas – elétrons. Por sua vez, os átomos formam estruturas mais complexas chamadas moléculas. Ex: água - H2O (dois átomos de hidrogênio e um átomo de Oxigênio). Em seu estado normal a água é um fluido (líquido) cujas moléculas estão em movimento contínuo (transação, rotação, vibração). Este movimento é percebido pelo meio exterior com calor/temperatura. Diminuindo o movimento das moléculas (baixando a temperatura: T ↓) a água se solidifica quando a temperatura atinge 0C. As moléculas fixam posição em uma estrutura organizada (estrutura cristalina). Ex: O sal de cozinha (NaCl - cloreto de sódio) é um cristal cúbico com átomos de sódio e cloro nos vértices. 2

Os metais possuem estrutura cristalina com centros de estruturas constituídos de átomos. Também possuem elétrons distribuídos pelo volume do sólido que possibilitam a passagem de corrente elétrica pelo interior do mesmo. Ex: Ferro (Fé), Cobre(Cu), Zinco(Zn), Níquel(Ni), Prata(Ag), Ouro(Au). Os metais são exemplos de condutores elétricos. Os plásticos, borrachas, ..., são maus condutores elétricos (isolantes). Materiais com propriedades intermediárias são chamados de semicondutores, de larga aplicação na industrial. A lei de Ohm - Ao aplicar-se uma tensão em um condutor elétrico, haverá um fluxo de carga no interior do condutor (corrente) proporcional à tensão aplicada, dada por:

I=V/R

V=R*I

R=V/I

A grandeza R é chamada de resistência elétrica do dispositivo. Tem como unidade o Volt/Ampère=Ohm = Ω Exercício: A corrente de partida de um automóvel é da ordem de 200A. Calcule a resistência (aproximada) de um motor de arranque. Nota tecnológica: (1-) Uma função importante de um resistor é a de controlar a intensidade da corrente para operar outros dispositivos. Resistores são fabricados em grande quantidade e os seus valores nominais são expressos por um código de cores. O código de cor representa o valor nominal do resistor e a sua tolerância. (2-) Os valores dos resistores são expressos com múltiplos ( e poucas vezes) com seus submúltiplos. Ex: KΩ = kilo Ohm = 1000Ω MΩ = Mega Ohm = 1000.000Ω

Corrente, Tensão e Circuito Elétrico
Um circuito elétrico é uma malha fechada para percurso de corrente elétrica. O exemplo mais simples de um circuito elétrico é aquele com uma fonte de tensão (bateria) e um resistor, conforme a figura. + V R A bateria fornece energia para operação do circuito. A energia fornecida pela bateria é transferida aos demais componentes. A corrente elétrica é o meio físico para este processo.

I

Neste circuito simples, a tensão da bateria está concentrada no resistor tal que a lei de OHM se aplica. Deste modo: I= V/R permite determinar a corrente do circuito..

Exemplo: Um fio de cobre é atravessado por uma carga de 30 C em
(a) Calcule a corrente líquida. (b) Calcule a carga total que atravessa o fio em 32 minutos.

5segundos.

3

Solução: (a) Calcula-se a corrente pela equação I=Q/t. Neste caso I=30/5 Ampères = 6A. (b) Sendo a corrente constante e igual a 6A=6C/s sabemos que a cada segundo o fio cobre é atravessado por 6 Coulombs em cada segundo. Logo, da equação (8.b), obtém-se: Q = I . t = (6 C/s). (32 . 60 s) = 11520C

Dispositivos elétricos e eletrônicos

Diodo
É um dispositivo que permite a passagem de corrente elétrica em apenas em um sentido. Existem diodos de vários tipos com funções diferentes (retificação, detecção, a efeito zener...). Símbolo do diodo.

Exemplo (i). Análise de um circuito com diodo.
Na figura, o diodo se encontra polarizado no sentido direto permitindo a passagem de corrente. A tensão da bateria aplica-se praticamente no resistor. Aplicando a lei de OHM, encontra-se a corrente que atravessa o resistor e o diodo. I=10/10 (V/Ω)= 1A 10Ω 10V I

Exemplo (ii)O diodo se encontra polarizado no sentido inverso não permitindo a passagem de corrente. Neste caso a corrente é nula A 10Ω 10V

I=0

LED (Light Emissor Diode – diodo emissor de luz) – é
um dispositivo eletrônico que emite radiação eletromagnética (luz, ...) ao ser atravessado por uma corrente elétrica luz

4

Para emitir luz, um LED necessita aproximadamente de uma corrente elétrica de aproximadamente 10mA (0,01A). Se o valor de corrente for baixo, a luz se torna imperceptível e se for muito alto, o LED queimará. Para operar um LED é necessário liga-lo a uma fonte e a uma resistência elétrica em série, conforme a figura. luz R A V I Supondo que o LED será ligado através de uma bateria de 9V, queremos saber qual deverá ser o valor da resistência R, que deverá ser ligada no circuito. Neste caso, fixamos o valor da corrente em 0,01A para o LED operar adequadamente. Supondo a tensão da bateria no resistor, aplicamos a lei de Ohm. R=V/I=9/0.01=900Ω

Portanto, um resistor de 900Ω deverá ser ligado em série com o LED. OBS. O LED como qualquer dispositivo ‘consome” energia da bateria (tensão). A energia consumida depende da tecnologia de fabricação. Para o valor de tensão da ordem de 0,5V, “sobrará” (8,5=9-0,5)V no resistor. O valor exato do resistor será 8,5/0,010=850Ω. Este valor não produz grande diferença na energia do LED (luz emitida).

Notas Tecnológicas
1 - Efeitos da temperatura sobre a resistência de um condutor. O aumento da temperatura produz o aumento da resistência de um condutor. Este efeito pode ser explicado através da teoria atômica dos metais considerando-se que o aumento da temperatura de um corpo produz o aumento das vibrações da rede cristalina e portanto interagindo mais fortemente com os elétrons condutores de corrente elétrica aumentando a resistência ao movimento.

2 - Resistividade dos materiais – Coeficiente de temperatura -Segunda lei de OHM.
Os materiais condutores são caracterizados eletricamente pela resistividade - ρ - que é uma propriedade dependente da temperatura e das composição química do material. Em um condutor cilíndrico de seção A (área) e comprimento l, o valor da resistência R é relacionado com a resistividade pela expressão:

R= ρ L/A
Em um resistor elétrico, quanto maior o comprimento maior será o valor da resistência elétrica. Quanto menor for a área da seção, maior será o valor da resistência elétrica. A unidade de resistividade (ρ) é Ω.m A dependência da resistividade com a temperatura é dada por ρ = ρ0 (1 + α ∆T), onde α é o coeficiente de temperatura e ∆T é a variação da temperatura. Pode-se mostrar que a resistência de um corpo varia com a temperatura de acordo com a expressão:

R = R0 (1 + α ∆T)
Onde ∆T = T- T0 , R é a resistência a temperatura T e R0 é a resistência a temperatura T0.

5

O coeficiente de temperatura, α, e resistividade, ρ, caracterizam eletricamente um condutor. A tabela exemplifica os coeficientes de resistividade e temperatura para alguns materiais. Condutor Cobre Alumínio Ferro Prata Tungstênio ρ 1,7 * 10-8 2,8 “ 10 “ 1,6 “ 5,6 “ α 3,9 * 10-3 3,9 * “ 5,0 * “ 3,8 * “ 4,5 * “

Pergunta: Conhecendo o coeficiente de temperatura, como avaliar a temperatura atingida pelo filamento de uma lâmpada? Pergunta: Explique porque uma lâmpada de filamento queima com mais facilidade no momento que é ligada.

IV - Efeitos da corrente elétrica
Uma corrente elétrica ao atravessar um condutor pode produzir diversos efeitos. Pó exemplo: • • • Efeito magnético. - Produz campo magnético, que pode ser observado pela deflexão produzida em uma agulha magnética. Efeitos luminosos- Produzido pelo aquecimento do filamento de uma lâmpada. O filamento emite radiação luminosa em altas temperaturas. Pela emissão e lâmpadas incandescentes quando o gás da lâmpada é atravessado por uma corrente elétrica. Efeitos fisiológicos. Produz contrações musculares (choque elétrico). O ser humano pode sofrer danos fatais ao ser atravessado por uma corrente de 10mA.

EFEITO JOULE - TRABALHO, ENERGIA E POTÊNCIA ELÉTRICA
É o aquecimento produzido em um condutor ao ser atravessado por uma corrente elétrica. O aquecimento é produzido pelo choque de elétrons na rede cristalina do metal. Os elétrons transferem sua energia potencial elétrica em choques com a rede transferindo energia de vibração ao metal. Este efeito é útil em chuveiros, aquecedores,... Seja um condutor metálico, sujeito a uma diferença de potencial entre as suas extremidades e que é atravessado por uma corrente I - Em um tempo t, uma carga Q atravessa uma seção do condutor. Lembrar que no interior do condutor existe um campo elétrico (e por isso a existência da diferença de potencial) que fornece energia aos elétrons. A B
I=Q/t

Figura 1- Um circuito elétrico para estudar o efeito Joule.

I
V Tensão da bateria

I

O trabalho realizado para movimentar uma carga Q entre as extremidades do condutor é WAB=Q(VB - VA). A unidade de trabalho (elétrico, mecânico,...) é o Joule. 6

A potência elétrica indica a TAXA no tempo que está sendo fornecida ou gasta energia. P=W/t. A unidade de potência elétrica é o Joule por segundo = J/s = Watts (W) Desse modo P= WAB/t = Q(VB - VA)/t=(VB - VA). Q/t= (VB - VA).I=tensão vezes corrente. Resumimos como:

P=V.I
A potência elétrica em Watts também pode ser expressa como Volt . Ampère. W=V.A. Conhecendo-se a potência de um dispositivo e o tempo gasto, podemos calcular a ENERGIA CONSUMIDA ATRAVÉS DA FÓRMULA: ENERGIA = POTÊNCIA . TEMPO

E = P . t.
Notas tecnológicas
i)-Os dispositivos elétricos domiciliares têm assinalado no seu corpo a potência elétrica que consome e a potência nominal de operação. Exemplos: Lâmpada comum (100W e 127V); Chuveiro (4500W e 220V). ii) - A unidade prática de consumo de energia doméstico é o KiloWatt-Hora (KW-h). Equivale a energia consumida por um dispositivo de potência P=1000W = 1KW durante 1hora. Energia em KW-H= P.t = 1000W. 3600s=3600000W.s=36 . 105 W.s = 36 . 105 J.

1KW-h = 36 . 105 J Pergunta prática. Como saber não há desperdício de energia (fugas,...).em uma rede elétrica?

V -Associação de resistores
Uma associação consiste de vários resistores ligados entre si. Numa residência, as lâmpadas, aparelhos elétricos em geral formam associações de dispositivos. As associações de resistores podem ser: em série;em paralelo; mista. Em qualquer associação, existe um resistor que pode substituir os resistores da associação. É chamado de RESISTOR EQUIVALENTE: RE.

ASSOCIAÇÀO DE RESITORES EM SÉRIE - TODOS OS RESISTORES SÃO
PERCORRIDOS PELA MESMA CORRENTE. I R1 ---V1--  R2  V  R3  V3   V ----------V------------ 7  B RE

A

Características da associação:

A corrente elétrica é a mesma em cada resistor.

Numa associação de resistores série, a soma da tensão em cada resistor é igual a tensão total aplicada na associação.

V1 + V2 + V3 +
ii) - A resistência equivalente da associação é a soma das resistências individuais.

=V

R1 + R2 + R3 +
Exemplo: (i) Calcular a resistência equivalente da associação abaixo. São dados: R1= 1000OHM;

= RE

R2=1000OHM e R3=1OHM (ii) Sendo a tensão aplicada de 12V. Calcule a corrente no circuito. (iii) Calcule a tensão em cada resistor. I A R1 ---V1- R2  V R3  V3  B 
RE

----------V------------

 V 

DIVISOR DE TENSÃO.
resistivos, conforme a equação:

É o processo de dividir uma tensão entre diversos componentes

V1 + V2 + V3 +
O valor de cada tensão é dado pelaS expressões:

= V.

V1= [R1/(R1 + R2 + R3 +..) ]. V. V2= [R2/(R1 + R2 + R3 +..) ]. V. V3= [R3/(R1 + R2 + R3 +..) ]. V. Etc...

8

Exemplo. Calcular a tensão em cada resistor da figura: V= 100V; R1=100Ω; R2=150 Ω; R3=250Ω I
A

R1
V1

R2
V

R3
V3

B

RE

V

--------V----------

Solução: V1= (100 * 100/(100+150+250)= 20 V). V2= (150 * 100/(100+150+250)= 30 V). V1= (250 * 100/(100+150+250)= 50 V). Soma =100V

Associação de resistores em paralelo - Todos os componentes estão submetidos à
mesma tensão. Ocorre nas residências, onde todos os aparelhos elétricos estão ligados ao mesmo valor de tensão (127Volts). Tem como características: 1- As intensidades das correntes são diferentes em cada resistor. Quanto maior a resistência elétrica, menor é a corrente que atravessa o resistor. 2- A corrente total é a soma das correntes individuais. I1= V/R1 I2=V/R2 I3=V/R3 e também: I=I1+I2+I3 Resistência equivalente da associação em paralelo. I1 R1 I2 A I3 R2  V  9 R2 B I  V  A resistência equivalente da associação é: RE

1/RE = 1/R1 + 1/R2 + 1/R3 ...

Exemplos: Calcule a resistência equivalente dos seguintes resistores: a) R1=20Ω; R2=40 Ω; 1/Re= 1/20 + 1/40 . Resolvendo-se a equação obtém-se Re=12,7Ω b) Mostre que a resistência equivalente de dois resistores quaisquer R1 e R2 é: Re=R1 * R2 / (R1 + R2) c) Mostre que a resistência EQUIVALENTE DE DOIS RESISTORES IGUAIS (R) é Re= R/2. c):Mostre que para três resistores iguais ( R ), a resistênciaequivalente é: Re=R/3 Considere os resistores em paralelo conforme a figura. R1 = 60Ω; R2=20Ω e R3=30Ω. Determine: I1 R1 I2 A I3 R2 
V

R2

B I

a) A resistência equivalente Re b) As correntes em cada resistor: I1, I2 e I3 c) A corrente total , I.

Exemplo: Duas lâmpadas L1 (60W ; 120V) e L2 (100W ; 220V) são ligadas em paralelo. Determine a
resistência de cada lâmpada. Determine a resistência equivalente.

Associação mista de resistores.
Definições: Chamamos de NÓ:

Podem conter simultaneamente associações série e paralelo

.

•O encontro de três ou mais resistores. •Em um nó as correntes se subdividem ou se juntam. •A corrente total num nó é a soma das correntes em cada resistor (as cargas elétricas se conservam) 10

Para resolver um circuito misto faz-se uso do seguinte algoritmo, dado a seguir:

Regra prática para se achar a resistência equivalente:
1 - Colocam-se letras em todos os nós 2 - Calcula-se Re para o grupo de resistores entre dois nós consecutivos. (considerando-os série ou paralelo). Redesenha-se o circuito com os resistores equivalentes. 3 - Repetir o item dois tantas vezes quantas forem necessárias. Exemplo:. 10Ω
C

20Ω
D

10Ω A

30Ω

10Ω B

30Ω

50Ω

Resolvendo os nós C e D, ramo superior, observamos uma associação série dos resistores de 10Ω e 20 Ω. A resistência equivalente é 30Ω. Redesenhando o circuito

30Ω D 10Ω
C

30Ω

10Ω B

A

30Ω

50Ω

11

Considerando o nó C e D, temos 3 resistores (de mesmo valor, 30Ω) iguais e em paralelo. O resistor equivalente desta associação é 10Ω. A nova associação, a seguir apresenta dois ramos entre A e B.

10 Ω

10Ω

10 Ω B

A

50Ω

O ramo superior apresenta 3 resistores de mesmo valor (10Ω) em série. A resistência equivalente desta associação é 30Ω. O novo circuito apresenta dois resistores em paralelo (30Ω e 50Ω). O resistor equivalente é: Re=30 * 50 / (30 + 50) =(1500/80) Ω = 18,8Ω

Exemplo Calcule a resistência equivalente entre A

eB R A

R

R

R

B

R

Exemplo: A tensão (ddp) entre os pontos A e B é 40V.
Determine: i) Re (resistência equivalente) ii) A corrente elétrica total na associação iii) As tensões e correntes em cada resistor
10Ω

A

B

2,5Ω 30Ω

12

CONCEITOS Curto circuito num resistor. Um curto circuito é um caminho de resistência muito baixa (próxima
de zero) em um circuito. Diz-se que um resistor R está em curto circuito, quando estiver associado em paralelo com outro resistor de valor nulo R’=0. Neste caso, não circula corrente no resistor R. IR=0 A I I B R I Neste caso, a corrente I que entra no circuito, somente vai circular pelo ramo de baixo, que é o caminho de menor resistência (os elétrons preferem o caminho mais fácil). No ramo superior a corrente é nula (IR=0). Para a aplicação em circuitos, o ponto A é o mesmo que o ponto B (mesmo potencial elétrico) e o resistor R pode ficar fora do circuito

Exemplo. Determine a resistência equivalente Neste exemplo, os pontos C e B estão ligados por um curto circuito. Os resistores de 10 e 30 Ω ficarão fora do circuito, porque o ponto C é o mesmo que o ponto B. O novo circuito somente conterá o resistor de 2,5Ω. LOGO: Re=2,5Ω C A
2,5Ω 30Ω 10Ω

B

Série de Exercícios
(1-) A corrente de um rádio de pilha (3V) é da ordem de 5mA. Qual é a sua a resistência equivalente? (2-) A corrente consumida por um chuveiro elétrico é da ordem de 50A. Calcule a resistência elétrica equivalente do chuveiro quando ligado a tensão 220V. (3-) Estime a resistência equivalente de um computador, supondo que ele "consome" 2A. (4-) Um fio condutor é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade 200mA, durante 1 hora. Qual é a quantidade de carga que atravessa o condutor? Resposta: (720C) (5-) Qual é a intensidade da corrente elétrica que percorre um condutor, sabendo-se que em t=5s passam 5x1020 elétrons. A carga do elétron vale e= 1,6x10-19C. Resp (8A) (6-) Um condutor é percorrido por I= 480 µA (microAmpères= 10-6 ). Quantos elétrons atravessam o condutor em 2 minutos? Resp (3,6x1017) 13

(7-) Um condutor é percorrido por uma corrente I=500mA. Qual é a quantidade de carga que passa por uma seção do mesmo em duas horas? (8-) Um fio condutor é percorrido por I= 320µA (mícron Ampères). Determine quantos elétrons passam pelo mesmo em t=0,5 minuto. 9)- Sabendo-se que cada Coulomb equivale a carga líquida de 1,6 . 10-19 elétrons, quantos elétrons percorrem o condutor cuja corrente é 0,5A em cada hora ? 10)- Um fio condutor é percorrido por uma corrente de intensidade 200mA durante uma hora. Qual é a quantidade de carga que passa por uma seção reta do condutor? 11) Qual é a intensidade da corrente elétrica que percorre um condutor, sabendo-se que em 10 segundos o condutor é atravessado por 5 . 1020 elétrons livres. 12)- Um condutor é percorrido por corrente de intensidade 480 µA. Determine o número de elétrons que passam pelo mesmo em 2 minutos. A carga do elétron é 1,6 10-19C. 13)- Um fio condutor é percorrido por uma corrente de intensidade 500mA. Qual é a quantidade de carga que passa por uma seção do mesmo em 2 horas? 14)- Em uma seção reta de área 5 mm2 passam 5 . 1018 elétrons por segundo. Sendo a carga do elétron igual a 1,6 10 –19 C, qual é a intensidade da corrente que percorre o fio? 15)- Um fio condutor é percorrido por uma corrente de intensidade 320µA. Qual é o número de elétron que passam pelo condutor. A carga do elétron vale 1,6 10-19C. 16)- Um equipamento fornece uma corrente de 300mA (miliAmpère) em um processo industrial. Quanto tempo deve operar para produzir uma carga de 320C? 17)- Um feixe de elétrons atravessa a seção transversal de um condutor. Supondo-se que passam 10 6 elétrons a cada milésimo de segundo (0,001s), calcule a corrente em: a) elétrons por segundo b) Coulombs por segundo 18) - Um condutor está sob uma tensão de 12V e é percorrido por uma corrente de 3A. Calcule a potência elétrica. 19)- Uma lâmpada tem assinalado 60W/120V. (a) Determine a corrente que atravessa a lâmpada. (b) O consumo da lâmpada em 20H (em Joules e KW-H). 20)- Uma pessoa passa roupa 0,5 hora por dia durante um mês. Determine a corrente que passa pelo aparelho, a resistência do aparelho e o gasto mensal (o KW-H custa R$0,20). 21) - Uma nuvem está a uma ddp (tensão) de 8 000000 V em relação à superfície da Terra. Uma carga de 40 Coulombs é transferida pelo raio, desde a nuvem até a Terra. Calcule a energia envolvida.

14

22)- A Terra recebe do Sol a energia radiante de 8,36 Joules por cm2 em cada segundo. a)Qual é a potência recebida em uma área de 1Km2? b) Se toda esta energia pudesse ser transformada em energia elétrica, gerando tensão de 200V, calcule a corrente que poderia ser fornecida. c) Qual a energia produzida em 8 horas? 23 - Uma associação de resistores (R1=2Ω; R2=4Ω) está submetida a uma ddp de 24V. Calcule a intensidade de corrente em cada resistor. 24 – Uma associação série de resistores (R1=2Ω; R2=4Ω) está submetido a uma tensão de 24V. Calcule a intensidade da corente em cada resistor. 25 – Associam-se em paralelo dois resistores (R1=3Ω; R2=6Ω). Determine a resistência equivalente. 26 – Associam-se em paralelo dois resistores (R1=100Ω; R2=50Ω). Determine a resistência equivalente. 27- Calcule a resistência equivalente entre A e B

A

R

R

R

R

B 28 – Calcule a resistência equivalente entre A e b. A R

R

R

R

R

R

R

B

R

R

15

29 – Uma dona de casa passa roupa durante meia hora, todos os dias, usando um ferro elétrico que funciona na ddp de 110 V, fornecendo uma potência de 600 W. Determine : a) a intensidade de corrente que atravessa o aparelho; b) o consumo e o custo mensal (30 dias) devido ao aparelho(o kWh vale R$ 0,20) 30 – Um condutor é percorrido por uma corrente de intensidade 2,5 A na ddp 20 V. Determine a potência elétrica fornecida pelo condutor. 31 – No bulbo de uma lâmpada está inscrito 150 W – 120 V. Estando a lâmpada ligada de acordo com as especificações, determine : (a ) a intensidade de corrente que na mesma; (b ) o consumo da lâmpada em 5 horas (em kWh). 32 – Uma pessoa toma um banho de meia hora, todos os dias, no chuveiro elétrico de potência de 2200 W, ddp 220 V. Determine : (a ) a intensidade de corrente que atravessa o aparelho; (b ) o custo mensal (30 dias) devido ao chuveiro, se o kWh vale R$ 0,20. 33 – Uma corrente constante percorre um condutor elétrico de forma que, por uma secção transversal do mesmo, passam 30 C a cada 5 s. Calcule a intensidade da corrente. 5 – Pela secção transversal de um condutor, passam 1011 elétrons de carga elementar igual a 1,6 .10-19 s. A corrente elétrica, neste condutor é : 6 – Uma corrente elétrica de intensidade de 11,2 uA percorre um condutor metálico. A carga elementar é de 1,6.1019C. Determine o tipo e o número de partículas carregadas que atravessam uma secção transversal desse condutor por segundo. a ) Prótons; 7,0.1013 partículas b ) Íons do metal; 14,0.1016 partículas c ) Prótons; 7,0.1019 16 13 partículas d ) Elétrons; 14,0.10 partículas e ) Elétrons; 7,0.10 partículas 34 – Assinale os itens corretos. Um eletricista modifica a instalação elétrica de uma casa e substitui um chuveiro elétrico ligado em 110 V por outro de mesma potência, mas ligado em 220 V. Observa-se que este chuveiro passará, então , a : a ) consumir mais energia elétrica; b ) consumir menos energia elétrica; c ) ser percorrido por uma corrente elétrica maior; d ) ser percorrido por uma corrente elétrica menor; e ) dissipar maior quantidade de calor; 35 – Uma residência é iluminada por 12 lâmpadas de incandescência, sendo 5 de 100 W e 7 de 60 W. Para uma média diária de 3 horas de plena utilização de cada lâmpada, qual a energia consumida (em kWh) por essas lâmpadas, em um mês de 30 dias ? Sendo a tensão da instalação de 115 V, qual é a corrente total utilizada pelas lâmpadas ? 16

36 – O custo da energia elétrica para um consumidor residencial é aproximadamente de R$ 0,20 por kWh. Quanto custa, por mês (30 dias), manter acesa durante 5 horas, todos os dias, uma lâmpada de 100 W ? 37 – Zezinho, querendo colaborar com o governo no sentido de economizar energia elétrica, trocou seu chuveiro de valores nominais 100 V – 2.200 W por outro de 220 V - 2.200 W. Com isso, ele terá um consumo de energia elétrica : SUGESTÃO: Calcule a resistência do chuveiro para o seu valor nominal (100 V – 2.200 W). A seguir considere que a potencia consumida não será o valor de 2.200 W. Calcule esse valor para a tensão de 220 V e para o valor calculado da resistência. a ) Idêntica ao anterior b ) 50% maior c ) 50% menor d ) 25% maior e ) 25% menor

381 – Tem-se funcionando uma torneira elétrica, cujos valores nominais são : 1.100 W – 110V. Calcule o número de elétrons que passam, em 4 minutos, por uma secção transversal da sua resistência. 39 – Aplica-se uma ddp de 60 V a um resistor cuja resistência vale 20 Ω. Determine a intensidade de corrente que o atravessa. 40 – Uma torneira elétrica tem as seguintes especificações: 1.100 W – 110 V. Determine: a ) a intensidade de corrente que deve circular pela sua resistência, quando corretamente utilizada; b ) o valor da sua resistência. 14 – Um chuveiro elétrico ligado a uma rede de 220 V consome 1.200 W de potência. a ) Qual a intensidade de corrente utilizada pelo chuveiro ? b ) Qual a resistência do chuveiro ? 41 – (a ) Qual a resistência de uma lâmpada de 220 V 60 W ? (b ) Supondo que a resistência varia pouco com a temperatura, qual a potência dissipada quando a lâmpada é ligada a uma tomada de 110 V ? 42 – Um resistor dissipa uma potência de 100 W quando ligado a uma certa ddp. Que nova potência dissipará se a ddp for reduzida á metade ? 43 – Um resistor dissipa uma potência de 100 W quando ligado a uma certa ddp. Que nova potência dissipará se, mantida constante a ddp, reduzir-se à metade a sua resistência ? 44 – Data a associação, determine : a ) a resistência equivalente da associação; b ) a intensidade de corrente na associação| c ) a ddp em cada resistor da associação|

16 Ω

4Ω

20 Ω

----------------- U = 240 45 – A potência elétrica total dissipada pela associação esquematizada vale 480 W. Sabendo que entre os terminais A e B está aplicada uma ddp de 120 V, calcule : a ) a intensidade de corrente na associação; R 2R b ) a resistência equivalente da associação;. 17

c ) o valor da resistência de cada resistor.

46 – Dada a associação da figura, determine: a ) a resistência equivalente da associação; b ) a intensidade de corrente na associação; c ) a ddp em cada resistor da associação.

8Ω

2Ω

10Ω

| -------------------- U = 60 V ---------------- | 47 – A potência elétrica total dissipada pela associação esquematizada vale 405 W. Sabendo que entre os terminais A e B está aplicada uma ddp de 135 V, calcule : a ) a intensidade de corrente na associação; B R b ) a resistência equivalente da associação; 2R A c ) o valor da resistência de cada resistor. 48 – Dois resistores idênticos são associados em série. Se, ao serem percorridos por uma corrente de 2 A, produzem, no total, uma queda de potência de 252 V, qual o valor, em ohms, da resistência de cada um desses resistores ? 49 – Dada a associação, determine : a ) a resistência equivalente da associação; b ) a intensidade de corrente em cada resistor; c ) a intensidade total de corrente na associação. Obs. A tensão aplicada entre A e B é 15V
15Ω

10Ω A

20Ω

B

50 – A potência elétrica dissipada no resistor R, na figura, vale 80 W e a ddp entre os pontos A e B da associação é de 40 V. Calcule: a ) a intensidade total de corrente na associação; b ) a resistência equivalente da associação.

R A 4R B

51 – Duas lâmpadas, L1 e L2 , são associadas em paralelo, conforme a figura. No bulbo da lâmpada L1 está gravado 100 W – 120 V e em, L2, 200 W – 220 V. a ) Determine a resistência equivalente da associação; b ) Se o plugue for ligado a uma tomada de 220 V, o que ocorrerá com as lâmpadas ?

L1 A L2 B

18

52 – Numa residência, estão associados em paralelo; 1 lâmpada ........................... 165 W – 110 V 1 chuveiro elétrico.............. 1.100 W – 110 V 1 secador de cabelo ............ 550 W – 110 V Sabendo que os dispositivos elétricos estão ligados de acordo com as suas especificações determine : a ) a resistência equivalente da instalação; b ) a intensidade total de corrente consumida, no instante em que todos os aparelhos estão funcionando. 53 – Numa indústria de confecções, abastecida por uma rede de 220 V, é utilizado um fusível de 50 A para controlar a entrada de corrente. Nessa indústria, existem 100 máquinas de costura, todas ligadas em paralelo. Se a resistência equivalente de cada máquina á de 330 Ω, qual o número máximo de máquina que podem funcionar simultaneamente ? 54–Várias lâmpadas idênticas estão ligadas em paralelo a uma rede de alimentação de 110 volts. Sabendo-se que a corrente elétrica que percorre cada lâmpada é de 6/11 Ampères, pergunta-se : a ) Qual a potência dissipada em cada lâmpada ? b ) Se a instalação das lâmpadas estiver protegida por um fusível que suporta até 15 ampéres. Quantas lâmpadas podem, no máximo, ser ligadas ? 55 – Num resistor de 22 ohms, flui uma corrente elétrica de 0,50 A. A diferença de potencial nas extremidades do resistor é, em volts, igual a : 56 – Nas especificações de um chuveiro elétrico lê-se: 2.200W – 220 V. Calcule a resistência interna desse chuveiro. 57 – Dois chuveiros elétricos residenciais RA = 12Ω e RB = 6Ω, são percorrido pela mesma corrente elétrica i = 10 A. As potências dissipadas por estes chuveiros são, respectivamente : a ) PA = 1.200 W e PB = 600 W c ) PA = 120 W e PB = 60 W e ) PA = 2.200 W e PB = 1.100 W b ) PA = 600 W e PB = 1.200 W d ) PA = 60 W e PB = 120 W

58 – Determine a resistência equivalente. Entre os terminais A e B.

4Ω

4Ω
4Ω

4Ω

4Ω

4Ω

19

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->