Você está na página 1de 9

EDUCACIONAL

Física
Eletromagnetismo
EXERCÍCIOS

01. Uma carga q = − 3 µC desloca-se com velocidade V = 4 x 102 m/s na direção do eixo x da figura, formando um ângulo de 30o com
→ → →
o vetor campo B de intensidade 5 x 10−2 T. Os vetores V e B estão no plano xy.


Β

30o
x

q V

a) Caracterize a força magnética



que agirá sobre a carga.
b) Mantendo-se fixo o vetor B, a carga é lançada com a mesma velocidade na direção do eixo y, ao invés do eixo x. Caracterize
a nova força magnética agente.

Resolução:

a) Características da força magnética Fm: b) Lançando-se q na direção do eixo y, a nova força magnética
→ → →
direção: perpendicular ao plano de B e V (plano xy) Fm terá:
sentido: determinado pela regra da mão direita no 2. direção: perpendicular ao plano xy

Como q é negativa, Fm é orientada do observador para sentido: orientado do plano para o observador
o plano ⊗ . intensidade: F'm = B | q | V sen θ
intensidade: Fm = B . | q | V sen θ F'm = 5 x 10−2 . 3 x 10−6 . 4 x 10 2 . sen 60o
Fm = 5 x 10−2 . 3 x 10−6 . 4 x 102 . sen 30o
Fm ≅ 5,2 x 10−5 N
Fm = 3 x 10−5 N

y y
→ → →
Β V Β
→ → 60o
Fm F'm
o
30
x x
→ q
q V

FISCOL-MED3702-R 1
2 FÍSICA ELETROMAGNETISMO
EDUCACIONAL

02. (MACK) Uma carga elétrica puntiforme penetra com Resolução:



velocidade V numa região do espaço onde existe um campo
I. Verdadeira
magnético uniforme. Com relação a esse fato, considere as
afirmações: II. Falsa → se a velocidade for perpendicular ao campo, a trajetória
será circular.
I. A trajetória da carga é circular se sua velocidade tiver
III. Falsa → não altera o módulo, mas altera a direção.
direção perpendicular à do campo.
II. A trajetória da carga é sempre uma hélice cilíndrica. Alternativa B
III. A força magnética que age sobre a carga não altera sua
velocidade.
IV. A força magnética que age sobre a carga não altera sua
energia cinética.

Assinale:

a) se II e IV estiverem incorretas
b) se II e III estiverem incorretas
c) se I e IV estiverem incorretas
d) se I e III estiverem incorretas
e) se I e II estiverem incorretas

03. (PUC) Em uma região onde existe um campo magnético Resolução:


uniforme, são lançadas, normalmente às linhas de campo,
três partículas com velocidades iguais: um elétron, um Aplicando a regra da mão direita, verificamos que a carga positiva sofre
próton e um nêutron (de acordo com a figura 1). ação de uma força para baixo e a negativa sofre ação de uma força para
cima.

B Alternativa C

+

fig.1. — linhas de campo normais ao papel e dirigidas para


o observador.
As trajetórias das partículas, neste caso, serão melhor
representadas pela figura:

a) b)

c) d)

e)

FISCOL-MED3702-R
EDUCACIONAL
ELETROMAGNETISMO FÍSICA
3
04. Uma partícula de carga elétrica q = 2,0 x 10−5 C é lançada num 06. Determine a direção e o sentido da força magnética que age
campo magnético uniforme de intensidade B = 4,0 x 103 T sobre a carga q na situação abaixo:
→ → →

com velocidade V = 20 m/s, sendo V perpendicular a B, V →
a) Β b) Β
conforme a figura. Determine a intensidade, a direção e o
sentido da força magnética que atua na partícula. q>0 q>0

vertical V

→ → →
V c) Β d) Β
horizontal

q<0 V q>0
q

→ V
Β

Resolução: Resolução:
→ →
Pela regra da mão direita, obteremos uma força horizontal e para a) ⊗ Fm b) e Fm
→ → →
a esquerda. c) Fm = 0 d) Fm
F = B . q . V = 4 x 103 . 2 x 10–5 . 20 = 1,6 N →
B

05. (FGV) Um elétron penetra num campo magnético uniforme 07. (FUVEST) A figura mostra uma barra imantada e uma esfera
→ de plástico eletrizada positivamente, ambas situadas sobre
B, com velocidade constante e paralelamente às linhas
a superfície de uma mesa.
desse campo. Desprezando-se a ação gravitacional, o
movimento do elétron dentro do campo será: y


Β
N +

e x

Desprezam-se os atritos e admite-se que a esfera não perde


suas cargas. Desliza-se o ímã sobre a superfície da mesa.
Podemos afirmar que:
a) uniformemente variado, com aceleração positiva
a) aproximando-se o ímã da esfera, esta é atraída
b) uniformemente variado, com aceleração negativa
b) aproximando-se o ímã da esfera, esta é repelida
c) parabólico, com velocidade escalar constante
c) deslocando-se o ímã no sentido indicado por y, a esfera
d) retilíneo, com velocidade escalar constante
se desloca no sentido oposto
e) circular, com velocidade escalar constante
d) deslocando-se o ímã no sentido indicado por y, a esfera
é atraída para o ímã
Resolução: e) nenhum movimento do ímã fará com que a esfera se
desloque sobre a mesa
Como a velocidade é paralela ao campo, não haverá força de origem
magnética agindo no elétron. Resolução:

Alternativa D Se a esfera fosse condutora, haveria movimento de elétrons na


superfície do condutor.

Alternativa E

FISCOL-MED3702-R
4 FÍSICA ELETROMAGNETISMO
EDUCACIONAL


08. (VUNESP) Um elétron e, dotado de velocidade V1, penetra Resolução:
em um campo magnético, conforme mostra a figura.→
O campo
magnético é uniforme. A direção do vetor V forma um Pela teoria ⇒ Alternativa E
ângulo α com as linhas do campo magnético. Nessas
condições, a trajetória do elétron dentro do campo magnético
é uma:


→ Β
V
α

a) linha reta –
e
b) hipérbole
c) circunferência
d) parábola
e) hélice

09. (FATEC) Ao vídeo de um televisor encostam-se as faces Resolução:


polares de um ímã, conforme o esquema (face norte para
→ →
cima, face sul para baixo). A imagem se distorce com Ve B
desvio:

Pela 2a regra da mão direita, obtemos uma força magnética para a


esquerda.

a) para a esquerda → V
FM
b) para a direita B
c) para cima
d) para baixo
Alternativa A
e) a imagem não se distorce

10. Uma carga elétrica puntiforme q, movimentando-se com Resolução:



velocidade V dentro de um campo magnético →
→ → → →
B , fica sujeita a uma força F, devido à ação deste campo. | F | = | q | . | v | . | B | . sen θ
A respeito dessa situação, fizeram-se três afirmações:
I. Verdadeira
→ II. Verdadeira
I. A intensidade da força F depende do valor da
III. Verdadeira
carga q. →
II. O sentido da força F depende do sinal da carga q. Alternativa E
→ →
III. A intensidade da força F depende da velocidade V.

Destas afirmações, está(estão) correta(s):

a) II
b) III
c) I e II
d) I e III
e) todas

FISCOL-MED3702-R
EDUCACIONAL
ELETROMAGNETISMO FÍSICA
5
11. (FUVEST) A figura mostra os pólos norte e sul de um ímã. Resolução:
Uma carga q negativa é lançada com velocidade V,
perpendicular às linhas de indução do campo magnético. N
→ → S
Desprezando as ações gravitacionais, a carga q: V B


FM

V A carga q desvia-se para baixo.
N S
q < 0
Alternativa C

a) não sofre desvio


b) desvia-se para cima
c) desvia-se para baixo
d) aproxima-se do pólo norte
e) aproxima-se do pólo sul

12. C Resolução:

a) Pela 2a regra da mão direita, temos que q1 > 0 e q2 < 0

B V2 m1 . V1 m 2 . V2
b) R1 = e R2 =
q1 . B q2 . B

R1 = 2 . R2
A
V1
m1 . V1 2 . m 2 . V2
=
A figura representa as trajetórias de duas partículas q1 . B q2 . B
eletrizadas que penetram numa câmara de bolhas, onde há
um campo magnético uniforme, orientado perpendicular- Sendo |q1| = |q2| e V1 = V2, podemos simplificar
mente para dentro do plano do papel. A partícula p1 penetra
na câmara no ponto A e sai em C. A partícula p2 penetra em ∴ m1 = 2 . m2
B e sai em A.
a) Quais os sinais das cargas q1 e q2 das partículas?

b) Sendo | q1 | = | q2 |, V1 = V2 e AB = BC , qual a relação entre


as massas m1 e m2 das partículas?

→ Resolução:
13. (FUVEST) Uma partícula de carga q e velocidade V move-

se numa região ondehá um campo elétrico E e um campo
→ a) A direção da Força Elétrica é a mesma direção do Campo Elétrico.
magnético B.
F=E.q
a) Qual a direção e o módulo da força produzida sobre a
b) A direção é perpendicular ao plano definido pelo vetor campo
partícula pela ação do campo elétrico?
magnético e pelo vetor velocidade.
b) Qual a direção e o módulo da força produzida sobre a
FM = q . V . B . sen θ
partícula pela ação do campo magnético?

FISCOL-MED3702-R
6 FÍSICA ELETROMAGNETISMO
EDUCACIONAL

14. (FGV) A figura representa uma espira retangular, percorrida 16. (PUC) Quando uma partícula carregada eletricamente penetra
por uma corrente i, imersa num campo magnético uniforme num campo magnético uniforme e estacionário,

B, orientado perpendicularmente para dentro do plano da perpendicularmente às linhas de indução do mesmo,
figura. Cada lado da espira sofre a ação de uma força, que podemos afirmar que:
pode ser representada pelo esquema:
+ + + + + + a) a partícula tem o módulo de sua velocidade aumentado

Β e descreve uma trajetória parabólica
+ + + i + + +
b) a partícula é desviada descrevendo uma circunferência
+ + + + + + no plano das linhas de indução magnética
+ i + + + + + c) a partícula é desviada descrevendo uma circunferência
i
+ + + + + + num plano perpendicular ao das linhas de indução
magnética
i
d) a partícula descreverá uma circunferência cujo raio será
diretamente proporcional ao módulo da indução
a) b) c)
magnética
e) a partícula descreverá uma circunferência cujo raio
será diretamente proporcional à carga da partícula
d) e)
Resolução:

Pela teoria ⇒ Alternativa C


Resolução:

Pela 2a regra da mão direita → Alternativa E


17. (FATEC) Um próton P, que se movimenta horizontalmente
para o Norte, conforme o esquema, fica sujeito a uma força
magnética vertical para cima. Pode-se dizer que o campo
15. (FAAP) Um condutor retilíneo de comprimento l = 0,20 m,
magnético, na região considerada, dirige-se para:
percorrido por uma corrente i = 2,0 A, é imerso em um campo
magnético uniforme de indução B = 2,0 x 104 T. Determinar Cima
a intensidade da força magnética que atua sobre o condutor Sul Norte
nos casos:

a) o condutor é disposto paralelamente às linhas de indução


do campo
a) Norte
b) o condutor é disposto perpendicularmente às linhas de b) Sul
indução do campo c) Oeste
d) Leste Oeste Leste
Baixo
Resolução: e) nda

a) FM = B . i . l . sen θ ⇒ FM = B . i . l . sen 0º = 0 Resolução:



B
b) FM = 2 x 104 . 2 . 0,2 . sen 90º = 8 x 103N Pela 2a regra da mão direita:

V
Alternativa B →
FM

FISCOL-MED3702-R
EDUCACIONAL
ELETROMAGNETISMO FÍSICA
7
18. (FEI) Um elétron de carga −1,6 x 10−19 C é lançado entre os Resolução:
pólos de um ímã com velocidade 105 m/s, conforme mostra
a figura. Admitindo-se que o campo de indução magnética F 8 x 10−13
B= = −
= 50 T
entre os pólos é uniforme, o elétron fica sujeito a uma força | q | . v . sen θ 1,6 x 10 19 . 105 . sen 90º
vertical para cima de 8 x 10−13 N. Qual a intensidade do
campo de indução magnética?


V

B

19. (FUVEST) Um próton (carga q e massa M) penetra em uma 21. (UNICAMP)


região do espaço tomada por um campo magnético uniforme

B perpendicular à página. Sendo dados V = 10 7 m/s, R = 2m

e q = 10 8 C , determine B.
1
m kg
→ → → →
e V0 B V0

2 3

R
Figura 1 Figura 2

a) A figura 1 representa as trajetórias descritas por três


partículas com cargas
→ 1
Q , Q2 e Q3 que penetram, com
Resolução: a mesma velocidade V
→ 0 numa região de campo magnético
,
mV 2 uniforme B perpendicular ao plano do papel e entrando
FM = FCP ⇒ q . V . B . sen 90º = nele. Determine o sinal de cada carga.
R
b) Que trajetória as partículas consideradas no item ante-
mV 2 mV 107 rior descreveriam

se fossem lançadas, também com
B= = = 8 ⇒ B = 5 x 10–2T velocidade V0, numa região de campo elétrico uniforme
q . V . R q . R 10 . 2
gerado por duas placas paralelas carregadas (figura 2)?
Redesenhe a figura 2 e esboce nela as trajetórias das
20. (FAAP) Uma partícula dotada de carga negativa é lançada partículas.
paralelamente ao eixo Oy, de acordo com o esquema. Qual Resolução:
é a direção e o sentido da indução magnética que mantém
a partícula movendo-se na horizontal? a) Pela 2a regra da mão direita, determinamos o sentido da força
z vertical elétrica para cargas positivas e negativas.

Resolução: g Q1 > 0 Q2 < 0 Q3 < 0

Devemos ter uma força magnética v
+ + + + + + + + + +
para cima. Pela 2a regra da mão direita, m,q b)
y 3
encontramos um campo saindo do 2 →
plano do papel. V0

x 1

B e → no caso → sentido do eixo x. – – – – – – – – – –

FISCOL-MED3702-R
8 FÍSICA ELETROMAGNETISMO
EDUCACIONAL

22. (MACK) A fonte indicada na figura emite um feixe de 24. Uma pequena esfera eletrizada com carga 3 µC penetra
elétrons com velocidade inicial horizontal que vai atingir o num campo magnético com quantidade de movimento

10−2 N x s e direção perpendicular ao vetor B. Verifica-se que
centro O do anteparo vertical. Aplica-se, então, na região
ela passa a executar uma trajetória circular de raio 50 cm.
entre a fonte e o anteparo, um campo de indução magnética →
→ Calcule a intensidade do vetor B.
B e um campo elétrico E, ambos verticais e uniformes. Os
→ → Resolução:
sentidos de E e de B para que o feixe eletrônico atinja o
quadrante hachurado são: FM = Fcp
z
mV 2 mV
B.q.V= ⇒B= Mas mV = 10–2 N . s
R R.q
y
FONTE
10−2
∴B= = 6,7 x 103T
50 x 10 −2 . 3 x 10 −6

25. Um condutor reto, de comprimento l = 50 cm, é percorrido


por uma corrente de intensidade i = 2,0 A. O condutor está

a) B b) totalmente imerso em um campo magnético uniforme de
→ → intensidade B = 2,0 x 10−3 T e forma com a direção do campo
→ B E um ângulo de 30o. Calcule a força magnética que atua sobre
E
o condutor.
→ → →
B E E Resolução:
c) d)
→ F = B . i . l . sen θ = 2 x 10–3 . 2 . 50 x 10–2 . sen 30º = 1 x 10–3N
B

Resolução:
26. (ITA) A figura representa a seção transversal de uma câmara
de bolhas utilizada para observar a trajetória de partículas
A partícula deve sofrer uma força para baixo devido ao campo
atômicas. Um feixe de partículas, todas com a mesma
elétrico e uma força para a direita devido ao campo magnético.
→ → → velocidade, contendo elétrons, pósitrons (elétrons
Logo: Se FE ↓ ⇒ E ↑ e se FM → ⇒ B ↑ positivos), prótons, nêutrons e dêuterons (partículas
formadas por um próton e um nêutron) penetra nessa
Alternativa C câmara, à qual está aplicado um campo magnético per-
pendicularmente ao plano da figura. Identifique a trajetória
23. A figura ilustra um condutor de comprimento 0,5 m, imerso de cada partícula.
num campo magnético de intensidade 2 x 10−3 T. Sendo A
i = 20 A a corrente que atravessa o condutor, a intensidade
da força magnética que age sobre ele é de: B
C
D
a) 1 x 10−3 N E
1 x 10−2 N
Resolução:
b) 30º
c) 2 x 10−2 N Concluímos que a partícula A é elétron, pois é a única com carga
d) 5 x 10−2 N negativa e sofrerá desvio contrário às positivas.
e) 1 x 10−1 N
A partícula B é nêutron, pois não sofre desvio.
Resolução:
As partículas C, D e E são positivas, pois sofrem ação de força
F=B.i. l . sen θ = 2 x 10–3 . 20 . 0,5 . sen 30º = 1 x 10–2 N para o mesmo lado. Como a de maior massa sofre um desvio
menor e a de menor massa sofre um desvio maior, temos:
Alternativa B C é dêuteron, D é próton e E é pósitron.

FISCOL-MED3702-R
EDUCACIONAL
ELETROMAGNETISMO FÍSICA
9
27. Um elétron de carga elétrica −1,6 x 10−19 C é lançado entre Resolução:
os pólos de um ímã com velocidade 2,0 x 105 m/s, conforme
mostra a figura. Admitindo-se que o campo magnético entre F 8 x 10−14
a) F = B . |q| . V ⇒ B = = = 2,5 T
os pólos do ímã é uniforme, o elétron fica sujeito a uma força | q | . V 1,6 x 10−19 . 2 x 105
magnética de intensidade 8,0 x 10−14 N. Determine: direção –– vertical
a) a intensidade, a direção e o sentido do vetor indução sentido –– para baixo (N → S)
magnética entre os pólos N e S
b) Pela regra da mão direita, temos:
b) a direção e o sentido da força magnética que age no
elétron →
N V


V horizontal

B

S Carga negativa ⇒ FM ⊗

28. (UEL-PR) Um ímã retilíneo é colocado próximo a um fio fixo, Resolução:


longo e paralelo ao ímã. Uma corrente elétrica por esse fio
tenderá a: Pela regra da mão direita, temos:

a) atrair o ímã para o fio, mantendo o paralelismo


b) repelir o ímã, mantendo o paralelismo i
c) fazer o ímã girar até que fique em posição ortogonal ao
fio
d) deslocar o ímã ao longo do fio no sentido da corrente
convencional, ou no sentido oposto, dependendo da O imã tenderá a se alinhar com o campo magnético criado pelo fio.
disposição dos pólos do ímã
e) fazer o ímã girar ao redor do fio, mantendo o paralelismo Alternativa C

29. (FEI) Uma partícula de carga q = 4,0 µC movimenta-se Resolução:


com velocidade constante V = 10 m/s, paralelamente a um
−7 −6
condutor retilíneo, muito longo, percorrido pela corrente
 µ . i . q . V 4π x10 . 40 . 4 x10 . 10
F=B.q.V F= =
i = 40 A. Sendo a distância da partícula ao condutor  2πd 2π . 20 x 10
−2
d = 20 cm, qual a intensidade da força magnética nela 
µ.i
exercida ? B=  F = 16 x 10–10 ⇒ F = 1,6 x 10–9 N
µ = 4π x 10–7 T . m/A 2πd 

30. (CESESP-PE) Dois fios longos e paralelos, colocados a uma Resolução:


pequena distância um do outro, são percorridos por Regra da mão direita:
correntes de intensidades i 1 e i 2. Nestas condições,
polegar → sentido de i
pode-se afirmar que: →
dedos → sentido de B

a) a força magnética induzida será de atração se as palma → (empurrão) sentido de F
correntes tiverem o mesmo sentido, e de repulsão, se
tiverem sentidos opostos →
i1 F i2
b) a força magnética induzida será sempre de atração
c) a força magnética induzida será sempre de repulsão →
F
d) não aparecerá força alguma entre os condutores, desde
que as correntes tenham mesma intensidade e sentidos →
F i1 i2
opostos
e) não aparecerá força alguma entre os condutores, desde →
F
que as correntes tenham mesma intensidade e mesmo
sentido Alternativa A

FISCOL-MED3702-R