Você está na página 1de 20

física

cinemática

REVISÃO DE CONCEITOS NECESSÁRIOS À COMPREENSÃO DO ASSUNTO

01. Considere o triângulo e calcule x e y. 02. Calcule m e n.

Dados:
1
sen 30 = cos 60 =
2
3
sen 60 = cos 30 =
2
x m
n
2 10 m
sen 45 = cos 45 =
2
60º
3
tg 30 = 30º
3 100 m
tg 45 = 1 y

tg 60 = 3

Resolução: Resolução:

Sabemos o valor do cateto oposto ao ângulo de 30º. Temos a hipotenusa que vale 100m. Podemos utilizar
sen e calcular o cateto oposto que é m.
Usando sen podemos calcular a hipotenusa x.
m
Assim: Assim: sen 60º =
100
cateto oposto
sen 30º = 3 m
hipotenusa =
2 100
1 10
= 2m = 100 3
2 x
x = 2 . 10 ⇒ x = 20 m m = 50 3 m

Para calcular y podemos usar Pitágoras, cos ou tg. Utilizando tangente temos:

Usando cosseno:
m
y tg 60º =
cos 30º = n
x
50 3
3 y 3=
= n
2 20 n = 50 m
2y = 20 3 ⇒ y = 10 3 m

CPV fiscol0103-r
1
2 FÍSICA

03. Calcule x e y. Resolução:

a)
y x
a) sen 45º = cos 45º =
8 8
45º
2 y 2 x
8m x = =
2 8 2 8
y = 4 2 x = 4 2

b) y Resolução:

20 y
b) cos 60º = sen 60º =
20 m x x
1 20 3 y
x = =
60º 2 x 2 40
x = 40 m y = 20 3 m

c) Resolução:

20 c) Teorema de Pitágoras
m
202 = 122 + (x + 10)2 y2 = 122 + x2
12 m

y
400 = 144 + (x + 10)2 y2 = 144 + 62
400 – 144 = (x + 10)2 y2 = 144 + 36
x
256 = (x + 10)
2 y2 = 180
10 m
16 = x + 10 y= 180
x = 6m y = 6 5m

d) Resolução:

40 d) Pelo Teorema de Pitágoras


m m
y
30
x2 = 302 + 402 302 = 202 + y2
20 m x2 = 900 + 1600 9002 – 400 = y2
x x2 = 2500 y2 = 500
x = 50 m y = 10 5 m

CPV fiscol0103-R
física 3

04. Dada a função y = 2x − 1, determinar o valor de x quando y 06. Dadas as funções abaixo, determine sua (s) raiz (es) e
é igual a 9. Construa o gráfico para essa função. construa os respectivos gráficos:

Resolução: a) y = x + 3 b) y = −2x − 1

c) y = −4x + 6 d) y = 2x2 − 8x + 6
a) 9 = 2x − 1 ⇒ 10 = 2x ⇒ x = 10 ÷ 2 = 5
b) Atribuindo valores arbitrários para x, obtemos a seguinte e) y = x2 − 1 f) y = −x2 + x − 2
tabela:
y Resolução:
x y y
5 a) y = x + 3 ⇒ x + 3 = 0 ⇒ x = –3 r
−2 −5 3
–3 é raiz de y = x + 3 4
−1 −3 3
x y
0 −1 1 2
1 1 −2 2 3 –3 0 1
x
2 3 –1 2 x
−3 0 3 –3 –1 0 1
3 5
1 4
−5
b) y = –2x –1 ⇒ –2x – 1 = 0 ⇒ x = – 1/2
–1/2 é raiz de y = –2x – 1 y
r

05. Dada a função y = x2 + 3x + 2, pede-se: x y


1
–1 1 x
a) as raízes da equação –1/2 0 –1 0 1
–1
b) a abscissa e a ordenada do vértice da parábola 0 –1
c) o esboço do gráfico da função 1 –3
–3
3
Resolução: c) y = – 4x + 6 ⇒ – 4x + 6 = 0 ⇒ – 4x = –6 ⇒ x =
2
3 y
a) ∆ = (3)2 – 4 . 1 . 2 = 9 – 8 = 1 é raiz de y = – 4x + 6
2 10
−3 + 1 −2
x1 = = = −1
2 2 x y 6

−3 + 1 −2 –1 10
x1 = = = −1 0 6 2
2 2
1 2
b 3 3 3/2 0 x
b) xV = – =– =– –1 0 1
2a 2 .1 2
d) y = 2x2 – 8x + 6 r
∆ 1 1
yV = – =– =–
4a 4 .1 4 a=2 ⇒ a>0
c) Atribuindo valores arbitrários para x, obtemos a seguinte ∆ = b2 – 4ac
tabela: ∆ = 64 – 48 = 16
y ∆>0 Existem duas raízes reais.

x y 8 + 16
–3 2 7 x1 = = 3 ⇒ x1 = 3
4
–2 0
–1 0 8 – 16
2 x2 = = 1 ⇒ x2 = 1
0 2 x 4
1 7 −3 −2 −1 1
–b 8
xV = = = 2 ⇒ xV = 2
2a 4
–∆ –16
yV = = = –2 ⇒ yV = – 2
4a 8

CPV fiscol0103-R
4 FÍSICA

07. A B C D E
x y
6 −3 m 2 m 4 m 5 m
0 6
1 0
(xV) 2 –2 (yV)
Com base na trajetória de um móvel dada acima, determine
3 0 os deslocamentos escalares a seguir:

e) y = x2 – 1 a) quando o móvel se desloca de A para C


1 2 3 b) quando o móvel se desloca de B a E
0
a=1 ⇒ a>0 c) quando o móvel se desloca de E para A
∆ = b2 – 4ac d) quando o móvel se desloca de C até E e volta ao ponto C
–2
∆=0+4=4 e) quando o corpo permanece em repouso sobre o ponto A
∆>0

Existem duas raízes reais. Resolução:

0+ 4 2 a) ∆S = SC − SA = 2 − (−3) = 5 m
x1 = = = 1 ⇒ x1 = 1
2 2 b) ∆S = SE − SB = 5 − 0 = 5 m
0 – 4 –2 c) ∆S = SA − SE = −3 − 5 = − 8 m
x2 = = = –1 ⇒ x2 = – 1
2 2 d) ∆S = SC – SC = 2 – 2 = 0
–b 0
xV = ⇒ xV = = 0 ⇒ xV = 0 e) ∆S = SA − SA = −3 − (−3) = 0
2a 2
–∆ –4
yV = ⇒ yV = = –1 ⇒ yV = – 1 Nota Importante:
4a 4
y A partir dos resultados obtidos podemos concluir que:
x y

–1 0 ∆S > 0 ⇒ deslocamento a favor da orientação da trajetória.


(xV) 0 –1 (yV)
1 0
–1 1
∆S < 0 ⇒ deslocamento contrário ao da orientação da
0
x
trajetória.

–1
f) y = –x2 + x – 2 ∆S = 0 ⇒ o móvel permaneceu em repouso, ou o ponto de
partida coincide com o ponto de chegada.
a = –1 ⇒ a < 0
∆=1–8=–7 Classificamos o movimento como progressivo quando seu
∆<0 deslocamento é positivo, e retrógrado quando seu deslocamento
é negativo.
Não há raízes reais. As raízes são imaginárias.
b −1 1
xv = − = =
2a 2 . ( −1) 2
y
−∆ −(−7) 7
yv = = =− 1
4a 4 . (−1) 4
2
x

x y 7

0 –2 4
1 −7
(xv) (yv)
2 4 -2

CPV fiscol0103-R
física 5

08. Na trajetória dada abaixo, adote a origem no ponto C e Resolução:


oriente a trajetória de F para A:
a) ∆S = SF − SB = – 40 – 5 = – 45 m
10 m 15 m

E 15 m b) ∆S = SC − SA = 0 − 10 = – 10 m
5 m 5 m
D
F A
C c) ∆S = SD − SF = − 15 − ( – 40) = 25 m
B

Calcule os seguintes deslocamentos escalares:


d) ∆S = SE – SC = – 30 – 0 = – 30 m

a) de B para F
b) de A para C e) ∆S = SE − SA = −30 − 10 = – 40 m
c) de F para D
d) de C para E
f) – 10 + (–30) = – 40 m = ∆SA → Ε
e) de A para E
f) Faça a soma dos itens B e D e compare com o item E. O
que se pode concluir ? Concluímos que se pode calcular deslocamentos por trechos.

09. As anotações feitas por um motorista ao longo de uma Resolução:


viagem são mostradas no esquema: SD − SA 540 − 200
VM = VM = 85 km/h
tD − tA 13 − 9
A B C D ⇒

200 km 380 km 420 km 540 km Analisando as informações contidas neste esquema, calcule a velocidade
9,0 h 11,0 h 12,0 h 13,0 h média entre as cidades A e D, em km/h.

10. Em relação ao exercício 09, o motorista passa pela cidade B Resolução:


novamente às 15h. Calcule a velocidade média do móvel e SB − SA 380 − 200 180
VM = = = = 30 km/h
a distância percorrida entre A e B. t' B − t A 15 − 9 6

distância percorrida = d A → D + dD → B = 340 + 160 = 500 km

∴ distância percorrida = 500 km

11. Um ônibus faz o trajeto entre duas cidades em duas etapas. Resolução:
Na primeira, percorre uma distância de 150 km em 90 minutos.
Na segunda, percorre 220 km em 150 minutos. Calcule a ∆S1 = 150 km; ∆t1 = 1,5 h
velocidade média do ônibus durante a viagem.
∆S2 = 220 km; ∆t2 = 2,5 h

∆ S1 + ∆ S2 150 + 220 370


Vm = ∆ t + ∆ t = 1,5 + 2,5 = 4 ⇒ Vm = 92,5 km/h
1 2

12. Um automóvel percorre uma estrada entre duas cidades A Resolução:


e B, distantes entre si 320km. Sabendo-se que o percurso foi
realizado num intervalo de tempo de 5 horas, determine sua ∆S 320
Vm = = = 64 km/h
velocidade média. ∆t 5

13. Um automóvel, num percurso de 160 km, deve desenvolver Resolução:


uma velocidade média de 50 km/h. Qual deve ser o intervalo ∆S ∆S 160
de tempo, em minutos, gasto pelo corpo no percurso ? Vm = ⇒ ∆t = = = 3,2h = 192 min
∆t Vm 50

CPV fiscol0103-R
6 FÍSICA

Assinale certo ou errado nos exercícios abaixo:

14. ( E ) Se dizemos que um carro está, às 9 h, no marco Resolução:


quilométrico 100 de uma estrada, isso significa que
este carro andou 100 km até este instante. Errado, a posição só indica onde o carro está, não quanto ele andou.

15. ( E ) O espaço de um ponto material num dado instante Resolução:


t indica o quanto o ponto material percorreu até este
instante. Errado, mesmo motivo.

16. ( C ) Espaço e deslocamento escalar podem ser números Resolução:


positivos ou negativos.
Certo, depende da orientação da trajetória.

17. ( E ) Distância percorrida pode ser positiva ou negativa. Resolução:

Errado, só positiva.

18. ( C ) Velocidade escalar média pode ter um valor negativo. Resolução:

Certo, depende da orientação da trajetória

19. (PUC/2002) Leia com atenção a tira da Turma da Mônica Resolução:


mostrada abaixo e analise as afirmativas que se seguem,
considerando os princípios da Mecânica Clássica. I. errado – em relação ao skate, Cascão está em repouso.

LÁ VAI O ÁS DO SKATE ! CASCÃO! VOCÊ NÀO SABE


QUE É PLOIBIDO ANDAR DE II. certo
SKATE AQUI NO PALQUE ?

III. certo

Alternativa D

MAS EU ESTOU PARADO! QUEM ESTÁ


ANDANDO É O SKATE !

I. Cascão encontra-se em movimento em relação ao skate


e também em relação ao amigo Cebolinha.
II. Cascão encontra-se em repouso em relação ao skate,
mas em movimento em relação ao amigo Cebolinha.
III. Em relação a um referencial fixo fora da Terra, Cascão
jamais pode estar em repouso.
Estão corretas:
a) apenas I b) I e II c) I e III
d) II e III e) I, II e III

CPV fiscol0103-R
física 7

20. (FEI/2001) O perímetro do Sol é da ordem de 1010m e o Resolução:


comprimento de um campo de futebol é da ordem de 100m.
Quantos campos de futebol seriam necessários para dar 1 campo 102 m
uma volta no Sol se os alinhássemos ? x campos 1010 m
10
a) 100 000 campos 10
x= 2 = 108 campos = 100 000 000 campos
b) 10 000 000 campos 10
c) 100 000 000 campos
d) 10 000 000 000 campos Alternativa C
e) 1 000 000 000 campos

O enunciado a seguir refere-se às questões 21 e 22.

Em um feriado prolongado uma família decide passar uns dias na praia a 200 km da capital. A mãe sai de casa às 14h e mantém velocidade
constante de 80 km/h. Às 14:45h o pai sai, e mantém velocidade constante durante todo o trajeto. Sabendo-se que os dois chegam
juntos na casa de praia determinar:

21. (FEI/2000) A velocidade média do carro do pai.

a) 100,0 km/h b) 114,3 km/h c) 120,0 km/h d) 122,5 km/h e) 127,5 km/h

Resolução:

∆S = 200 km Como chegam juntos, o tempo gasto pelo pai é:


V1 = 80 km/h
7
∆t2 = 01h45min = h
∆S1 4
V1 = ∆t
1 ∆S
V2 =
200 ∆t 2
80 = ∆t
1 200
∆t1 = 2,5 horas: tempo gasto pela mãe que chega às 16h30 V2 = ⇒ V2 = 114,28 km/h
7
4
Alternativa B

22. (FEI/2000) Quanto tempo, após a partida do pai, a distância entre os carros será de 30 km ?

a) 52,5 min b) 42,5 min c) 60 min d) 30 min e) 55 min

Resolução:

SM = 80t e SM = SP + 30 80 t = 114,3 t – 85,7 + 30


–34,3 t = –55,7
 3
SP = 114,3  t − 
 4 t = 97,43 minutos depois da partida da mãe e 52,43 minutos
depois da partida do pai.
 3
80 t = 114,3  t −  + 30
 4 Alternativa A

CPV fiscol0103-R
8 FÍSICA

23. (FEI/2001) Um trem de 200 m de comprimento atravessa Resolução:


completamente um tunel de 1000 m em 1 min. Qual é a
∆S
velocidade média do trem ? VM =
∆t
a) 20 km/h b) 72 km/h c) 144 km/h 1200 m
d) 180 km/h e) 200 km/h VM = 60s ⇒ VM = 20 m/s = 72 km/h Alternativa B

24. (MACK/2002) Num trecho de 500 m, um ciclista percorreu 200 m com velocidade constante de 72 km/h e o restante com velocidade
constante de 10 m/s. A velocidade escalar média do ciclista no percurso todo foi:

a) 29 km/h b) 33 km/h c) 36 km/h d) 40 km/h e) 45 km/h

Resolução:

∆S1 ∆S2 ∆S 500


V1 = V2 = ∆t VM = VM =
∆t1 2 ∆t 40

200 300 ∆S1 + ∆S2


20 = ∆t 10 = ∆t VM = ∆t + ∆t VM = 12,5 m/s x 3,6
1 2 1 2

200 + 300
∆t1 = 10 s ∆t2 = 30 s VM = 10 + 30 VM = 45 km/h Alternativa E

25. (MACK/2000) O sr. José sai de sua casa caminhando com Resolução:
velocidade escalar constante de 3,6 km/h, dirigindo-se para
o supermercado que está a 1,5 km. Seu filho Fernão,
∆S1 ∆t2 = 20 min
5 minutos após, corre ao encontro do pai, levando a carteira V1 =
que ele havia esquecido. Sabendo que o rapaz encontra o ∆t1 ∆S
pai no instante em que este chega ao supermercado, podemos V2 = ∆t
1500 2
afirmar que a velocidade escalar média de Fernão foi igual 1 = ∆t
a: 1 1500 m
V2 = 1200s
∆t1 = 1500 s = 25 min
a) 5,4 km/h V2 = 4,5 km/h
b) 5,0 km/h
c) 4,5 km/h
Alternativa C
d) 4,0 km/h
e) 3,8 km/h

26. (FUVEST) Após chover na cidade de São Paulo, as águas Resolução:


da chuva descerão o Rio Tietê até o Rio Paraná, percorrendo
cerca de 1 000km. Sendo de 4km/h a velocidade média das
águas, o percurso mencionado será cumprido pelas águas ∆S ∆S 1000
Vm = ⇒ ∆t = = = 250h ≈ 10 dias
da chuva em, aproximadamente: ∆t Vm 4

a) 30 dias
b) 10 dias Alternativa B
c) 25 dias
d) 2 dias
e) 4 dias

CPV fiscol0103-R
física 9

27. (VUNESP) O intervalo de tempo de 2,4 minutos equivale, no Resolução:


Sistema Internacional de Unidades, a:
∆t = 2,4 min = 2,4 x 60s = 144 s
a) 24 segundos Alternativa C
b) 124 segundos
c) 144 segundos
d) 160 segundos
e) 240 segundos

28. (F.Medicina Santos) Considere um ponto na superfície da Resolução:


Terra. Podemos afirmar que:
A trajetória de qualquer corpo depende do referencial adotado.
a) o ponto descreve uma trajetoria circular. Alternativa E
b) o ponto está em repouso.
c) o ponto descreve uma trajetória elíptica.
d) o ponto descreve uma trajetória parabólica.
e) a trajetória descrita depende do referencial adotado.

29. (UNITAU) Um móvel parte do km 50, indo até o km 60, de Resolução:


onde, mudando o sentido do movimento, vai até o km 32.
Variação de espaço Distância percorrida:
A variação de espaço e a distância percorrida efetivamente
são, respectivamente:
∆S = Sf – Si ∆ = | 60 – 50 | + | 32 – 60 |
a) 28 km e 28 km ∆S = 32 – 50 ∆ = 10 + 28
b) 18 km e 38 km
∆S = – 18 km ∆ = 38 km
c) –18km e 38 km
d) –18 km e 18 km
Alternativa C
e) 38 km e 18 km

30. Às 14h30min um automóvel passa pelo km 40 de uma Resolução:


rodovia. Às 16h35 min ele se encontra no km 100 da mesma
estrada. Determine: a) ∆S = Sf – Si = 100 – 40 = 60 km

∆S = 60 km
a) a variação de espaço do automóvel;
b) o intervalo de tempo decorrido. b) ∆t = (16h + 35min) – (14h + 30min)
∆t = 2h + 5min

∆t = 2h e 5min

CPV fiscol0103-R
10 FÍSICA

31. (CESGRANRIO) Uma pessoa, correndo, percorre 4,0 km Resolução:


com velocidade escalar média de 12km/h. O tempo de ∆S
V=
percurso é de: ∆t
4
a) 3,0 min 12 =
∆t
b) 8,0 min
c) 20 min 1
t= h
d) 30 min ∆ 3
e) 33 min 1
∆t = . 60 min
3
∆t = 20 min Alternativa C

32. (CESGRANRIO) Você faz determinado percurso em Resolução:


2,0 horas, de automóvel, se a sua velocidade média for de
Fazendo a viagem a 75 km/h
75 km/h. Se você fizesse essa viagem a uma velocidade
média de 100 km/h você ganharia: ∆S ∆S
V= ⇒ 75 = ⇒ ∆S = 150 km
∆t 2
a) 75 min
Fazendo a viagem a 100 km/h
b) 35 min
c) 50 min 150
100 = ⇒ ∆t' = 1,5 h
d) 30 min ∆t '
e) 25 min
Com essa velocidade, o processo é feito com 0,5 h (30 min) a menos.

Alternativa D

33. Um carro percorre metade de sua trajetória com velocidade 34. Um móvel, inicialmente em repouso, demora 10 segundos
escalar média de 30 km/h e a outra metade com velocidade para atingir a velocidade de 30m/s. Determine sua aceleração
de 70 km/h. A velocidade escalar média em toda a trajetória média nesse intervalo de tempo.
foi de:
Resolução:

a) 63 km/h V0 = 0 V = 30m/s
b) 50 km/h
c) 42 km/h
30 − 0
d) 38 km/h ∆t = 10 s ⇒ aM = = 3 m / s2
10
e) 35 km/h
Resolução:
35. Um corpo descreve um movimento cuja velocidade está
∆t1 ∆t2
relacionada com o tempo, de acordo com a tabela:
V = 30 km/h V = 70 km/h
V (m/s) 0 2 6 9 16 20
t (s) 0 0,1 0,2 0,3 0,4 0,5
 ∆S   ∆S 
 2   2 
    Qual sua aceleração entre os instantes 0 e 0,4s ?
30 = 70 =
∆t1 ∆t 2
Resolução:
∆S ∆S
t1 = t2 =
∆ 60 ∆ 140
16 – 0
∆S ∆S 1 aM = = 40m/s2
V= = = = 42 km/h 0,4 – 0
∆t1 + ∆t 2 ∆S ∆S 1 1
+ +
60 140 60 140
Alternativa C

CPV fiscol0103-R
física 11

36. Uma revista especializada em automobilismo afirma que um Resolução:


determinado modelo de automóvel atinge a velocidade de
90 km/h, a partir do repouso, em apenas 5s. Determine a ∆V = 90 km/h = 25m/s
aceleração média desenvolvida pelo automóvel.
∆V 25
am = = = 5 m/s2
∆t 5

37. A tabela abaixo mostra as anotações feitas por um Resolução:


observador, sobre o movimento de um móvel. Calcule a
aceleração média do móvel para os seguintes intervalos de ∆V Vf − V0 3 − 0
a) a = = = = 1,5 m/s2
tempo: ∆t tf − t0 2−0

V (m/s) 0 1 3 4 6 9 ∆V Vf − V0 4 − 1
b) a = = = = 1,5 m/s2
t (s) 0 1 2 3 4 5 ∆t tf − t0 3−1

a) t = 0 e t' = 2s
∆V Vf − V0 9 − 3
b) t = 1s e t' = 3s c) a = = = = 2 m/s2
∆t tf − t0 5−2
c) t = 2s e t' = 5s

38. Um avião de caça atinge a velocidade de 1 080km/h em 4s, Resolução:


partindo de uma velocidade inicial de 360km/h. Qual deve
ser a aceleração média desenvolvida pelo avião, nesse 1080 km/h = 300 m/s ∆V 300 − 100
intervalo de tempo ? 360 km/h = 100 m/s } am =
∆t
=
4
= 50 m/s2

39. Um veículo desloca-se em movimento variado. No instante Resolução:


t = 0, sua velocidade é de 2m/s e, no instante t' = 6s, sua
velocidade é de 38m/s. Determine a aceleração média do ∆V Vf − V0 38 − 2
am = = = = 6 m/s2
veículo no intervalo de tempo considerado. ∆t tf − t0 6−0

40. Um automóvel encontra-se, inicialmente, a uma velocidade Resolução:


de 108km/h, quando seu motorista vê um obstáculo à sua
frente e imprime ao automóvel uma aceleração média de 108 km/h = 30m/s
– 6m/s2. Determine o intervalo de tempo entre o início do ∆V Vf − V0 0 − 30
∆t = = = = 5s
freamento e a parada do automóvel. am am −6

41. Um veículo aumenta sua velocidade escalar de 10m/s para Resolução:


20m/s num intervalo de tempo de 5 segundos. Qual foi sua
aceleração escalar no citado intervalo de tempo ? ∆V Vf − V0 20 − 10
am = = = = 2 m/s2
∆t tf − t0 5

42. Acompanhando o movimento de um automóvel em uma Resolução:


estrada, observamos que às 9h da manhã sua velocidade
escalar era de 60km/h e às 11h da manhã, era 20km/h . ∆V Vf − V0 20 − 60
am = = = = – 20 km/h2
Determine sua aceleração escalar média neste intervalo de ∆t tf − t0 11 − 9
tempo.

CPV fiscol0103-R
12 FÍSICA

43. Um automóvel partindo do repouso atinge a velocidade Resolução:


escalar de 80km/h em 10s. Qual sua aceleração escalar média
neste intervalo de tempo ? ∆V 80 km / h
am = = =8
∆t 10 s

44. A velocidade escalar de um automóvel diminui de Resolução:


30m/s para 10m/s em 20s. Qual foi sua aceleração escalar
média neste intervalo ? Vt − V0 10 − 30
am = = = – 1 m/s2
tf − t0 20

45. (UF-PA) A cada minuto, uma menina anotou a velocidade Resolução:


escalar indicada pelo velocímetro no carro do pai. O
resultado foi 15km/h, 23km/h, 31km/h e 39km/h. Pode-se ∆V Vt − V0 39 − 15 km / h
am = = = =8
afirmar corretamente que a aceleração escalar média do carro ∆t tf − t0 3 min
é:

a) 8km/h por segundo Alternativa C


b) 8km/h2 por segundo
c) 8km/h por minuto
d) 19km/h por minuto
e) 27km/h por minuto

46. (CESGRANRIO) Um fabricante de automóveis anuncia que Resolução:


determinado modelo atinge 80km/h em 8 segundos (a partir
do repouso). Isso supõe uma aceleração escalar média 80 km/h = 22,2 m/s
próxima de:
am = ∆V = 22,2 ≈ 3 m/s2
a) 0,1m/s2 ∆t 8
b) 3m/s2
c) 23m/s2 Alternativa B
d) 2,3m/s2
e) 64m/s2

47. Um certo tipo de foguete, partindo do repouso, atinge a Resolução:


velocidade de 12km/s após 36s. Qual a aceleração escalar
média, em km/s2, nesse intervalo de tempo?
am = ∆V = 12 = 1 km/s2
∆t 36 3
a) zero
b) 3
c) 2 Alternativa E

1
d)
2
1
e)
3

CPV fiscol0103-R
física 13

48. A velocidade escalar de um automóvel aumenta de Resolução:


36km/h para 108km/h em 10s. A aceleração escalar
média é: 36 km/h = 10 m/s

108 km/h = 30 m/s


a) 7,2m/s2

b) 2,0m/s2 am = ∆V = Vf − V0 = 30 − 10 = 2 m/s2
∆t ff − t 0 10
c) 72km/s
km / h Alternativa B
d) 72
s

49. (Unisinos-RS) Quando um motorista aumenta a velocidade Resolução:


escalar de seu automóvel de 60km/h para 78km/h em
10s, ele está comunicando ao carro uma aceleração escalar ∆V = 78 – 60 = 18 km/h = 5 m/s
média em m/s2 de:
∆V 5
am = = = 0,5 m/s2
a) 18 ∆t 10
b) 0,2
c) 5
d) 1,8 Alternativa E
e) 0,5

50. (UFSCar) Um carro movendo-se no sentido positivo do Resolução:


eixo x, com velocidade de 100km/h, freia de modo que
após 1,0 minuto sua velocidade passa a ser 40km/h. ∆V = 40 – 100 = – 60 km/h = – 1km/min
A aceleração escalar média do carro será:
∆V − 1
am = = = – 1 km/min2
a) –1,0 km/min2 ∆t 1
b) 1,0 km/min2
c) –1,0 m/s2 Alternativa A
d) –0,66 km/min2
e) 0,66 km/s2

51. Seja a função horária espaço x tempo, que representa o Resolução:


movimento de uma partícula.
a) t1 = 0 ⇒ S = – 3 m
S = 2t2 + 6t – 3 (SI) t2 = 1s ⇒ S = 5 m
t3 = 2s ⇒ S = 17m
Calcule:
a) A posição da partícula nos instantes: ∆S Sf − Si
t1 = 0 b) VM = =
∆t tf − ti
t2 = 1s
t3 = 2s 17 – (–3)
VM = 2–0
b) A velocidade média da partícula entre os instantes
t1 = 0 e t3 = 2s VM = 10 m/s

CPV fiscol0103-R
14 FÍSICA

52. Seja a função horária espaço x tempo, que representa o movimento de uma partícula.
S = 10t2 – 8t + 7 (SI)

Calcule:
a) A posição da partícula nos instantes: c) A velocidade instantânea da partícula nos instantes:
t1 = 0 t1 = 0
t2 = 2s t2 = 1s
t3 = 5s t3 = 2s

b) A velocidade média da partícula entre os instantes d) A aceleração da partícula.


t1 = 0 e t3 = 4s

Resolução:

a) S1 = 10 . 02 – 8 . 0 + 7 b) t3 = 4s ⇒ S3 = 10 . 42 – 8 . 4 + 7
S1 = 7 m S3 = 160 – 32 + 7
S3 = 135 m
t2 = 2s ⇒ S2 = 10 . 22 – 8 . 2 + 7
S2 = 31 m ∆S S3 − S1
Vm = =
∆t t 3 − t1
t3 = 5s ⇒ S3 = 10 . 52 – 8 . 5 + 7
S3 = 250 – 40 + 7 135 − 7
S3 = 217 m Vm = 4−0

128
Vm =
4
Vm = 32 m/s

c) V = 20t – 8 d) a = 20 m/s2
t1 = 0 ⇒ V1 = – 8m/s
t2 = 1s ⇒ V2 = 12 m/s
t3 = 2s ⇒ V3 = 32 m/s

53. (USF-SP) A equação horária de um movimento é 54. (UF-PA) É dado um movimento que obedece à lei
S = –2 + 4t – 2t2, onde s é dado em metros e t, em segundos; S = 8 – 4t + t2 (unidades SI). Neste movimento, a equação
então a velocidade escalar se anula quando: da velocidade escalar em função do tempo é:

a) t = 2s b) t = 0 c) t = 1s a) V = 8 – 4t b) V = –4 + 2t
d) t = 4s e) t = 3s c) V = –4 + 2t2 d) V = 8 + t2
e) V = 8t – 4t2 + t3

Resolução: Resolução:

S = –2 + 4t – 2t2 S = 8 – 4t + t2
V = 4 – 4t
V = –4 + 2t
O = 4 – 4t Alternativa B
4t = 4
t = 1s Alternativa C

CPV fiscol0103-R
física 15

55. Um móvel move-se sobre uma trajetória retilínea, obedecendo Resolução:


à seguinte função horária: S = –3 + 3t (SI). Determine: a) S = −3 + 3 . 0 = −3m ∴S=−3m
b) V = 3 m/s
a) a posição do móvel no instante t = 0
c) S = −3 + 3 . 5 = −3 + 15 = 12 m
b) a velocidade do móvel
c) o espaço do móvel no instante t = 5 s d) Na origem S = 0
d) o instante em que o móvel passa pela origem da trajetória 0 = − 3 + 3t ⇒ 3t = 3 ⇒ t = 1s
e) o instante em que o móvel passa pela posição 24m e) S = 24 m temos: 24 = –3 + 3t ⇒ 7 = 3t ⇒ t = 9s

56. Um móvel em movimento uniforme obedece à seguinte


função horária: S = 8 + 2t (SI). Construa os diagramas ∆S = A
S(m)
horários S x t e V x t. Determine, pelo método gráfico, seu ∴ ∆S = 2 . (4 − 1) = 6 m
deslocamento escalar entre os instantes t = 1s e t' = 4s. 14
V(m/s)
12
Resolução:
S (m) t (s) 10 2
A
8
8 0 t (s)
1 4
10 1
12 2 t (s)
14 3 1 2 3 4

57. A função horária de um móvel em movimento uniforme é Resolução:


S = −10 + 2 t (SI). Construa os gráficos S x t e V x t para esse S(m)
V(m/S)
movimento. S = – 10 + 2t

S t 2
–10 0
t(s)
0 5 0 5 t(s)
0
–10

58. O espaço de um móvel varia com o decorrer do tempo, Resolução:


conforme a tabela abaixo. A função horária desse movi-
mento no SI pode ser escrita por: S (m) t (s) S0 = 0 e V = 4 m/s
a) S=2t
0 0
b) S=2+4t
4 1 Alternativa C
c) S=4t 8 2
d) S = −2 + 4 t 12 3
e) S=4−4t 16 4

59. (UNISA) Se num movimento acontecer de a velocidade Resolução:


escalar instantânea ser igual à velocidade escalar média num
intervalo de tempo qualquer, teremos, então, o movimento:
V = Vm ⇒ movimento uniforme.
a) uniforme
b) retilíneo e uniforme
c) retilíneo e uniformemente acelerado Alternativa A
d) retilíneo e uniformemente retardado
e) nda

CPV fiscol0103-R
16 FÍSICA

60. (FUVEST) Uma abelha percorre 360 000 metros em 10 horas Resolução:
em movimento uniforme. Qual é a velocidade escalar da
abelha em metros por segundo ? ∆S 360
Vm = = = 36 km/h = 10 m/s
∆t 10

61. A função horária de um móvel em movimento uniforme é Resolução:


S = 4 − 12 t (SI). Construa os gráficos S x t e V x t para esse S(m) V(m/s)
movimento. 4

t(s) t(s)

1/3 –12

62. (UF-MG) Dois carros, A e B, movem-se numa estrada Resolução:


A 20m/s B 18m/s
retilínea no mesmo sentido, com velocidades constantes
VA = 20 m/s e VB = 18 m/s, respectivamente.
O carro A está, inicialmente, 500 m atrás do carro B. 500 m

a) Quanto tempo o carro A gasta para alcançar o carro B? a) SA = 20t b) SA = 20 . 250


b) Que distância o carro A percorreu até alcançar o carro SB = 500 + 18t SA = 5000 m
B?
No encontro: SA = SB

20t = 500 + 18t ⇒ 2t = 500 ⇒ t = 250s

63. (FAAP/2002) Um ciclista, com velocidade constante, percorre Resolução:


uma trajetória retilínea conforme o gráfico abaixo:
y ∆S ∆S
V= V=
(espaço em km) ∆t ∆t

10 6 15
V= 0,6 =
10 ∆t
V = 0,6 km/min ∆t = 25 min
4
x
(tempo em min) Alternativa A

0 5 10 15

Em quanto tempo percorrerá 15 km ?

a) 25 b) 20 c) 21 d) 23 e) 18

CPV fiscol0103-R
física 17

64. (ESPM/2001) Duas partículas A e B se movimentam sobre Resolução:


uma mesma trajetória retilínea conforme o gráfico seguinte:
s(m) SA = S0 + VA t SB = S0 + VB t
A
B 140 = 40 + VA . 5 140 = 90 + VB . 5
140
100 = 5 VA 50 = 5 VB
90
VA = 20 m/s VB = 10 m/s

40 SA = 40 + 20t SB = 90 + 10t

t(s) Alternativa A
0 5
Podemos afirmar que suas equações horárias são:
a) SA = 40 + 20t e SB = 90 + 10t
b) SA = 20 + 90t e SB = 10 + 40t
c) SA = 90 + 20t e SB = 40 + 10t
d) SA = 40 + 20t e SB = 10 + 90t
e) SA = 20 + 40t e SB = 90 + 10t

65. (ESPM/2001) O gráfico seguinte relaciona a posição (s) de Resolução:


um móvel em função do tempo (t).
S = S0 + Vt
s(m)
10 = –10 + V . 10
10
20 = 10 V

V = 2 m/s
0 5 10 t(s)

–10 Alternativa D

A partir desse gráfico pode-se concluir que:


a) O móvel inverte o sentido do movimento no instante 5s.
b) a velocidade é nula no instante 5s.
c) o deslocamento é nulo no intervalo de 0s a 5s.
d) a velocidade é constante e vale 2 m/s.
e) A velocidade vale –2,0 m/s no intervalo de 0s a 5s e
2,0 m/s no intervalo de 5s a 10s.

66. (PUC-Campinas) Dois carros se deslocam numa pista Resolução:


retilínea, ambos no mesmo sentido e com velocidades
constantes. O carro que está na frente desenvolve 20 m/s e SA = 0 + 35t SA = SB SA = 35 t
o que está atrás desenvolve 35 m/s. Num certo instante, a
SA = 35t 35t = 225 + 20t SA = 35 . 15
distância entre eles é de 225 m. A partir desse instante, que
distância o carro que está atrás deve percorrer para alcançar SB = 225 + 20t 15t = 225 SA = 525 m
o que está na frente ?
t = 15 s
v = 35 m/s v = 20 m/s Alternativa E

225 m

a) 100 m b) 205 m c) 225 m d) 300 m e) 525 m

CPV fiscol0103-R
18 FÍSICA

67. (AFA) Considere dois veículos deslocando-se em sentidos Resolução:


opostos, numa mesma rodovia. Um tem velocidade escalar 60 90
de 60 km/h e o outro de 90 km/h, em valor absoluto. Um SA = 3,6 . t SB = S0 – 3,6 . t
passageiro, viajando no veículo mais lento, resolve SA = SB
cronometrar o tempo decorrido até que os veículos se
60 90
cruzem e encontra o intervalo de 30 segundos. A distância, . t = 50 – .t Como t = 30 s
3,6 3,6
em km, de separação dos veículos, no início da
cronometragem, era de: 60 90
a) 0,25 . 30 + . 30 = 50
3,6 3,6
b) 1,25 500 + 750 = 50
c) 2,0 S0 = 1250m = 1,25 km Alternativa B
d) 2,5

68. (FMC-RJ) Qual das afirmativas que se seguem é a mais Resolução:


aproximada do real em nossos dias ?
a) Falsa: 340 m/s = 1224 km/h (absurdo)
a) Um automóvel movimenta-se com velocidade de 340 m/s. c) Falsa: c = 3 x 108 m/s
d) Falsa: 18 m/s = 64,8 km/h (absurdo)
b) Um avião supersônico desloca-se com 350 m/s.
e) Falsa: 1 m/s = 100 cm/s (absurdo)
c) A luz propaga-se com 300 000 m/s.
d) Uma pessoa correndo pode atingir 18 m/s. Alternativa B
e) Uma formiga movimenta-se com a velocidade de 1 m/s.

69. (MACK) Um trem de 80 m de comprimento, com movimento Resolução:


retílineo uniforme, demora 20 s para ultrapassar completa-
mente uma ponte de 140 m de comprimento. A velocidade ∆S
V=
escalar do trem é: ∆t
a) 3 m/s
220 m
b) 4 m/s V= 20s
c) 7 m/s
d) 9 m/s V = 11 m/s
Alternativa E
e) 11 m/s

70. (F. Carlos Chagas) Dois trens A e B movem-se em trilhos Resolução:


paralelos, deslocando-se em sentidos opostos. As veloci-
∆S
dades escalares dos trens são constantes e de módulos V= V = | VA | + | VB |
∆t
iguais a 30 km/h. cada trem mede 100 metros de comprimento.
Quando os trens se cruzam, durante quanto tempo um 60 100 V = 30 + 30
=
observador no trem B vê passar o trem A ? 3,6 ∆t
a) 96 s t = 6s V = 60 km/h
b) 48 s ∆
c) 24 s Alternativa E
d) 12 s
e) 6,0 s

71. (FUVEST) Dois carros, A e B, movem-se no mesmo sentido, Resolução:


em uma estrada reta, com velocidades escalares constantes
a) VR = VA – VB b) SA = 100 t
vA = 100 km/h e vB = 80 km/h, respectivamente.
VR = 100 – 80 SB = 0,6 km + 80 t
a) Qual é, em módulo, a velocidade do carro B em relação
a um observador no carro A ? VR = 20 km/h SA = SB
b) Em um dado instante, o carro B está 600 m à frente do 100 t = 0,6 + 80 t
carro A. Quanto tempo, em horas, decorre até que A 20 t = 0,6
alcance B ? t = 0,03 h

CPV fiscol0103-R
física 19

72. (UEL-PR) Dois móveis, M1 e M2, estão em MRU sobre a Resolução:


mesma reta e no mesmo sentido, conforme o esquema:
M1 M2 Adotando da origem na posição M1:
V1 = 10 m/s V2 = 7,5 m/s
S1 = 10t No encontro: S1 = S2
S2 = 30 + 7,5t 10t = 30 + 7,5t
2,5t = 30
30 m
t = 12s

A partir do instante em que a situação é a representada no Alternativa D


esquema, o tempo necessário para M1 alcançar M2, em
segundos, é:
a) 1,7
b) 3,0
c) 4,0
d) 12,0
e) l7,5

73. (PUC) Dois barcos partem simultaneamente de um mesmo Resolução:


ponto, seguindo rumos perpendiculares entre si. Sendo
de 30 km/h e 40 km/h suas velocidades, sua distância após 1
6 min = h
6 minutos vale: 10 d

a) 7 km 3 km
∴ ∆S1 = 3km
b) 1 km ∆S2 = 4km
c) 300 km 4km
d) 5 km
e) 420 km Alternativa D d = 5 km

74. Dois trens A e B, de comprimentos 100 m e 200 m, Resolução:


respectivamente, correm em linhas paralelas com
velocidades escalares de valores absolutos 30 km/h e a) Vrelativa = 30 – 20 = 10 km/h
20 km/h. Qual o intervalo de tempo que um trem demora
para passar pelo outro ? Considere os casos em que: ∆S 0,3 0,3h
V= ⇒ 10 = ⇒ ∆t = = 0,03 . 3600 s
∆t ∆t 10
a) os trens se deslocam no mesmo sentido;
b) os trens se deslocam em sentidos opostos. ∆t = 108 s

b) Vrelativa = 30 + 20 = 50 km/h

∆S 0,3 0,3h 0,3


V= ⇒ 50 = ⇒ ∆t = = . 3600 s
∆t ∆t 50 50

∆t = 21,6 s

CPV fiscol0103-R
20 FÍSICA

75. Um móvel realiza movimento uniforme. Sabe-se que 76. (FUVEST) Dois carros, A e B, movem-se no mesmo sentido,
no instante t1 = 1,0 s o espaço do móvel é S1 = 10 m e em uma estrada reta, com velocidades escalares constantes
no instante t2 = 4,0 s, é S2 = 25 m. de 100 km/h e 80 km/h, respectivamente.

a) Construa o gráfico do espaço S em função do tempo t. a) Qual é, em módulo, a velocidade do carro B em relação
b) Determine o espaço inicial e a velocidade do móvel. ao observador no carro A ?
c) Escreva a equação horária do espaço. b) Em um dado instante, o carro B está 600 m à frente do
d) Classifique o movimento do móvel em progressivo ou carro A. Quanto tempo, em horas, decorre até que o
retrógrado. carro A alcance o carro B ?

Resolução: Resolução:

a) S(m) a) Vrel = VA – VB = 100 – 80


25
Vrel = 20 km/h

∆S
b) Vrel =
10 ∆t
5
0,6
20 =
t(s) ∆t

1 4 t = 0,03 h

b) S = S0 + V . t ∆t = 108 s
para t = 1 s ⇒ S1 = 10 m
para t = 4 s ⇒ S2 = 25 m

 10 = S0 + V . 1 (1)

 25 = S0 + V . 4 (2)

(2) – (1):

15 = 3V ⇒ V = 5 m/s

Substituindo em (1):

S0 = 10 – 5 . 1 ⇒ S0 = 5 m

c) S = S0 + V . t

S=5+5t

d) O móvel está se deslocando a favor da orientação da trajetória.


Portanto, o movimento é progressivo.

CPV fiscol0103-R

Você também pode gostar