Você está na página 1de 4

A Administração, de acordo com definição do Houaiss, é o "conjunto de normas e

funções cujo objetivo é disciplinar os elementos de produção e submeter a produtividade


a um controle de qualidade, para a obtenção de um resultado eficaz, bem como uma
satisfação financeira".

Administrar envolve a elaboração de planos, pareceres, relatórios, projetos, arbitragens


e laudos, em que é exigida a aplicação de conhecimentos inerentes às técnicas de
Administração.

A profissão de Administrador é relativamente nova e foi regulamentada no Brasil em 9


de setembro de 1965, data em que se comemora o Dia do Administrador.

Os primeiros administradores profissionais (administrador contratado, que não é o dono


do negócio) foram os que geriram as companhias de navegação inglesas a partir do
século XVII.

Segundo Jonh W. Riegel, "O êxito do desenvolvimento de executivos em uma empresa é


resultado, em grande parte, da atuação e da capacidade dos seus gerentes no seu papel
de educadores.Cada superior assume este papel quando ele procura orientar e facilitar os
esforços dos seus subordinados para se desenvolverem".

Funções administrativas
Fayol foi o primeiro a definir as funções básicas do Administrador: planejar, organizar,
controlar, coordenar e comandar - POCCC. Atualmente, sobretudo com as contribuições
da Abordagem Neoclássica da Administração, em que um dos maiores nomes é Peter
Drucker, os princípios foram retrabalhados e são conhecidos como Planejar, Organizar,
Dirigir e Controlar - PODC. Ressalte-se, então, que destas funções as que sofreram
transformações na forma de abordar foram "comandar e coordenar" que hoje chamamos
de Dirigir (Liderança).

Atualmente, as principais funções administrativas são:

• Fixar objetivos (planejar)


• Analisar: conhecer os problemas.
• Solucionar problemas
• Organizar e alocar recursos (recursos financeiros e tecnológicos e as pessoas).
• Comunicar, dirigir e motivar as pessoas (liderar)
• Negociar
• Tomar as decisões.
• Mensurar e avaliar (controlar).

Princípios de um bom Administrador


• Saber utilizar princípios, técnicas e ferramentas administrativas;
• Saber decidir e solucionar problemas;
• Saber lidar com pessoas: comunicar eficientemente, negociar, conduzir mudanças,
obter cooperação e solucionar conflitos.
• Ter uma visão sistêmica e global da estrutura da organização;
• Ser proativo, ousado e criativo;
• Ser um bom líder;
• Gerir com responsabilidade e profissionalismo.
Teorias da administração
As teorias da administração podem ser divididas em várias correntes ou
abordagens.Cada abordagem representa uma maneira específica de encarar a tarefa e as
características do Trabalho de administração.

• Abordagem clássica da administração


o Administração científica
o Teoria clássica da administração
• Abordagem humanística da administração
o Teoria das relações humanas
• Abordagem neoclássica da administração
o Teoria neoclássica da administração
o Administração por objetivos (APO)
• Abordagem estruturalista da administração
o Modelo burocrático da administração
o Teoria estruturalista da administração
• Abordagem Comportamental da Administração
o Teoria comportamental da administração
o Teoria do desenvolvimento organizacional (D.O.)
• Abordagem sistêmica da administração
o Principios e Conceitos Sistêmicos
o Cibernética e administração
o Teoria matemática da administração
o Teoria geral de sistemas
o O Homem Funcional
• Abordagem contingencial da administração
o Teoria da contingência
o Mapeamento Ambiental
o Desenho Organizacional
o Adhocracia
o O Homem Complexo
• Técnicas Modernas de Gestão
o Administração participativa
o Administração Japonesa
o Administração Holística
o Benchmarking
o Downsizing
o Gerenciamento com foco na Qualidade
o Learning Organization
o Modelo de Excelência em Gestão
o Reengenharia
o ReAdministração
o Terceirização

Cronologia das teorias da administração

• 1903 Administração científica


• 1909 Teoria da burocracia
• 1916 Teoria clássica da administração
• 1932 Teoria das relações humanas
• 1947 Teoria estruturalista
• 1951 Teoria dos sistemas
• 1954 Teoria neoclássica da administração
• 1957 Teoria comportamental
• 1962 Desenvolvimento organizacional
• 1972 Teoria da contingência
• 1990 Novas abordagens

Teorias Administrativas, suas ênfases e seus principais enfoques

Ênfase Teorias administrativas Principais enfoques


Racionalização do trabalho no nível
Tarefas Administração científica
operacional
Organização Formal;
Teoria clássica
Princípios gerais da Administração;
Teoria neoclássica
Funções do Administrador
Organização Formal Burocrática;
Estrutura Teoria da burocracia
Racionalidade Organizacional;
Múltipla abordagem:
Organização formal e informal;
Teoria estruturalista
Análise intra-organizacional e análise
interorganizacional;
Organização informal;
Teoria das relações humanas Motivação, liderança, comunicações e
dinâmica de grupo;
Estilos de Administração;
Pessoas Teoria das decisões;
Teoria comportamental
Integração dos objetivos organizacionais e
individuais;
Teoria do desenvolvimento Mudança organizacional planejada;
organizacional Abordagem de sistema aberto;
Análise intra-organizacional e análise
Teoria estruturalista
ambiental;
Teoria neo-estruturalista
Ambiente Abordagem de sistema aberto;
Análise ambiental (imperativo ambiental);
Teoria da contingência
Abordagem de sistema aberto;
Administração da tecnologia (imperativo
Tecnologia Teoria dos sistemas
tecnológico);

As principais Teorias Administrativas e seus principais enfoques

A teoria geral da administração começou com a ênfase nas tarefas, com a


administração científica de Taylor. A seguir, a preocupação básica passou para a
ênfase na estrutura com a teoria clássica de Fayol e com a teoria burocrática de Max
Weber, seguindo-se mais tarde a teoria estruturalista. A reação humanística surgiu com
a ênfase nas pessoas, por meio da teoria comportamental e pela teoria do
desenvolvimento organizacional. A ênfase no ambiente surgiu com a Teoria dos
Sistemas, sendo completada pela teoria da contingência. Esta, posteriormente,
desenvolveu a ênfase na tecnologia. Cada uma dessas cinco variáveis - tarefas, estrutura,
pessoas, ambiente e tecnologia - provocou a seu tempo uma diferente teoria
administrativa, marcando um gradativo passo no desenvolvimento da TGA. Cada teoria
administrativa procurou privilegiar ou enfatizar uma dessas cinco variáveis, omitindo ou
relegando a um plano secundário todas as demais.

Áreas da administração

• Administração financeira
• Administração da produção
• Administração pública
• Administração de Materiais
• Marketing
• Gestão de Pessoas
• Gestão Sistêmica
• Administração de Sistemas de Informação
• Organização, Sistemas e Métodos
• Comércio Internacional

] Referências Bibliográficas
• Chiavenato, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 4. ed. São
Paulo: Makron, 1993.
• Drucker, Ferdinand P. Introdução à administração. 3. ed. São Paulo: Pioneira
Thompson Learning, 2002. ISBN 85-221-0130-5
• Drucker, Ferdinand P. A Profissão de Administrador. São Paulo: Pioneira
Thompson Learning, 1998. ISBN 85-221-0166-3
• Lacombe, F.J.M.; Heilborn, G.L.J. Administração: princípios e tendências. 1.ed.
São Paulo: Saraiva, 2003. ISBN 85-02-03788-9
• Montana, Patrick J. Administração. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2003. ISBN 85-02-
03786-2

Você também pode gostar