Você está na página 1de 1
ID: 38121378 21-10-2011 Tiragem: 12000 Pág: 36 País: Portugal Cores: Cor Period.: Diária Área:

ID: 38121378

21-10-2011
21-10-2011

Tiragem: 12000

Pág: 36

País: Portugal

Cores: Cor

Period.: Diária

Área: 12,77 x 25,27 cm²

Âmbito: Regional

Corte: 1 de 1

DR

x 25,27 cm² Âmbito: Regional Corte: 1 de 1 DR “Nortada” no palco do Teatro da
x 25,27 cm² Âmbito: Regional Corte: 1 de 1 DR “Nortada” no palco do Teatro da

“Nortada” no palco do Teatro da Cerca

Espetáculo emblemático de Olga Roriz prossegue residência artística

111 Construído sobre me-

mórias de infância de Olga Roriz, “Nortada” sobe hoje e amanhã, às 21H30, ao palco do Teatro da Cerca de São Ber- nardo (TCSB), em Coimbra, no âmbito da residência artística que a coreógrafa e bailarina está a fazer, a convite d’A Es- cola da Noite. Nada melhor, portanto, que

as palavras da artista – que dedica “Nortada” aos seus “maravilhosos pais Madalena e José” – para o explicar: “Nor- tada é um espetáculo sobre as memórias de uma terra onde nunca vivi mas que guardo os mais fortes momentos de infância e adolescência. Tudo nessa terra me é familiar ape- sar de tanta ser a distância e maior ainda a ausência”.

E, prossegue Olga Roriz,

“foi exatamente nesse lugar de confronto entre a incon- tornável distância e a pro- funda proximidade afetiva que nasceu, se desenvolveu e construiu esta peça. Nortada

situa-se num lugar invadido de nostalgia, de saudade, de intimidade”.

O cenário, explica ainda a

de saudade, de intimidade”. O cenário, explica ainda a Até final da residência artística em Coimbra,

Até final da residência artística em Coimbra, Olga Roriz apresenta ainda um filme e o seu mais recente espetáculo

1 “Felicitações Madame” é exibido domingo, às 21H30, no bar do TCSB

2 Terça e quarta-feira, às 21H30, o programa encerra com “Pets”

criadora, “reporta a dois es- paços distintos, um exterior e outro interior está ao longo de toda a peça deliberadamen- te concentrado numa sala de jantar. Nesse local onde inva- riavelmente a família se junta. Tudo nasce e se desenvolve a partir de uma refeição para no fim voltar a ela como um cír-

culo perfeito apesar de todas

as vicissitudes”.

Com direção e seleção mu- sical de Olga Roriz, “Nortada” tem cenário de Pedro Santiago Cal, figurinos de Olga Roriz, desenho de luz de Cristina Piedade e músicas de Amália, Bau, Corelli, Croke, Charles Trenet, Dead Combo, Grupo Folclórico de Santa Marta de

Portuzelo, Pink Martini, Klez- mer. Os textos são uma criação coletiva e a interpretação é de Catarina Câmara, Rafaela Salvador, Sylvia Rijmer, Bruno

Alexandre e Pedro Santiago Cal. O espetáculo é uma copro- dução Companhia Olga Roriz

e Câmara Municipal de Viana

do Castelo. A estreia conteceu

a 18 de junho de 2009 no Te-

atro Sá de Miranda, em Viana do Castelo. Destinado a todo

o público a partir dos 12 anos, os bilhetes para “Nortada” – praticamente esgotado – cus- tam entre seis e 10 euros. O

espetáculo é apresentado no âmbito da rede CULTURBE – Braga, Coimbra e Évora.

Lídia Pereira lidia.pereira@asbeiras.pt